Login Fórum Exploração Suportes&Res Fundamentos Notícias Dados MetaStock Cursos
IBOV DJIA INDFUT ITUB4 VALE3 BBDC4 ABEV3 PETR4 ITSA4 SULA11 SAPR4 MRVE3 ABCB4 ALUP11 SBSP3 CPLE6
Para assinar um de nossos boletins basta clicar aqui


DJIA - Gráficos e análise técnica projecao.com
DJIA: DJIA - Dow Jones Industrial
Suportes   24945   24664   24663   24569   24510   24445   24084
Resistências   25139   25326   25403   25449   25800   25943   26028
Data Última Abertura Máxima Mínima PMédio
16/07/2018 - 17:52 25064 25025 25072 24979 0

O DJIA fechou relativamente estável. Projeção para linha -B- (Valor: 23930. Stop: 23705). Forte resistência na linha -A- (Valor: 25262. Start: 25487) cuja quebra sugeriria a reposição das COMPRAS.

Caso você queira contribuir com o desenvolvimento e manutenção de nosso fórum, entre no endereço abaixo e escolha um valor a partir de R$ 1,00 / mês.
http://www.projecao.com/apoia-se.htm



Análise confeccionada para o dia 17/07/2018



Gráfico Diário de DJIA

(Clique na imagem para amplia-la ou reduzi-la, linhas e estudos atualizados quinzenalmente)



Analista Responsável: Ricardo Borges Mestre em Economia Empresarial pela UCAM, MBA em Marketing pela FGV, Graduado em Economia pela UCAM, tendo participado, em 2009 na Columbia University of New York, das palestras sobre "Managing Macroeconomic Risk in Emerging Markets", ex-consultor (2003) e analista de mercado (2008) credenciado pela CVM, tendo certificado CNPI desde maio/2008 e passado nas provas CB, CG1, CG2 e CG3, sócio fundador da ANAT, membro da APIMEC, exercendo a profissão de consultor em renda variável desde 1988, operador de mesa de renda variável desde 1992 e diretor da Projeção Consultoria Financeira Ltda. desde 1992, ministra aulas voltadas para investidores e trader's desde 2000 (introdutório, análise técnica, análise fundamentalista e derivativos).

Aviso: Aviso: O analista declara: I. que suas recomendações refletem única e exclusivamente suas opiniões pessoais, e que foram elaboradas de forma independente, inclusive em relação à instituição à qual está vinculado;

O analista, avisa a todos que aplicações em mercados de ações, commodities e seus derivativos tem um elevado risco, portanto o presente relatório é distribuído com o objetivo de prover informações e não representa, em nenhuma hipótese, uma oferta ou solicitação de compra e/ou venda de qualquer instrumento financeiro, bem como sugestão de investimento.

As opiniões contidas neste relatório foram elaboradas de forma independente, baseadas em estudos gráficos, estatísticos, matemáticos, julgamentos, expectativas, estimativas, notícias e etc e, portanto, estão sujeitas a erros e mudança e impossibilitando garantir que sejam precisas, corretas e completas.

É de exclusiva e total responsabilidade do usuário/investidor a utilização das informações contidas neste relatório bem como a estratégia de investimentos e, dessa forma, o usuário/investidor não poderá pleitear qualquer tipo de indenização por parte do analista. As informações contidas neste relatório são consideradas confiáveis na data de sua publicação porém, o Analista se reserva o direito de, a qualquer tempo e sem aviso prévio, alterar estas informações.

As informações, opiniões, estimativas e projeções contidas neste documento referem-se à data presente e estão sujeitas à mudanças, não implicando necessariamente na obrigação de qualquer comunicação no sentido de atualização ou revisão com respeito a tal mudança.

Repetindo e lembrando: o analista não se compromete que os investidores obtenham lucro, nem terá qualquer responsabilidade em caso de perdas, diretas ou indiretas, como conseqüência do uso deste documento. As informações contidas neste relatório podem não ser apropriadas para o perfil de investimento do destinatário. Os investimentos envolvem riscos e os investidores devem ter prudência ao tomar suas decisões pessoais e não devem substituir seus próprios julgamentos por aqueles previstos nesse documento..

Esse relatório não pode ser reproduzido ou redistribuído a qualquer pessoa, no todo ou em parte, para qualquer propósito, sem a prévia autorização por escrito da projecao.com, e esta não se responsabiliza pela atuação contrária ao aqui disposto por parte de terceiros.





ÁSIA - (16/07/2018) - Comunicando.

"A expansão econômica da China desacelerou no segundo trimestre: o Produto Interno Bruto (PIB) cresceu 6,7%, ante avanço de 6,8% no primeiro trimestre. O crescimento continua acima da meta definida por Pequim, de 6,5%, mas vem sendo afetado por uma iniciativa do governo de conter empréstimos arriscados e uma desenfreada por crédito, o que dificultou os investimentos de algumas companhias. Para médio prazo, a grande preocupação são os impactos de uma crescente batalha comercial com os Estados Unidos." (Fonte: Exame)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://exame.abril.com.br/brasil/curtas-uma-selecao-do-mais-importante-no-brasil-e-no-mundo-61/







ÁSIA - (04/07/2018) - Comunicando.

"Para junho, o PMI de serviços do Caixin/Markit subiu a 53,9, nível mais alto em quatro meses, de 52,9 em maio. O subíndice de emprego no PMI do Caixin subiu a 51,7 em junho, nível mais alto em 10 meses. O PMI Composto do Caixin que cobre tanto o setor de serviços quanto o de indústria avançou para a máxima de quatro meses em junho de 53,0, ante 52,3 no mês anterior." (Fonte: Reuters)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://br.reuters.com/article/businessNews/idBRKBN1JU14R-OBRBS







EUROPA - (02/07/2018) - Comunicando.

"O PMI final de indústria do IHS Markit para a zona do euro caiu para a mínima de 18 meses de 54,9 ante 55,5 em maio e preliminar de 55,0, mas ainda acima da marca de 50 que separa crescimento de contração. O subíndice de produção recuou a 54,2 de 54,8 em maio, nível mais baixo desde novembro de 2016." (Fonte: Reuters)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://br.reuters.com/article/businessNews/idBRKBN1JS12F-OBRBS







ÁSIA - (02/07/2018) - Comunicando.

"O Índice de Mercado dos Gerentes de Compras (PMI) divulgado neste sábado caiu para 51,5 em junho, abaixo da previsão de analistas de 51,6 e abaixo de 51,9 em maio, mas permaneceu bem acima da marca de 50 pontos que separa o crescimento da contração pelo 23º mês." (Fonte: Reuters)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://br.reuters.com/article/businessNews/idBRKBN1JQ0QL-OBRBS







ÁSIA - (25/06/2018) - Comunicando.

"O banco central da China disse neste domingo que reduzirá a quantidade de dinheiro que alguns bancos devem manter como reservas em 50 pontos-base, liberando 108 bilhões de dólares em liquidez com objetivo de estimular o crédito a pequenas empresas e encorajar operações de swap para aliviar o fardo financeiro de algumas companhias." (Fonte: Reuters)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://br.reuters.com/article/businessNews/idBRKBN1JK0NH-OBRBS







MUNDO - (25/06/2018) - Não sei como o Brasil será afetado, mas pode ser positivamente fornecendo aquilo que os outros estão sendo taxados.

"A União Europeia (UE) aumentou nesta quinta-feira (21) suas tarifas sobre produtos americanos, como o uísque bourbon, os jeans e o tabaco, em resposta à disputa comercial aberta pelo presidente americano, Donald Trump, que ameaçou responder com tarifas sobre veículos do bloco." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://www.istoedinheiro.com.br/comeca-guerra-comercial-entre-ue-e-estados-unidos/







EUROPA - (22/06/2018) - Euro.

"O PMI Composto preliminar do IHS Markit subiu em junho a 54,8 de 54,1 no mês anterior e acima da expectativa em pesquisa da Reuters de 53,9. Leitura acima de 50 indica crescimento.

O subíndice de preços avançou para a máxima de quatro meses de 53,8 de 53,2, após notícia na semana passada de que a inflação oficial da zona do euro avançou para 1,9 por cento em maio, bem perto do teto da meta do BCE de 2 por cento.

O PMI do setor de serviços subiu para 55,0 de 53,8 em maio, nível mais alto desde fevereiro, e acima de todas as estimativas em pesquisa da Reuters, cuja mediana era de queda para 53,7.

Mas a expansão da indústria perdeu ritmo, em parte devido aos crescentes temores de uma guerra comercial, com o PMI preliminar de junho caindo a 55,0, nível mais fraco em 18 meses, de 55,5 em maio.

" (Fonte: Reuters)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://br.reuters.com/article/businessNews/idBRKBN1JI13K-OBRBS







AMÉRICA DO NORTE - (21/06/2018) - Notícia altista para o dólar e juros no Brasil e ruim para investimento em ações.

"O desemprego em nível historicamente baixo e os sinais de aumento da inflação são um “forte” argumento para o aumento contínuo e estável das taxas de juros, disse nesta quarta-feira (20) o presidente do Federal Reserve (Fed, o Banco Central americano), Jerome Powell. O Fed adotou neste mês seu sétimo aumento desde 2015 e prevê um ritmo acelerado de alta das taxas de juros de referência, prevendo um total de quatro altas no ano devido à contratação e à atividade econômica robustas e ao aumento dos preços. " (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://www.istoedinheiro.com.br/presidente-do-fed-que-argumentos-para-alta-de-juros-sao-fortes/







ÁSIA - (20/06/2018) - Será um indício de uma crise de crédito próxima?

"A China usará cortes direcionados nas taxas de compulsório dos bancos e outras ferramentas de política monetária para aumentar a oferta de crédito a pequenas empresas, afirmou a rádio estatal nesta quarta-feira citando uma reunião do gabinete." (Fonte: Reuters)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://br.reuters.com/article/businessNews/idBRKBN1JG1EY-OBRBS







AMÉRICA LATINA - (20/06/2018) - Comunicando.

"O Produto Interno Bruto (PIB) da Argentina subiu 3,6% no primeiro trimestre de 2018 em relação ao mesmo período do ano passado, segundo o Instituto Nacional de Estatística e Censos (Indec). O resultado ficou acima das estimativas da Trading Economics, que previam crescimento de 3,4%. Em termos dessazonalizados, o crescimento na passagem do quarto trimestre de 2017 para o primeiro trimestre deste ano foi de 1,1%." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://www.istoedinheiro.com.br/pib-da-argentina-avanca-36-no-1o-tri-de-2018-na-comparacao-anual/







MUNDO - (18/06/2018) - Comunicando.

"O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, anunciou tarifas sobre 50 bilhões de dólares em importações chinesas nesta sexta-feira e Pequim prometeu retaliar do mesmo modo, em uma medida que deve inflamar uma guerra comercial entre as duas maiores economias do mundo." (Fonte: Reuters)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://br.reuters.com/article/businessNews/idBRKBN1JB1SA-OBRBS







MUNDO - (18/06/2018) - Guerra comercial se intensificando.

"A China vai impor uma tarifa adicional de 25 por cento sobre 659 produtos dos Estados Unidos avaliados em 50 bilhões de dólares, informou a agência de notícias oficial Xinhua citando a Comissão de Tarifas do Conselho de Estado." (Fonte: Reuters)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://br.reuters.com/article/businessNews/idBRKBN1JB2UC-OBRBS







EUROPA - (14/06/2018) - Comunicando.

"O Banco Central Europeu (BCE) decidiu nesta quinta-feira encerrar o programa de compra de títulos de 2,55 trilhões de euros no final do ano e informou que os juros permaneceriam inalteradas até o verão de 2019 (no hemisfério Norte). Entre outubro e dezembro, o BCE planeja comprar 15 bilhões de euros em títulos por mês e fechar o esquema no final do ano." (Fonte: Reuters)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://br.reuters.com/article/businessNews/idBRKBN1JA1K5-OBRBS







ÁSIA - (14/06/2018) - Comunicando.

"O crescimento do investimento em ativo fixo da China desacelerou a 6,1 por cento no período entre janeiro e maio sobre o ano anterior, ritmo mais lento desde fevereiro de 1996 e ante expectativa de 7,0 por cento

As vendas no varejo em maio expandiram 8,5 por cento sobre o mesmo período de 2017, ritmo mais fraco desde junho de 2003 de acordo com cálculos da Reuters e contra projeção em pesquisa de alta de 9,6 por cento

Já a produção industrial avançou 6,8 por cento sobre o ano anterior, informou a Agência Nacional de Estatísticas, contra estimativa de analistas de expansão de 6,9 por cento e após alta de 7 por cento em abril.

Embora o crescimento no primeiro trimestre tenha sido melhor do que o esperado, economistas consultados pela Reuters ainda projetam que a economia da China desacelere gradualmente para cerca de 6,5 por cento este ano, de 6,9 por cento em 2017." (Fonte: Reuters)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://br.reuters.com/article/businessNews/idBRKBN1JA19G-OBRBS







AMÉRICA DO NORTE - (13/06/2018) - Comunicando.

"O Fed, banco central dos Estados Unidos, deve promover mais um aumento na taxa básica de juros americana nesta quarta-feira, para a faixa entre 1.75% e 2%. A alta é dada como certa pela maioria dos analistas de Wall Street, depois que os Estados Unidos anunciaram recentemente a menor taxa de desemprego em 18 anos, 3,8%. A tentativa é de desacelerar o mercado de trabalho, já que um excesso de vagas pode começar a distorcer preços e salários e impactar na inflação." (Fonte: Exame)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://exame.abril.com.br/economia/fed-deve-aumentar-juros-mas-os-olhares-estao-no-horizonte/







MUNDO - (07/06/2018) - China comprará US$ 70 bilhões dos EUA e deixará de comprar de outros países como Brasil.

"A China propôs comprar quase 70 bilhões de dólares adicionais de bens americanos se a administração de Donald Trump abandonar a sua ameaça de impor tarifas sobre 50 bilhões de dólares de produtos chineses, confirmou um funcionário do governo americano nesta quarta-feira (6)." (Fonte: Exame)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://exame.abril.com.br/economia/china-propoe-comprar-us-70-bilhoes-adicionais-de-bens-americanos/







EUROPA - (06/06/2018) - Pelo visto a liquidez deve se reduzir.

"Importantes decisões para o mercado europeu podem se desenrolar na próxima semana. De acordo com oficiais da zona do Euro, a reunião do BCE (Banco Central Europeu) marcada para dia 14 pode ser acompanhada por um anúncio sobre o encerramento do programa de Quantitative Easing implementado em 2015, algo bastante aguardado pelos investidores, reporta a Bloomberg. " (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.infomoney.com.br/mercados/noticia/7459144/momento-decisivo-banco-central-europeu-pode-estar-proximo-anunciar-fim







ÁFRICA - (06/06/2018) - Sinais de que pode estar vindo uma crise mundial que pegará o Brasil de "calça justa", ou seja, em uma situação ruim.

"A economia da África do Sul encolheu 2,2% nos primeiros três meses do ano, informou nesta terça-feira (5) o escritório nacional de estatísticas do país. O resultado vem após um fraco desempenho em agricultura, mineração e indústria manufatureira." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.valor.com.br/internacional/5571951/pib-da-africa-do-sul-cai-22-no-primeiro-trimestre







ÁSIA - (05/06/2018) - Comunicando.

"O PMI de serviços do Caixin/Markit repetiu a taxa de abril de 52,9, indicando expansão estável embora a um ritmo mais lento do que mais cedo no ano. " (Fonte: Reuters)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://br.reuters.com/article/businessNews/idBRKCN1J1167-OBRBS







EUROPA - (05/06/2018) - Comunicando.

"O índice de gerentes de compras (PMI, na sigla em inglês) composto da zona do euro, que engloba os setores industrial e de serviços, caiu de 55,1 em abril para 54,1 em maio, atingindo o menor nível desde novembro de 2016, segundo dados finais publicados hoje pela IHS Markit.

O resultado ficou em linha com a estimativa prévia de maio e a previsão de analistas consultados pela Dow Jones Newswires, de 54,1 em ambos os casos e, apesar da queda, a leitura acima da marca de 50 marcou o 59º mês consecutivo de expansão da atividade no bloco.

Apenas o PMI de serviços da zona do euro recuou de 54,7 em abril para 53,8 em maio, vindo um pouco abaixo da prévia e da projeção do mercado, de 53,9. Com informações da Dow Jones Newswires." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://www.istoedinheiro.com.br/pmi-composto-da-zona-do-euro-cai-ao-menor-nivel-desde-novembro-de-2016/







AMÉRICA DO NORTE - (01/06/2018) - Comunicando.

"A diretoria colegiada da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou em reunião extraordinária nesta quarta-feira a minuta de um novo contrato de concessão para a hidrelétrica Porto Primavera, da Cesp, o que deve viabilizar a retomada da privatização da companhia pelo governo de São Paulo." (Fonte: Reuters)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://br.reuters.com/article/businessNews/idBRKCN1IV2RD-OBRBS







ÁSIA - (01/06/2018) - Comunicando.

"O Índice de Gerentes de Compras (PMI, na sigla em inglês) oficial, divulgado nesta quinta-feira, subiu de 51,4 em abril para 51,9 em maio.Uma outra pesquisa mostrou que o crescimento do setor de serviços da China também ganhou fôlego em maio, já que o PMI oficial aplicável foi de 54,8 para 54,9 em relação a abril." (Fonte: Reuters)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://br.reuters.com/article/businessNews/idBRKCN1IW1V8-OBRBS







MUNDO - (30/05/2018) - Comunicando.

"O crescimento global deve atingir 3,8 por cento este ano e alcançar 3,9 por cento em 2019, projetou nesta quarta-feira a OCDE, piorando ainda a expectativa para o Brasil neste ano. Para o Brasil, a entidade projeta uma expansão de 2 por cento em 2018, reduzindo a perspectiva de março de 2,2 por cento, Por outro lado, a estimativa para o ano que vem melhorou a 2,8 por cento, de 2,4 por cento anteriormente." (Fonte: Reuters)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://br.reuters.com/article/businessNews/idBRKCN1IV17J-OBRBS







EUROPA - (30/05/2018) - Comunicando.

"A economia francesa cresceu 0,2 por cento no primeiro trimestre, projetou a agência nacional de estatísticas INSEE nesta quarta-feira, reduzindo sua estimativa inicial de 0,3 por cento no período." (Fonte: Reuters)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://br.reuters.com/article/businessNews/idBRKCN1IV198-OBRBS







AMÉRICA DO NORTE - (24/05/2018) - Comunicando.

"No evento mais aguardado do dia, a ata da última reunião do Fomc (Federal Open Market Committee), realizada no início de maio, revelou que a maioria dos membros votantes do Federal Reserve vê uma elevação nos juros em breve como medida "apropriada", caso a atual conjuntura econômica nos Estados Unidos se mantenha, mas mantém tranquilidade quanto aos fatores implícitos na curva da inflação." (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.infomoney.com.br/mercados/noticia/7434848/fed-sinaliza-nova-alta-juros-junho-mas-mantem-tranquilidade-com







AMÉRICA DO NORTE - (23/05/2018) - Comunicando.

"No evento mais aguardado do dia, a ata da última reunião do Fomc (Federal Open Market Committee), realizada no início de maio, revelou que a maioria dos membros votantes do Federal Reserve vê uma elevação nos juros em breve como medida "apropriada", caso a atual conjuntura econômica nos Estados Unidos se mantenha, mas mantém tranquilidade quanto aos fatores implícitos na curva da inflação." (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.infomoney.com.br/mercados/noticia/7434848/fed-sinaliza-nova-alta-juros-junho-mas-mantem-tranquilidade-com







EUROPA - (23/05/2018) - Comunicando.

"O índice de gerentes de compras (PMI, na sigla em inglês) composto da zona do euro, que mede a atividade nos setores industrial e de serviços, caiu de 55,1 em abril a 54,1 em maio, atingindo o menor nível em 18 meses, segundo dados preliminares publicados hoje pela IHS Markit.

Somente o PMI industrial da zona do euro recuou de 56,2 em abril para 55,5 em maio, tocando o menor patamar em 15 meses. Neste caso, a projeção do mercado era de queda do índice a 56.

O PMI de serviços do bloco, por sua vez, diminuiu de 54,7 em abril para 53,9 em maio, o menor nível em 16 meses. Analistas previam leve baixa do indicador a 54,5. Com informações da Dow Jones Newswires." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://www.istoedinheiro.com.br/pmi-composto-da-zona-do-euro-cai-a-541-em-maio-menor-nivel-em-18-meses/







MUNDO - (21/05/2018) - Ruim para o Brasil, se a China vai importar mais dos EUA, ela vai importar MENOS de outros países, logo o Brasil e seus parceiros comerciais podem ser atingidos, ou seja, além da China poder importar menos do Brasil diretamente, como produtos agropecuários, ela pode importar menos produtos finais (industrializados) de países que importam do
Brasil matéria prima ou produtos semi acabados. Ruim.

"A China concordou em adotar medidas para aumentar as importações dos Estados Unidos e reduzir o déficit comercial dos EUA disseram os dois países neste sábado, embora sem mencionar a meta de 200 bilhões de dólares que a Casa Branco havia falado antes." (Fonte: Reuters)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://br.reuters.com/article/businessNews/idBRKCN1IM0W9-OBRBS







MUNDO - (09/05/2018) - Comunicando.

"O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, confirmou que vai tirar o país do acordo nuclear assinado por potências ocidentais com o Irã em 2015. Em discurso na Casa Branca, o dirigente afirmou que o Irã apoia grupos terroristas e continua enriquecendo urânio." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.valor.com.br/internacional/5511391/trump-confirma-saida-dos-eua-de-acordo-nuclear-com-o-ira







AMÉRICA DO NORTE - (07/05/2018) - Comunicando.

"Os Estados Unidos criaram 164 mil empregos em abril, segundo dados com ajustes sazonais publicados hoje pelo Departamento do Trabalho. O resultado veio abaixo da expectativa de analistas consultados pelo The Wall Street Journal, que previam geração de 195 mil vagas. Já a taxa de desemprego recuou para 3,9% em abril, atingindo o menor nível desde dezembro de 2000, depois de se manter em 4,1% por seis meses consecutivos. A previsão era de queda menor da taxa, a 4%." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://www.istoedinheiro.com.br/eua-criam-164-mil-postos-de-trabalho-em-abril-e-taxa-de-desemprego-recua-a-39/







EUROPA - (04/05/2018) - Comunicando.

"O índice de gerentes de compras (PMI, na sigla em inglês) composto da zona do euro, que engloba os setores industrial e de serviços, caiu de 55,2 em março para 55,1 em abril, atingindo o menor nível desde o início de 2017, segundo dados finais publicados hoje pela IHS Markit. Apenas o PMI de serviços da zona do euro recuou de 54,9 em março para 54,7 em abril, contrariando a prévia e a projeção do mercado, de 55." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://www.istoedinheiro.com.br/pmi-composto-da-zona-do-euro-cai-ao-menor-nivel-desde-inicio-de-2017/







AMÉRICA DO NORTE - (03/05/2018) - Comunicando.

"O Federal Reserve (Fed, banco central americano manteve a taxa de juros nesta quarta-feira (2) e expressou confiança de que o recente aumento da inflação para nível próximo à meta de 2% será sustentada, mantendo o curso para elevar os custos de empréstimo em junho." (Fonte: Folha)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www1.folha.uol.com.br/mercado/2018/05/bc-dos-eua-mantem-taxa-de-juros-e-diz-que-inflacao-se-aproxima-da-meta.shtml







ÁSIA - (02/05/2018) - Comunicando.

"A leitura final do Índice de Gerentes de Compras (PMI, na sigla em inglês) Markit/Nikkei subiu para 53,8 em abril, em bases ajustadas sazonalmente, ante leitura preliminar de 53,3 e final em março de 53,1." (Fonte: Reuters)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://br.reuters.com/article/businessNews/idBRKBN1I23R1-OBRBS







ÁSIA - (02/05/2018) - Comunicando.

"O PMI de indústria do Caixin/Markit subiu para 51,1 em abril da mínima de quatro meses de 51,0 em março, e superou a expectativa de economistas em pesquisa da Reuters de desaceleração para 50,9." (Fonte: Reuters)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://br.reuters.com/article/businessNews/idBRKBN1I318N-OBRBS







ÁSIA - (30/04/2018) - Comunicando.

"O Índice de Gerentes de Compras (PMI, na sigla em inglês) oficial de indústria da China caiu a 51,4 em abril de 51,5 em março. Os sinais de fraqueza no setor comercial já ficaram evidentes no resultado de abril do PMI, com o subíndice de encomendas para exportação caindo a 50,7 de 51,3. Já o setor de serviços mostrou um “desenvolvimento constante”, segundo a agência de estatísticas. O PMI oficial de serviços subiu a 54,8 de 54,6 em março." (Fonte: Reuters)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://br.reuters.com/article/businessNews/idBRKBN1I10SN-OBRBS







AMÉRICA DO NORTE - (27/04/2018) - Comunicando.

"Os pedidos de auxílio caíram em 24 mil, para 209 mil na semana encerrada em 21 de abril com ajuste sazonal, nível mais baixo desde dezembro de 1969, informou o Departamento do Trabalho dos EUA nesta quinta-feira. Os novos pedidos de auxílio-desemprego nos Estados Unidos caíram para seu nível mais baixo em mais de 48 anos na semana passada, sugerindo que a desaceleração no crescimento dos empregos em março foi provavelmente temporária." (Fonte: Reuters)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://br.reuters.com/article/businessNews/idBRKBN1HX211-OBRBS







EUROPA - (24/04/2018) - Comunicando.

"O PMI Composto preliminar do IHS Markit para a zona do euro permaneceu em 55,2 em abril, mesma marca de março e a mínima de 14 meses, contra expectativa em pesquisa da Reuters de queda para 54,9.

O PMI do setor de serviços da zona do euro subiu para 55,0 de 54,9 em março, e expectativa de 54,6. Já o crescimento da indústria perdeu força em abril, com o PMI do setor caindo para a mínima de 14 meses de 56,0 contra 56,6 em março e expectativa de 56,1." (Fonte: Reuters)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://br.reuters.com/article/businessNews/idBRKBN1HU179-OBRBS







ÁSIA - (17/04/2018) - Comunicando.

"A economia da China cresceu 6,8 por cento no primeiro trimestre na comparação com o mesmo período do ano anterior, ritmo ligeiramente mais rápido do que o esperado, impulsionada pela demanda do consumidor, exportações e investimento imobiliário." (Fonte: Reuters)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://br.reuters.com/article/businessNews/idBRKBN1HO1CP-OBRBS







AMÉRICA DO NORTE - (17/04/2018) - Observe o risco cambial. Com o spread de juros Brasil x EUA reduzindo, uma crise um pouco mais séria pode incentivar uma fuga abrupta de capitais do Brasil

"O presidente do Federal Reserve (Fed, o banco central americano) de Nova York, William Dudley, afirmou em entrevista à CNBC nesta segunda-feira, 16, que três ou quatro elevações de juros em todo este ano são "uma expectativa razoável". " (Fonte: Estadão)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://economia.estadao.com.br/noticias/geral,quatro-altas-de-juros-e-expectativa-razoavel-para-2018-diz-autoridade-do-fed,70002270518







AMÉRICA DO NORTE - (16/04/2018) - Observe o risco cambial. Com o spread de juros Brasil x EUA reduzindo, uma crise um pouco mais séria pode incentivar uma fuga abrupta de capitais do Brasil

"O presidente do Federal Reserve (Fed, o banco central americano) de Nova York, William Dudley, afirmou em entrevista à CNBC nesta segunda-feira, 16, que três ou quatro elevações de juros em todo este ano são "uma expectativa razoável". " (Fonte: Estadão)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://economia.estadao.com.br/noticias/geral,quatro-altas-de-juros-e-expectativa-razoavel-para-2018-diz-autoridade-do-fed,70002270518







ÁSIA - (13/04/2018) - Ruim para exportadores brasileiras para a China. Mas é bem possível que o número tenha sido FABRICADO pelo governo chinês devido a guerra comercial com os EUA, eles podem estar querendo mostrar que não tem superavit elevado como os EUA alegam.

"A China apresentou um inesperado déficit comercial em março, o primeiro em 13 meses, à medida que as exportações caíram e as importações avançaram com mais vigor em meio à robusta demanda doméstica.

Dados da Administração Geral de Alfândega da China mostram que o gigante asiático registrou déficit na balança comercial no valor de US$ 4,98 bilhões em março, que contrasta com o superávit de US$ 33,7 bilhões observado em fevereiro.

O resultado surpreendeu analistas consultados pelo The Wall Street Journal, que previam superávit de US$ 19,6 bilhões no mês passado." (Fonte: Exame)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://exame.abril.com.br/economia/china-tem-inesperado-deficit-comercial-com-queda-nas-exportacoes/







EUROPA - (12/04/2018) - Comunicando.

"A produção industrial na zona do euro caiu pelo terceiro mês consecutivo em fevereiro, em indicação de que o crescimento econômico no bloco pode estar se desacelerando. A Eurostat, agência de estatísticas da União Europeia, informou nesta quinta-feira que a produção das fábricas, minas e da infraestrutura de serviços públicos ficou em fevereiro 0,8% abaixo do observado em janeiro, a maior queda em relação ao mês anterior desde o fim de 2016." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.valor.com.br/financas/5446619/producao-industrial-na-zona-do-euro-recua-08-em-fevereiro







MUNDO - (06/04/2018) - Comunicando.

"O presidente americano, Donald Trump, disse ter pedido ao Escritório do Representante Comercial do EUA (USTR) para considerar tarifas adicionais que afetariam US$ 100 bilhões em importações chinesas. "À luz da retaliação injusta da China, instruímos o USTR a considerar se US$ 100 bilhões em tarifas adicionais seriam apropriados, segundo a seção 301, e, em caso afirmativo, identificar os produtos sobre os quais impor tais tarifas", disse Trump, em comunicado divulgado ontem pela Casa Branca. " (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.valor.com.br/internacional/5434687/trump-ameaca-taxar-mais-us-100-bi-em-produtos-chineses







EUROPA - (05/04/2018) - Comunicando.

"O índice de gerentes de compras (PMI, na sigla em inglês) composto da zona do euro, que engloba os setores industrial e de serviços, caiu de 57,1 em fevereiro para 55,2 em março, atingindo o menor nível desde o início de 2017, segundo dados finais publicados hoje pela IHS Markit.

O resultado ficou ligeiramente abaixo da estimativa prévia de março e da previsão de analistas consultados pela Dow Jones Newswires, de 55,3 em ambos os casos, mas a leitura acima da barreira de 50 marcou o 57º mês consecutivo de expansão da atividade no bloco.

Apenas o PMI de serviços da zona do euro recuou de 56,2 em fevereiro para 54,9 em março, também aquém da prévia e da projeção do mercado, de 55. Com informações da Dow Jones Newswires." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://www.istoedinheiro.com.br/pmi-composto-da-zona-do-euro-cai-a-552-em-marco/







AMÉRICA DO NORTE - (05/04/2018) - Comunicando.

"O setor privado dos Estados Unidos gerou 241 mil empregos em março, de acordo com relatório do instituto ADP. O dado ficou acima das expectativas de analistas consultados pelo Wall Street Journal, que previam a criação de 200 mil vagas." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://www.istoedinheiro.com.br/setor-privado-dos-eua-cria-241-mil-vagas-de-emprego-em-marco-acima-da-previsao/







AMÉRICA DO NORTE - (04/04/2018) - Comunicando.

"O setor privado dos Estados Unidos gerou 241 mil empregos em março, de acordo com relatório do instituto ADP. O dado ficou acima das expectativas de analistas consultados pelo Wall Street Journal, que previam a criação de 200 mil vagas." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://www.istoedinheiro.com.br/setor-privado-dos-eua-cria-241-mil-vagas-de-emprego-em-marco-acima-da-previsao/







ÁSIA - (04/04/2018) - Comunicando.

"O PMI de serviços do Caixin/Markit para a China caiu a 52,3 em março, de 54,2 em fevereiro, nível mais fraco desde novembro. O PMI Composto do Caixin para a China, que cobre tanto o setor industrial quanto de serviços, também caiu para a mínima de quatro meses de 51,8 em março, de 53,3 no mês anterior." (Fonte: Reuters)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://br.reuters.com/article/businessNews/idBRKCN1HB19H-OBRBS







MUNDO - (04/04/2018) - Guerra comercial.

"A administração Trump disse nesta terça-feira que atingiria a China com tarifas de 25 por cento em cerca de 1.300 produtos de médicos, de tecnologia industrial e transporte, como parte de sua tentativa de mudar as práticas de propriedade intelectual de Pequim.

O escritório do Representante de Comércio dos EUA revelou uma lista de produtos, em maioria não vendidos ao consumidor, representando quase 50 bilhões de dólares de importações anuais que, no entanto, atingiriam cadeias de fornecimento de muitos fabricantes. " (Fonte: Reuters)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://br.reuters.com/article/businessNews/idBRKCN1HA2RV-OBRBS







EUROPA - (03/04/2018) - Comunicando.

"O PMI final do IHS Markit para a indústria da zona do euro caiu para a mínima de oito meses de 56,6 em março de 58,6 no mês anterior, em linha com a preliminar e ainda acima da marca de 50 que separa crescimento de contração. O subíndice de produção foi a 55,9, menor patamar em 16 meses, de 59,6 anteriormente, pouco abaixo da preliminar." (Fonte: Reuters)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://br.reuters.com/article/businessNews/idBRKCN1HA15I-OBRBS







EUROPA - (03/04/2018) - Comunicando.

"O banco central da Rússia anunciou, nesta segunda-feira (2), a criação de uma estrutura especial para liberar mais de 15 bilhões de euros de créditos ruins de bancos em risco, em uma tentativa de organizar o frágil sistema financeiro do país." (Fonte: Exame)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://exame.abril.com.br/economia/russia-cria-banco-ruim-para-creditos-duvidosos/







ÁSIA - (02/04/2018) - Comunicando.

"O PMI de indústria do Caixin/Markit caiu a 51,0 em março de 51,6 em fevereiro, contra expectativa de economistas de 51,7. " (Fonte: Reuters)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://br.reuters.com/article/businessNews/idBRKCN1H90S0-OBRBS







ÁSIA - (02/04/2018) - Comunicando.

"O índice de gerentes de compras (PMI, na sigla em inglês) do setor industrial da China subiu de 50,3 em fevereiro para 51,5 em março, de acordo com o Escritório Nacional de Estatísticas do país, chegando ao nível mais alto desde dezembro do ano passado. O subíndice de novas encomendas à indústria avançou de 51,0 em fevereiro para 53,3 em março, enquanto o subíndice de produção do setor subiu de 50,7 para 53,1 no período." (Fonte: Exame)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://exame.abril.com.br/economia/pmi-industrial-da-china-sobe-para-515-em-marco/







MUNDO - (02/04/2018) - Comunicando.

"A China anunciou hoje que vai mudar o tratamento tarifário para 128 produtos de exportação dos EUA, principalmente certos tipos de frutas e carne de porco, a partir desta segunda-feira, em resposta as sobretaxas americanas sobre aço e alumínio." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.valor.com.br/internacional/5421389/china-impoe-novas-tarifas-sobre-128-produtos-dos-eua







AMÉRICA DO NORTE - (29/03/2018) - Comunicando.

"A economia dos Estados Unidos cresceu a uma taxa anualizada de 2,9% nos três últimos meses de 2017, em vez de 2,5% como o informado inicialmente.

O desempenho do Produto Interno Bruto (PIB) continuou robusto, mas com um ímpeto ligeiramente menor do que nos trimestres anteriores - no segundo trimestre, por exemplo, houve expansão de 3,1% e no terceiro trimestre, de 3,2%." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.valor.com.br/internacional/5414235/pib-dos-eua-avanca-29-no-ultimo-trimestre-de-2017-apos-revisao







AMÉRICA DO NORTE - (23/03/2018) - Comunicando.

"O índice dos gerentes de compras (PMI, na sigla em inglês) do setor manufatureiro nos Estados Unidos atingiu máxima de 36 meses na leitura preliminar de março, a 55,7, comparado a 55,3 do resultado final de fevereiro, de acordo com dados com ajuste sazonal divulgados nesta quinta-feira pela IHS Markit.

Contudo, o PMI composto caiu a 54,3 em março, ante 55,8 em fevereiro, na mínima de dois meses, em razão de o PMI de serviços ter recuado a 54,1 em março, ante 55,9 em fevereiro, também na mínima de dois meses." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.valor.com.br/internacional/5402777/atividade-industrial-dos-eua-sobe-em-marco-mas-de-servicos-cai







AMÉRICA DO NORTE - (23/03/2018) - Comunicando.

"Os novos pedidos de seguro-desemprego nos Estados Unidos somaram 229 mil na semana terminada em 17 de março, alta de 3 mil em relação ao nível anterior. O resultado ficou acima da expectativa do mercado, que esperava uma leitura da ordem de 225 mil. A média das quatro últimas semanas ficou em 223,750 mil, elevação de 2,250 mil perante a média anterior." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.valor.com.br/internacional/5402049/pedidos-semanais-de-seguro-desemprego-nos-eua-sobem-acima-do-previsto







EUROPA - (22/03/2018) - Comunicando.

"O índice de gerentes de compras (PMI, na sigla em inglês) composto da zona do euro, que mede a atividade nos setores industrial e de serviços, caiu de 57,1 em fevereiro para 55,3 em março, atingindo o menor nível em 14 meses, segundo dados preliminares publicados hoje pela IHS Markit.

Somente o PMI industrial da zona do euro recuou de 58,6 em fevereiro para 56,6 em março, tocando o menor patamar em oito meses. Também neste caso, a projeção do mercado era de baixa menor do índice, a 58. Já o PMI de serviços do bloco caiu de 56,2 em fevereiro para 55 na prévia de março, o menor nível em cinco meses. A expectativa de analistas era de redução do indicador a 55,9. Com informações da Dow Jones Newswires." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://www.istoedinheiro.com.br/pmi-composto-da-zona-do-euro-cai-a-553-em-marco-menor-nivel-em-14-meses/







AMÉRICA DO NORTE - (22/03/2018) - Comunicando.

"O Federal Reserve (Fed, o Banco Central americano) decidiu elevar nesta quarta-feira (21) a taxa de juros em sua primeira reunião sob o comando de Jerome Powell. Trata-se da primeira elevação em 2018 e a quarta após a posse do presidente Donald Trump.

O Comitê de Política Monetária (FOMC) indicou, em um comunicado, que as taxas serão elevadas para uma faixa de 1,50% a 1,75%, um aumento de 0,25 ponto percentual. A última elevação tinha ocorrido em dezembro." (Fonte: O Globo G1)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://g1.globo.com/economia/noticia/fed-eleva-taxas-de-juros-nos-eua-pela-1-vez-em-2018.ghtml







AMÉRICA DO NORTE - (21/03/2018) - Comunicando.

"O Federal Reserve (Fed, o Banco Central americano) decidiu elevar nesta quarta-feira (21) a taxa de juros em sua primeira reunião sob o comando de Jerome Powell. Trata-se da primeira elevação em 2018 e a quarta após a posse do presidente Donald Trump.

O Comitê de Política Monetária (FOMC) indicou, em um comunicado, que as taxas serão elevadas para uma faixa de 1,50% a 1,75%, um aumento de 0,25 ponto percentual. A última elevação tinha ocorrido em dezembro." (Fonte: O Globo G1)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://g1.globo.com/economia/noticia/fed-eleva-taxas-de-juros-nos-eua-pela-1-vez-em-2018.ghtml







AMÉRICA DO NORTE - (16/03/2018) - Comunicando.

"O número de trabalhadores nos EUA que apresentaram pedidos iniciais de auxílio-desemprego caiu o correspondente a 4 mil na semana passada, para 226 mil, de acordo com dados com ajuste sazonal divulgados nesta quinta-feira pelo Departamento do Trabalho. " (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.valor.com.br/internacional/5387089/eua-pedidos-iniciais-de-seguro-desemprego-caem-de-acordo-com-previsao







ÁSIA - (15/03/2018) - Comunicando.

"Indústria da China cresce mais que o esperado no início do ano sob ameaça de novas tarifas dos EUA. A produção industrial avançou 7,2 por cento entre janeiro e fevereiro na comparação com o mesmo período do ano anterior, informou a Agência Nacional de Estatísticas nesta quarta-feira, contra expectativa de analistas de 6,1 por cento e registrando forte aceleração sobre a marca de 6,2 por cento de dezembro." (Fonte: Reuters)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://br.reuters.com/article/businessNews/idBRKCN1GQ17M-OBRBS







MUNDO - (12/03/2018) - A guerra comercial vai começar ou o Trump está na verdade forçando uma abertura econômica e o fim da guerra cambial?

"O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou neste sábado que, caso a União Europeia não reveja barreiras e tarifas a produtos americanos, levará adiante sua intenção de impor tarifas a produtos europeus. Trump escreveu sobre o assunto no Twitter, horas depois de uma reunião entre EUA, UE e Japão para tratar das tarifas anunciadas por Trump à importação de aço e alumínio terminar sem esclarecimentos da Casa Branca.

“A União Europeia, países maravilhosos que tratam os EUA muito mal no comércio, está reclamando sobre tarifas ao aço e ao alumínio”, afirmou Trump. “Se eles retirarem suas barreiras horríveis e tarifas aos produtos dos EUA, nós também retiraremos as nossas. Grande déficit [em nossa balança comercial com os países do bloco]. Se não, nós taxaremos carros, etc. JUSTO!”, escreveu o presidente americano." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://www.istoedinheiro.com.br/se-ue-nao-retirar-tarifas-e-barreiras-taxaremos-carros-deles-diz-trump/







AMÉRICA DO NORTE - (12/03/2018) - Comunicando.

"Os Estados Unidos criaram 313 mil empregos em fevereiro, segundo dados com ajustes sazonais publicados hoje pelo Departamento do Trabalho. O resultado, o melhor desde julho de 2016, veio bem acima da expectativa de analistas consultados pelo The Wall Street Journal, que previam geração de 205 mil vagas.

Já a taxa de desemprego de fevereiro, em 4,1%, manteve-se no menor nível desde dezembro de 2000 e ficou estável pelo quinto mês consecutivo. A previsão era de queda da taxa, a 4%." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://www.istoedinheiro.com.br/eua-criam-313-mil-empregos-em-fevereiro-maior-acrescimo-desde-julho-de-2016/







AMÉRICA DO NORTE - (06/03/2018) - Comunicando.

"O índice dos gerentes de compras (PMI, na sigla em inglês) do setor de serviços nos EUA subiu a 55,9 em fevereiro, ante 53,3 em janeiro, de acordo com dados com ajuste sazonal divulgados nesta segunda-feira pela consultoria IHS Markit. O PMI composto (serviços + indústria) avançou a 55,8 em fevereiro, ante 53,8 no mês precedente, também informou a Markit." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.valor.com.br/financas/5363207/atividade-de-servicos-nos-eua-sobe-em-fevereiro-aponta-markit







ÁSIA - (05/03/2018) - Comunicando.

"O índice de gerentes de compras (PMI, na sigla em inglês) de serviços da China recuou de 54,7 em janeiro para 54,2 em fevereiro, segundo pesquisa divulgada pela IHS Markit em parceria com a Caixin Media. Já o PMI composto chinês, que engloba manufatura e serviços, diminuiu para 53,3 em fevereiro, de 53,7 em janeiro, que havia sido o maior nível em sete anos." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://www.istoedinheiro.com.br/pmi-de-servicos-da-china-recua-a-542-em-fevereiro/







ÁSIA - (02/03/2018) - Comunicando.

"O presidente do Banco do Japão (BoJ, na sigla em inglês), Haruhiko Kuroda, disse hoje no Parlamento do país que a instituição irá considerar começar a retirada da atual política de relaxamento monetário em algum momento do ano fiscal de 2019." (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.infomoney.com.br/ultimas-noticias/noticia/7314011/presidente-banco-central-japones-sinaliza-fim-relaxamento-monetario







AMÉRICA DO NORTE - (02/03/2018) - Comunicando.

"O novo presidente do Banco Central de Nova York (Fed), William Dudley, afirmou, nesta quinta-feira, que quatro altas de juros em 2018 levariam a um aperto “gradual” da política monetária. Segundo ele, se houver quatro altas, elas serão de 0,25%, e por isso podem ser consideradas “graduais”. Em dezembro, o Fed tinha projetado três altas de juros para este ano, mas o estímulo fiscal e sinais de inflação convenceram alguns investidores de que quatro são mais prováveis. Segundo Dudley, a política fiscal dos EUA está se tornando “bastante estimulante”." (Fonte: Exame)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://exame.abril.com.br/brasil/pib-do-brasil-cresce-1-putin-anuncia-missil-e-ameaca-eua/







AMÉRICA DO NORTE - (02/03/2018) - Comunicando.

"Os novos pedidos de auxílio-desemprego nos Estados Unidos recuaram 10 mil na semana encerrada no dia 24 de fevereiro, para o número sazonalmente ajustado de 210 mil, informou nesta quinta-feira o Departamento do Trabalho. O número é ainda o mais baixo desde 6 de dezembro de 1969, em mais um sinal de saúde no mercado de trabalho do país. Economistas ouvidos pelo Wall Street Journal previam 225 mil." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://www.istoedinheiro.com.br/pedidos-de-auxilio-desemprego-caem-a-minima-desde-1969-nos-eua/







EUROPA - (01/03/2018) - Comunicando.

"O índice de gerentes de compras (PMI, na sigla em inglês) do setor industrial da zona do euro caiu de 59,6 em janeiro para 58,6 em fevereiro, segundo dados finais publicados hoje pela IHS Markit." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://www.istoedinheiro.com.br/pmi-industrial-da-zona-do-euro-cai-a-586-em-fevereiro-mas-supera-previsao/







AMÉRICA DO NORTE - (01/03/2018) - Comunicando.

"O Produto Interno Bruto (PIB) dos Estados Unidos cresceu à taxa anualizada de 2,5% no quarto trimestre, de acordo com a segunda estimativa do dado, publicada nesta quarta-feira pelo Departamento do Comércio. O número veio conforme o previsto pelos analistas ouvidos pelo Wall Street Journal e representa uma leve queda em relação à leitura inicial, que apontou em janeiro avanço de 2,6%.

A revisão em leve baixa refletiu um apoio menor do investimento em estoques no setor privado no período. Na comparação anual, o PIB avançou 2,5% no quarto trimestre de 2017, uma alta bem superior à expansão de 1,8% de 2016." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://www.istoedinheiro.com.br/pib-dos-eua-cresce-a-taxa-anualizada-de-25-no-quarto-trimestre-como-esperado/







ÁSIA - (28/02/2018) - Comunicando.

"O Índice de Gerentes de Compras (PMI, na sigla em inglês) oficial de indústria divulgado nesta quarta-feira caiu a 50,3 em fevereiro de 51,3 em janeiro. Ainda assim, permaneceu acima da marca de 50 que separa crescimento de contração pelo 19º mês seguido." (Fonte: Reuters)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://br.reuters.com/article/businessNews/idBRKCN1GC1AF-OBRBS







AMÉRICA DO NORTE - (27/02/2018) - Comunicando.

"O número de casas novas vendidas nos Estados Unidos caiu acentuadamente no início de 2018, dando prosseguimento à desaceleração observada no fim do ano passado. De acordo com dados com ajuste sazonal divulgados nesta segunda-feira (26) pelo Departamento do Comércio, as vendas caíram 7,8%, a uma taxa anual de 593 mil, em janeiro." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.valor.com.br/internacional/5347091/vendas-de-casas-novas-caem-em-janeiro-nos-eua







AMÉRICA DO NORTE - (27/02/2018) - Realmente vai ter um momento que a bolha estourará.

"Um dos principais fatores ligados à alta recente das bolsas norte-americanas também está gerando uma grande dor de cabeça no mercado sobre o futuro dos preços. No período em que os yields dos Treasuries de 10 anos subiram de 2% para 3%, o S&P 500 entregou seu melhor desempenho, mas agora, conforme os juros da dívida chegaram neste patamar, as bolsas começam a cambalear.

E segundo o Goldman Sachs, isso pode piorar se os rendimentos subirem demais. Em relatório para clientes, o banco destacou que se os yields chegarem a 4,5% até o fim deste ano, pode haver uma catástrofe no mercado de ações, podendo levar a uma queda de 20% a 25% nos preços." (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.infomoney.com.br/mercados/acoes-e-indices/noticia/7287318/disparada-dos-treasuries-para-pode-fazer-bolsa-americana-afundar-diz







AMÉRICA DO NORTE - (26/02/2018) - Comunicando.

"O Federal Reserve, banco central dos Estados Unidos, afirmou que vê a continuidade do crescimento constante e nenhum risco grave no horizonte que possa interromper o ritmo planejado de aumentos da taxa de juros." (Fonte: Reuters)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://br.reuters.com/article/businessNews/idBRKCN1G7284-OBRBS







AMÉRICA DO NORTE - (23/02/2018) - Comunicando.

"Para Goldman, há 95% de chance do Fed aumentar taxa de juros na próxima reunião." (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.infomoney.com.br/mercados/acoes-e-indices/noticia/7283018/para-goldman-chance-fed-aumentar-taxa-juros-proxima-reuniao







EUROPA - (21/02/2018) - Comunicando.

"O índice de gerentes de compras (PMI, na sigla em inglês) composto da zona do euro, que mede a atividade nos setores industrial e de serviços, caiu de 58,8 em janeiro para 57,5 em fevereiro, atingindo o menor nível em três meses, segundo dados preliminares publicados hoje pela IHS Markit.

Somente o PMI industrial da zona do euro recuou de 59,6 em janeiro para 58,5 em fevereiro, tocando o menor patamar em quatro meses. Neste caso, a projeção do mercado também era de ligeira baixa do índice, a 59,3. Já o PMI de serviços do bloco caiu de 58 em janeiro para 56,7 na prévia de fevereiro. A expectativa de analistas era de redução do indicador a 57,6. Com informações da Dow Jones Newswires." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://www.istoedinheiro.com.br/pmi-composto-da-zona-do-euro-cai-a-575-em-fevereiro-menor-nivel-em-3-meses/







EUROPA - (14/02/2018) - Comunicando.

"A Eurostat informou que a produção industrial nos 19 países que usam o euro subiu 0,4 por cento sobre o mês anterior e registrou alta de 5,2 por cento na base anual. Economistas consultados pela Reuters projetavam alta de 0,2 por cento na base mensal e de 4,2 por cento sobre o ano anterior.

A agência de estatísticas confirmou a estimativa preliminar de expansão do Produto Interno Bruto (PIB) na zona do euro no quarto trimestre de 2017 de 0,6 por cento sobre os três meses anteriores e de 2,7 por cento contra o mesmo período de 2016.

Em 2017, o PIB da zona do euro cresceu 2,5 por cento, taxa de crescimento mais rápida desde os 3 por cento de 2007." (Fonte: Reuters)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://br.reuters.com/article/businessNews/idBRKCN1FY1AP-OBRBS







AMÉRICA DO NORTE - (09/02/2018) - Comunicando.

"O Senado dos Estados Unidos aprovou um acordo orçamentário incluindo um projeto de lei de financiamento provisório para o governo na manhã desta sexta-feira, mas foi tarde demais para evitar uma paralisação federal que já estava em curso, em um constrangedor revés para o Congresso controlado por republicanos." (Fonte: Exame)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://exame.abril.com.br/economia/governo-dos-eua-segue-paralisado-mesmo-com-acordo-no-senado/







EUROPA - (09/02/2018) - Comunicando.

"O banco central britânico afirmou que a taxa de juros provavelmente precisará ser elevada mais cedo e um pouco mais do que o imaginado há três meses, depois de ter melhorado suas projeções de crescimento econômico para o Reino Unido devido à forte recuperação global." (Fonte: Reuters)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://br.reuters.com/article/businessNews/idBRKBN1FS1UN-OBRBS







EUROPA - (05/02/2018) - Comunicando.

"O índice de gerentes de compras (PMI, na sigla em inglês) composto da zona do euro, que engloba os setores industrial e de serviços, subiu de 58,1 em dezembro para 58,8 em janeiro, atingindo o maior nível desde junho de 2006, segundo dados finais publicados hoje pela IHS Markit.

Apenas o PMI de serviços da zona do euro avançou de 56,6 em dezembro para 58 em janeiro, também vindo acima da prévia e da projeção do mercado, de 57,6. Com informações da Dow Jones Newswires." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://www.istoedinheiro.com.br/pmi-composto-da-zona-do-euro-atinge-maior-nivel-desde-junho-de-2006/







AMÉRICA DO NORTE - (05/02/2018) - Acredito que as bolhas estão sendo criadas e o FED terá de agir para evitar o pior em um futuro próximo.

"Os Estados Unidos criaram 200 mil empregos em janeiro, informou o Departamento do Trabalho nesta sexta-feira. O dado veio acima das expectativas de analistas ouvidos pelo Wall Street Journal, que previam geração de 177 mil vagas. Nos últimos três meses, a média mensal de criação de postos de trabalho foi de 192 mil, acima da média de 181 mil em 2017 como um todo.

A taxa de desemprego manteve-se em 4,1%, como esperado. Já o salário médio por hora dos trabalhadores subiu 0,34% no mês, ou US$ 0,09, para US$ 26,74 por hora. O dado também veio melhor do que os 0,20% esperados. Em 2017, os salários subiram 2,9%. " (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://www.istoedinheiro.com.br/eua-geram-200-mil-empregos-em-janeiro-acima-do-previsto/







AMÉRICA DO NORTE - (02/02/2018) - Comunicando.

"O índice industrial do Instituto para Gestão de Oferta (ISM, na sigla em inglês) dos Estados Unidos caiu para 59,1 em janeiro, de 59,3 da leitura em dezembro. " (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.valor.com.br/internacional/5300053/atividade-industrial-cai-em-janeiro-nos-eua-segundo-o-ism







EUROPA - (02/02/2018) - Comunicando.

"O PMI final do IHS Markit para a indústria da zona do euro em janeiro ficou em 59,6, igualando a leitura preliminar mas abaixo da marca de 60,6 de dezembro, que havia sido a mais alta desde que a pesquisa começou em junho de 1997. O subíndice de produção caiu para 61,1 da máxima recorde de dezembro de 62,2, mas só esteve acima disso seis vezes nos 20 anos de história da pesquisa." (Fonte: Exame)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://exame.abril.com.br/economia/industria-da-zona-do-euro-inicia-2018-com-ritmo-forte-mostra-pmi/







ÁSIA - (02/02/2018) - Comunicando.

"O PMI do Caixin/Markit para a indústria da China ficou em 51,5 em janeiro, inalterado ante o mês anterior e contra expectativa em pesquisa da Reuters de queda para 51,3. " (Fonte: Exame)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://exame.abril.com.br/economia/pmi-industrial-da-china-permanece-forte-com-alta-da-producao/







ÁSIA - (31/01/2018) - Comunicando.

"Crescimento da indústria da China cai para mínima de 8 meses em janeiro, mostra PMI oficial. O Índice de Gerentes de Compras (PMI, na sigla em inglês) oficial divulgado nesta quarta-feira recuou a 51,3 em janeiro de 51,6 em dezembro. Em outro sinal de resiliência econômica, o PMI oficial sobre o setor de serviços acelerou para a máxima de quatro meses em janeiro de 55,3, contra 55 em dezembro." (Fonte: Reuters)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://br.reuters.com/article/businessNews/idBRKBN1FK10O-OBRBS







EUROPA - (31/01/2018) - Comunicando.

"A economia da zona do euro cresceu 2,5% em 2017, sua maior expansão anual desde o início da crise financeira mundial há dez anos, confirmando a recuperação econômica europeia. A cifra supera em mais de meio ponto a marca de 2016 (1,8%)." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://www.istoedinheiro.com.br/economia-da-zona-do-euro-registra-sua-maior-expansao-em-dez-anos/







AMÉRICA DO NORTE - (29/01/2018) - Comunicando.

"A economia dos Estados Unidos cresceu 2,3% em 2017, mostrando aceleração ante os 1,5% de 2016, de acordo com a primeira leitura do Departamento de Comércio norte-americano em seu relatório sobre o PIB (Produto Interno Bruto) divulgado nesta sexta-feira (26).

No quarto trimestre, no entanto, a economia desacelerou inesperadamente, com o PIB expandindo-se a uma taxa anual de 2,6%." (Fonte: Folha)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www1.folha.uol.com.br/mercado/2018/01/1953543-economia-dos-eua-cresce-23-em-2017-apesar-de-ritmo-menor-no-4-tri.shtml







EUROPA - (26/01/2018) - Comunicando.

"A economia da zona do euro manteve um ritmo forte de crescimento neste início de ano, como mostra o dado preliminar do índice de atividade composto (PMI) do IHS Markit, que subiu de 58,1 em dezembro para 58,6 este mês. Esta é a melhor leitura desde junho de 2006. Números acima de 50 indicam expansão da atividade. Com isso, o IHS Markit projeta uma expansão de 1% do PIB da região no primeiro trimestre." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.valor.com.br/internacional/5280723/curtas







AMÉRICA DO NORTE - (23/01/2018) - Comunicando.

"Senadores dos Estados Unidos selaram um acordo na segunda-feira para encerrar uma paralisação de três dias no governo conforme os democratas concordaram em acabar com o impasse em troca de uma promessa dos republicanos do presidente Donald Trump de debater o futuro de jovens imigrantes ilegais.

A legislação para renovar o financiamento do governo recebeu com facilidade apoio suficiente em votação no Senado e a expectativa era que fosse aprovada pela Câmara dos Deputados, permitindo que o governo voltasse a funcionar plenamente até 8 de fevereiro." (Fonte: Reuters)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://br.reuters.com/article/businessNews/idBRKBN1FB34S-OBRBS







AMÉRICA DO NORTE - (22/01/2018) - Isto é bem ruim, achei que seria resolvido como das outras vezes.

"O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse neste domingo que, se o impasse que levou à paralisação do governo continuar, os republicanos devem financiar o governo mudando as regras do Senado, que atualmente exigem uma super maioria para a aprovação das contas de dotações, mas os principais republicanos imediatamente descartaram a ideia." (Fonte: Reuters)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://br.reuters.com/article/businessNews/idBRKBN1FA105-OBRBS







AMÉRICA DO NORTE - (19/01/2018) - Comunicando.

"O Departamento do Trabalho informou nesta quinta-feira que os pedidos iniciais de auxílio-desemprego caíram em 41 mil, para 220 mil em números ajustados sazonalmente na semana encerrada em 13 de janeiro, nível mais baixo desde fevereiro de 1973." (Fonte: Reuters)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://br.reuters.com/article/businessNews/idBRKBN1F71TN-OBRBS







ÁSIA - (18/01/2018) - Comunicando.

"A produção industrial da China teve expansão anual de 6,2% em dezembro, ganhando força em relação ao aumento de 6,1% observado em novembro, segundo dados publicados hoje pelo Escritório Nacional de Estatísticas (NBS, pela sigla em inglês).

Na comparação mensal, a indústria chinesa produziu 0,52% mais em dezembro, depois do aumento de 0,48% visto em novembro.

Por outro lado, as vendas no varejo avançaram em ritmo anual mais fraco em dezembro, de 9,4%, após subirem 10,2% em novembro.

Neste caso, a projeção do mercado era de alta de 10,1%. Em relação a novembro, o setor varejista chinês vendeu 0,7% mais no último mês." (Fonte: Exame)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://exame.abril.com.br/economia/industria-da-china-surpreende-em-dezembro-mas-varejo-decepciona/







AMÉRICA DO NORTE - (18/01/2018) - Sempre acontece esse processo e no fim chega-se a um acordo.

"O Congresso dos Estados Unidos retomou, nesta quarta-feira (17), as negociações para alcançar um novo acordo orçamentário antes da meia-noite de sexta-feira e evitar uma paralisação do governo federal, em meio a pressões sobre o assunto sensível da imigração. Se não for alcançado um acordo sobre os gastos, vai acontecer um fechamento do governo. " (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://www.istoedinheiro.com.br/aumenta-tensao-no-congresso-americano-para-evitar-apagao-do-governo/







AMÉRICA DO NORTE - (18/01/2018) - Comunicando.

"A produção industrial dos Estados Unidos acelerou em dezembro para uma alta de 0,9% ante o mês anterior, informou o Federal Reserve (Fed) nesta quarta-feira. O dado superou as estimativas dos analistas ouvidos pelo "The Wall Street Journal", que apontavam para alta de 0,5% no mês passado.

Na comparação anual, a produção industrial subiu 3,6%, o maior ganho nessa comparação desde 2010. O dado de novembro foi revisado de alta de 0,2% para declínio de 0,1%. Já no fechado do quarto trimestre, houve uma alta anual de 8,2% depois de interrupções no terceiro trimestre por causa dos furacões Harvey e Irma, destacou o Federal Reserve, o banco central americano." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.valor.com.br/financas/5263305/eua-producao-industrial-tem-maior-alta-anual-em-dezembro-desde-2010







AMÉRICA DO NORTE - (12/01/2018) - Comunicando.

"O número de trabalhadores nos EUA que apresentaram na semana passada subiu o correspondente a 11 mil, para 261 mil, de acordo com dados com ajuste sazonal divulgados nesta quinta-feira pelo Departamento do Trabalho." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.valor.com.br/financas/5254185/pedidos-de-auxilio-desemprego-sobem-pela-4-semana-consecutiva-nos-eua







AMÉRICA DO NORTE - (12/01/2018) - O problema não é a inflação em bens de consumo e serviços e sim a inflação em investimentos como imóveis, ações e criptomoedas. Há uma bolha se formando e isso não é nada bom.

"O índice de preços ao produtor (PPI, na sigla em inglês) dos Estados Unidos caiu 0,1% entre novembro e dezembro, contrariando as expectativas dos analistas ouvidos pelo Wall Street Journal, que previam alta de 0,2% no período. O núcleo do indicador também recuou 0,1%, ficando abaixo da previsão de alta de 0,2%. " (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://www.istoedinheiro.com.br/ppi-dos-eua-registra-em-dezembro-deflacao-pela-primeira-vez-desde-2016/







EUROPA - (11/01/2018) - Comunicando.

"A economia da Alemanha cresceu 2,2 por cento em 2017. Ajustada para efeitos de calendário, a taxa de crescimento foi de 2,5 por cento no ano passado, segundo a agência de estatísticas." (Fonte: Exame)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://exame.abril.com.br/economia/economia-alema-cresce-22-em-2017-taxa-mais-forte-em-6-anos/







MUNDO - (10/01/2018) - Comunicando.

"Banco Mundial prevê alta de 2% no PIB do Brasil em 2018. Já a projeção para o PIB mundial subiu de 2,9% para 3,1%. Para 2019, ocorreu leve aumento de 2,9% para 3,0%. Para 2020, a previsão é de expansão de 2,9%." (Fonte: Exame)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://exame.abril.com.br/mercados/maia-versus-meirelles-e-tudo-para-ler-antes-de-a-bolsa-abrir/







ÁSIA - (04/01/2018) - Comunicando.

"O PMI de serviços do Caixin/Markit subiu para 53,9 em dezembro de 51,9 em novembro, leitura mais alta desde agosto de 2014. " (Fonte: Reuters)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://br.reuters.com/article/businessNews/idBRKBN1ET0WZ-OBRBS







ÁSIA - (02/01/2018) - Comunicando.

"O Índice de Gerentes de Compras (PMI, na sigla em inglês) oficial divulgado neste domingo caiu a 51,6 em dezembro, de 51,8 em novembro e em linha com as expectativas de economistas em pesquisa da Reuters. Os números mostraram que o crescimento econômico da China no ano de 2017 ficará em cerca de 6,9 por cento e em torno de 6,5 por cento para 2018, de acordo com a Federação da China para Logística e Compras, que compila o PMI. Em mais um sinal de resiliência, o setor de serviços da China, que já é robusto, acelerou em dezembro, com seu PMI indo para a máxima de três meses de 55 sobre 54,8 em novembro." (Fonte: Reuters)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://br.reuters.com/article/businessNews/idBRKBN1EP0CD-OBRBS







ÁSIA - (02/01/2018) - Comunicando.

"O PMI de indústria do Caixin/Markit subiu para 51,5 em dezembro de 50,8 em novembro, superando a expectativa dos economistas de queda para 50,6 e acima da marca de 50 que separa crescimento de contração. As novas encomendas tanto domésticas quanto externas subiram no ritmo mais forte desde agosto, com seu subíndice saltando para 53,0 em dezembro de 51,8 no mês anterior." (Fonte: Reuters)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://br.reuters.com/article/businessNews/idBRKBN1ER0JS-OBRBS







AMÉRICA DO NORTE - (21/12/2017) - Comunicando.

"A Câmara dos Deputados dos Estados Unidos, controlada por republicanos, deu a aprovação final nesta quarta-feira à maior reforma do código tributário dos EUA em 30 anos, enviando uma sólida lei de 1,5 trilhão de dólares para assinatura do presidente Donald Trump.

Ao selar a primeira grande vitória legislativa de Trump, republicanos superaram a oposição de democratas para aprovar uma lei que corta impostos para corporações e ricos, ao mesmo tempo em que deram um alívio fiscal misto e temporário à classe média." (Fonte: Reuters)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://br.reuters.com/article/businessNews/idBRKBN1EE2H6-OBRBS







AMÉRICA DO NORTE - (18/12/2017) - Comunicando.

"A produção industrial norte-americana subiu 0,2 por cento em novembro, após avanço de 1,2 por cento em outubro em dado revisado para cima." (Fonte: Reuters)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://br.reuters.com/article/businessNews/idBRKBN1E91UG-OBRBS







EUROPA - (14/12/2017) - Comunicando.

"O PMI Composto do IHS Markit para a zona do euro subiu a 58,0 este mês, nível mais alto desde fevereiro de 2011 e contra expectativa de queda a 57,2 após chegar a 57,5 em novembro. Leitura acima de 50 indica crescimento.

O PMI do setor de serviços subiu a 56,5 de 56,2 em novembro e expectativa de 56,0, chegando ao maior patamar desde abril de 2011.

Já o PMI da indústria foi à máxima recorde de 60,6 contra 60,1 no mês passado, e expectativa de queda para 59,8." (Fonte: Exame)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://exame.abril.com.br/economia/pmi-de-empresas-da-zona-do-euro-fecha-ano-na-maxima-em-7-anos/







AMÉRICA DO NORTE - (14/12/2017) - Comunicando.

"O Federal Reserve (Fed), banco central dos Estados Unidos, confirmou as expectativas e aumentou os juros básicos em um quarto de ponto percentual, para entre 1,25% e 1,5%, além de ratificar o bom panorama da economia americana." (Fonte: Exame)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://exame.abril.com.br/economia/fed-aumenta-juros-nos-eua-para-entre-125-e-15/







AMÉRICA DO NORTE - (14/12/2017) - Comunicando.

"Um total de seis dirigentes do Federal Reserve (Fed, o banco central dos EUA) espera três aumentos de juros em 2018, segundo indica o gráfico de pontos divulgado pela instituição nesta quarta-feira.

O documento, que informa onde cada dirigente projeta que os juros estarão no fim de cada ano, mostra que seis integrantes esperam que os juros cheguem ao final do ano na faixa entre 2,00 e 2,25%, o que equivaleria a três elevações de 0,25 ponto porcentual ao longo de 2018.

Três dirigentes vislumbram os juros na faixa entre 2,25% e 2,50%, enquanto outros três estimam os Fed funds entre 1,75% e 2,00%. Um dos dirigentes aponta, ainda, que os juros chegarão à faixa de 2,5% e 2,75%." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://www.istoedinheiro.com.br/grafico-de-pontos-do-fed-mostra-dirigentes-apoiando-tres-altas-de-juros-em-2018/







ÁSIA - (05/12/2017) - Comunicando.

"O Índice dos Gerentes de Compras (PMI, na sigla em inglês) de serviços da China subiu para 51,9 em novembro, ante 51,2 em outubro, informou o grupo de mídia Caixin e o instituto de pesquisas Markit, parceiros na apuração do PMI privado.Na semana passada, o governo da China divulgou a sua versão do PMI de serviços, que inclui o segmento da construção civil. A leitura de novembro avançou para 54,8 ante 54,3 em outubro." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.valor.com.br/internacional/5217625/china-indicador-privado-de-atividade-de-servicos-avanca-em-novembro







ÁSIA - (01/12/2017) - Comunicando.

"O PMI da indústria da China caiu a 50,8 de 51,0 em outubro, mas ficou em linha com a expectativa de economistas de uma ligeira queda a 50,9. " (Fonte: Exame)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://exame.abril.com.br/economia/pmi-industrial-da-china-atinge-minima-de-5-meses-em-novembro/







ÁSIA - (30/11/2017) - Economia da China indo bem.

"O Índice de Gerentes de Compras (PMI, na sigla em inglês) oficial de indústria divulgado nesta quinta-feira foi a 51,8 em novembro, contra 51,6 em outubro. O PMI oficial de serviços subiu a 54,8 de 54,3 em outubro." (Fonte: Exame)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://exame.abril.com.br/economia/pmi-da-industria-da-china-acelera-inesperadamente-em-novembro/







AMÉRICA DO NORTE - (28/11/2017) - Será que estamos caminhando para uma nova bolha?

"As vendas de imóveis novos nos Estados Unidos subiram em outubro pelo segundo mês seguido, e chegaram ao seu auge deste o estouro da bolha imobiliária, há 10 anos, segundo dados oficiais divulgados nesta segunda-feira (27). A venda de imóveis novos subiu 6,2% em comparação com setembro, acumulando 685 mil em um ano – o ritmo mais alto de crescimento desde outubro de 2007, disse o Departamento de Comércio em seu informe mensal. " (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://www.istoedinheiro.com.br/eua-vendas-de-imoveis-novos-atingem-maior-nivel-em-10-anos/







AMÉRICA DO NORTE - (27/11/2017) - Comunicando.

"O índice de gerentes de compras (PMI, na sigla em inglês) composto dos Estados Unidos, que mede a atividade nos setores industrial e de serviços, caiu para 54,6 em novembro, de 55,2 em outubro, segundo dados preliminares publicados hoje pela IHS Markit.

O PMI de serviços também apresentou queda, para 54,7, ante 55,3 em outubro, expansão mais lenta do setor desde julho.

O PMI industrial recuou para 53,8 em novembro, de 54,6 em outubro. " (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://www.istoedinheiro.com.br/pmi-composto-preliminar-cai-a-546-em-novembro/







AMÉRICA DO NORTE - (23/11/2017) - Comunicando.

"O número de pedidos iniciais de auxílio-desemprego nos Estados Unidos caiu o correspondente a 13 mil, para 239 mil, na semana passada, de acordo com dados com ajuste sazonal divulgados nesta quarta-feira (22), pelo Departamento do Trabalho. A expectativa de consenso, em levantamento do “The Wall Street Journal” junto a economistas, era de 240 mil pedidos iniciais para a semana até 18 de novembro." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.valor.com.br/internacional/5202149/eua-pedidos-de-auxilio-desemprego-caem-na-3-semana-de-novembro







ÁSIA - (16/11/2017) - Comunicando.

"A produção industrial subiu 6,2 por cento em outubro sobre o ano anterior, informou a Agência Nacional de Estatísticas, contra expectativa de analistas de ganho de 6,3 por cento e alta de 6,6 por cento em setembro. O crescimento do investimento em ativo fixo também desacelerou para 7,3 por cento no período entre janeiro e outubro, de 7,5 por cento nos nove primeiros meses. Analistas esperavam aumento de 7,4 por cento. " (Fonte: Reuters)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://br.reuters.com/article/businessNews/idBRKBN1DE10X-OBRBS







AMÉRICA DO NORTE - (10/11/2017) - Comunicando.

"Os pedidos semanais de seguro-desemprego nos Estados Unidos aumentaram mais do que o esperado, ainda na esteira do impacto dos furacões no sul do país – informou o Departamento americano do Trabalho, nesta quinta-feira (9). O Departamento registrou 239 mil pedidos desse benefício na semana encerrada em 4 de novembro, em números corrigidos por variações sazonais. Esse total representa um aumento de dez mil solicitações." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://www.istoedinheiro.com.br/pedidos-semanais-de-seguro-desemprego-sobem-mais-do-que-previsto-nos-eua/







ÁSIA - (07/11/2017) - CUIDADO.

"A China enfrenta uma série de riscos ao seu sistema financeiro e precisa aprofundar mudanças e se abrir, na avaliação do presidente do Banco do Povo da China (PBoC, na sigla em inglês), Zhou Xiaochuan. Em artigo publicado no fim de semana no site da instituição, Zhou listou problemas que precisam ser enfrentados, entre eles os altos níveis de endividamento, atividades de empréstimo informal arriscadas e agentes financeiros que realizam conchavos com autoridades.

A relação entre a dívida e o Produto Interno Bruto (PIB) da China atingiu 247% no fim de 2016 e a alavancagem do setor corporativo é desproporcionalmente alta, em 165%. Zhou, que deve se aposentar em breve, tem falado sobre os riscos pela frente ao país. Ele já pediu, por exemplo, maior transparência nas finanças públicas da China, em seminário no mês passado." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://www.istoedinheiro.com.br/presidente-do-bc-da-china-diz-que-ha-varios-riscos-ao-sistema-financeiro-do-pais/







EUROPA - (06/11/2017) - Comunicando.

"O PMI Composto final do IHS Markit para a zona do euro caiu a 56,0 no mês passado de 56,7 em setembro e preliminar de 55,9. O índice de preços de produção subiu para a máxima de sete meses de 53,1, ante 52,7. O PMI do setor de serviços caiu para 55,0 de 55,8 em setembro e preliminar de 54,9, compensando o mês mais forte em quase sete anos para a indústria." (Fonte: Reuters)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://br.reuters.com/article/businessNews/idBRKBN1D60XO-OBRBS







AMÉRICA DO NORTE - (06/11/2017) - Comunicando.

"O índice de gerentes de compras (PMI) do setor de serviços dos Estados Unidos elaborado pelo Instituto para Gestão de Oferta (ISM, na sigla em inglês) subiu para 60,1 em outubro 59,8 em setembro.De acordo com o ISM, o subíndice de novas encomendas caiu para 62,7 em outubro, de 63,0 em setembro, enquanto o de negócios subiu para 62,2, de 61,3. O subíndice de emprego passou para 57,5, de 56,8, e o de preços foi para 62,7, de 66,3. " (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://www.istoedinheiro.com.br/ism-do-setor-de-servicos-dos-eua-sobe-a-601-em-outubro/







AMÉRICA DO NORTE - (06/11/2017) - Comunicando.

"A taxa de desemprego caiu para perto da mínima de 17 anos de 4,1 por cento porque as pessoas deixaram a força de trabalho. Ainda assim, os dados provavelmente farão pouco para mudar as expectativas de que o Federal Reserve elevará a taxa de juros em dezembro. " (Fonte: Reuters)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://br.reuters.com/article/businessNews/idBRKBN1D31E3-OBRBS







ÁSIA - (03/11/2017) - Comunicando.

"O PMI de serviços do Caixin/Markit subiu para 51,2 em outubro ante a mínima de 21 meses de 50,6 em setembro, mas sugerindo apenas uma expansão fraca na atividade e nas novas encomendas. " (Fonte: Reuters)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://br.reuters.com/article/businessNews/idBRKBN1D30R8-OBRBS







AMÉRICA LATINA - (03/11/2017) - Calote?

"O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, anunciou ontem que iniciará um processo de reestruturação de todos os pagamentos de dívida externa do país e de suas estatais a partir de hoje em virtude das sanções econômicas impostas pelos EUA. O anúncio foi feito depois que Maduro ordenou o pagamento de US$ 1,2 bilhão do serviço dos bônus da PDVSA e provavelmente vai assustar os credores da dívida venezuelana." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.valor.com.br/internacional/5180891/maduro-quer-renegociar-pagamentos-da-divida







AMÉRICA DO NORTE - (03/11/2017) - Comunicando.

"O presidente Donald Trump informou ao governador do Federal Reserve (Fed, o banco central americano) Jerome Powell que o escolheu para substituir Janet Yellen à frente do banco central americano, noticiou nesta quarta-feira o jornal The Wall Street Journal." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://www.istoedinheiro.com.br/trump-escolhe-jerome-powell-para-presidir-o-fed/







AMÉRICA DO NORTE - (03/11/2017) - Comunicando.

"O Federal Reserve (Fed, banco central americano) manteve inalterada sua taxa básica de juros nesta quarta-feira (1), e minimizou o impacto dos recentes furacões na economia americana, que está crescendo em um “ritmo sólido”, segundo a instituição. " (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.istoedinheiro.com.br/fed-mantem-taxa-de-juros-e-aponta-crescimento-solido-nos-eua/







EUROPA - (03/11/2017) - Comunicando.

"Na manhã desta quarta-feira (1º), a libra acentuou os ganhos da sessão após a divulgação de leitura acima do esperado para o índice dos gerentes de compras (PMI, na sigla em inglês) do setor manufatureiro no Reino Unido. O PMI industrial subiu para 56,3 em outubro, ante 56,0 em setembro e previsão de 55,9 para o mês." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.valor.com.br/internacional/5179742/atividade-industrial-sobe-acima-das-expectativas-no-reino-unido







ÁSIA - (01/11/2017) - Comunicando.

"A produção industrial da China cresceu no ritmo mais fraco em quatro meses em outubro... O PMI chegou a 51,0 em outubro, leitura inalterada ante setembro e em linha com as expectativas dos economistas. Mas o subíndice de produção caiu a 50,8 de 52,1... " (Fonte: Reuters)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://br.reuters.com/article/businessNews/idBRKBN1D1440-OBRBS







ÁSIA - (31/10/2017) - Comunicando.

"PMI industrial oficial da China recua de 52,4 para 51,6 em outubro." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.valor.com.br/internacional/5177352/pmi-industrial-oficial-da-china-recua-de-524-para-516-em-outubro







AMÉRICA LATINA - (31/10/2017) - Bom para o Brasil, se a Argentina vai bem, ela pode importar mais produtos e serviços brasileiros.

"A agência de classificação de risco S&P Global elevou de B para B+ o rating em moeda estrangeira da Argentina. A perspectiva é estável." (Fonte: Exame)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://exame.abril.com.br/economia/sp-eleva-rating-da-argentina-para-b-com-perspectiva-estavel/







AMÉRICA DO NORTE - (30/10/2017) - Comunicando.

"O Produto Interno Bruto cresceu a uma taxa anual de 3,0 por cento no período entre julho e setembro, depois de expandir a um ritmo de 3,1 por cento no segundo trimestre, informou o Departamento de Comércio (dos EUA) nesta sexta-feira. " (Fonte: Reuters)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://br.reuters.com/article/businessNews/idBRKBN1CW1PZ-OBRBS







EUROPA - (27/10/2017) - Comunicando.

"O Banco Central Europeu (BCE) estendeu suas compras de títulos nesta quinta-feira, mas com ritmo reduzido, dando seu maior passo até agora para tirar a economia da zona do euro do estímulo prolongado. O BCE informou que vai reduzir as compras de ativos a 30 bilhões de euros, ante 60 bilhões de euros atuais, a partir de janeiro e também vai estender o esquema por 9 meses, até setembro. " (Fonte: Reuters)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://br.reuters.com/article/businessNews/idBRKBN1CV1SJ-OBRBS







AMÉRICA DO NORTE - (26/10/2017) - Comunicando.

"As vendas de casas novas nos EUA cresceram 18,9% em setembro ante o mês precedente, atingindo o maior nível desde outubro de 2007, a uma taxa anual de 667 mil unidades, de acordo com dados com ajuste sazonal divulgados nesta quarta-feira pelo Departamento do Comércio. A expectativa de consenso, em levantamento do “The Wall Street Journal” junto a economistas, era de queda de 0,9%, a uma taxa anual de 555 mil unidades." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.valor.com.br/financas/5169238/vendas-de-casas-no-eua-atingem-maior-nivel-desde-outubro-de-2007







AMÉRICA DO NORTE - (25/10/2017) - Comunicando.

"O índice de gerentes de compras (PMI, na sigla em inglês) composto dos Estados Unidos, que mede a atividade nos setores industrial e de serviços, subiu para 55,7 em outubro, de 54,8 em setembro, segundo dados preliminares publicados hoje pela IHS Markit. O número é o mais alto dos últimos nove meses. O PMI de serviços também apresentou alta, para 55,9, ante 55,3 em setembro. De acordo com a IHS Markit, a atividade no setor cresceu a um ritmo robusto em outubro. Já o PMI industrial subiu para 54,5, de 53,1, e ficou acima das expectativas de analistas consultados pela Dow Jones Newswires. " (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://www.istoedinheiro.com.br/pmi-composto-preliminar-dos-eua-sobe-a-557-em-outubro/







EUROPA - (24/10/2017) - Comunicando.

"O índice de gerentes de compras (PMI, na sigla em inglês) composto da zona do euro, que mede a atividade nos setores industrial e de serviços, caiu para 55,9 em outubro, de 56,7 em setembro, segundo dados preliminares publicados hoje pela IHS Markit. Somente o PMI de serviços da zona do euro recuou para 54,9 em outubro, de 55,8 em setembro. Neste caso, a projeção do mercado era de baixa do índice a 55,5. Já o PMI industrial do bloco subiu para 58,6 na prévia de outubro, de 58,1 em setembro. A expectativa de analistas era de queda do indicador, a 57,7. Com informações da Dow Jones Newswires." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://www.istoedinheiro.com.br/pmi-composto-da-zona-do-euro-cai-a-559-em-outubro/







AMÉRICA DO NORTE - (20/10/2017) - Comunicando.

"Os novos pedidos de seguro-desemprego nos Estados Unidos somaram 222 mil na semana terminada em 14 de outubro, queda de 22 mil em relação a uma semana antes. A leitura é a mais baixa desde 31 de março de 1973, quando também foi de 222 mil." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.valor.com.br/internacional/5161760/pedidos-de-seguro-desemprego-nos-eua-registram-menor-nivel-em-44-anos







ÁSIA - (19/10/2017) - Comunicando.

"A economia chinesa cresceu 6,8% no terceiro trimestre em relação ao mesmo período do ano passado. " (Fonte: Folha)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www1.folha.uol.com.br/mercado/2017/10/1928319-china-cresce-68-no-2-tri-e-ruma-para-atingir-meta-do-governo-no-ano.shtml







MUNDO - (16/10/2017) - Essa pressão pode afetar o Brasil e a nossa indústria.

"A pressão exercida pelos Estados Unidos neste sábado sobre o Fundo Monetário Internacional e o Banco Mundial pode afetar diversos países, como China, Alemanha, Coreia do Sul, Tailândia e Cingapura. Do Fundo Monetário Internacional, o país demandou a redução do poder de países com excedente comercial. Do Banco Mundial, a diminuição dos empréstimos a países com receitas consideradas medianas.

Apesar de não ter mencionado a China, as duas causas – relacionadas ao FMI e ao Banco Mundial – se aplicam à segunda maior economia do mundo, que recebe o maior volume de empréstimos do Banco Mundial e tem um dos maiores excedentes comerciais globais. Outros países com renda per capita semelhante à da China e que recebem volume significativo de recursos do Banco Mundial são o México, a Turquia e a Argentina.

Já a Alemanha, a Coreia do Sul, a Tailândia e a Cingapura estão entre os países que o FMI afirma terem os excedentes comerciais mais distorcidos e que, consequentemente, poderiam sentir maior pressão da instituição. " (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://www.istoedinheiro.com.br/pressao-dos-eua-em-fmi-e-banco-mundial-pode-afetar-china-alemanha-e-asiaticos/







AMÉRICA DO NORTE - (13/10/2017) - Comunicando.

"O número de pedidos de auxílio-desemprego nos Estados Unidos recuou 15 mil na última semana, para 243 mil na semana encerrada no dia 7, após ajustes sazonais, informou o Departamento do Trabalho nesta quinta-feira. Analistas ouvidos pelo Wall Street Journal previam 252 mil solicitações." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://www.istoedinheiro.com.br/pedidos-de-auxilio-desemprego-caem-15-mil-na-semana-nos-eua-a-243-mil/







AMÉRICA DO NORTE - (09/10/2017) - Vai retornar ao normal em breve.

"A economia dos Estados Unidos perdeu 33 mil empregos em setembro, depois de os furacões Harvey e Irma atingirem o Texas, a Flórida e outros Estados do Sudeste americano. Foi a primeira perda de vagas em quase sete anos, conforme levantamento do Departamento do Trabalho.O resultado foi puxado pelas perdas maciças em restaurantes e bares, que eliminaram 105 mil empregos, um sinal do estrago para a indústria de turismo da Flórida. Cerca de 1,5 milhão de pessoas ficaram impossibilitadas de trabalhar em setembro por causa das condições climáticas, explicou o governo. " (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.valor.com.br/internacional/5147762/eua-perdem-33-mil-empregos-em-setembro-primeira-queda-em-7-anos







EUROPA - (09/10/2017) - Comunicando.

"A produção industrial da Alemanha subiu 2,6% em agosto ante julho, no cálculo com ajustes sazonais, segundo dados publicados hoje pela agência de estatísticas do país, a Destatis. O resultado surpreendeu analistas consultados pelo The Wall Street Journal, que previam avanço bem menor, de 0,9%.

Apenas a produção manufatureira alemã cresceu 3,2% em agosto ante o mês anterior, mas o setor de construção registrou contração de 1,2% no mesmo período.

Na comparação anual, a produção geral da indústria alemã aumentou 4,7% em agosto, também considerando-se ajustes, informou a Destatis. Fonte: Dow Jones Newswires." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://www.istoedinheiro.com.br/producao-industrial-alema-surpreende-e-avanca-26-em-agosto-ante-julho/







AMÉRICA DO NORTE - (06/10/2017) - Comunicando.

"O número de trabalhadores nos EUA que apresentaram na semana passada pedidos iniciais de auxílio-desemprego caiu o correspondente a 12 mil, para 260 mil, de acordo com dados com ajuste sazonal divulgados nesta quinta-feira pelo Departamento do Trabalho. A expectativa de consenso, em levantamento do “The Wall Street Journal” junto a economistas, era de 270 mil pedidos para o período." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.valor.com.br/internacional/5146322/eua-pedidos-iniciais-de-auxilio-desemprego-caem-12-mil-na-semana







EUROPA - (04/10/2017) - Positivo.

"O PMI Composto final do IHS Markit para a zona do euro foi a 56,7 no mês passado de 55,7 em agosto, em linha com a preliminar e acima da marca de 50 que separa crescimento de contração. " (Fonte: Reuters)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://br.reuters.com/article/businessNews/idBRKCN1C918H-OBRBS







AMÉRICA DO NORTE - (03/10/2017) - Comunicando.

"A atividade industrial nos Estados Unidos avançou em setembro, segundo o índice de diretores de compras ISM publicado nesta segunda-feira (2). O índice ganhou 2 pontos percentuais e ficou em 60,8%, bem acima dos 50% que delimitam a fronteira entre a contração e o crescimento da atividade. Os analistas esperavam uma queda a 57,8%. " (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.istoedinheiro.com.br/atividade-industrial-sobe-em-setembro-nos-eua/







ÁSIA - (02/10/2017) - Onde está a verdade?

"PMI Industrial oficial da China aumenta para 52,4 em setembro. (governo)

PMI Industrial do Caixin da China recua a 51,0 em setembro. (setor privado)" (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.valor.com.br/internacional/5139694/pmi-industrial-oficial-da-china-aumenta-para-524-em-setembro







ÁSIA - (02/10/2017) - Comunicando.

"O Índice de Gerentes de Compra (PMI) de serviços avançou a 55,4 em setembro, de 53,4 em agosto. Foi a leitura a mais alta desde maio de 2014, quando o indicador atingiu 55,5. " (Fonte: Reuters)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://br.reuters.com/article/businessNews/idBRKCN1C50JB-OBRBS







AMÉRICA DO NORTE - (29/09/2017) - Comunicando.

"A economia dos Estados Unidos registrou entre abril e junho a expansão mais expressiva em mais de dois anos. Houve expansão de 3,1% no segundo trimestre, o desempenho mais significativo desde os 3,2% dos três primeiros meses de 2015." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.valor.com.br/internacional/5136964/economia-dos-eua-mostra-folego-no-segundo-trimestre







AMÉRICA DO NORTE - (25/09/2017) - Comunicando.

"O índice de gerentes de compras (PMI, na sigla em inglês) composto dos EUA, que mede a atividade nos setores industrial e de serviços, caiu para 54,6 em setembro, de 55,3 em agosto, segundo dados preliminares publicados hoje pela IHS Markit. Somente o PMI de serviços dos EUA recuou para 55,1 na prévia de setembro, de 56 em agosto. O PMI industrial americano, por outro lado, subiu para 53 em setembro, de 52,8 em agosto. " (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.istoedinheiro.com.br/pmi-composto-dos-eua-cai-a-546-em-setembro/







MUNDO - (25/09/2017) - O mundo está cada vez mais próximo de uma guerra.

"O Irã testou com sucesso um novo míssil balístico com alcance de 2 mil quilômetros que, segundo o governo, é capaz de levar diversas ogivas. O lançamento foi exibido pela TV estatal, mas não há informação de quando o experimento com a arma teria acontecido." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.valor.com.br/internacional/5130788/ira-desafia-eua-em-novo-teste-de-missil







MUNDO - (22/09/2017) - Custo do dinheiro (juros) devem subir e outras medidas restritivas que diminuem o dinheiro em circulação, devem ser tomadas. É ruim para o Brasil e dificultará o crescimento econômico, podendo inclusive no longo prazo, fazer com que o dólar se fortaleça perante o real.

"Dez anos depois da maior crise financeira em quase um século, o Federal Reserve americano anunciou anteontem, oficialmente, o início da desmontagem do apoio monetário montado para evitar a depressão que rondou o mundo em 2008. Em breve, o Banco Central Europeu, em um estágio mais atrasado que o americano, deixará de injetar liquidez no mercado com a compra de títulos. Com o pânico global, e uma recessão da qual o mundo se livrou apenas recentemente, os principais BCs do mundo - Fed, BCE, Banco do Japão, Banco da Inglaterra e da Suíça - acumularam ativos da ordem de US$ 15 trilhões para manter a economia global à tona. Essa era de liquidez sem limites dos mercados financeiros globais só começa a se encerrar agora - lentamente." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.valor.com.br/opiniao/5129420/fed-proclama-o-fim-da-era-do-relaxamento-monetario







EUROPA - (22/09/2017) - Por lá tudo está bem.

"O índice de gerentes de compras (PMI, na sigla em inglês) composto da zona do euro, que mede a atividade nos setores industrial e de serviços, subiu para 56,7 em setembro, de 55,7 em agosto, atingindo o maior nível em quatro meses, segundo dados preliminares publicados hoje pela IHS Markit. Somente o PMI industrial da zona do euro subiu para 58,2 em setembro, de 57,4 em agosto, alcançando o maior patamar em 79 meses. Já o PMI de serviços do bloco aumentou para 55,6 na prévia de setembro, de 54,7 em agosto, tocando o maior nível em quatro meses. " (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.istoedinheiro.com.br/pmi-composto-da-zona-do-euro-avanca-a-567-em-setembro-maior-nivel-em-4-meses/







AMÉRICA DO NORTE - (21/09/2017) - Comunicando.

"O Federal Reserve manteve a taxa de juros entre 1% e 1,25%, mas deu novos sinais sobre a redução de balanços, aponta a minuta de decisão do Fomc (Federal Open Market Committee) desta quarta-feira (20). O Fed anunciou que, pela primeira vez em nove anos, começará a reduzir o tamanho de seu enorme balanço patrimonial. Em uma decisão unânime e amplamente antecipada, o Fed disse que começará a reduzir seu balanço de US$ 4,5 trilhões em Treasuries e títulos lastreados em hipotecas em outubro, cortando inicialmente até US$ 10 bilhões a cada mês do volume de títulos a vencer que reinveste." (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.infomoney.com.br/mercados/noticia/6967306/fed-mantem-juros-anuncia-reducao-balanco-tri-yellen-aponta-misterio







ÁSIA - (21/09/2017) - Comunicando.

"A S&P rebaixou hoje o rating soberano de longo prazo da China, de AA- para A+, e também o rating de curto prazo do país, de A-1+ para A-1. A perspectiva dos ratings é estável. Em comunicado, a agência de classificação de risco explicou que o rebaixamento reflete sua avaliação de que um prolongado período de forte crescimento do crédito na China ampliou os riscos econômicos e financeiros na segunda maior economia do mundo." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.istoedinheiro.com.br/sp-rebaixa-rating-da-china-de-aa-para-a-com-perspectiva-estavel/







MUNDO - (18/09/2017) - Comunicando.

"O Banco de Compensações Internacionais (BIS), espécie de banco dos bancos centrais, aponta a existência de uma "dívida global oculta" que pode chegar a US$ 14 trilhões, ao mesmo tempo em que diz não entender ainda como a inflação continua baixa em meio a perspectivas melhores para a economia." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.valor.com.br/financas/5122336/bis-faz-alerta-para-divida-global-oculta-de-ate-us-14-trilhoes







AMÉRICA DO NORTE - (08/09/2017) - Comunicando.

"O índice dos gerentes de compras (PMI, na sigla em inglês) composto dos Estados Unidos, que mede a atividade dos setores industrial e de serviços, subiu de 54,6 em julho para 55,3 na leitura final de agosto, segundo a IHS Markit. O PMI de serviços foi de 54,7 em julho para 56,0 em agosto, acima da previsão de 55,3 dos analistas ouvidos pelo Wall Street Journal." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.istoedinheiro.com.br/pmi-composto-dos-eua-sobe-a-553-em-agosto-de-546-em-julho-diz-ihs-markit/







AMÉRICA DO NORTE - (08/09/2017) - Comunicando.

"O número de americanos que entrou com pedido de auxílio-desemprego atingiu na semana passada o maior nível em mais de dois anos, impulsionados pelo furacão Harvey sobre o Texas. Segundo o Departamento de Trabalho, os pedidos subiram em 62 mil, para 298 mil na semana encerrada em 2 de setembro. " (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.valor.com.br/internacional/5111774/curtas







AMÉRICA DO NORTE - (06/09/2017) - Comunicando.

"As encomendas às indústrias nos Estados Unidos registraram declínio acentuado em julho, pressionadas por queda nos pedidos de aeronaves. As encomendas de bens manufaturados caíram 3,3% em julho, para US$ 466,4 bilhões, com ajuste sazonal, de acordo com dados divulgados nesta terça-feira (5), pelo Departamento do Comércio. Foi a mais acentuada queda mensal desde agosto de 2014." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.valor.com.br/internacional/5108716/eua-encomendas-industria-caem-33-em-julho







EUROPA - (05/09/2017) - Comunicando.

"O índice de gerentes de compras (PMI, na sigla em inglês) composto da zona do euro, que engloba os setores industrial e de serviços, ficou em 55,7 em agosto, inalterado ante julho, segundo dados finais publicados hoje pela IHS Markit. Apenas o PMI de serviços da zona do euro caiu para 54,7 em agosto, de 55,4 em julho, vindo abaixo da estimativa preliminar e da projeção do mercado, de 54,9. " (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.istoedinheiro.com.br/pmi-composto-da-zona-do-euro-se-mantem-em-557-em-agosto/







ÁSIA - (05/09/2017) - China.

"O PMI da Caixin/Markit de serviços aumentou para 52,7 em agosto, maior leitura em três meses, frente a 51,5 em julho. " (Fonte: Reuters)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://br.reuters.com/article/businessNews/idBRKCN1BG1A8-OBRBS







AMÉRICA DO NORTE - (04/09/2017) - Comunicando.

"O ritmo de criação de vagas de trabalho nos EUA desacelerou em agosto e a taxa de desemprego subiu, de 4,3% para 4,4%, embora ainda permaneça baixa pelo padrão histórico, de acordo com dados divulgados nesta sexta-feira pelo Departamento do Trabalho. Com ajuste sazonal, o país criou, em termos líquidos, 156 mil vagas de trabalho em agosto. A expectativa de consenso, em levantamento do “The Wall Street Journal”, era de 179 mil vagas e de taxa de desemprego estável, a 4,3%." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.valor.com.br/internacional/5103810/geracao-de-emprego-nos-eua-desacelera-em-agosto-156-mil-vagas







AMÉRICA DO NORTE - (01/09/2017) - Comunicando.

"O número de trabalhadores nos EUA que apresentaram pedidos iniciais de auxílio-desemprego subiu o correspondente a 1.000 na semana passada, para 236 mil, com ajuste sazonal, de acordo com dados divulgados nesta quinta-feira (31) pelo Departamento do Trabalho." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.valor.com.br/internacional/5102364/eua-pedidos-iniciais-de-auxilio-desemprego-sobem-para-236-mil







EUROPA - (01/09/2017) - Comunicando.

"O índice de gerentes de compras (PMI, na sigla em inglês) do setor industrial da zona do euro subiu para 57,4 em agosto, de 56,6 em julho, segundo dados finais publicados hoje pela IHS Markit. " (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.istoedinheiro.com.br/pmi-industrial-da-zona-do-euro-avanca-a-574-em-agosto/







ÁSIA - (01/09/2017) - Comunicando.

"O PMI de indústria do Caixin/Markit subiu para 51,6 em agosto contra 51,1 em julho, superando a expectativa de economistas de ligeira queda para 50,9." (Fonte: Exame)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://exame.abril.com.br/economia/pmi-industrial-da-china-tem-maxima-de-6-meses-em-agosto/







AMÉRICA DO NORTE - (31/08/2017) - EUA, boa notícia.

"O Produto Interno Bruto (PIB) cresceu à taxa anual de 3 por cento no período de abril a junho, informou o Departamento do Comércio nesta quarta-feira, em sua segunda estimativa sobre o indicador. A revisão para cima em relação à taxa de 2,6 por cento divulgada no mês passada deveu-se a gastos robustos do consumidor e a investimentos fortes das empresas." (Fonte: Reuters)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://br.reuters.com/article/businessNews/idBRKCN1BA1MH-OBRBS







AMÉRICA DO NORTE - (31/08/2017) - Acho que juros deverão subir por lá.

"Os Estados Unidos criaram 237 mil vagas de trabalho no setor privado da economia em agosto, de acordo com relatório mensal divulgado nesta quarta-feira (30) pela ADP, empresa especializada no processamento de folhas de pagamento, em colaboração com a Moody´s Analytics." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.valor.com.br/internacional/5100638/setor-privado-dos-eua-cria-237-mil-vagas-de-trabalho-em-agosto







EUROPA - (31/08/2017) - Comunicando.

"A taxa de desemprego da zona do euro ficou em 9,1% em julho, inalterada em relação a junho e permanecendo no menor patamar desde fevereiro de 2009, segundo a Eurostat, a agência oficial de estatísticas da União Europeia." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.istoedinheiro.com.br/desemprego-na-zona-do-euro-se-mantem-em-91-em-julho-menor-nivel-desde-2009/







ÁSIA - (31/08/2017) - Comunicando.

"O Índice de Gerentes de Compras (PMI, na sigla em inglês) oficial da indústria da China divulgado nesta quinta-feira subiu para 51,7 em agosto de 51,4 no mês anterior, contra expectativas de economistas de uma leve queda. Pesquisa oficial separada sobre o setor de serviços da China mostrou que a expansão desacelerou para 53,4 em agosto de 54,5 em julho, ritmo mais fraco de crescimento desde maio de 2016." (Fonte: Reuters)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://br.reuters.com/article/businessNews/idBRKCN1BB16X-OBRBS







AMÉRICA DO NORTE - (25/08/2017) - Mais risco para o mundo e para o Brasil vindo dos EUA.

"Donald Trump culpou ontem os dois líderes republicanos mais poderosos do Congresso pela crise que paira sobre a questão do teto da dívida pública, que precisa ser elevado nos próximos meses para evitar que os EUA fiquem inadimplente na dívida nacional." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.valor.com.br/internacional/5094420/trump-culpa-republicanos-pelo-risco-de-default







AMÉRICA DO NORTE - (24/08/2017) - Economia indo bem.

"O índice dos gerentes de compras (PMI, na sigla em inglês) composto dos EUA subiu para 56 na leitura preliminar de agosto, frente a 54,6 em julho, atingindo assim o nível mais alto desde maio de 2015, de acordo com dados divulgados nesta quarta-feira pela IHS Markit. O PMI de serviços avançou a 56,9 em agosto, ante 54,7 em julho, alcançando o pico de 28 meses. Já o PMI industrial caiu para 52,5 em agosto, ante 53,3 em julho, tocando assim mínima de dois meses." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.valor.com.br/financas/5091630/euaatividade-de-industria-e-servicos-e-mais-alta-desde-maio-de-2015







AMÉRICA DO NORTE - (24/08/2017) - Comunicando.

"As vendas de imóveis novos nos Estados Unidos tiveram forte queda em julho, anunciou nesta quarta-feira o Departamento do Comércio. O número de transações ficou em 571 mil (dados corrigidos). Isso representa uma queda de 9,4% en relação a junho, cujo total foi de 630 mil operações." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.istoedinheiro.com.br/eua-venda-de-imoveis-novos-cai-94-em-julho/







EUROPA - (23/08/2017) - Comunicando.

"O índice de gerentes de compras (PMI, na sigla em inglês) composto da zona do euro, que mede a atividade nos setores industrial e de serviços, teve ligeiro aumento em agosto, para 55,8, de 55,7 em julho, segundo dados preliminares publicados hoje pela IHS Markit. Somente o PMI industrial da zona do euro subiu para 57,4 em agosto, de 56,6 em julho. O PMI de serviços do bloco, por outro lado, caiu para 54,9 na prévia de agosto, de 55,4 em julho, atingindo o menor nível em sete meses. " (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.istoedinheiro.com.br/pmi-composto-da-zona-do-euro-avanca-a-558-em-agosto/







ÁSIA - (21/08/2017) - Comunicando.

"Uma das mais influentes analistas do sistema financeiro da China acredita que as dívidas de liquidação duvidosa no país estão US$ 6,8 trilhões acima do dado oficial e alerta que a capacidade de Pequim de impor a estabilidade está mascarando problemas estruturais." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.valor.com.br/internacional/5084998/china-pode-ter-us-68-tri-em-perdas-ocultas







AMÉRICA DO NORTE - (21/08/2017) - Vai complicar o crescimento mundial e o Brasil se houver crise nos EUA.

"A fraca aprovação do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, é a mais baixa para qualquer líder americano em seu primeiro ano no cargo e baixa aprovação faz com que riscos legislativos ganhem força, na visão do Goldman Sachs. Com isso, o banco acredita que há, no curto prazo, 50% de chance de “shutdown” (paralisação) do governo no curto prazo." (Fonte: Exame)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://exame.abril.com.br/economia/goldman-sachs-preve-chance-de-paralisacao-do-governo-trump/







AMÉRICA DO NORTE - (18/08/2017) - Desemprego segue muito baixo nos EUA.

"O Departamento do Trabalho dos Estados Unidos apontou que os pedidos semanais de seguro-desemprego caiu em 12 mil na semana passada, em relação à anterior, para 232 mil. Foi a queda mais expressiva desde meados de julho. Os pedidos iniciais têm permanecido abaixo da linha de 300 mil há 128 semanas consecutivas, a série mais longa desde 1970, quando a força de trabalho dos EUA era menor do que a atual." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.valor.com.br/internacional/5083798/pedidos-semanais-de-seguro-desemprego-nos-eua-caem-em-12-mil







EUROPA - (17/08/2017) - Pleno emprego.

"A taxa de desemprego no Reino Unido caiu a 4,4% no fim de junho, o menor nível desde a primavera de 1975, anunciou nesta quarta-feira o Escritório de Estatísticas Nacionais (ONS, sigla em inglês). O índice, que era de 4,5% no fim de maio, é melhor que o previsto pelos economistas, que esperavam uma repetição do resultado. No momento da vitória do Brexit no referendo de junho de 2016, o desemprego era de 4,9%." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.istoedinheiro.com.br/desemprego-no-reino-unido-registra-menor-nivel-em-42-anos/







AMÉRICA LATINA - (17/08/2017) - É bem possível.

"A situação na Venezuela não vai nada bem com os protestos, a escassez de alimentos e uma profunda tensão política. Mas o cenário pode ficar pior, segundo analistas, devido à crise de sua dívida, que já beira o nível de default. Neste caso, o país rico em petróleo, mas carente de liquidez, ficaria de fora do mercado de capitais." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.istoedinheiro.com.br/analistas-discutem-risco-de-default-na-venezuela/







MUNDO - (17/08/2017) - A bolha nas bolsas e nos ativos imobiliários nos EUA continuará a inflar. Por aqui o risco de desvalorização cambial abrupta foi reduzido.

"A maioria dos diretores do Federal Reserve disseram preferir esperar até a "próxima" reunião do Fomc, em setembro, para decidir sobre o início da redução do balanço de pagamento de US $ 4,5 trilhões de títulos da autoridade americana, segundo mostrou a ata do último encontro do Fomc.

O Fed dava como certa a elevação das taxas de juros mais uma vez este ano, mas agora a maioria dos investidores de Wall Street acredita que o banco aguardará até o início 2018 para fazer algum movimento." (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.infomoney.com.br/mercados/noticia/6894017/fed-fala-reducao-balanco-tri-indica-que-juros-devem-demorar







MUNDO - (17/08/2017) - Comunicando.

"A fabricante sueca de equipamentos de telecomunicações Ericsson (ERICb.ST) pode cortar cerca de 25 mil empregos fora da Suécia como parte de um programa de economia de custos, segundo o jornal sueco Svenska Dagbladet nesta quinta-feira, citando fontes na companhia." (Fonte: Reuters)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://br.reuters.com/article/businessNews/idBRKCN1AX14Q-OBRBS







ÁSIA - (16/08/2017) - Para ficar alerta.

"A enorme dívida da China está num caminho “perigoso”, ampliando o risco de uma grande desaceleração do crescimento econômico, alertou o Fundo Monetário Internacional (FMI) nesta terça-feira. O órgão, que já alertou a China várias vezes sobre sua dívida crescente, pediu em um novo relatório sobre a segunda maior economia do mundo para Pequim acelerar reformas estruturais e mudar para um caminho mais sustentável." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.istoedinheiro.com.br/divida-chinesa-vive-trajetoria-perigosa-diz-fmi/







AMÉRICA DO NORTE - (16/08/2017) - Ruim.

"Fed: dívidas das famílias nos EUA estão em níveis pré-crise. O endividamento das famílias americanas alcançou um novo recorde no segundo trimestre, superando um pico registrado no início da crise financeira mundial, anunciou o Federal Reserve (Fed, o Banco Central americano) de Nova York, nesta terça-feira. A 12,8 trilhões de dólares, a dívida das famílias cresceu 1,2% ante o fim do terceiro trimestre de 2008." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.istoedinheiro.com.br/fed-dividas-das-familias-nos-eua-estao-em-niveis-pre-crise/







EUROPA - (16/08/2017) - Comunicando.

"Entre abril e junho, o Produto Interno Bruto (PIB) do bloco teve expansão de 2,2% ante igual período do ano passado, e não de 2,1%, como foi originalmente calculado no começo deste mês, informou a Eurostat.
O avanço anualizado do PIB da zona do euro no segundo trimestre também sofreu revisão para cima, de 2,3% para 2,5%. Já em relação aos três meses anteriores, o PIB da área que tem o euro como moeda comum cresceu 0,6% no trimestre até junho, como já havia estimado a Eurostat." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.istoedinheiro.com.br/pib-da-zona-do-euro-tem-expansao-anual-de-22-no-2o-trimestre-aponta-revisao/







EUROPA - (15/08/2017) - Comunicando.

"A produção industrial na zona do euro encolheu 0,6% em junho em relação a maio, numa indicação de que a economia pode estar perdendo força após o crescimento acelerado registrado no primeiro semestre deste ano. Esa foi a maior queda na produção industrial desde dezembro do ano passado. Em comparação com junho de 2016, a produção industrial cresceu 2,6%. No segundo trimestre, a produção industrial da zona do euro cresceu 0,6% em relação ao primeiro trimestre do ano, uma ligeira aceleração em relação a expansão de 0,5% dos primeiros três meses do ano." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.valor.com.br/internacional/5080090/curtas







ÁSIA - (14/08/2017) - Pior do que o esperado.

"A produção industrial da China cresceu 6,4% em julho na comparação com o mesmo mês do mês passado, de acordo com o Escritório Nacional de Estatísticas do país. O número veio abaixo da estimativa de economistas consultados pelo The Wall Street Journal, de crescimento de 7,0%. Na comparação mensal, a produção industrial subiu 0,41% em julho. Fonte: Dow Jones Newswires

As vendas no varejo da China avançaram 10,4% em julho ante o mesmo mês do ano passado, de acordo com informações do Escritório Nacional de Estatísticas do país. A previsão da Dow Jones Newswires era de acréscimo maior, de 10,9%. Na comparação mensal, as vendas no varejo cresceram 0,73% em julho. Fonte: Dow Jones Newswires.

As vendas de moradias na China subiram 4,3% em valor na comparação anual de julho, mostrando forte desaceleração ante o salto de 26,4% verificado em junho, segundo cálculos do The Wall Street Journal baseados em dados do Escritório Nacional de Estatísticas do país. Entre janeiro e julho, as vendas de moradias tiveram acréscimo de 15,9% ante igual período de 2016. No primeiro semestre, porém, as vendas haviam crescido 17,9%." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.istoedinheiro.com.br/producao-industrial-da-china-sobe-64-na-comparacao-anual-de-julho/







EUROPA - (14/08/2017) - Comunicando.

"A produção industrial da zona do euro recuou 0,6% em junho ante maio, segundo dados publicados hoje pela agência de estatísticas da União Europeia, a Eurostat. Analistas consultados pela Dow Jones Newswires previam queda menor na produção, de 0,4%. Na comparação anual, a produção industrial do bloco cresceu 2,6% em junho, mas o resultado ficou abaixo da projeção do mercado, que era de acréscimo de 2,8%. A Eurostat também revisou os dados de produção industrial de maio, para avanço mensal de 1,2% e acréscimo anual de 3,9%. Fonte: Dow Jones Newswires." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.istoedinheiro.com.br/producao-industrial-da-zona-do-euro-cai-06-em-junho-ante-maio/







AMÉRICA DO NORTE - (11/08/2017) - Comunicando.

"O Departamento do Trabalho dos Estados Unidos apontou que os pedidos de seguro-desemprego aumentaram em 3 mil na semana encerrada em 5 de agosto, perante a anterior, para 244 mil. A média das últimas quatro semanas caiu em mil, ficando em 241 mil. Os pedidos refletem de perto as demissões. As solicitações do benefício estão abaixo da marca de 300 mil há 127 semanas seguidas, a série mais longa desde 1970, quando a população nos Estados Unidos era muito menor." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.valor.com.br/internacional/5074946/pedidos-semanais-de-seguro-desemprego-nos-eua-aumentam-em-3-mil







EUROPA - (08/08/2017) - Comunicando.

"A produção industrial da Alemanha sofreu uma queda inesperada de 1,1% em junho ante maio, no cálculo com ajustes sazonais, segundo dados publicados hoje pela agência de estatísticas do país, a Destatis. Apenas a produção manufatureira diminuiu 1,4% em junho ante o mês anterior, enquanto o setor de construção registrou contração de 1% no período. Já na comparação anual, a produção geral da indústria alemã aumentou 2,4% em março, também considerando-se ajustes. Fonte: Dow Jones Newswires." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.istoedinheiro.com.br/producao-industrial-alema-tem-queda-inesperada-de-11-em-junho-ante-maio/







AMÉRICA DO NORTE - (07/08/2017) - Comunicando.

"A maior economia mundial agregou 209 mil novos postos no último mês, muito acima das previsões dos analistas, enquanto a taxa de desemprego caiu um décimo para ficar em 4,3%, a mesma de maio." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:








AMÉRICA DO NORTE - (04/08/2017) - Comunicando.

"O setor de serviços dos Estados Unidos cresceu em julho ao menor ritmo desde agosto de 2016, apontou o Institute for Supply Management (ISM). O índice que mede o desempenho dessa atividade ficou em 53,9, após se situar em 57,4 em junho. " (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:








MUNDO - (03/08/2017) - Preparativos para a guerra?.

"Uma restrição de viagens de portadores de passaporte norte-americano para a Coreia do Norte entrará em vigor em 1º de setembro e norte-americanos no país devem sair antes desta data, informou nesta quarta-feira o Departamento de Estado norte-americano." (Fonte: Exame)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:








ÁSIA - (02/08/2017) - Comunicando.

"Indústria da China acelera em julho com exportação mais forte, mostra PMI. O PMI da Caixin/Markit aumentou para 51,1 em julho, acima da marca de 50 pontos que separa crescimento de contração, dos 50,4 em junho e da mediana das previsões de 21 analistas em pesquisa Reuters.

O setor de exportação em expansão, apoiado por uma economia global mais forte, ajudou a China a exibir crescimento surpreendente do Produto Interno Bruto de 6,9 por cento na primeira metade do ano." (Fonte: Reuters)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:








EUROPA - (02/08/2017) - Comunicando.

"O Produto Interno Bruto (PIB) da zona do euro registrou um crescimento de 0,6% no segundo trimestre de 2017, indicou nesta terça-feira (1) a agência europeia de estatísticas Eurostat, que revisou com queda de um décimo o crescimento do primeiro trimestre, a 0,5%." (Fonte: G1)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:








EUROPA - (01/08/2017) - Comunicando.

"A taxa de desemprego na zona do euro ficou em 9,1% em junho, a menor marca desde fevereiro de 2009. O indicador é inferior aos 9,2% de um mês antes e aos 10,1% de mesmo período de 2016. Na União Europeia, a taxa de desocupação foi de 7,7% em junho, permanecendo como a menor taxa desde dezembro de 2008. O indicador ficou estável ante maio e menor do que os 8,6% apurados em junho do calendário passado." (Fonte: O Globo)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:








ÁSIA - (31/07/2017) - China.

"O PMI oficial ficou em 51,4 em julho, informou o escritório nacional de estatísticas, abaixo de 51,7 do mês anterior e um pouco inferior à previsão de 51,6 em uma pesquisa da Reuters. Os pedidos de exportação caíram para 50,9 em julho, de 52,0 em junho, ajudando a arrastar o índice de pedidos gerais para 52,8, de 53,1. O crescimento no setor de serviços da China também diminuiu ligeiramente em julho, mas manteve-se em níveis robustos. O PMI caiu para 54,5, de 54,9 em junho." (Fonte: Reuters)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:








AMÉRICA DO NORTE - (28/07/2017) - EUA pedidos de auxílio-desemprego .

"Os pedidos iniciais para o benefício subiram em 10 mil, para um número ajustado sazonalmente de 244 mil, na semana encerrada em 22 de julho, informou o Departamento do Trabalho na quinta-feira.

Os dados da semana anterior foram revisados para mostrar 1 mil pedidos a mais do que os relatados anteriormente. Os economistas pesquisados pela Reuters previam que os pedidos aumentariam para 241 mil." (Fonte: Reuters)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:








AMÉRICA DO NORTE - (28/07/2017) - Comunicando.

"As encomendas de bens duráveis nos Estados Unidos cresceram 6,5% em junho, em relação ao mês anterior, o ritmo mais forte em quase três anos, com aumento da demanda por aeronaves civis, de acordo com dados divulgados nesta quinta-feira pelo Departamento do Comércio. A expectativa de alguns economistas era de alta de 3,8%." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:








ÁSIA - (28/07/2017) - Ruim para as exportadoras de commodities como a Vale.

"China admite crescer menos para reduzir risco. O governo chinês estaria disposto a sacrificar parte do crescimento econômico no curto prazo com o objetivo de enfrentar riscos sistêmicos, indicou ontem um assessor econômico sênior de Pequim." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:








AMÉRICA DO NORTE - (27/07/2017) - Quanto mais tarde e mais calmamente o FED fizer política restritiva, aumento de juros ou outra medida que retire moeda da economia, mais tarde o dólar terá chance de se fortalecer perante o real.

"...o Federal Reserve (Fed), banco central norte-americano, anunciar decisão de manter a taxa de juros nos Estados Unidos e informar que vai começar a retirar sua ferramenta de estímulo à economia "relativamente em breve", destaca a Reuters." (Fonte: G1)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:








EUROPA - (26/07/2017) - Comunicando.

"O crescimento de 0,3 por cento no segundo trimestre foi superior ao de 0,2 por cento observado no primeiro trimestre, um valor que provavelmente fortalecerá as expectativas de que o Banco da Inglaterra manterá as taxas de juros em um patamar de recorde de baixa na próxima semana.

O ONS informou que as atividades cinematográficas cresceram 72 por cento desde 2014, provavelmente impulsionadas pelos créditos tributários introduzidos pelo ex-ministro das Finanças, George Osborne.

O crescimento entre abril e junho na comparação anual caiu para 1,7 por cento, de 2,0 por cento nos primeiros três meses do ano, em linha com a previsão dos economistas." (Fonte: Reuters)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:








EUROPA - (24/07/2017) - Continua positivo e bom.

"O Índice de Gerentes de Compras (PMI, na sigla em inglês) composto da zona do euro, visto como um bom guia para o crescimento econômico, caiu para 55,8 em julho, ante 56,3 em junho, ainda confortavelmente acima do nível 50 que separa o crescimento da contração. A atividade nas empresas do setor de serviços do bloco manteve o ritmo de junho, com o PMI ficando estável em 55,4. O PMI da indústria caiu para 56,8 em julho, de 57,4 em junho." (Fonte: Reuters)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:








AMÉRICA DO NORTE - (21/07/2017) - Acredito que os juros tenderão a subir mais rapidamente no ano que vem.

"Os pedidos iniciais de auxílio-desemprego caíram em 15 mil, para 233 mil em números ajustados sazonalmente, na semana encerrada em 15 de julho, informou o Departamento do Trabalho nesta quinta-feira. É o nível mais baixo desde fevereiro, quando os pedidos recuaram a 227 mil, a melhor leitura desde março de 1973. Economistas ouvidos pela Reuters previam uma queda para 245 mil pedidos.

Foi a 124ª semana que os pedidos permaneceram abaixo de 300 mil, uma marca associada a um mercado de trabalho robusto, na série mais longa desde 1970, quando o mercado de trabalho era menor. O mercado de trabalho está perto do pleno emprego, com a taxa de desemprego em 4,4 por cento." (Fonte: G1)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:








AMÉRICA DO NORTE - (17/07/2017) - Positivo.

"A produção industrial dos Estados Unidos teve alta pelo quinto mês consecutivo, apontou pesquisa do Federal Reserve (Fed, banco central americano). Em junho, houve elevação de 0,4%, após aumento de 0,1% em maio e de 0,8% em abril." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:








ÁSIA - (17/07/2017) - Temos de lembrar que os dados da China são manipulados pelo governo, logo pouco confiáveis.

"A economia chinesa cresceu 6,9 por cento no segundo trimestre na comparação com o mesmo período do ano anterior, mais rápido que o esperado e em linha com o crescimento do primeiro trimestre. O governo almeja uma expansão de cerca de 6,5 por cento em 2017, um pouco menor que a de 6,7 por cento do ano passado, ritmo mais fraco em 26 anos.

A produção industrial da China cresceu 7,6 por cento em junho em relação ao ano anterior, enquanto o investimento em ativos fixos avançou 8,6 por cento nos primeiros seis meses do ano, ambos os números superaram as previsões.

As vendas no varejo subiram 11,0 por cento em junho em relação ao ano anterior, acelerando a partir de maio e superando as expectativas dos analistas de um aumento de 10,6 por cento." (Fonte: Reuters)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:








AMÉRICA LATINA - (14/07/2017) - Comunicando.

"Standard&Poor’s rebaixa nota do Chile pela primeira vez em 25 anos. Segundo a agência, a mudança é devido à deterioração das finanças públicas e ao baixo crescimento econômico do país." (Fonte: Exame)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:








AMÉRICA LATINA - (12/07/2017) - Será que eles vão novamente roubar ativos das estatais brasileiras?

"A Bolívia, que durante boa parte do governo do presidente Evo Morales foi um caso de rigor fiscal e teve superávit orçamentário, tem aumentado o gasto público nos últimos anos. Com isso, o déficit disparou, o que ameaça a saúde financeira do país." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:








AMÉRICA LATINA - (12/07/2017) - Comunicando.

"A agência de classificação de risco de crédito S&P rebaixou nesta terça-feira o rating de emissor de longo prazo em moeda estrangeira e local da Venezuela para “CCC-“ de “CCC”, com perspectiva negativa." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:








AMÉRICA DO NORTE - (10/07/2017) - Positivo o mercado de trabalho nos EUA.

"A criação de vagas de trabalho fora do setor agrícola saltou a 222 mil no mês passado, informou o Departamento do Trabalho nesta sexta-feira, superando as expectativas dos economistas de 179 mil. Embora a taxa de desemprego tenha subido a 4,4 por cento, sobre a mínima de 16 anos de 4,3 por cento, isso aconteceu porque mais pessoas buscaram trabalho, sinal de confiança no mercado de trabalho." (Fonte: Reuters)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:








EUROPA - (07/07/2017) - Comunicando.

"A reunião de política monetária do Banco Central Europeu (BCE) no mês passado abriu as portas para a retirada do comunicado de uma promessa antiga de expandir ou prorrogar o programa de compra de ativos do banco se necessário, mostrou nesta quinta-feira a ata do encontro." (Fonte: Reuters)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:








AMÉRICA DO NORTE - (07/07/2017) - Comunicando.

"O setor privado dos Estados Unidos adicionou 158 mil vagas em junho, após acrescentar 230 mil postos um mês antes. " (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:








ÁSIA - (05/07/2017) - "Pela metodologia do PMI, uma leitura acima de 50 indica uma expansão na atividade ante o mês anterior, enquanto um nível abaixo aponta para uma contração.".

"Indicador de atividade do setor de serviços da China desacelera. O PMI recuou para 51,6 em junho, ante 52,8 em maio, segundo nível mais baixo em 13 meses, informaram os organizadores da pesquisa. Na última sexta-feira, o governo da China divulgou a sua versão para o PMI de serviços, que inclui também o segmento da construção civil. O indicador avançou para 54,9 em junho, ante 54,5 em maio." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:








EUROPA - (04/07/2017) - Comunicando.

"O PMI do IHS Markit para a indústria da zona do euro subiu a 57,4 em junho de 57,0 em maio, superando a preliminar de 57,3. A leitura de junho foi a mais alta desde abril de 2011. O subíndice que mede a produção saltou para 58,7 de 58,3, nível que não era visto há mais de seis anos. O índice de produção futura, que avalia as expectativas, subiu para 67,4 de 66,0, nível mais alto na história do subíndice." (Fonte: Reuters)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:








AMÉRICA DO NORTE - (04/07/2017) - Melhorando nos EUA.

"O índice de atividade industrial medido pelo Instituto para a Gestão da Oferta (ISM, na sigla em inglês) acelerou de 54,9 pontos, em maio, para 57,8. A dado é a maior desde agosto de 2014, quando ficou em 55,3." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:








AMÉRICA DO NORTE - (30/06/2017) - Indo bem.

"A economia dos Estados Unidos cresceu 1,4% no primeiro trimestre, em taxa anualizada, informou o Departamento de Análise Econômica na manhã desta quinta-feira (29). A mediana das estimativas dos analistas consultados pela Bloomberg apontava para uma alta de 1,2%. Apesar da revisão levemente acima das expectativas do mercado, o resultado marca uma desaceleração em relação ao desempenho registrado no trimestre anterior, quando o PIB saltou 2,1%." (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:








AMÉRICA DO NORTE - (30/06/2017) - Comunicando.

"Os novos pedidos de seguro-desemprego nos Estados Unidos subiram em 2 mil na semana encerrada em 24 de junho, perante a semana anterior, para 244 mil, mostrou o Departamento do Trabalho do país. A média das quatro últimas semanas mostrou uma queda de 2,750 mil nos pedidos do benefício, que somaram 242,250 mil. O número de americanos recebendo o seguro subiu em 11,835 mil, para 1,828 milhão. " (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:








AMÉRICA DO NORTE - (19/06/2017) - Comunicando.

" A atividade de construção de casas nos Estados Unidos caiu 5,5% em maio, para taxa anualizada ajustada sazonalmente de 1,09 milhão de unidades. O resultado segue uma baixa de 2,7% em abril e de 7,7% em março. Ainda assim, a construção de casas nos EUA aumenta 3,2% no acumulado do ano. Os alvarás de construção, um indicativo da atividade futura, cederam 4,9%, para 1,17 milhão." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:








AMÉRICA DO NORTE - (16/06/2017) - Comunicando.

"Ao subir a taxa de juros em 0,25 ponto percentual para uma faixa de 1,00 por cento a 1,25 por cento e projetando mais uma alta dos juros neste ano, o Fed pareceu, em grande parte, ignorar uma leva de dados econômicos variados recentes." (Fonte: Reuters)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:








EUROPA - (07/06/2017) - Comunicando.

"As encomendas à indústria da Alemanha registraram forte queda de 2,1% em abril ante março, no cálculo ajustado, segundo dados divulgados hoje pelo Ministério de Economia do país. Analistas consultados pelo The Wall Street Journal previam recuo bem menor nas encomendas, de 0,5%." (Fonte: UOL)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:








AMÉRICA DO NORTE - (06/06/2017) - Comunicando.

"As encomendas à indústria nos EUA caíram em abril pela primeira vez em cinco meses. Foi uma queda de 0,2% em abril, depois de uma alta de 1% em marco. Já a produtividade do trabalhador americano cresceu no primeiro trimestre 1,2% na comparação interanual, segundo dados oficiais." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:








AMÉRICA DO NORTE - (05/06/2017) - EUA.

"...a taxa de desemprego cair para o menor nível em 16 anos, a 4,3 por cento...A geração de empregos fora do setor agrícola foi de 138 mil no mês passado, quando os setores de manufatura, governo e varejo fecharam postos, informou o Departamento do Trabalho nesta sexta-feira. Os dados de março e abril foram revisados para mostrar 66 mil empregos criados, menos do que o relatado anteriormente. Os ganhos de trabalho de maio marcaram forte desaceleração da média mensal de 181 mil nos últimos 12 meses." (Fonte: Reuters)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:








EUROPA - (05/06/2017) - Comunicando.

"O PMI Composto final do Markit para a zona do euro ficou em 56,8 em maio, inalterado ante o dado de abril e também em relação à leitura preliminar de maio. O PMI de serviços, entretanto, caiu a 56,3 em maio de 56,4 em abril, embora tenha ficado ligeiramente acima da preliminar de 56,2." (Fonte: UOL)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:








EUROPA - (01/06/2017) - Comunicando.

"O índice de gerentes de compras (PMI, na sigla em inglês) do setor industrial da zona do euro subiu para 57 em maio, de 56,7 em abril, atingindo o maior nível em 73 meses, segundo dados finais publicados hoje pela IHS Markit." (Fonte: UOL)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:








MUNDO - (31/05/2017) - Comunicando.

"Moody’s prevê que países do G20 crescerão 3,1% em 2017 e 2018. Sobre os Estados Unidos, para o qual prevê uma aceleração do crescimento de 2,4% em 2017 e 2,5% em 2018, a agência destaca que diminuiu o risco da aplicação de políticas protecionistas." (Fonte: Exame)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:








AMÉRICA DO NORTE - (29/05/2017) - EUA.

"O Produto Interno Bruto cresceu a uma taxa anual de 1,2 por cento, em vez do ritmo de 0,7 por cento relatado no mês passado, disse o Departamento de Comércio em sua segunda estimativa nesta sexta-feira. Economistas consultados pela Reuters esperavam revisão para alta de 0,9 por cento." (Fonte: Reuters)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:








AMÉRICA DO NORTE - (26/05/2017) - Comunicando.

"As vendas de casas usadas nos Estados Unidos caíram 2,3% em abril, para uma taxa anualizada de 5,57 milhões, de acordo com dados divulgados pela Associação Nacional de Corretoras de Imóveis (NAR, na sigla em inglês)." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:








EUROPA - (25/05/2017) - Comunicando.

"A economia da Espanha registrou crescimento de 0,8% no primeiro trimestre, anunciou nesta quinta-feira o Instituto Nacional de Estatística (INE), confirmando a estimativa provisória do fim de abril. Em ritmo anual, o Produto Interno Bruto (PIB) espanhol avançou 3%. Mas o dinamismo ainda é afetado por uma das maiores taxas de desemprego da Europa (18,7% no primeiro trimestre) e um déficit público de 4,5% em 2016.

O Produto Interno Bruto (PIB) do Reino Unido aumentou 0,2% no primeiro trimestre ante o quarto trimestre de 2016 e registrou expansão anual de 2% no mesmo período, segundo revisão divulgada hoje pelo Escritório de Estatísticas Nacionais (ONS, na sigla em inglês). A revisão mostra que o PIB britânico desacelerou com mais força entre janeiro e março ante os últimos três meses do ano passado, quando a economia do Reino Unido cresceu 0,7% em relação ao trimestre anterior." (Fonte: UOL)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:








AMÉRICA DO NORTE - (24/05/2017) - Comunicando.

"O índice de gerentes de compras (PMI, na sigla em inglês) composto dos EUA, que mede a atividade nos setores industrial e de serviços, subiu para 53,9 em maio, de 53,2 em abril, atingindo o maior nível em três meses, segundo dados preliminares publicados hoje pela IHS Markit. Apenas o PMI do setor de serviços dos EUA avançou para 54 na prévia de maio, de 53,1 em abril, alcançando o maior patamar em quatro meses. Já no setor industrial dos EUA, o PMI caiu para 52,5 em maio, de 52,8 em abril, tocando o menor nível em oito meses." (Fonte: UOL)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:








EUROPA - (23/05/2017) - Comunicando.

"O PMI Composto preliminar do IHS Markit para maio ficou em 56,8 e repetiu a leitura do mês anterior, nível mais alto desde abril de 2011. As indústrias do bloco tiveram um maio muito melhor do que o previsto. Pesquisa da Reuters apontava expectativa de que o PMI da indústria cairia para 56,5, mas ele subiu a 57,0 de 56,7 em abril, nível mais alto desde abril de 2011. Já o PMI de serviços desacelerou ligeiramente, com o PMI caindo a 56,2 de 56,4 e contra expectativa de manutenção do ritmo." (Fonte: Reuters)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:








AMÉRICA DO NORTE - (22/05/2017) - Comunicando.

"Os novos pedidos de auxílio-desemprego nos Estados Unidos caíram inesperadamente na semana passada e o número de norte-americanos com ajuda atingiu a mínima de 28 anos e meio, indicando aperto do mercado de trabalho.

Os pedidos iniciais de auxílio-desemprego caíram em 4 mil, para 232 mil em números ajustados sazonalmente, na semana encerrada em 13 de maio, informou o Departamento do Trabalho nesta quinta-feira. Economistas consultados pela Reuters esperavam avanço para 240 mil pedidos." (Fonte: Reuters)







AMÉRICA DO NORTE - (18/05/2017) - Crise política nos EUA.

"Mais de um milhão de pessoas assinaram até esta quarta-feira (17) à tarde uma petição online a favor do impeachment do presidente dos EUA Donald Trump.

A campanha ‘Impeach Trump Now’, liderada pela organização apartidária Free Speech For People continha, até às 15h35 (hora de Brasília) 1.023.683 assinaturas. " (Fonte: Infomoney)







MUNDO - (18/05/2017) - Comunicando.

"A Ford Motor disse nesta quarta-feira que planeja cortar 1.400 empregos assalariados na América do Norte e na Ásia por meio de programa de aposentadoria voluntária antecipada e outros incentivos financeiros, enquanto busca recuperar o preço de suas ações." (Fonte: Reuters)







EUROPA - (17/05/2017) - Comunicando.

"A taxa de desemprego do Reino Unido caiu para 4,6% no trimestre até março, atingindo o menor nível desde meados de 1975." (Fonte: UOL)







EUROPA - (16/05/2017) - Comunicando.

"O Produto Interno Bruto (PIB) da zona do euro cresceu 0,5% no primeiro trimestre do ano ante os últimos três meses de 2016 e apresentou expansão anual de 1,7% no período, segundo revisão publicada hoje pela Eurostat, a agência de estatísticas da União Europeia." (Fonte: UOL)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:








EUROPA - (15/05/2017) - Comunicando.

"A agência de estatísticas da União Europeia, Eurostat, disse que a produção industrial no bloco de moeda única de 19 países caiu 0,1 por cento em relação a fevereiro, mas avançou 1,9 por cento na comparação anual.

Ambos os números ficaram abaixo das expectativas do mercado de alta de 0,3 por cento no mês e de 2,3 por cento em relação ao mesmo período do ano anterior." (Fonte: Reuters)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:








AMÉRICA DO NORTE - (12/05/2017) - Comunicando.

"Em dados corrigidos por variações sazonais, foram registrados 236.000 novos pedidos na semana encerrada em 6 de maio, uma queda de 2.000. Os analistas esperavam um aumento de 4.000. Deste modo, há dois anos e quatro meses que os pedidos de seguro desemprego se mantêm abaixo dos 300.000. Em um ano, os pedidos caíram 17,5%. A taxa de desemprego caiu em abril para 4,4% nos Estados Unidos." (Fonte: Exame)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:








EUROPA - (12/05/2017) - Comunicando.

"O crescimento econômico na Alemanha acelerou a 0,6% no primeiro trimestre de 2017, estimulado pela demanda interna e as exportações, anunciou nesta sexta-feira (12) a agência federal de estatísticas Destatis. O Produto Interno Bruto (PIB) alemão registrou crescimento de 0,4% no quarto trimestre de 2016." (Fonte: G1)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:








EUROPA - (09/05/2017) - Comunicando.

"A produção industrial caiu 0,4 por cento sobre o mês anterior, mostraram dados do Ministério da Economia. O resultado foi melhor do que a expectativa em pesquisa da Reuters de recuo de 0,6 por cento.

A expectativa para o crescimento econômico trimestral da Alemanha, cujos dados serão divulgados na sexta-feira, é agora de 0,6 por cento no primeiro trimestre contra 0,4 por cento nos três últimos meses do ano passado.

O declínio na produção industrial se deu pela queda de 2,5 por cento na produção de energia. A produção manufatureira caiu 0,5 por cento enquanto a construção avançou 1,5 por cento." (Fonte: Reuters)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:








AMÉRICA DO NORTE - (08/05/2017) - Comunicando.

"A criação de vagas de trabalho nos Estados Unidos se recuperou com força em abril e a taxa de desemprego caiu para perto da mínima de 10 anos de 4,4 por cento, sinais de um mercado de trabalho apertado que pode pavimentar o caminho para uma alta dos juros no próximo mês, apesar do crescimento moderado dos salários." (Fonte: Reuters)







EUROPA - (04/05/2017) - Comunicando.

"Empresas da zona do euro iniciam 2º tri com força, mostra PMI. O PMI Composto subiu para a máxima de seis anos de 56,8 em abril de 56,4 em março, e contra preliminar de 56,7. As empresas do setor de serviços do bloco também cresceram na máxima de seis anos. O PMI de serviços avançou para 56,4 de 56,0. Isso superou a preliminar de 56,2 e foi o nível mais alto desde abril de 2011." (Fonte: Reuters)







EUROPA - (03/05/2017) - Comunicando.

"O índice de atividade industrial no Reino Unido subiu para 57,3 em abril, alcançando o melhor nível em três anos, em sinal de que o setor está se beneficiando do impulso proporcionado pela desvalorização da libra pós-votação pelo Brexit, segundo pesquisa da Markit/CIPS." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:








EUROPA - (02/05/2017) - Comunicando.

"O PMI de indústria do IHS Markit para a zona do euro saltou a 56,7 em abril de 56,2 em março, alcançando o nível mais alto desde abril de 2011. O dado ficou pouco abaixo da preliminar de 56,8.

O índice que mede a produção também avançou ainda mais acima da marca de 50 que separa crescimento de contração, registrando a máxima de seis anos de 57,6 sobre 57,5 em março." (Fonte: Reuters)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:








EUROPA - (28/04/2017) - França.

"Apesar da incerteza em torno da eleição presidencial, a segunda maior economia da zona do euro cresceu 0,3 por cento no primeiro trimestre, informou a agência nacional de estatísticas INSEE em sua primeira estimativa para o período.

O resultado marca uma desaceleração em relação aos três últimos meses do ano passado, quando a economia cresceu 0,5 por cento, e ficou ligeiramente abaixo da expectativa de economistas de expansão de 0,4 por cento." (Fonte: Reuters)







EUROPA - (25/04/2017) - Comunicando.

"No último trimestre de 2016, a economia alemã cresceu 0,4 por cento e os dados do primeiro trimestre serão divulgados em 12 de maio. O crescimento potencial --a taxa natural de expansão da economia sem estímulo e com inflação estável-- agora é de cerca de 1,25 por cento ao ano, mas pode cair para 0,75 por cento ao ano, em média, nos anos de 2021 a 2025." (Fonte: Reuters)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:








AMÉRICA DO NORTE - (17/04/2017) - Comunicando.

"O número de trabalhadores nos Estados Unidos que apresentaram pedidos iniciais de auxílio-desemprego caiu o correspondente a mil na semana encerrada em 8 de abril, para 234 mil, de acordo com dados com ajuste sazonal divulgados nesta quinta-feira pelo Departamento do Trabalho." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:








AMÉRICA DO NORTE - (17/04/2017) - Comunicando.

"O número de trabalhadores nos Estados Unidos que apresentaram pedidos iniciais de auxílio-desemprego caiu o correspondente a mil na semana encerrada em 8 de abril, para 234 mil, de acordo com dados com ajuste sazonal divulgados nesta quinta-feira pelo Departamento do Trabalho." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:








MUNDO - (12/04/2017) - Dois perigos que vem do exterior.

"Putin mantém apoio a Assad e acirra tensão com os EUA. O chefe da diplomacia dos EUA chegou na noite de ontem a Moscou em meio à crescente tensão entre o Kremlin e a Casa Branca e à advertência de Putin de que o governo americano teria sido induzido a atacar o regime sírio.

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, voltou a ameaçar a Coreia do Norte, caso a China não pressione o país aliado a abandonar seu programa nuclear e de mísseis. Em sua conta no Twitter, Trump disse que explicou ao presidente da China, Xi Jinping, durante o encontro na Flórida na semana passada, "que um acordo comercial com os EUA será muito melhor para eles [chineses] se resolverem o problema norte-coreano!"" (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:








EUROPA - (11/04/2017) - Comunicando.

"A agência de estatísticas da União Europeia, Eurostat, informou nesta terça-feira que a produção industrial nos 19 países que usam o euro caiu 0,3 por cento em comparação com janeiro, mas cresceu 1,2 por cento sobre o ano anterior. Somente a produção de energia teve queda em fevereiro de 4,7 por cento, talvez refletindo o clima ameno, enquanto a produção de bens de consumo não duráveis recuou 1,1 por cento." (Fonte: Reuters)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:








AMÉRICA DO NORTE - (10/04/2017) - Pleno emprego. Salários deverão começar a aumentar de forma acelerada.

"A taxa de desemprego nos Estados Unidos caiu a 4,5% em março, segundo o Departamento do Trabalho, de 4,7% em janeiro. Foram criados 98 mil postos de trabalho em março, considerando-se ajustes sazonais, segundo o Departamento de Trabalho do país. O salário médio por hora dos trabalhadores do setor privado ficou em US$ 26,14 em março, alta de US$ 0,05 (ou 0,19%) ante o mês anterior. Na comparação anual, o salário cresceu 2,7% no mês passado." (Fonte: Estadão)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:








AMÉRICA DO NORTE - (07/04/2017) - Comunicando.

"Os pedidos semanais de seguro-desemprego nos Estados Unidos caíram mais do que o previsto, segundo o Departamento do Trabalho. Em cifras corrigidas por variações sazonais, o departamento registrou 234.000 pedidos, ou seja, uma queda de 25.000, a mais forte em cerca de dois anos." (Fonte: Exame)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:








MUNDO - (07/04/2017) - Normalmente o dólar, ouro e petróleo sobem e as ações caem nesses momentos.

"Os Estados Unidos bombardearam uma base aérea na Síria em resposta ao suposto ataque químico atribuído ao ditador Bashar al-Assad e o presidente Donald Trump pediu às “nações civilizadas” uma ação para deter o massacre no país.

Os principais aliados de Assad, Moscou e Teerã, condenaram com veemência a primeira operação militar dos Estados Unidos contra o regime sírio. A Rússia pediu uma reunião urgente do Conselho de Segurança da ONU.

A Rússia advertiu os Estados Unidos nesta quinta-feira das “consequências negativas” de uma ação militar na Síria em resposta ao ataque químico desta semana, pelo qual Washington responsabiliza o regime de Bashar al Assad." (Fonte: Exame)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:








AMÉRICA DO NORTE - (06/04/2017) - Comunicando.

"Os empregadores do setor privado dos Estados Unidos criaram 263 mil vagas de trabalho em março, o maior número desde dezembro de 2014 e sugerindo mais aperto no mercado de trabalho, mostrou o Relatório Nacional de Emprego da ADP nesta quarta-feira." (Fonte: Reuters)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:








ÁSIA - (06/04/2017) - China.

"O PMI de serviços do Caixin/Markit caiu para 52,2 de 52,6 em fevereiro, mas permaneceu acima do nível de 50 que separa expansão de contração. O subíndice de novos negócios no relatório divulgado nesta quinta-feira caiu 1,1 ponto, para 52,2 em março, demanda mais fraca desde setembro de 2016." (Fonte: Reuters)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:








EUROPA - (05/04/2017) - Zona do euro .

"O PMI Composto final do Markit subiu para a máxima de seis anos de 56,4 em março de 56,0 em fevereiro. Leitura preliminar havia indicado alta mais forte, para 56,7.

O subíndice de preços de produção saltou para a máxima em quase seis anos de 53,1 de 52,2. O resultado ficou abaixo da preliminar de 53,3, mas ainda bem recebido pelo Banco Central Europeu (BCE), que tem tentado estimular a inflação há anos.

O PMI do setor de serviços ficou em 56,0, contra preliminar de 56,5. Ainda assim, ficou acima da marca final de fevereiro de 55,5 e foi o nível mais alto desde maio de 2011." (Fonte: Reuters)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:








AMÉRICA DO NORTE - (31/03/2017) - Comunicando.

"O Produto Interno Bruto (PIB) cresceu a uma taxa anualizada de 2,1%, ante 1,9% informado anteriormente, informou o Departamento de Comércio nesta quinta-feira em sua terceira estimativa do PIB para o período. Há indicações de que a atividade se moderou ainda mais no início de 2017. Os analistas previam um aumento de 2%." (Fonte: O Globo)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:








ÁSIA - (31/03/2017) - Comunicando.

"O Índice de Gerentes de Compras (PMI, na sigla em inglês) oficial da China subiu para 51,8 em março sobre 51,6 no mês anterior, de acordo com dados divulgados nesta sexta-feira. O PMI oficial de serviços avançou a 55,1, nível mais alto desde maio de 2014.

" (Fonte: Reuters)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:








ÁSIA - (31/03/2017) - Comunicando.

"A produção industrial japonesa subiu 2,0% em fevereiro em relação ao mês anterior, segundo dados divulgados pelo Ministério da Economia, Comércio e Indústria nesta sexta-feira. O resultado é atribuído à alta na demanda por produtos japoneses no exterior." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:








EUROPA - (29/03/2017) - Risco.

"O Parlamento da Escócia decidiu, por 69 votos a favor e contra 59 votos, apoiar a decisão da premiê Nicola Sturgeon de realizar um novo plebiscito sobre a independência do país do Reino Unido, a ser realizado quando os termos do Brexit — a saída da União Europeia (UE) — estiverem mais claros. O novo plebiscito será realizado entre o quarto trimestre de 2018 e o segundo trimestre de 2019." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:








ÁSIA - (27/03/2017) - Comunicando.

"Os ganhos no setor industrial da China cresceram 31,5% no período de janeiro a fevereiro, em comparação com o mesmo período do ano anterior, sustentado pela aceleração da produção e pelo aumento dos preços das commodities, segundo dados oficiais divulgados nesta segunda-feira." (Fonte: Valor Econômico)







AMÉRICA DO NORTE - (24/03/2017) - Comunicando.

"Os pedidos de seguro-desemprego nos Estados Unidos subiram mais do que o esperado na semana passada, ao maior nível em dois meses, mas continuam historicamente baixos, informou nesta quinta-feira o Departamento do Trabalho. Em dados corrigidos, foram registrados 258.000 pedidos de seguro na semana encerrada em 18 de março, 15.000 a mais do que na semana anterior. Os analistas esperavam 239.000 solicitações. A quantidade de pedidos se mantém abaixo de 300.000 por semana verificada há dois anos, o que não ocorria desde 1970." (Fonte: IstoÉ)







EUROPA - (24/03/2017) - Comunicando.

"O PMI Composto do IHS Markit avançou em março para 56,7 de 56,0 em fevereiro, nível mais alto desde abril de 2011 e acima da marca de 50 que separa crescimento de contração.

Isso, junto com o subíndice de preços cobrados que subiu para a máxima em quase seis anos de 53,3, será comemorado pelo Banco Central Europeu (BCE), que ainda compra 80 bilhões de euros por mês para impulsionar a inflação.

Sugerindo que a melhora continuará em abril, o índice de novas encomendas do setor de serviços avançou para 56,2 de 55,6, máxima em quase seis anos. O PMI de serviços saltou para 56,5 de 55,5, leitura mais alta desde abril de 2011.

A indústria terminou o trimestre com desempenho similar, com o PMI do setor em 56,2 de 55,4 em fevereiro e no patamar mais alto em quase seis anos." (Fonte: Reuters)







AMÉRICA LATINA - (22/03/2017) - Comunicando.

"O Produto Interno Bruto (PIB) da Argentina fechou o ano passado em queda de 2,6%, informou nesta terça-feira o Instituto Nacional de Estatística e Censos (Indec). O PIB da Argentina registrou em 2015 um crescimento de 2,1%, após ter sofrido uma retração de 2,6% em 2014." (Fonte: Exame)







AMÉRICA LATINA - (21/03/2017) - Comunicando.

"O Produto Interno Bruto (PIB) do Chile cresceu 1,6% em todo o ano de 2016 na comparação com 2015, segundo dados divulgados nesta segunda-feira pelo banco central do país. O resultado é o mais modesto desde 2009 no país. No quarto trimestre, o crescimento chileno foi de apenas 0,5%, na comparação com igual período do ano anterior." (Fonte: Exame)







MUNDO - (20/03/2017) - Mais demissões em massa.

"O plano de reativação da companhia aérea italiana Alitalia, que enfrenta problemas financeiros, prevê a supressão de 2.037 empregos entre funcionários de terra, informou à AFP uma fonte sindical. A isso se somará nos próximos meses 400 membros do pessoal de bordo, que, no omento, tem um contrato específico." (Fonte: IstoÉ)







AMÉRICA DO NORTE - (17/03/2017) - Economia dos EUA robusta.

"Os pedidos de seguro-desemprego dos Estados Unidos caíram em dois mil em fevereiro, para 241 mil, em mais uma evidência do fortalecimento do mercado de trabalho. " (Fonte: O Globo)







MUNDO - (16/03/2017) - Comunicando.

"Fed decide subir juros pela 1ª vez após posse de Trump. No terceiro aumento desde a eclosão da crise financeira de 2008, os juros sobem para a faixa entre 0,75 e 1% – contra 0,5% e 0,75% anteriormente. A última elevação das taxas pelo Comitê de Política Monetária do Fed (FOMC) ocorreu em dezembro de 2016, um ano após a primeira alta em quase uma década." (Fonte: G1)







ÁSIA - (14/03/2017) - Indo bem.

"A produção industrial na China cresceu 6,3% nos dois primeiros meses de 2017 em relação ao mesmo período do ano anterior, acelerando de em relação aos 6,0% de alta registrados em dezembro, segundo dados do Escritório Nacional de Estatísticas (NBS, na sigla em inglês), divulgados nesta terça-feira.

O crescimento das vendas de residências na China ganhou impulso nos dois primeiros meses deste ano em comparação com o registrado no fim do ano passado.

As vendas no varejo na China cresceram 9,5% nos dois primeiros meses do ano, em comparação com igual período do ano passado. " (Fonte: Valor Econômico)







EUROPA - (14/03/2017) - Comunicando.

"A Eurostat informou que a produção industrial no bloco de moeda única de 19 países aumentou 0,9 por cento em janeiro ante o mês anterior e 0,6 por cento em relação ao ano anterior.Os números mais baixos do que o esperado em janeiro foram parcialmente compensados por dados de dezembro revisados para cima, quando a produção industrial caiu 1,2 por cento no mês, menos do que a queda de 1,6 por cento inicialmente estimada pelo Eurostat.

Na comparação de base anual, a produção subiu por 2,5 por cento em dezembro, mais do que o 2 por cento informado anteriormente." (Fonte: Reuters)







AMÉRICA DO NORTE - (13/03/2017) - Comunicando.

"A criação de vagas de emprego nos Estados Unidos aumentou mais do que o esperado em fevereiro e os salários aumentaram de forma constante, o que dá ao Federal Reserve, banco central norte-americano, a luz verde para elevar os juros na próxima semana apesar da desaceleração do crescimento econômico.

A economia criou 9 mil postos de trabalho a mais em dezembro e janeiro do que o relatado anteriormente." (Fonte: Reuters)







ÁSIA - (09/03/2017) - Comunicando.

"A economia japonesa cresceu a uma taxa anualizada de 1,2% no trimestre de outubro a dezembro, revisada a partir de uma leitura preliminar de 1% de crescimento, informou o governo na quarta-feira (8, horário local)." (Fonte: G1)







ÁSIA - (08/03/2017) - Comunicando.

"A economia japonesa cresceu a uma taxa anualizada de 1,2% no trimestre de outubro a dezembro, revisada a partir de uma leitura preliminar de 1% de crescimento, informou o governo na quarta-feira (8, horário local)." (Fonte: G1)







ÁSIA - (06/03/2017) - Comunicando.

"A China pretende expandir sua economia em cerca de 6,5 por cento, disse o primeiro-ministro Li Keqiang em seu relatório de trabalho na abertura da reunião anual do parlamento no domingo.

A China definiu uma meta de 6,5 a 7 por cento no ano passado e, por fim, alcançou crescimento de 6,7 por cento, apoiado em empréstimos bancários recordes, um boom especulativo de habitação e bilhões de investimentos governamentais." (Fonte: Reuters)







AMÉRICA DO NORTE - (06/03/2017) - Comunicando.

"O Federal Reserve deve elevar a taxa de juros neste mês e está no caminho para fazer novos aumentos neste ano, afirmou nesta sexta-feira a chair do banco central norte-americano, Janet Yellen, evidenciando que os medos que forçaram o Fed a manter os custos de empréstimos perto de zero por tantos anos estão em declínio." (Fonte: Reuters)







EUROPA - (06/03/2017) - Comunicando.

"As vendas no varejo nos 19 países que usam o euro caíram 0,1 por cento em janeiro ante dezembro, informou o Eurostat. Esse número contrasta com as expectativas do mercado de um aumento de 0,4 por cento no mês.

Na comparação anual, o volume de vendas no varejo cresceu 1,2 por cento em janeiro, abaixo da previsão de 1,6 por cento esperada pelos economistas consultados pela Reuters.

A queda mensal é a terceira seguida e é agravada pela revisão das vendas em dezembro para uma queda 0,5 por cento, apesar das compras de Natal. Na estimativa anterior, a Eurostat registrou um recuo de 0,3 por cento em dezembro." (Fonte: Reuters)







ÁSIA - (06/03/2017) - Comunicando.

"O PMI de serviços caiu em fevereiro para 52,6 de 53,1 em janeiro, informou o Markit/Caixin. Embora tenha permanecido bem acima da marca de 50 que separa expansão de contração, foi a taxa mais fraca de expansão desde outubro. O PMI Composto do Caixin, que cobre tanto a indústria quanto o setor de serviços, subiu para 52,6 em fevereiro de 52,2 no mês anterior." (Fonte: Reuters)







AMÉRICA DO NORTE - (02/03/2017) - Comunicando.

"Autoridades do Federal Reserve, banco central dos Estados Unidos, levaram os mercados a ampliar as expectativas de uma alta da taxa de juros em março com declarações sugerindo que estão preocupadas em esperar tempo demais diante do aguardado estímulo econômico de Washington. O presidente do Fed de Nova York, William Dudley, entre os mais influentes membros do Fed, afirmou na CNN que o momento para apertar a política monetária se tornou "muito mais premente" desde a eleição do presidente norte-americano, Donald Trump." (Fonte: Reuters)







ÁSIA - (02/03/2017) - China .

"O Índice de Gerentes de Compras (PMI, na sigla em inglês) oficial avançou para a máxima de três meses de 51,6 em fevereiro, contra 51,3 no mês anterior. O PMI do Caixin/Markit avançou para 51,7 de 51,0 em janeiro e contra expectativa de 50,8. Por sua vez o PMI oficial sobre o setor de serviços mostrou que o crescimento permaneceu forte em fevereiro, embora o ritmo de expansão tenha desacelerado modestamente por quatro meses seguidos. O PMI oficial ficou em 54,2 em fevereiro, de 54,6 em janeiro." (Fonte: Reuters)







EUROPA - (02/03/2017) - Comunicando.

"A economia da França cresceu 0,4 por cento no último trimestre de 2016, disse a Insee, a agência nacional de estatísticas nesta terça-feira, confirmando uma estimativa inicial. O dado do quarto trimestre significa que para todo o ano de 2016 a economia francesa cresceu 1,1 por cento, também inalterado em relação à estimativa preliminar." (Fonte: Reuters)







AMÉRICA DO NORTE - (23/02/2017) - Comunicando.

"Muitos membros do Federal Reserve, banco central norte-americano, disseram que pode ser apropriado aumentar os juros novamente "em breve", caso os dados de emprego e inflação estejam alinhados com as expectativas, mostrou a ata da mais recente reunião do Fed divulgada nesta quarta-feira." (Fonte: Reuters)







EUROPA - (08/02/2017) - Alemanha.

"A produção industrial caiu 3 por cento na comparação mensal, leitura mais fraca do que qualquer estimativa em pesquisa da Reuters e bem abaixo da mediana de uma alta de 0,3 por cento. Foi a queda mais forte desde janeiro de 2009. O recuo foi causado principalmente por uma queda de 3,4 por cento na manufatura, com a produção de bens de capital especialmente fraca, e perdas de 1,7 por cento na construção, mostraram os dados." (Fonte: Reuters)







ÁSIA - (07/02/2017) - China.

"O PMI de serviços caiu para 53,1 em janeiro de 53,4 em dezembro, mostrou o PMI nesta segunda-feira. O PMI Composto do Caixin que cobre tanto a indústria quanto o setor de serviços mostrou um padrão similar ao cair para 52,2 em janeiro ante a máxima de quase quatro anos do mês anterior de 53,5." (Fonte: Reuters)







ÁSIA - (06/02/2017) - China.

"O PMI do Caixin/Markit para a indústria caiu para 51,0 de 51,9 em dezembro, contra expectativa de analistas de 51,8. O subíndice de produção caiu a 51,3, contra 53,7 em dezembro, na mínima de quatro meses." (Fonte: Reuters)







EUROPA - (06/02/2017) - Zona do Euro.

"O PMI Composto final do IHS Markit permaneceu em 54,4, mesma taxa de dezembro. Esse é o nível mais alto desde maio de 2011 e superou a preliminar de 54,3. O PMI para o dominante setor de serviços também repetiu a taxa de dezembro de 53,7, contra leitura preliminar de 53,6. Os fornecedores de serviços permaneceram otimistas no mês passado e elevaram o número de funcionários no ritmo mais rápido desde julho. O índice de emprego subiu para 52,8 de 52,2." (Fonte: Reuters)







AMÉRICA DO NORTE - (02/02/2017) - EUA indo bem.

"O Instituto de Gestão de Fornecimento (ISM, na sigla em inglês) disse que seu índice de atividade industrial nacional teve alta de 1,5 ponto percentual, para uma leitura de 56,0 no mês passado, a maior desde novembro de 2014. Separadamente, o Relatório Nacional de Emprego da ADP mostrou que os empregadores do setor privado dos EUA criaram 246 mil vagas de trabalho em janeiro, acima das 151 mil vagas em dezembro. " (Fonte: Exame)







EUROPA - (02/02/2017) - Europa indo bem.

"O PMI final de indústria do IHS Markit para a zona do euro subiu para 55,2 em janeiro de 54,9 em dezembro e preliminar de 55,1. Leitura acima de 50 indica crescimento. O subíndice de produção permaneceu no nível de 56,1 visto em dezembro, o mais alto desde abril de 2014.Os empresários da indústria se mostraram ainda mais otimistas. O subíndice de produção futura saltou para 66,9 de 63,7, leitura mais forte desde que os dados começaram a ser compilados em julho de 2012." (Fonte: Exame)







AMÉRICA DO NORTE - (02/02/2017) - Comunicando.

"O Federal Reserve, banco central norte-americano, manteve suas taxas de juros nesta quarta-feira, primeira reunião desde que Donald Trump assumiu a Presidência dos Estados Unidos, mas projetou cenário relativamente positivo da economia, sugerindo que estava no caminho para apertar a política monetária neste ano." (Fonte: Exame)







EUROPA - (01/02/2017) - Comunicando.

"O Produto Interno Bruto (PIB) da França cresceu 0,4% no quarto trimestre de 2016 ante os três meses anteriores, segundo dados preliminares divulgados hoje pelo instituto de estatísticas francês, o Insee. Na comparação anual, o PIB da França teve expansão de 1,1% entre outubro e dezembro, também em linha com a projeção do mercado." (Fonte: Exame)







AMÉRICA DO NORTE - (30/01/2017) - Dados dos EUA ruins, efeito Trump?

"O Produto Interno Bruto (PIB) cresceu a uma taxa anual de 1,9 por cento, informou o Departamento de Comércio nesta sexta-feira em sua primeira estimativa do PIB do quarto trimestre. A leitura representou uma forte desaceleração ante o ritmo de crescimento de 3,5 por cento registrado no terceiro trimestre.No quarto trimestre, as exportações caíram a uma taxa de 4,3 por cento, revertendo o crescimento de 10 por cento do terceiro trimestre. A queda das exportações nos últimos meses do ano passado foi a maior desde o primeiro trimestre de 2015. O comércio cortou 1,70 ponto percentual do crescimento do PIB no quarto trimestre, depois de colaborar com 0,85 ponto percentual no período anterior. Esse foi o maior impacto negativo desde o segundo trimestre de 2010." (Fonte: Reuters)







AMÉRICA DO NORTE - (27/01/2017) - Comunicando.

"O Departamento do Comércio informou nesta quinta-feira que as vendas de novas moradias caíram 10,4 por cento, a uma taxa anual ajustada sazonalmente de 536 mil unidades no mês passado. Economistas consultados pela Reuters projetavam que as vendas de novas moradias para uma única família, que representam 8,9 por cento das vendas totais de casas, caíram 1,0 por cento, para 588 mil unidades no mês passado.

Em um relatório separado, o Departamento do Trabalho disse que os pedidos iniciais de auxílio-desemprego subiram em 22 mil, para 259 mil em números ajustados sazonalmente, na semana encerrada em 21 de janeiro. Os pedidos estão agora abaixo da marca de 300 mil, nível associado a um mercado de trabalho saudável, há 99 semanas seguidas." (Fonte: Reuters)







EUROPA - (27/01/2017) - Dados do reino unido.

"O Produto Interno Bruto (PIB) cresceu a uma taxa de 0,6 por cento entre outubro e dezembro sobre o trimestre anterior, informou a Agência para Estatísticas Nacionais, mantendo o ritmo acima da média visto nos três primeiros meses após o referendo do Brexit, em junho. Na comparação com um ano antes, a economia expandiu 2,2 por cento, novamente acima do esperado. Mas olhando para 2016 como um todo, o crescimento desacelerou modestamente para 2,0 por cento, de 2,2 por cento em 2015." (Fonte: Reuters)







EUROPA - (25/01/2017) - Tranquilo e estável.

"O PMI Composto do IHS Markit para a zona do euro caiu para 54,3 ante a máxima de cinco anos em dezembro de 54,4, confortavelmente acima da marca de 50 que indica crescimento." (Fonte: Reuters)







ÁSIA - (23/01/2017) - Comunicando.

"A economia da China cresceu 6,8 por cento no quarto trimestre na comparação com o ano anterior, ligeiramente mais do que o esperado, sustentada por gastos governamentais mais altos e empréstimos bancários recordes que provocaram preocupações sobre um aumento explosivo da dívida." (Fonte: Reuters)







AMÉRICA DO NORTE - (19/01/2017) - Ruim para os países emergentes e portanto para o Brasil que está reduzindo os juros.

"Com a economia dos Estados Unidos perto do pleno emprego e a inflação no caminho para o objetivo de 2 por cento do Federal Reserve, "faz sentido" para o banco central norte-americano elevar gradualmente as taxas de juros, afirmou a chair do Fed, Janet Yellen, nesta quarta-feira." (Fonte: Infomoney)







EUROPA - (13/01/2017) - Comunicando.

"A economia da Alemanha cresceu 1,9 por cento em 2016, taxa mais forte em cinco anos e uma melhora em relação ao ano anterior, apontou nesta quinta-feira estimativa preliminar da Agência Federal de Estatísticas." (Fonte: Exame)







EUROPA - (13/01/2017) - Positivo.

"A agência de estatística da União Europeia, Eurostat, disse nesta quinta-feira que a produção industrial no bloco cresceu 1,5 por cento em novembro e 3,2 por cento em relação ao ano anterior. Ambos os números foram muito superiores às expectativas do mercado. Pesquisa da Reuters com economistas apontava aumento mensal de 0,5 por cento e alta de 1,6 por cento em relação ao ano anterior." (Fonte: Reuters)







EUROPA - (10/01/2017) - Dados da Alemanha.

"A produção industrial subiu pelo segundo mês consecutivo em novembro, crescendo 0,4 por cento na comparação mensal, disse o Ministério da Economia. Dados separados mostraram que as exportações ajustadas sazonalmente avançaram 3,9 por cento no mês em novembro. Esse foi o resultado mensal mais forte desde maio de 2012. O superávit comercial ajustado sazonalmente aumentou para 21,7 bilhões de euros de 20,6 bilhões em outubro." (Fonte: Reuters)







AMÉRICA DO NORTE - (10/01/2017) - Comunicando.

"Os EUA criaram 156 mil vagas de trabalho fora do setor agrícola no mês passado, informou o Departamento do Trabalho nesta sexta-feira. Pesquisa da Reuters apontava para a criação de 178 mil vagas. Os dados de outubro e novembro foram revisados para mostrar 19 mil vagas a mais do que informado anteriormente. E a economia criou 2,16 milhões de vagas em 2016.

As encomendas à indústria caíram 2,4 por cento, informou o Departamento de Comércio nesta sexta-feira, após aumento revisado de 2,8 por cento em outubro. A queda de novembro seguiu quatro meses consecutivos de ganhos e foi a maior desde dezembro de 2015." (Fonte: Reuters)







MUNDO - (05/01/2017) - Comunicando.

"A rede de lojas de departamentos americana Macy's anunciou nesta quarta-feira (4) que suprimirá até 10 mil empregos nos Estados Unidos como parte de seu plano de reestruturação. Até o final de 2017, a rede pretende fechar 68 das 100 lojas que serão eliminadas diante da queda nas vendas e da crescente concorrência do comércio on-line, destaca o comunicado." (Fonte: UOL)







ÁSIA - (05/01/2017) - Comunicando.

"O PMI de serviços do Markit/Caixin subiu para 53,4 em dezembro sobre 53,1 em novembro. A leitura de dezembro foi a mais alta desde julho de 2015, e bem acima da marca de 50 que separa crescimento de expansão. O PMI Composto do Caixin, que cobre tanto o setor industrial quanto o de serviços, igualou a máxima de quatro anos de 53,5 em dezembro contra 52,9 no mês anterior, indicando crescimento sólido e mais equilibrado para a economia como um todo." (Fonte: Reuters)







EUROPA - (04/01/2017) - Boa notícia, entrando em um ciclo de alta finalmente.

"O índice PMI Composto final do IHS Markit para a zona do euro subiu a 54,4 em dezembro ante 53,9 em novembro, contra medição preliminar de 53,9 e no nível mais alto desde maio de 2011.O PMI para o dominante setor de serviços caiu para 53,7 de 53,8 em novembro, mas ficou bem acima da preliminar de 53,1." (Fonte: Exame)







AMÉRICA DO NORTE - (04/01/2017) - Praticamente recuperada a economia dos EUA.

"O Instituto de Gestão de Fornecimento (ISM, na sigla em inglês) informou que seu índice de atividade industrial nacional subiu 1,5 ponto percentual no mês passado, para uma leitura de 54,7, a mais alta desde dezembro de 2014. Uma leitura acima de 50 indica expansão na indústria, que representa cerca de 12 por cento da economia dos EUA. A medida de novas encomendas saltou 7,2 pontos percentuais, para o nível mais alto desde novembro de 2014. A medida de emprego na indústria aumentou 0,8 ponto percentual, para o nível mais alto desde junho de 2015." (Fonte: Reuters)







EUROPA - (03/01/2017) - Muito bom.

"O PMI final do IHS Markit para a indústria da zona do euro atingiu 54,9 em dezembro, em linha com a preliminar e no nível mais alto desde abril de 2011. A leitura ficou acima da marca de 50 que separa crescimento de contração e dos 53,7 de novembro. O subíndice de produção saltou para a máxima de 32 meses de 56,1, ante 54,1. Sugerindo que este mês também será forte, o subíndice de novas encomendas subiu para 55,9 de 54,4, nível mais alto desde abril de 2011, embora as empresas tenham elevado os preços no ritmo mais forte em mais de cinco anos." (Fonte: Exame)







ÁSIA - (03/01/2017) - China.

"O Índice de Gerentes de Compras oficial (PMI, na sigla em inglês) ficou em 51,4 em dezembro, ante 51,7 em novembro. A produção da indústria desacelerou em dezembro, com o sub-índice atingindo 53,3 ante 53,9 no mês anterior. O total de novos pedidos ficou estável em 53,2, mesmo índice de novembro, enquanto os novos pedidos de exportação caíram para 50,1 ante 50,3. Os empregos novamente tiveram perda, com o sub-índice de emprego em 48,9, ante 49,2 em novembro, conforme o país busca reduzir excesso de capacidade em uma série de indústrias. " (Fonte: Reuters)







MUNDO - (02/01/2017) - O populista russo Putin, para fazer o povo esquecer a crise, está fazendo guerra para todos os lados e isso vai destruir as finanças do país. Em breve veremos uma Russia em pior situação do que a de hoje. Já vimos isso na Argentina na guerra das Malvinas.

"A aparente aproximação dos insurgentes talibãs com a Rússia e o Irã nos últimos meses alimenta o temor de uma nova guerra por procuração no Afeganistão, afundado no caos há anos. Rússia e Irã afirmam que seus contatos com a insurreição afegã têm o único objetivo de melhorar a segurança regional, mas os Estados Unidos não escondem seu ceticismo." (Fonte: Exame)







MUNDO - (30/12/2016) - O populista russo Putin, para fazer o povo esquecer a crise, está fazendo guerra para todos os lados e isso vai destruir as finanças do país. Em breve veremos uma Russia em pior situação do que a de hoje. Já vimos isso na Argentina na guerra das Malvinas.

"A aparente aproximação dos insurgentes talibãs com a Rússia e o Irã nos últimos meses alimenta o temor de uma nova guerra por procuração no Afeganistão, afundado no caos há anos. Rússia e Irã afirmam que seus contatos com a insurreição afegã têm o único objetivo de melhorar a segurança regional, mas os Estados Unidos não escondem seu ceticismo." (Fonte: Exame)







AMÉRICA LATINA - (29/12/2016) - Comunicando.

"A produção industrial da Argentina recuou 4,1 por cento em novembro em relação ao mesmo mês do ano anterior, informou a agência nacional de estatísticas Indec nesta quarta-feira, marcando o décimo mês consecutivo de redução da produção." (Fonte: Reuters)







AMÉRICA LATINA - (26/12/2016) - Comunicando.

"Longe da expectativa do governo do presidente argentino, Mauricio Macri, de que a economia começaria a mostrar sinais de recuperação na segunda metade do ano, dados divulgados esta semana pelo Indec (o IBGE local) confirmaram que o país continua mergulhado em profunda recessão. No terceiro trimestre de 2016, o PIB argentino registrou retração de 3,8%, frente ao mesmo período do ano passado. Entre janeiro e setembro, a queda acumulada foi de 2,4%." (Fonte: O Globo)







EUROPA - (20/12/2016) - Mais riscos no mundo.

"A Ucrânia declarou nesta segunda-feira o PrivatBank, maior credor do país, insolvente e anunciou a nacionalização da instituição como o único jeito de proteger o dinheiro dos 20 milhões de correntistas ucranianos e evitar ameaças ao sistema financeiro. Em comunicado, o banco central ucraniano informou que o PrivatBank não cumpriu o programa de recapitalização e que 97 por cento dos empréstimos corporativos foram concedidos a empresas ligadas aos acionistas do banco. Até 1º de dezembro, a necessidade de capital da instituição estava em 148 bilhões de hryvnias(5,65 bilhões de dólares)." (Fonte: Reuters)







MUNDO - (20/12/2016) - Mais demissões.

"A unidade de aviões comerciais da Boeing disse nesta segunda-feira que reduzirá sua força de trabalho em 2017, após cerca de 8 por cento dos postos de trabalho terem sido cortados desde o início de 2016. A redução de empregos deste ano inclui o corte de 10 por cento dos executivos e gerentes. " (Fonte: Reuters)







EUROPA - (15/12/2016) - Comunicando.

"A agência de estatísticas da União Europeia, Eurostat, informou nesta quarta-feira que a produção industrial nos 19 países que usam a moeda única caiu 0,1 por cento em outubro sobre o mês anterior, embora tenha apresentado uma alta anual de 0,6 por cento." (Fonte: Reuters)







MUNDO - (15/12/2016) - Esse aumento de juros nos EUA vai ser bastante ruim para o Brasil e pode provocar uma fuga de capitais com elevação forte nas cotações do dólar.

"O Federal Reserve, banco central dos Estados Unidos, elevou a taxa de juros em 0,25 ponto percentual nesta quarta-feira e sinalizou ritmo mais rápido de altas em 2017.A alta da taxa básica de juros para o intervalo entre 0,50 e 0,75 por cento era amplamente esperada. Mas a perspectiva de um aperto monetário mais acentuado contribuiu para um movimento de venda de títulos de curto prazo do Tesouro dos EUA e de ações." (Fonte: Reuters)







AMÉRICA DO NORTE - (15/12/2016) - Comunicando.

"O Departamento do Comércio informou nesta quarta-feira que as vendas do varejo aumentaram 0,1 por cento, após dois meses seguidos de fortes ganhos. As vendas varejistas de outubro foram revisadas para baixo, a uma alta de 0,6 por cento, ante 0,8 por cento informado anteriormente." (Fonte: Reuters)







EUROPA - (15/12/2016) - Comunicando.

"Empresas da zona do euro encerram 2016 em alta e perspectiva é favorável, mostra PMI. O PMI Composto preliminar do IHS Markit repetiu a leitura de novembro de 53,9, que foi a mais alta deste ano e permanece bem acima da marca de 50 que separa crescimento de contração. A atividade no setor industrial da zona do euro cresceu no ritmo mais rápido desde abril de 2011, com o PMI atingindo 54,9, acima de 53,7 em novembro e da expectativa de 54,1. Já a expansão do setor de serviços desacelerou ante a máxima de 11 meses de novembro, com o PMI caindo para 53,1, de 53,8. Esse resultado ficou abaixo mesmo da projeção mais pessimista em pesquisa da Reuters." (Fonte: Reuters)







ÁSIA - (14/12/2016) - Comunicando.

"A produção industrial da China cresceu 6,2 por cento em novembro ante o ano anterior, enquanto as vendas no varejo saltaram 10,8 por cento, ambas superando as expectativas. O crescimento dos investimentos em ativo fixo foi de 8,3 por cento no período entre janeiro e novembro. O crescimento do investimento privado caiu para 4,93 por cento em novembro na comparação anual, ante 5,9 por cento em outubro." (Fonte: Reuters)







ÁSIA - (13/12/2016) - Comunicando.

"A produção industrial da China cresceu 6,2 por cento em novembro ante o ano anterior, enquanto as vendas no varejo saltaram 10,8 por cento, ambas superando as expectativas." (Fonte: Reuters)







EUROPA - (09/12/2016) - Enxurrada de dinheiro no mercado vai continuar.

"O BCE informou que reduziria as compras mensais para 60 bilhões de euros, dos atuais 80 bilhões de euros, mas estenderia as compras até o final de 2017. Os mercados esperavam que as compras ficassem em 80 bilhões de euros, mas apenas por mais 6 meses." (Fonte: Reuters)







AMÉRICA DO NORTE - (09/12/2016) - Comunicando.

"A United States Steel pode reabrir até 10 mil postos de trabalho nos Estados Unidos, disse o presidente da empresa, Mario Longhi, sem detalhar prazos para as contratações." (Fonte: Reuters)







ÁSIA - (09/12/2016) - Comunicando.

"China ganha status de economia de mercado na segunda-feira. A indústria brasileira pode sofrer com a medida, segundo o Valor, já que, até agora, os membros da OMC puderam pedir investigação sobre prática de dumping com base nos preços internacionais. Agora, os próprios preços da China vão entrar na conta, distorcidos por subsídios estatais." (Fonte: Exame)







ÁSIA - (07/12/2016) - China.

"As reservas caíram em 69,06 bilhões de dólares no mês passado, quinto mês seguido de declínios, para 3,052 trilhões de dólares, nível que não era visto desde março de 2011, mostraram dados do banco central nesta quarta-feira." (Fonte: Reuters)







EUROPA - (06/12/2016) - Comunicando.

"As fábricas viram a demanda crescer 4,9 por cento no mês, informou o Ministério da Economia nesta terça-feira. Esse foi o maior aumento desde julho de 2014. Os dados mostraram que a demanda doméstica subiu 6,3 por cento, enquanto as encomendas do exterior aumentaram 3,9 por cento apesar da estagnação nos contratos provenientes da zona do euro." (Fonte: Reuters)







AMÉRICA DO NORTE - (02/12/2016) - Comunicando.

"O número de novos pedidos de auxílio-desemprego avançou 17 mil na semana encerrada em 26 de novembro nos Estados Unidos, para 268 mil, após ajustes sazonais, informou o Departamento do Trabalho nesta quinta-feira. Analistas ouvidos pelo Wall Street Journal previam 250 mil." (Fonte: IstoÉ)







EUROPA - (02/12/2016) - Comunicando.

"A taxa de desemprego na zona do euro caiu para a mínima de sete anos em outubro, de acordo com dados publicados nesta quinta-feira, indo abaixo de 10 por cento pela primeira vez desde 2011. A taxa de desemprego caiu para 9,8 por cento em outubro, ante 9,9 por cento em setembro em dado revisado, informou a agência de estatísticas da União Europeia, Eurostat. " (Fonte: Reuters)







ÁSIA - (01/12/2016) - China.

"O Índice de Gerentes de Compras (PMI, na sigla em inglês) oficial de indústria subiu em novembro para 51,7 de 51,2 no mês anterior. A leitura de novembro ficou acima da expectativa em pesquisa da Reuters de 51,0 e igualou uma máxima anterior, de julho de 2014. A última vez que o PMI da China foi mais alto foi em abril de 2012, a 53,3." (Fonte: Reuters)







MUNDO - (28/11/2016) - Comunicando.

"A Alitalia pode cortar até 2 mil empregos, já que a controladora Etihad Airways pressiona por mudanças radicais para transformar a linha aérea deficitária, segundo fontes próximas ao assunto." (Fonte: Reuters)







MUNDO - (24/11/2016) - O dólar pode subir no Brasil e prejudicar as ações de empresas fortemente devedoras, mas ajudar as exportadoras que tem dívidas em dólar pequenas.

"Os membros do Federal Reserve (Fed, o banco central americano) se mostraram confiantes que o fortalecimento da economia americana é suficiente para garantir elevação dos juros em breve, mostra a minuta da reunião realiza nos dias 1º e 2 de novembro, poucos dias antes da eleição presidencial no país. A elevação das taxas no país tem impacto em economias emergentes, como o Brasil, pois resulta em atração para lá de capitais que estão ou iriam para outros países." (Fonte: O Globo)







AMÉRICA DO NORTE - (24/11/2016) - Comunicando.

"Os novos pedidos de auxílio-desemprego tiveram crescimento de 18 mil na última semana nos Estados Unidos, passando de 233 mil (dado revisado, de 235 mil antes anunciado) para 251 mil na semana encerrada no dia 19, informou. Os pedidos têm se mantido em níveis historicamente baixos, o que sinaliza que o mercado de trabalho dos EUA deve continuar a gerar empregos, embora em ritmo modesto. O dado na semana encerrada no dia 12 estava noa patamar mais baixo desde 1973." (Fonte: IstoÉ)







EUROPA - (23/11/2016) - Zona do Euro.

"O PMI Composto preliminar do IHS Markit, considerado um bom indicador do crescimento geral, saltou para 54,1 de 53,3 em outubro, na leitura mais alta deste ano e ante 54,3 em dezembro passado. O setor de serviços do bloco também teve desempenho muito melhor do que o esperado, com seu PMI chegando à máxima de 11 meses de 54,1, contra 52,8 em outubro. Já as indústria registraram forte demanda este mês e o PMI do setor foi a 53,7, nível mais alto desde janeiro de 2014, contra 53,5 em outubro." (Fonte: Reuters)







AMÉRICA DO NORTE - (18/11/2016) - Notícia ruim para o Brasil.

"O Federal Reserve pode elevar a taxa de juros "relativamente em breve" se os dados econômicos continuarem indicando melhora do mercado de trabalho e inflação em alta, afirmou nesta quinta-feira a chair do banco central norte-americano, Janet Yellen, em uma clara indicação de que o Fed pode agir no próximo mês." (Fonte: Reuters)







MUNDO - (18/11/2016) - Demissões em massa.

"O grupo automobilístico alemão Volkswagen anunciou nesta sexta-feira (18) que vai suprimir 30.000 postos de trabalho em todo o mundo como parte de um plano para recuperar sua rentabilidade. Segundo a agência France Presse, os cortes atingem o Brasil." (Fonte: G1)







EUROPA - (16/11/2016) - Comunicando.

"O Produto Interno Bruto (PIB) da zona do euro cresceu 0,3% no terceiro trimestre, mesma variação vista no período de abril a junho, informou a Agência de Estatísticas da UE nesta terça-feira (15), confirmando uma estimativa anterior." (Fonte: G1)







ÁSIA - (16/11/2016) - Comunicando.

"A produção industrial na China avançou 6,1% em outubro em relação ao mesmo mês de 2015, segundo dados do Escritório Nacional de Estatística (NBS, na sigla em inglês) divulgados nesta segunda-feira.Já o investimento em ativos fixos em áreas não-rurais da China cresceu 8,3% no período de janeiro a outubro em relação aos dez primeiros meses do ano anterior. O NBS também divulgou que as vendas no varejo chinês cresceram 10,0% em outubro em relação ao mesmo mês do ano anterior, desacelerando em relação à alta de 10,7% em setembro. " (Fonte: Valor Econômico)







EUROPA - (16/11/2016) - Alemanha.

"A economia cresceu 0,2% no período de julho a setembro, após expansão de 0,4% nos três meses até junho, informou a Agência Federal de Estatísticas. A expansão foi inferior ao consenso de mercado, que apontava crescimento de 0,3%." (Fonte: G1)







AMÉRICA DO NORTE - (16/11/2016) - Comunicando.

"De acordo com o Departamento de Comércio americano, as vendas no varejo subiram 0,8% no mês passado, também impulsionadas pela demanda por material de construção. O Departamento do Comércio informou ainda que as vendas de setembro foram revisadas para cima, mostrando uma alta de 1,0% ao invés da expansão de 0,6% informada inicialmente. " (Fonte: O Globo)







EUROPA - (16/11/2016) - Comunicando.

"A produção industrial da zona do euro teve queda de 0,8% em setembro na comparação com o mês anterior, segundo dados oficiais divulgados nesta segunda-feira.A produção industrial de agosto foi revisada. Antes, havia sido calculado avanço mensal de 1,6% em agosto ante julho e de 1,8% na comparação anual. Agora, os dados atualizados mostram crescimento mensal de 1,8% e de 2,2% nos 12 meses até agosto." (Fonte: Exame)







MUNDO - (10/11/2016) - Comunicando.

"A fabricante americana de carros General Motors anunciou nesta quarta-feira o corte de 2.000 empregos em fábricas do norte dos Estados Unidos." (Fonte: Exame)







AMÉRICA DO NORTE - (09/11/2016) - Comunicando.

"Mundo fica em choque com vitória de Trump na eleição presidencial dos EUA" (Fonte: Reuters)







EUROPA - (09/11/2016) - Comunicando.

"A produção industrial caiu 1,8% no mês, mais do que o esperado, mostraram dados do Ministério da Economia nesta terça-feira. Essa foi a maior queda desde agosto de 2014. No terceiro trimestre, a produção subiu 0,3% em relação ao segundo, impulsionada por um aumento de 0,9% na construção." (Fonte: G1)







EUROPA - (08/11/2016) - Comunicando.

"A demanda fraca tanto no país como no exterior provocou uma queda inesperada das encomendas à industria alemã em setembro. Os contratos para os produtos “Fabricados na Alemanha” diminuíram 0,6 por cento no mês, a queda mais acentuada desde abril, após aumentos nos dois meses anteriores." (Fonte: Exame)







AMÉRICA DO NORTE - (07/11/2016) - EUA.

"A criação de vagas fora setor agrícola atingiu 161 mil no mês passado, disse o Departamento do Trabalho nesta sexta-feira. Os dados de agosto e setembro foram revisados ​​para cima, mostrando 44 mil vagas a mais do que informado anteriormente." (Fonte: Reuters)







EUROPA - (04/11/2016) - Comunicando.

"A taxa de desemprego da zona do euro ficou em 10% em setembro, repetindo a leitura de agosto revisada para baixo e em linha com as expectativas. Em setembro, o desemprego entre jovens caiu para 20,3%, ante 20,6%. Entre todos os países da zona do euro, a Alemanha teve o menor nível de desemprego, estável em 4,1%." (Fonte: G1)







EUROPA - (04/11/2016) - Comunicando.

"BC da Inglaterra mantém taxa de juro em 0,25% ao ano." (Fonte: Valor Econômico)







EUROPA - (04/11/2016) - Comunicando.

"O PMI Composto final do Markit para a zona do euro ficou em 53,3 em outubro, contra preliminar de 53,7, mas superando o índice de 52,6 em setembro. Embora os custos tenham subido, as empresas do setor de serviços voltaram a dar descontos após deixá-los inalterados no mês passado. Isso ajudou a atividade a subir em relação ao mês anterior e o PMI de serviços registrou 52,8 contra 52,2 em setembro e preliminar de 53,5." (Fonte: Reuters)







AMÉRICA DO NORTE - (04/11/2016) - Comunicando.

"Os pedidos industriais nos Estados Unidos aumentaram mais do que o previsto em setembro, segundo dados publicados nesta quinta-feira pelo Departamento do Comércio. As ordens de compra subiram 0,3% (dados corrigidos), a 455,5 bilhões de dólares. Os analistas esperavam um avanço de 0,2%. Os dados de agosto foram revisadas em alta, a +0,4%." (Fonte: Exame)







AMÉRICA DO NORTE - (03/11/2016) - Comunicando.

"O Federal Reserve (Fed), o banco central dos EUA, manteve a meta para as taxas de curto prazo inalterada nesta quarta-feira entre 0,25% e 0,50%. Embora a decisão fosse amplamente esperada pelos mercados e economistas, a autoridade deu novas pistas de que espera aumentar as taxas no próximo mês. O comunicado divulgado após a reunião do Comitê Federal de Mercado Aberto (Fomc, na sigla em inglês) ressaltou sinais de que a inflação está se fortalecendo, indicação de que os oficiais do Fed se preparam para subir os juros nas próximas semanas." (Fonte: Valor Econômico)







EUROPA - (03/11/2016) - Boa notícia.

"A leitura final do PMI de indústria para a zona do euro subiu para 53,5 em outubro, máxima em 33 meses, ante 52,6 em setembro e 53,3 na estimativa preliminar - confortavelmente acima da marca 50 que divide crescimento de contração." (Fonte: G1)







MUNDO - (03/11/2016) - Demissões em massa.

"O grupo de mídia e informação financeira Thomson Reuters informou nesta terça-feira (1º) que cortará cerca de 2 mil empregos, cerca de 4% de sua força de trabalho, assumindo um encargo de US$ 200 milhões a US$ 250 milhões no quarto trimestre." (Fonte: G1)







AMÉRICA DO NORTE - (03/11/2016) - Comunicando.

"Segundo operadores, pesa a pesquisa nos Estados Unidos que mostrou pela primeira vez o candidato republicano Donald Trump à frente da democrata Hillary Clinton na corrida presidencial americana, com 46% a 45%, ainda dentro da margem de erro de 3 pontos." (Fonte: Valor Econômico)







ÁSIA - (03/11/2016) - China.

"O PMI de serviços do Caixin/Markit subiu para 52,4 em outubro contra 52,0 em setembro, registrando o patamar mais forte desde junho." (Fonte: Reuters)







EUROPA - (01/11/2016) - Comunicando.

"A agência de estatísticas da União Europeia, Eurostat, informou que o Produto Interno Bruto nos 19 países que compartilham o euro cresceu 0,3 por cento na comparação trimestral no período entre julho e setembro, o mesmo que no segundo trimestre.

Os preços ao consumidor na região subiram 0,5 por cento na comparação anual em outubro, estimou o Eurostat, contra avanço de 0,4 por cento em setembro e de 0,2 por cento em agosto, com menor pressão da energia sobre o índice.

O indicador, normalmente sujeito a revisões, mostrou que as vendas no varejo caíram inesperadamente 1,4 por cento em setembro sobre o mês anterior em termos reais, informou a Agência Federal de Estatísticas nesta segunda-feira." (Fonte: Reuters)







ÁSIA - (01/11/2016) - China.

"O Índice de Gerentes de Compras (PMI, na sigla em inglês) oficial atingiu 51,2 em outubro, muito mais forte do que em setembro e o nível mais alto desde julho de 2014.

A produção industrial acelerou em outubro, com o subíndice subindo para 53,3 em outubro, ante 52,8 em setembro.

Por sua vez, o PMI de indústria privado compilado pelo Caixin/Markit subiu para 51,2, superando a expectativa de 50,2 e bem acima dos 50,1 de setembro. A leitura foi a mais forte desde julho de 2014.

Já o PMI oficial do setor de serviços mostrou expansão no ritmo mais rápido desde dezembro de 2015, com o dado oficial subindo para 54,0 em outubro de 53,7 em setembro." (Fonte: Reuters)







AMÉRICA DO NORTE - (31/10/2016) - Boa notícia dos EUA.

"O Produto Interno Bruto (PIB) cresceu a uma taxa anual de 2,9 por cento após expansão de 1,4 por cento no segundo trimestre, informou o Departamento de Comércio nesta sexta-feira em sua primeira estimativa. Essa foi a taxa de crescimento mais forte desde o terceiro trimestre de 2014." (Fonte: Exame)







EUROPA - (31/10/2016) - Notícia ruim.

"As vendas no varejo da Alemanha tiveram a maior queda em dois anos em setembro. O indicador, normalmente sujeito a revisões, mostrou que as vendas no varejo caíram inesperadamente 1,4 por cento em setembro sobre o mês anterior em termos reais, informou a Agência Federal de Estatísticas nesta segunda-feira. " (Fonte: Reuters)







EUROPA - (28/10/2016) - Comunicando.

"O índice de desemprego na Espanha ficou abaixo de 20% pela primeira vez em seis anos, com a taxa de 18,9% no terceiro trimestre de 2016, anunciou o Instituto Nacional de Estatísticas (INE)." (Fonte: Exame)







EUROPA - (28/10/2016) - Comunicando.

"A economia da França cresceu 0,2 por cento no terceiro trimestre, abaixo da expectativa de uma recuperação maior após uma pequena contração nos três meses anteriores, informou nesta sexta-feira a agência nacional de estatísticas INSEE." (Fonte: Reuters)







EUROPA - (27/10/2016) - Economia Britânica.

"O Produto Interno Bruto (PIB) expandiu 0,5 por cento no período entre julho e setembro, abaixo do crescimento de 0,7 por cento visto no segundo trimestre, mas confortavelmente acima da expectativa de 0,3 por cento em pesquisa da Reuters. Na comparação com o terceiro trimestre do ano passado, o crescimento acelerou para 2,3 por cento, ritmo mais forte em mais de um ano, de acordo com os dados preliminares da Agência para Estatísticas Nacionais." (Fonte: Reuters)







MUNDO - (26/10/2016) - Mais demissões em massa.

"O Monte dei Paschi di Siena (MPS), tido como o banco mais antigo do mundo ainda em operação, demitirá 2,6 mil funcionários e fechará cerca de 500 filiais até 2019 como parte de um amplo plano de reestruturação. Atualmente, a instituição possui 25,2 mil colaboradores, número que cairá para 22,6 mil ao longo dos próximos três anos." (Fonte: Infomoney)







EUROPA - (24/10/2016) - Comunicando.

"O PMI Composto preliminar do IHS Markit, considerado bom indicador do crescimento, saltou para 53,7 de 52,6 em setembro. Foi a leitura mais alta desde dezembro e ficou bem acima da marca de 50 que indica crescimento.O dominante setor de serviços do bloco apresentou desempenho muito melhor do que o esperado. O PMI do setor chegou à máxima de nove meses de 53,5, contra 52,2 em setembro e acima de todas as expectativas em pesquisa da Reuters. A indústria seguiu a mesma tendência. O PMI de indústria chegou à máxima de 30 meses de 53,3, acima da expectativa e dos 52,6 de setembro." (Fonte: Reuters)







MUNDO - (24/10/2016) - Mais demissões em massa.

"A Bombardier anunciou na sexta (21) corte de mais 7,500 empregos, sendo que cerca de dois terços das demissões acontecerão na Bombardier Transportation, a unidade ferroviária sediada na Alemanha." (Fonte: Exame)







EUROPA - (21/10/2016) - Comunicando.

"O Banco Central Europeu (BCE) manteve a taxa de juros como esperado nesta quinta-feira e deixou inalterado os principais parâmetros de seu plano de compra de ativos 1,74 trilhão de euros, conforme tenta elevar o crescimento e a inflação." (Fonte: Exame)







ÁSIA - (19/10/2016) - Comunicando.

"A economia da China cresceu 6,7 por cento no terceiro trimestre na comparação com o ano passado repetindo a taxa do trimestre anterior e em linha com as expectativas, uma vez que os elevados gastos do governo e o boom imobiliário compensaram a fraqueza das exportações." (Fonte: Reuters)







AMÉRICA DO NORTE - (18/10/2016) - Dados dos EUA.

"O Departamento de Comércio informou que as vendas no varejo aumentaram 0,6 por cento, após declínio de 0,2 por cento em agosto. As vendas subiram 2,7 por cento em relação ao ano anterior. Economistas consultados pela Reuters esperavam alta de 0,6 por cento.

Mas a inflação parece aumentar de forma constante. Em um relatório separado, o Departamento do Trabalho informou que o índice de preços ao produtor para a demanda final aumentou 0,3 por cento no mês passado, depois de ficar inalterado em agosto. Nos 12 meses até setembro, o PPI subiu 0,7 por cento, o maior aumento desde dezembro de 2014. O PPI ficou estável nos 12 meses até agosto." (Fonte: Reuters)







AMÉRICA DO NORTE - (18/10/2016) - Comunicando.

"O Federal Reserve informou nesta segunda-feira que a produção industrial subiu 0,1 por cento no mês passado após queda de 0,5 por cento, em dado revisado para baixo. A produção industrial cresceu a uma taxa anual de 1,8 por cento no terceiro trimestre, o primeiro aumento trimestral desde o terceiro trimestre de 2015.

A economia cresceu a um ritmo de 1,4 por cento no segundo trimestre." (Fonte: Reuters)







ÁSIA - (13/10/2016) - Mais indícios de problemas?

"As fugas de capital da China podem ser maiores do que parecem, com o alerta do Goldman Sachs de que uma quantidade crescente de dinheiro está saindo do país em yuan em vez de dólares. Embora as reservas cambiais do país tenham se estabilizado e as aquisições líquidas de moeda estrangeira de credores para clientes tenham caído para perto do piso em um ano, dados oficiais mostram que US$ 27,7 bilhões em pagamentos em yuans saíram da China em agosto." (Fonte: Infomoney)







MUNDO - (13/10/2016) - Comunicando.

"Vários membros do banco central americano (Federal Reserve) avalariam na quarta-feira (12) que um aumento da taxa de juros poderá ser decidido "em breve". A próxima reunião do Fed do Comitê Monetário será realizada no dia 1 e 2 de novembro, uma semana antes das eleições presidenciais." (Fonte: Exame)







ÁSIA - (11/10/2016) - China caminhando para uma crise?

"O aumento dos níveis de dívida vai piorar os perfis de crédito dos 200 maiores empresas da China este ano, exigindo que os bancos do país levantem até 1,7 trilhão de dólares em capital para cobrir um provável aumento dos créditos podres, disse a Standard & Poor's Global em relatório nesta terça-feira. O estudo não vê grande margem para melhorias em 2017 em meio à piora de alavancagem e excesso de capacidade em quase todos os setores." (Fonte: Reuters)







AMÉRICA DO NORTE - (10/10/2016) - Comunicando.

"A economia dos Estados Unidos adicionou 156 mil empregos em setembro, ganho esse que reflete uma economia saudável, mas representa um sinal de que a contratação desacelerou em relação ao ritmo do ano passado. A taxa de desemprego saiu de 4,9% para 5%, mas basicamente por um motivo positivo: mais americanos foram em busca de emprego. O aumento do emprego tem ficado em média em 178 mil por ora neste ano, abaixo da marca de 229 mil de 2015. Os dados de geração de emprego em julho e em agosto foram revisados - de 275 mil para 252 mil e de 151 mil para 167 mil, respectivamente." (Fonte: Valor Econômico)







EUROPA - (10/10/2016) - Dados positivos da Alemanha.

"A produção industrial cresceu 2,5 por cento no mês, mostraram dados do Ministério da Economia nesta sexta-feira, mais do que o consenso de previsão de uma pesquisa da Reuters para um aumento de 0,8 por cento. Foi o maior aumento mensal desde janeiro, quando a produção cresceu 2,8 por cento. Ela deve acalmar mais as preocupações de crescimento após dados fracos em julho, quando a produção industrial caiu 1,5 por cento. Mas a alta de 3,3 por cento na produção industrial mais do que compensou a queda na construção, mostraram os dados." (Fonte: Reuters)







ÁSIA - (10/10/2016) - China.

"O índice de Gerentes de Compras (PMI, na sigla em inglês) de serviços do Caixin/Markit ficou em 52 em setembro ante 52,1 em agosto, com ajuste sazonal. O PMI Composto do Caixin, que cobre os setores industrial e de serviços, continuou a mostrar expansão saudável, ficando em 51,4, levemente abaixo do registrado em agosto." (Fonte: Reuters)







AMÉRICA DO NORTE - (06/10/2016) - Comunicando.

"O setor privado dos Estados Unidos gerou 154 mil vagas em setembro, de acordo com o relatório sobre criação de empregos nesse setor divulgado pela ADP hoje." (Fonte: Infomoney)







MUNDO - (05/10/2016) - Mais demissões em massa sendo anunciadas no mundo.

"A fabricante sueca de equipamentos para telecomunicações Ericsson planeja cortar 3.900 empregos na Suécia, abandonando a maior parte das atividades de manufatura no país enquanto enfrenta um encolhimento do mercado de telefonia." (Fonte: O_Globo)







EUROPA - (05/10/2016) - Comunicando.

"A atividade empresarial da zona do euro cresceu em setembro à taxa mais fraca desde o início de 2015. O PMI Composto final do Markit para a zona do euro atingiu 52,6 em setembro, igualando a leitura preliminar mas abaixo dos 52,9 de agosto, no nível mais baixo desde janeiro de 2015. A expansão no dominante setor de serviços do bloco também perdeu força. O PMI caiu a 52,2 de 52,8, contra leitura preliminar de 52,1, sendo o nível mais baixo desde o final de 2014." (Fonte: Reuters)







MUNDO - (04/10/2016) - Mais demissões em massa pelo mundo.

"O Deutsche Bank deverá fechar acordo com representantes dos trabalhadores nesta semana, abrindo caminho para que o banco alemão elimine cerca de 1.000 empregos em seu mercado doméstico como parte dos cortes de custos anunciados pelo CEO John Cryan no ano passado, disseram pessoas com conhecimento do assunto. Em junho, o banco com sede em Frankfurt fechou um acordo com sua comissão de trabalhadores para eliminar cerca de 3.000 empregos em tempo integral, incluindo 2.500 postos em seu negócio de clientes comerciais e privados.

Como parte da reformulação anunciada em outubro de 2015, o CEO planeja eliminar 9.000 empregos, ou cerca de 9 por cento da mão de obra global, incluindo 4.000 postos na Alemanha." (Fonte: Exame)







MUNDO - (04/10/2016) - Mais demissões em massa sendo anunciadas pelo mundo.

"O grupo ING planeja cortar 7 mil postos de trabalho e investir pesadamente em suas plataformas digitais para alcançar economias anuais de 900 milhões de euros até 2021, disse nesta segunda-feira a maior empresa de serviços financeiros da Holanda. As demissões representam pouco menos de 12 por cento dos 52 mil trabalhadores do ING porque quase 1 mil devem vir de fornecedores em vez de a própria empresa." (Fonte: Reuters)







MUNDO - (03/10/2016) - )







EUROPA - (03/10/2016) - Inglaterra. "A economia cresceu 0,7 por cento no segundo trimestre na comparação com o primeiro, contra estimativa anterior de 0,6 por cento. Na comparação com o segundo trimestre de 2015 o crescimento foi de 2,1 por cento, sobre estimativa anterior de 2,2 por cento. A demanda dos consumidores continuou como o grande motor do crescimento, com a despesa das famílias crescendo 0,9 por cento em relação ao primeiro trimestre." (Fonte: Reuters)

Comunicando. "O PMI de indústria para a zona do euro subiu a 52,6 em setembro ante 51,7 em agosto, inalterado ante a estimativa preliminar. O subíndice de novas encomendas saltou para 53,4 contra a mínima de 18 meses registrada em agosto de 51,4, e as indústrias também aceleraram as contratações." (Fonte: Reuters)







ORIENTE MÉDIO - (03/10/2016) - )







ÁFRICA - (03/10/2016) - )







MUNDO - (30/09/2016) - )







EUROPA - (30/09/2016) - )







ORIENTE MÉDIO - (30/09/2016) - )







ÁFRICA - (30/09/2016) - )







MUNDO - (29/09/2016) - Será que estamos próximos de uma nova crise financeira mundial? "O governo alemão negou nesta quarta-feira que esteja trabalhando em um resgate do Deutsche Bank, uma vez que a instituição reforçou suas finanças com a venda, por € 1,085 bilhão, de sua filial britânica de seguros Abbey Life para a seguradora britânica Phoenix Life Holdings. Maior banco da Alemanha, o Deutsche Bank deverá pagar US$ 14 bilhões para encerrar uma investigação nos EUA sobre venda de títulos lastreados por hipotecas." (Fonte: O Globo)

Cuidado. "A maioria do comitê de política monetária do Fed está inclinado pelo aumento da taxa de juros dos Estados Unidos antes do final de ano, disse nesta quarta-feira a presidente da entidade Janet Yellen." (Fonte: Exame)







EUROPA - (29/09/2016) - )







ORIENTE MÉDIO - (29/09/2016) - )







ÁFRICA - (29/09/2016) - )







MUNDO - (28/09/2016) - )







EUROPA - (28/09/2016) - )







ORIENTE MÉDIO - (28/09/2016) - )







ÁFRICA - (28/09/2016) - )







MUNDO - (27/09/2016) - Mais demissões em massa. "O banco alemão Commerzbank (CBKG.DE: Cotações) está planejando cortar cerca de 9 mil empregos nos próximos anos, conforme o segundo maior banco da Alemanha avança em um plano de reestruturação, publicou o jornal Handelsblatt nesta segunda-feira, citando fontes." (Fonte: Reuters)







EUROPA - (27/09/2016) - )







ORIENTE MÉDIO - (27/09/2016) - )







ÁFRICA - (27/09/2016) - )







MUNDO - (26/09/2016) - Demissões pelo mundo. "O Goldman Sachs está cortando quase 30 por cento de seus 300 postos de trabalho em bancos de investimento na Ásia fora do Japão em resposta à desaceleração da atividade na região, disseram à Reuters duas fontes familiarizadas com o assunto." (Fonte: Reuters)







EUROPA - (26/09/2016) - )







ORIENTE MÉDIO - (26/09/2016) - )







ÁFRICA - (26/09/2016) - )







MUNDO - (23/09/2016) - Mais demissões no mundo. "A fabricante de equipamentos para telecomunicações móveis Ericsson planeja fechar sua última fábrica na Suécia como parte de um plano para economias, cortando cerca de 3 mil empregos, noticiou o jornal sueco Svenska Dagbladet." (Fonte: Exame)







EUROPA - (23/09/2016) - Comunicando. "O PMI Composto preliminar da zona do euro, considerado um bom indicador do crescimento geral, caiu para 52,6, ante 52,9 em agosto. O PMI preliminar de indústria subiu em setembro para 52,6, de 51,7, superando todas as projeções em pesquisa da Reuters. Mas o PMI do dominante setor de serviços recuou a 52,1, ante 52,8, leitura mais baixa desde o final de 2014 e abaixo de todas as estimativas." (Fonte: Reuters))







ORIENTE MÉDIO - (23/09/2016) - )







ÁFRICA - (23/09/2016) - )







MUNDO - (22/09/2016) - Comunicando. "O Federal Reserve, banco central norte-americano, manteve a taxa de juro nesta quarta-feira, mas sinalizou fortemente que ainda pode apertar a política monetária até o final deste ano diante da melhora do mercado de trabalho. O Fed informou que a atividade econômica nos Estados Unidos havia melhorado e que os ganhos no emprego foram "sólidos" nos últimos meses." (Fonte: Reuters)







EUROPA - (22/09/2016) - )







ORIENTE MÉDIO - (22/09/2016) - )







ÁFRICA - (22/09/2016) - )







MUNDO - (21/09/2016) - )







EUROPA - (21/09/2016) - )







ORIENTE MÉDIO - (21/09/2016) - )







ÁFRICA - (21/09/2016) - )







MUNDO - (20/09/2016) - )







EUROPA - (20/09/2016) - )







ORIENTE MÉDIO - (20/09/2016) - )







ÁFRICA - (20/09/2016) - )







MUNDO - (19/09/2016) - Comunicando. "A demanda americana por produtos dos países emergentes atingiu um novo mínimo pós-crise, com importações da China caindo fortemente em julho. Esse é o mais recente sinal de que o motor do crescimento das economias em desenvolvimento está rateando." (Fonte: http://www.valor.com.br - Valor Econômico)







EUROPA - (19/09/2016) - )







ORIENTE MÉDIO - (19/09/2016) - )







ÁFRICA - (19/09/2016) - )







MUNDO - (16/09/2016) - )







EUROPA - (16/09/2016) - )







ORIENTE MÉDIO - (16/09/2016) - )







ÁFRICA - (16/09/2016) - )







MUNDO - (15/09/2016) - )







EUROPA - (15/09/2016) - )







ORIENTE MÉDIO - (15/09/2016) - )







ÁFRICA - (15/09/2016) - )







MUNDO - (14/09/2016) - )







EUROPA - (14/09/2016) - )







ORIENTE MÉDIO - (14/09/2016) - )







ÁFRICA - (14/09/2016) - )







MUNDO - (13/09/2016) - )







EUROPA - (13/09/2016) - )







ORIENTE MÉDIO - (13/09/2016) - )







ÁFRICA - (13/09/2016) - )







MUNDO - (12/09/2016) - Comunicando. "Os mercados europeus caíam com força nesta segunda-feira, acompanhando as perdas na Ásia e a caminho da maior queda em quase três meses com os investidores apostando em uma possível elevação dos juros norte-americanos no curto prazo. Às 8:17 (horário de Brasília), o índice de principais ações europeias FTSEurofirst 300 perdia 1,64 por cento, a 1.337 pontos. O índice pan-europeu STOXX 600 apresentava queda de 1,68 por cento, a 339 pontos, com amplas vendas generalizadas." (Fonte: Exame)







EUROPA - (12/09/2016) - )







ORIENTE MÉDIO - (12/09/2016) - )







ÁFRICA - (12/09/2016) - )







MUNDO - (09/09/2016) - )







EUROPA - (09/09/2016) - )







ORIENTE MÉDIO - (09/09/2016) - )







ÁFRICA - (09/09/2016) - )







MUNDO - (08/09/2016) - )







EUROPA - (08/09/2016) - Comunicando. "A produção industrial alemã caiu em julho em um ritmo mais rápido dos últimos 23 meses. O aumento da produção das indústrias de construção de 1,8 por cento e de energia de 2,6 por cento não foram suficientes para compensar a queda de 2,3 por cento da atividade manufatureira, mostraram os dados. Na comparação menos volátil de dois meses, a produção industrial ficou praticamente estável, com queda de 0,1 por cento em junho e julho." (Fonte: Reuters)







ORIENTE MÉDIO - (08/09/2016) - )







ÁFRICA - (08/09/2016) - )







MUNDO - (06/09/2016) - )







EUROPA - (06/09/2016) - Boa notícia. "A agência de estatísticas da UE, a Eurostat, informou nesta segunda-feira que as vendas no varejo, medida de gastos das famílias, subiram 1,1 por cento na comparação mensal e 2,9 por cento na base anual em julho, em ambos os casos muito mais do que as expectativas do mercado." (Fonte: Reuters)

Mas também há dados ruins. "O PMI Composto final do Markit para a zona do euro chegou a 52,9 em agosto, contra preliminares de 53,3 e 53,2 em julho. Esse foi o nível mais baixo desde janeiro de 2015, mas permanece acima da marca de 50 que divide crescimento de contração desde meados de 2013. O PMI de serviços foi a 52,8, igualando a mínima de 17 meses vista em junho e abaixo dos 52,9 de julho e da preliminar de 53,1." (Fonte: Reuters)







ORIENTE MÉDIO - (06/09/2016) - )







ÁFRICA - (06/09/2016) - )







MUNDO - (05/09/2016) - )







EUROPA - (05/09/2016) - )







ORIENTE MÉDIO - (05/09/2016) - )







ÁFRICA - (05/09/2016) - )







MUNDO - (02/09/2016) - )







EUROPA - (02/09/2016) - )







ORIENTE MÉDIO - (02/09/2016) - )







ÁFRICA - (02/09/2016) - )







MUNDO - (01/09/2016) - )







EUROPA - (01/09/2016) - Comunicando. "O desemprego se manteve estável em julho na zona do euro, em 10,1%, o nível mais baixo registrado desde julho de 2011, anunciou o escritório de estatísticas Eurostat. A inflação também permaneceu sem alterações, a 0,2% anual, referente a agosto." (Fonte: Exame)

Comunicando. "O crescimento industrial da zona do euro desacelerou em agosto e grande parte da expansão ficou centrada na região norte, de acordo com a pesquisa Índice de Gerentes de Compras (PMI, na sigla em inglês). O PMI para o bloco caiu para 51,7 em agosto ante 52,0 em julho e preliminar de 51,8. O subíndice de produção também ficou acima da marca de 50 que separa crescimento de construção ao atingir 53,3, ante 53,9 em julho." (Fonte: Reuters)







ORIENTE MÉDIO - (01/09/2016) - )







ÁFRICA - (01/09/2016) - )







MUNDO - (31/08/2016) - )







EUROPA - (31/08/2016) - )







ORIENTE MÉDIO - (31/08/2016) - )







ÁFRICA - (31/08/2016) - )







MUNDO - (30/08/2016) - )







EUROPA - (30/08/2016) - )







ORIENTE MÉDIO - (30/08/2016) - )







ÁFRICA - (30/08/2016) - )







MUNDO - (29/08/2016) - )







EUROPA - (29/08/2016) - )







ORIENTE MÉDIO - (29/08/2016) - )







ÁFRICA - (29/08/2016) - )







MUNDO - (26/08/2016) - Mais demissões em massa. "A Anheuser-Busch InBev (AB InBev) alertou que sua fusão com a SABMiller poderá levá-la a cortar milhares de empregos nos próximos anos, segundo documentos relacionados à transação. A cervejaria estima que cerca de 3% dos funcionários do grupo a ser criado poderão ser demitidos, mas ressaltou que "os cortes de empregos serão implementados gradualmente, em fases, ao longo de um período de três anos, após" a conclusão do processo de fusão." (Fonte: Exame)







EUROPA - (26/08/2016) - Comunicando. "O Produto Interno Bruto (PIB) do Reino Unido cresceu 0,6% no segundo trimestre ante o primeiro e teve expansão anual de 2,2%, segundo revisão do Escritório para Estatísticas Nacionais (ONS, na sigla em inglês). O Produto Interno Bruto (PIB) da França ficou estagnado no segundo trimestre ante o primeiro e registrou expansão anual de 1,4%, segundo revisão divulgada hoje pelo instituto de estatísticas do país, o Insee." (Fonte: Exame)







ORIENTE MÉDIO - (26/08/2016) - )







ÁFRICA - (26/08/2016) - )







MUNDO - (25/08/2016) - )







EUROPA - (25/08/2016) - )







ORIENTE MÉDIO - (25/08/2016) - )







ÁFRICA - (25/08/2016) - )







MUNDO - (24/08/2016) - )







EUROPA - (24/08/2016) - Comunicando. "O aumento nas exportações alemãs, gastos públicos maiores e consumo privado guiaram o crescimento de 0,4 por cento do Produto Interno Bruto da Alemanha no segundo trimestre, mais do que compensando o investimento mais fraco das empresas na maior economia do mundo. " (Fonte: Reuters)







ORIENTE MÉDIO - (24/08/2016) - )







ÁFRICA - (24/08/2016) - )







MUNDO - (23/08/2016) - )







EUROPA - (23/08/2016) - Comunicando dados da zona do euro. "O PMI Composto preliminar do Markit, atingiu 53,3 em agosto, máxima em sete meses, após leitura de 53,2 em julho. Pesquisa Reuters apontava leve queda, para 53,1. O PMI preliminar para o dominante setor de serviços da zona do euro subiu para 53,1 em agosto após 52,9 em julho. Já o PMI da indústria recuou para 51,8 na leitura preliminar de agosto, após 52,0 em julho." (Fonte: Reuters)







ORIENTE MÉDIO - (23/08/2016) - )







ÁFRICA - (23/08/2016) - )







MUNDO - (22/08/2016) - )







EUROPA - (22/08/2016) - )







ORIENTE MÉDIO - (22/08/2016) - )







ÁFRICA - (22/08/2016) - )







MUNDO - (19/08/2016) - )







EUROPA - (19/08/2016) - )







ORIENTE MÉDIO - (19/08/2016) - )







ÁFRICA - (19/08/2016) - )







MUNDO - (18/08/2016) - Demissões em massa anunciadas pelo mundo. "A Cisco, grupo americano de equipamentos para web, anunciou nesta quarta-feira uma reestruturação com um corte de 5.500 empregos e se orientará a mercados como os de segurança, objetos conectados e de informática desmaterializada (cloud)." (Fonte: Exame)







EUROPA - (18/08/2016) - )







ORIENTE MÉDIO - (18/08/2016) - )







ÁFRICA - (18/08/2016) - )







MUNDO - (17/08/2016) - Demissões em massa continuam. "A Cisco Systems está demitindo cerca de 14 mil funcionários, o que representa quase 20 por cento da força de trabalho global da fabricante de redes, disse o site de notícias de tecnologia CRN, citando fontes próximas à empresa." (Fonte: Reuters)







EUROPA - (17/08/2016) - )







ORIENTE MÉDIO - (17/08/2016) - )







ÁFRICA - (17/08/2016) - )







MUNDO - (16/08/2016) - )







EUROPA - (16/08/2016) - )







ORIENTE MÉDIO - (16/08/2016) - )







ÁFRICA - (16/08/2016) - )







MUNDO - (15/08/2016) - )







EUROPA - (15/08/2016) - )







ORIENTE MÉDIO - (15/08/2016) - )







ÁFRICA - (15/08/2016) - )







MUNDO - (12/08/2016) - Mais demissões em massa. "As ações da Macy's chegaram a disparar 18% nesta quinta-feira (11), após a varejista americana anunciar que fechará cerca de 100 lojas no país. Os papéis eram comercializados por 40,12 dólares." (Fonte: Exame)







EUROPA - (12/08/2016) - Comunicando. "A Eurostat disse que o Produto Interno Bruto (PIB) nos 19 países do bloco econômico cresceu 0,3 por cento no trimestre e 1,6 por cento na comparação anual, confirmando as leituras preliminares divulgadas no fim de julho. No primeiro trimestre, o PIB da zona do euro cresceu 0,6 por cento na comparação com o período anterior e 1,7 por cento na base anual, conforme estimado anteriormente. O PIB na UE como um todo cresceu 0,4 por cento no segundo trimestre ante os três primeiros meses do ano e expandiu 1,8 por cento na base anual." (Fonte: Reuters)







ORIENTE MÉDIO - (12/08/2016) - )







ÁFRICA - (12/08/2016) - )







MUNDO - (11/08/2016) - )







EUROPA - (11/08/2016) - )







ORIENTE MÉDIO - (11/08/2016) - )







ÁFRICA - (11/08/2016) - )







MUNDO - (10/08/2016) - )







EUROPA - (10/08/2016) - )







ORIENTE MÉDIO - (10/08/2016) - )







ÁFRICA - (10/08/2016) - )







MUNDO - (09/08/2016) - )







EUROPA - (09/08/2016) - Comunicando. "A produção industrial subiu 0,8 por cento em junho, mostraram dados do Ministério da Economia nesta segunda-feira, acima do consenso em pesquisa Reuters, de alta de 0,7 por cento. A leitura de maio foi revisada para uma queda de 0,9 por cento. A produção industrial subiu 0,8 por cento em junho. A leitura de maio foi revisada para uma queda de 0,9 por cento. No segundo trimestre como um todo, a produção industrial contraiu 1,0 por cento." (Fonte: Reuters)







ORIENTE MÉDIO - (09/08/2016) - )







ÁFRICA - (09/08/2016) - )







MUNDO - (08/08/2016) - )







EUROPA - (08/08/2016) - )







ORIENTE MÉDIO - (08/08/2016) - )







ÁFRICA - (08/08/2016) - )







MUNDO - (05/08/2016) - Demissões em massa. "A Microsoft vai demitir 2.850 funcionários no mundo inteiro até o término de seu próximo ano fiscal, em junho de 2017.A decisão consta em um relatório da empresa à Comissão de Valores dos Estados Unidos (SEC, na sigla em inglês)." (Fonte: Exame)







EUROPA - (05/08/2016) - Comunicando. "O Banco da Inglaterra (BoE, na sigla em inglês) anunciou nesta quinta-feira (4), como já era esperado, que, pela primeira vez desde 2009, irá baixar sua taxa de juros. O índice caiu de 0,5% para 0,25, o mínimo histórico. " (Fonte: Terra)







ORIENTE MÉDIO - (05/08/2016) - )







ÁFRICA - (05/08/2016) - )







MUNDO - (04/08/2016) - )







EUROPA - (04/08/2016) - )







ORIENTE MÉDIO - (04/08/2016) - )







ÁFRICA - (04/08/2016) - )







MUNDO - (03/08/2016) - )







EUROPA - (03/08/2016) - Comunicando. "O Índice de Gerentes de Compras (PMI, na sigla em inglês) Composto do Markit para a zona do euro foi de 53,2 em julho, acima da leitura preliminar de 52,9 e do dado de junho, de 53,1. O PMI de serviços subiu para 52,9 em julho após 52,8 em junho e leitura preliminar de 52,7." (Fonte: Reuters) "O índice de gerentes de compras (PMI, na sigla em inglês) do setor de serviços do Reino Unido caiu para 47,4 em julho, de 52,3 em junho, atingindo o menor nível desde março de 2009, segundo dados publicados hoje pela Markit Economics em parceria com a CIPS. A leitura abaixo de 50,0 indica que o setor de serviços britânico passou a se contrair no mês passado." "O índice de gerentes de compras (PMI, na sigla em inglês) do setor de serviços do Reino Unido caiu para 47,4 em julho, de 52,3 em junho, atingindo o menor nível desde março de 2009, segundo dados publicados hoje pela Markit Economics em parceria com a CIPS. A leitura abaixo de 50,0 indica que o setor de serviços britânico passou a se contrair no mês passado." (Fonte: Infomoney)







ORIENTE MÉDIO - (03/08/2016) - )







ÁFRICA - (03/08/2016) - )







MUNDO - (02/08/2016) - )







EUROPA - (02/08/2016) - )







ÁSIA - (02/08/2016) - Mais injeção de dinheiro no mundo. "O gabinete do primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, aprovou nesta terça-feira 13,5 trilhões de ienes (132 bilhões de dólares) em medidas fiscais em um pacote de estímulo com o objetivo de recuperar o crescimento na terceira maior economia do mundo." (Fonte: Exame)







OCEANIA - (02/08/2016) - )







AMÉRICA LATINA - (02/08/2016) - )







MUNDO - (01/08/2016) - )







EUROPA - (01/08/2016) - Comunicando. "O índice de gerentes de compras (PMI, na sigla em inglês) do setor industrial da zona do euro caiu para 52,0 em julho, de 52,8 em junho. O índice de gerentes de compras (PMI, na sigla em inglês) do setor industrial do Reino Unido caiu para 48,2 em julho, de 52,4 em junho, atingindo o menor nível desde fevereiro de 2013." (Fonte: Infomoney)







ÁSIA - (01/08/2016) - Comunicando. "A atividade da indústria chinesa se contraiu em julho após quatro meses em alta, de acordo com o índice gerente de compras (PMI) que todo mês publica o Escritório Nacional de Estatísticas. indicador, que acima de 50 pontos evidencia expansão do setor manufatureiro e delata contração da atividade industrial abaixo desse umbral, ficou em 49,9 pontos em julho, após os 50 pontos de junho e os 50,1 de maio. No entanto, o PMI extraoficial que elabora por sua vez o grupo de mídia econômico Caixin mostra uma tendência diferente do setor e situa o indicador em 50,6 pontos, a primeira vez que passa o umbral dos 50 pontos desde fevereiro de 2015. organismo também publicou o PMI não manufatureiro (serviços e construção), que seguiu mostrando expansão em julho ao ficar em 53,9 pontos, dois décimos mais que em junho." (Fonte: G1)







OCEANIA - (01/08/2016) - )







AMÉRICA LATINA - (01/08/2016) - Comunicando. "Economia do México encolhe no segundo trimestre. O Produto Interno Bruto (PIB) sazonalmente ajustado caiu 0,3% ante o primeiro trimestre, de acordo com o Instituto Nacional de Estatísticas. A contração, que se traduz em uma queda anualizada de 1,2%, foi a primeira do país desde o segundo trimestre de 2013." (Fonte: Exame)







MUNDO - (29/07/2016) - Mais demissões em massa sendo anunciadas. "Um relatório da Microsoft para a SEC, nos EUA, mostrou que a companhia planeja demitir pelo menos 2.850 funcionários nos próximos 12 meses. Isso somado às 1.850 pessoas que cujas demissões já foram anunciadas em maio deste ano. Ao todo, a Microsoft já demitiu 7.400 funcionários no último ano fiscal até o dia 30 de junho." (Fonte: Infomoney)







EUROPA - (29/07/2016) - Comunicando. "O crescimento econômico da França estagnou inesperadamente no segundo trimestre em relação aos três meses anteriores devido aos gastos fracos do consumidor e à queda do investimento empresarial, informou nesta sexta-feira a agência nacional de estatísticas, INSEE. Pesquisa da Reuters com 34 analistas apontava expectativa de crescimento de 0,2 por cento, contra expansão de 0,7 por cento nos três primeiros meses do ano. A estimativa mais baixa na pesquisa foi de 0,1 por cento." (Fonte: Reuters)

Comunicando. "A agência de estatísticas da União Europeia, Eurostat, informou que o Produto Interno Bruto (PIB) dos 19 países que usam a moeda única cresceu 0,3 por cento na comparação trimestral no período entre abril e junho, desacelerando ante a expansão de 0,6 por cento no primeiro trimestre do ano. Na comparação anual, o PIB da zona do euro avançou 1,6 por cento, contra 1,7 por cento no primeiro trimestre. Em comunicado separado, a Eurostat informou que o desemprego na zona do euro permaneceu em 10,1 por cento em junho, o que significa que 16,3 milhões de pessoas estavam desempregadas naquele mês." (Fonte: Reuters)







ÁSIA - (29/07/2016) - )







OCEANIA - (29/07/2016) - )







AMÉRICA LATINA - (29/07/2016) - )







MUNDO - (28/07/2016) - )







EUROPA - (28/07/2016) - Comunicando. "O crescimento da economia britânica se acelerou a 0,6% no segundo trimestre (abril-junho), antes do referendo do Brexit, anunciou nesta quarta-feira o Escritório Geral de Estatísticas. O Produto Interno Bruto (PIB) do Reino Unido, que havia sido de 0,4% entre janeiro e março, é explicado principalmente pela produção industrial, segundo o Escritório." (Fonte: Exame)







ÁSIA - (28/07/2016) - )







OCEANIA - (28/07/2016) - )







AMÉRICA LATINA - (28/07/2016) - )







MUNDO - (27/07/2016) - )







EUROPA - (27/07/2016) - )







ÁSIA - (27/07/2016) - )







OCEANIA - (27/07/2016) - )







AMÉRICA LATINA - (27/07/2016) - )







MUNDO - (26/07/2016) - )







EUROPA - (26/07/2016) - )







ÁSIA - (26/07/2016) - )







OCEANIA - (26/07/2016) - )







AMÉRICA LATINA - (26/07/2016) - )







MUNDO - (25/07/2016) - )







EUROPA - (25/07/2016) - )







ÁSIA - (25/07/2016) - )







OCEANIA - (25/07/2016) - )







AMÉRICA LATINA - (25/07/2016) - )







MUNDO - (22/07/2016) - )







EUROPA - (22/07/2016) - Dados da zona do Euro. "O PMI Composto preliminar do Markit, considerado como um bom indicador do crescimento, caiu para 52,9, ante 53,1 em junho, leitura mais baixa desde janeiro de 2015. Pesquisa da Reuters apontava queda mais forte, para 52,5. Leitura acima de 50 indica crescimento. O PMI preliminar para o dominante setor de serviços da zona do euro caiu para 52,7 em julho de 52,8 em junho, melhor do que o recuo esperado de 52,3 mas ainda o menor nível em 18 meses. Já o PMI para a indústria sofreu recuo mais acentuado, chegando a 51,9 contra 52,8 em junho e expectativa de 52,0." (Fonte: Reuters)

Já no Reino Unido a situação está muito grave. "O PMI para o setor de serviços caiu para 47,4 em julho de 52,3 em junho, queda mais acentuada desde que a pesquisa começou em 1996, e a leitura mais fraca desde março de 2009, por volta do pior momento da recessão econômica global. O PMI de indústria caiu para 49,1 de 52,1 em junho, menor leitura desde fevereiro de 2013. O PMI Composto, que combina serviços e indústria, caiu para 47,7 de 52,4, nível mais fraco desde abril de 2009." (Fonte: Exame)







ÁSIA - (22/07/2016) - )







OCEANIA - (22/07/2016) - )







AMÉRICA LATINA - (22/07/2016) - )







MUNDO - (22/07/2016) - )







EUROPA - (22/07/2016) - Dados da zona do Euro. "O PMI Composto preliminar do Markit, considerado como um bom indicador do crescimento, caiu para 52,9, ante 53,1 em junho, leitura mais baixa desde janeiro de 2015. Pesquisa da Reuters apontava queda mais forte, para 52,5. Leitura acima de 50 indica crescimento. O PMI preliminar para o dominante setor de serviços da zona do euro caiu para 52,7 em julho de 52,8 em junho, melhor do que o recuo esperado de 52,3 mas ainda o menor nível em 18 meses. Já o PMI para a indústria sofreu recuo mais acentuado, chegando a 51,9 contra 52,8 em junho e expectativa de 52,0." (Fonte: Reuters)

Já no Reino Unido a situação está muito grave. "O PMI para o setor de serviços caiu para 47,4 em julho de 52,3 em junho, queda mais acentuada desde que a pesquisa começou em 1996, e a leitura mais fraca desde março de 2009, por volta do pior momento da recessão econômica global. O PMI de indústria caiu para 49,1 de 52,1 em junho, menor leitura desde fevereiro de 2013. O PMI Composto, que combina serviços e indústria, caiu para 47,7 de 52,4, nível mais fraco desde abril de 2009." (Fonte: Exame)







ÁSIA - (22/07/2016) - )







OCEANIA - (22/07/2016) - )







AMÉRICA LATINA - (22/07/2016) - )







MUNDO - (21/07/2016) - )







EUROPA - (21/07/2016) - )







ÁSIA - (21/07/2016) - )







OCEANIA - (21/07/2016) - )







AMÉRICA LATINA - (21/07/2016) - )







MUNDO - (20/07/2016) - )







EUROPA - (20/07/2016) - )







ÁSIA - (20/07/2016) - )







OCEANIA - (20/07/2016) - )







AMÉRICA LATINA - (20/07/2016) - )







MUNDO - (19/07/2016) - )







EUROPA - (19/07/2016) - )







ÁSIA - (19/07/2016) - )







OCEANIA - (19/07/2016) - )







AMÉRICA LATINA - (19/07/2016) - )







MUNDO - (18/07/2016) - )







EUROPA - (18/07/2016) - )







ÁSIA - (18/07/2016) - Comunicando. "O produto Interno Bruto (PIB) da China cresceu 6,7% no segundo trimestre, na comparação com o mesmo período do ano anterior, mantendo o mesmo ritmo registrado no trimestre anterior, segundo o Escritório Nacional de Estatísticas. No segundo trimestre deste ano, o PIB da China cresceu 1,8% ante o primeiro trimestre, em uma base sazonalmente ajustada." (Fonte: Exame)







OCEANIA - (18/07/2016) - )







AMÉRICA LATINA - (18/07/2016) - )







MUNDO - (15/07/2016) - )







EUROPA - (15/07/2016) - )







ÁSIA - (15/07/2016) - )







OCEANIA - (15/07/2016) - )







AMÉRICA LATINA - (15/07/2016) - )







MUNDO - (14/07/2016) - )







EUROPA - (14/07/2016) - )







ÁSIA - (14/07/2016) - )







OCEANIA - (14/07/2016) - )







AMÉRICA LATINA - (14/07/2016) - )







MUNDO - (13/07/2016) - )







EUROPA - (13/07/2016) - Comunicando. "Dados da agência de estatísticas da União Europeia, a Eurostat, mostram que a produção da indústria do bloco caiu 1,2% em maio ante abril. Na comparação anual, a produção cresceu 0,5%." (Fonte: Exame)







ÁSIA - (13/07/2016) - )







OCEANIA - (13/07/2016) - )







AMÉRICA LATINA - (13/07/2016) - )







MUNDO - (12/07/2016) - )







EUROPA - (12/07/2016) - )







ÁSIA - (12/07/2016) - )







OCEANIA - (12/07/2016) - )







AMÉRICA LATINA - (12/07/2016) - )







MUNDO - (11/07/2016) - )







EUROPA - (11/07/2016) - )







ÁSIA - (11/07/2016) - )







OCEANIA - (11/07/2016) - )







AMÉRICA LATINA - (11/07/2016) - )







MUNDO - (08/07/2016) - )







EUROPA - (08/07/2016) - Comunicando. "A produção industrial alemã teve queda inesperada em maio, registrando o recuo mensal mais forte desde agosto em 2014 de acordo com dados divulgados nesta quinta-feira, sugerindo que a maior economia da Europa perdeu força no segundo trimestre depois do início surpreendentemente forte neste ano. A produção industrial teve queda de 1,3 por cento na comparação mensal, mostraram dados do Ministério da Economia. A desaceleração de maio refletiu a produção mais fraca de bens de capital e de manufatura. A economia alemã cresceu 0,7 por cento no primeiro trimestre. " (Fonte: Reuters)







ÁSIA - (08/07/2016) - )







OCEANIA - (08/07/2016) - )







AMÉRICA LATINA - (08/07/2016) - )







MUNDO - (07/07/2016) - )







EUROPA - (07/07/2016) - )







ÁSIA - (07/07/2016) - )







OCEANIA - (07/07/2016) - )







AMÉRICA LATINA - (07/07/2016) - )







MUNDO - (06/07/2016) - )







EUROPA - (06/07/2016) - )







ÁSIA - (06/07/2016) - )







OCEANIA - (06/07/2016) - )







AMÉRICA LATINA - (06/07/2016) - )







MUNDO - (05/07/2016) - )







EUROPA - (05/07/2016) - Comunicando. "O Índice de Gerentes de Compras (PMI, na sigla em inglês) Composto do Markit para a zona do euro ficou em 53,1 em junho, acima da preliminar de 52,8 mas inalterado sobre maio. O PMI de serviços caiu para 52,8 em junho, menor nível desde janeiro de 2015, contra 53,3. "A pesquisa está sinalizando crescimento do PIB de apenas 0,3 por cento, similar à tendência fraca registrada ao longo do ano passado", disse o economista-chefe do Markit, Chris Williamson. O Produto Interno Bruto (PIB) da zona do euro cresceu 0,6 por cento no primeiro trimestre." (Fonte: Reuters)







ÁSIA - (05/07/2016) - Dados da China. "O PMI Caixin/Markit de serviços para junho subiu a 52,7 ante 51,2 em maio. Entretanto, o PMI Composto caiu a 50,3 em junho, contra 50,5 em maio." (Fonte: Reuters)







OCEANIA - (05/07/2016) - )







AMÉRICA LATINA - (05/07/2016) - )







MUNDO - (04/07/2016) - )







EUROPA - (04/07/2016) - Comunicando. "A Standard & Poor's rebaixou o rating supranacional de longo prazo da União Europeia de AA+ para AA, ao mesmo tempo em que manteve o rating de curto prazo em A-1+. A perspectiva é estável." (Fonte: Estadão)







ÁSIA - (04/07/2016) - )







OCEANIA - (04/07/2016) - )







AMÉRICA LATINA - (04/07/2016) - )







MUNDO - (03/08/2016) - )







EUROPA - (03/08/2016) - Comunicando. "O Índice de Gerentes de Compras (PMI, na sigla em inglês) Composto do Markit para a zona do euro foi de 53,2 em julho, acima da leitura preliminar de 52,9 e do dado de junho, de 53,1. O PMI de serviços subiu para 52,9 em julho após 52,8 em junho e leitura preliminar de 52,7." (Fonte: Reuters) "O índice de gerentes de compras (PMI, na sigla em inglês) do setor de serviços do Reino Unido caiu para 47,4 em julho, de 52,3 em junho, atingindo o menor nível desde março de 2009, segundo dados publicados hoje pela Markit Economics em parceria com a CIPS. A leitura abaixo de 50,0 indica que o setor de serviços britânico passou a se contrair no mês passado." "O índice de gerentes de compras (PMI, na sigla em inglês) do setor de serviços do Reino Unido caiu para 47,4 em julho, de 52,3 em junho, atingindo o menor nível desde março de 2009, segundo dados publicados hoje pela Markit Economics em parceria com a CIPS. A leitura abaixo de 50,0 indica que o setor de serviços britânico passou a se contrair no mês passado." (Fonte: Infomoney)







ORIENTE MÉDIO - (03/08/2016) - )







ÁFRICA - (03/08/2016) - )







MUNDO - (01/07/2016) - )







EUROPA - (01/07/2016) - Euro. "O PMI do Markit para a zona do euro subiu para 52,8 contra 51,5 em maio e preliminar de 52,6. O subíndice de produção saltou para 53,9 de 52,4 e preliminar de 53,8." (Fonte: Reuters)

Comunicando. "O desemprego na zona do euro caiu 0,1% em maio, a 10,1%, o menor nível registrado nos países da moeda única desde julho de 2011, de acordo com a primeira estimativa da agência europeia de estatísticas Eurostat." (Fonte: G1)







ÁSIA - (01/07/2016) - Comunicando dados da China. "O PMI oficial de indústria caiu para 50,0 em junho ante 50,1 em maio, exatamente na marca de 50 que separa crescimento de contração. Analistas consultados pela Reuters esperavam leitura de 50,0, mínima de quatro meses. O PMI do Caixin/Markit, que foca em empresas de pequeno a médio porte, caiu a 48,6, ante 49,2 em maio. Já a pesquisa PMI oficial do setor de serviços mostrou que a atividade no setor acelerou em junho, a 53,7 ante 53,1 em maio, o que se sustentado indicará progresso na tentativa do governo de reequilibrar a economia." (Fonte: Reuters)







OCEANIA - (01/07/2016) - )







AMÉRICA LATINA - (01/07/2016) - )







MUNDO - (30/06/2016) - )







EUROPA - (30/06/2016) - Comunicando. "A Grã-Bretanha cresceu 0,4 por cento no primeiro trimestre deste ano em comparação com os três meses anteriores, em um cenário que mostra uma economia bastante dependente dos gastos das famílias e de serviços, enquanto o comércio exterior, os investidores e a indústria desaceleraram. A Agência Nacional de Estatísticas deixou inalterada sua estimativa anterior nesta quinta-feira, em linha com as projeções. Em relação a um ano antes, a economia cresceu 2,0 por cento." (Fonte: Reuters)







ÁSIA - (30/06/2016) - )







OCEANIA - (30/06/2016) - )







AMÉRICA LATINA - (30/06/2016) - Comunicando. "A economia da Argentina cresceu 0,5 por cento no primeiro trimestre, contra expectativas de contração, informou o governo nesta quarta-feira, acrescentando que vê a atividade se estabilizar este ano para então acelerar em 2017. O resultado anual, publicado pela recém-reformada agência de estatísticas Indec, foi bem melhor do que a expectativa de analistas de uma contração de 1,3 por cento para o período entre janeiro e março, de acordo com pesquisa da Reuters." (Fonte: Reuters)







MUNDO - (29/06/2016) - Mais demissões em massa. "A Dow Chemical vai cortar 2.500 postos de trabalho no mundo, ou cerca de 4 por cento de seus trabalhadores, como parte de acordo para assumir o controle da Dow Corning, que era uma joint venture com a fabricante de vidros Corning." (Fonte: Reuters)







EUROPA - (29/06/2016) - )







ÁSIA - (29/06/2016) - )







OCEANIA - (29/06/2016) - )







AMÉRICA LATINA - (29/06/2016) - )







MUNDO - (28/06/2016) - )







EUROPA - (28/06/2016) - Comunicando. "A agência de classificação de risco Standard & Poor's retirou segunda-feira a nota "AAA" do Reino Unido, nota mais elevada, cortando-a em dois degraus e advertindo que mais rebaixamentos podem vir após britânicos decidirem deixar a União Europeia (UE) em referendo na semana passada." (Fonte: Reuters)







ÁSIA - (28/06/2016) - )







OCEANIA - (28/06/2016) - )







AMÉRICA LATINA - (28/06/2016) - )







MUNDO - (27/06/2016) - )







EUROPA - (27/06/2016) - )







ÁSIA - (27/06/2016) - )







OCEANIA - (27/06/2016) - )







AMÉRICA LATINA - (27/06/2016) - Comunicando. "O Ministério da Produção da Argentina anunciou a extensão de acordo automotivo com o Brasil até junho de 2020, com vista a uma integração produtiva e desenvolvimento equilibrado que permite o comércio bilateral livre." (Fonte: Reuters)







AMÉRICA DO NORTE - (24/06/2016) - Economia indo bem. "Os pedidos iniciais de auxílio-desemprego recuaram em 18 mil, para 259 mil, na semana encerrada em 18 de junho, segundo dados ajustados sazonalmente divulgados pelo Departamento do Trabalho nesta quinta-feira. A queda deixou o número perto da mínima em 43 anos alcançada em março." (Fonte: Reuters)







ÁSIA - (24/06/2016) - )







OCEANIA - (24/06/2016) - )







AMÉRICA LATINA - (24/06/2016) - )







MUNDO - (23/06/2016) - )







EUROPA - (23/06/2016) - )







ÁSIA - (23/06/2016) - )







OCEANIA - (23/06/2016) - )







AMÉRICA LATINA - (23/06/2016) - )







MUNDO - (22/06/2016) - )







EUROPA - (22/06/2016) - )







ÁSIA - (22/06/2016) - )







OCEANIA - (22/06/2016) - )







AMÉRICA LATINA - (22/06/2016) - )







MUNDO - (21/06/2016) - )







EUROPA - (21/06/2016) - )







ÁSIA - (21/06/2016) - )







OCEANIA - (21/06/2016) - )







AMÉRICA LATINA - (21/06/2016) - )







MUNDO - (20/06/2016) - )







EUROPA - (20/06/2016) - )







ÁSIA - (20/06/2016) - )







OCEANIA - (20/06/2016) - )







AMÉRICA LATINA - (20/06/2016) - )







MUNDO - (17/06/2016) - )







EUROPA - (17/06/2016) - )







ÁSIA - (17/06/2016) - )







OCEANIA - (17/06/2016) - )







AMÉRICA LATINA - (17/06/2016) - )







MUNDO - (15/06/2016) - Demissões em massa pelo mundo. "A fabricante de equipamentos para telecomunicações Ericsson planeja demitir milhares de trabalhadores este ano e está considerando grandes cortes adicionais de custos para lidar com a desaceleração de mercados, publicou o jornal sueco Svenska Dagbladet (SvD) nesta terça-feira (14), citando fontes. O SvD afirmou que a Ericsson planeja demitir entre 3 mil e 4 mil trabalhadores este ano e que outros milhares poderão ter de deixar a empresa mais adiante." (Fonte: Brasil Econômico)







EUROPA - (15/06/2016) - )







ÁSIA - (15/06/2016) - )







OCEANIA - (15/06/2016) - )







AMÉRICA LATINA - (15/06/2016) - )







MUNDO - (14/06/2016) - )







EUROPA - (14/06/2016) - Comunicando. "O número de pessoas empregadas na zona do euro subiu 0,3% no primeiro trimestre em comparação com o último trimestre de 2015, informou nesta terça-feira (14) a agência europeia de estatísticas Eurostat. Já na comparação com o mesmo trimestre de 2015, o aumento foi de 1,4%." (Fonte: G1)







ÁSIA - (14/06/2016) - )







OCEANIA - (14/06/2016) - )







AMÉRICA LATINA - (14/06/2016) - )







MUNDO - (13/06/2016) - Comunicando. "A opção "sair" está 10 pontos à frente de "permanecer" a menos de duas semanas do referendo sobre a permanência ou não do Reino Unido na União Europeia, de acordo com uma pesquisa da ORB para o jornal The Independent divulgada nesta sexta-feira. A pesquisa online, que consultou 2 mil pessoas e foi conduzida entre 8 e 9 de junho, sugere que a opção "sair" venceria o referendo de 23 de junho por 55 por cento a 45 por cento." (Fonte: Exame)







EUROPA - (13/06/2016) - )







ÁSIA - (13/06/2016) - Comunicando. "Em um relatório, o Instituto Nacional de Estatísticas da China informou que o valor da produção industrial Chinesa permaneceu inalterado em 6,0% partindo de 6,0% no mês anterior." (Fonte: Investing.com)







OCEANIA - (13/06/2016) - )







AMÉRICA LATINA - (13/06/2016) - )







MUNDO - (10/06/2016) - )







EUROPA - (10/06/2016) - )







ÁSIA - (10/06/2016) - )







OCEANIA - (10/06/2016) - )







AMÉRICA LATINA - (10/06/2016) - )







MUNDO - (09/06/2016) - Mais demissões em massa. "A alemã Lufthansa pode demitir até 2.400 pessoas na unidade da empresa responsável pelas refeições feitas nas viagens, localizada na Europa. A empresa também pode reduzir de 23 para sete o número de locais em que elas são preparadas. De acordo com a porta-voz da empresa, Josefine Corsten, a aérea considera eliminar de 1.700 a 5.500 funcionários de tempo integral na Alemanha, onde a operação não é lucrativa." (Fonte: O Globo)







EUROPA - (09/06/2016) - )







ÁSIA - (09/06/2016) - )







OCEANIA - (09/06/2016) - )







AMÉRICA LATINA - (09/06/2016) - )







MUNDO - (08/06/2016) - )







EUROPA - (08/06/2016) - )







ÁSIA - (08/06/2016) - Comunicando. "A economia do Japão cresceu a uma taxa anualizada de 1,9% no primeiro trimestre deste ano, uma revisão para cima em relação à leitura preliminar de crescimento de 1,7%, segundo dados divulgados na quarta-feira (horário local)." (Fonte: O Globo)







OCEANIA - (08/06/2016) - )







AMÉRICA LATINA - (08/06/2016) - )







MUNDO - (07/06/2016) - )







EUROPA - (07/06/2016) - Comunicando. "A economia da zona do euro cresceu 0,6 por cento no primeiro trimestre de 2016, taxa mais alta em 12 meses. Em uma segunda revisão de seus dados, a Eurostat informou que o Produto Interno Bruto (PIB) subiu 0,6 por cento em relação ao trimestre anterior e 1,7 por cento na comparação anual." (Fonte: Reuters)







ÁSIA - (07/06/2016) - )







OCEANIA - (07/06/2016) - )







AMÉRICA LATINA - (07/06/2016) - )







MUNDO - (06/06/2016) - )







EUROPA - (06/06/2016) - Comunicando. "O PMI final do Markit para a região ficou em 53,1 em maio, superando leitura preliminar de 52,9 e os 53,0 apurados em abril. O índice tem permanecido acima do marco de 50, que separa crescimento de contração, desde meados de 2013. O PMI de serviços avançou para 53,3, contra os 53,1 da leitura preliminar e também do mês anterior." (Fonte: Reuters)







ÁSIA - (06/06/2016) - Comunicando. "O PMI de serviços do Caixin/Markit recuou a 51,2 em maio, ante 51,8 em abril." (Fonte: Reuters)







OCEANIA - (06/06/2016) - )







AMÉRICA LATINA - (06/06/2016) - )







MUNDO - (03/06/2016) - Mais demissões em massa. "A fabricante taiwanesa Foxconn, mais conhecida por ser a principal empresa que fabrica o iPhone, da norte-americana Apple, substituiu 60 mil trabalhadores de sua planta na província de Kunshan, na China, por robôs. Com a mudança, a fábrica da empresa na província reduziu seu efetivo de 110 mil para 50 mil empregados na linha de produção. Em 2015, o presidente executivo da Foxconn estimava que a empresa adotaria robôs para automatizar 70% do trabalho na linha de produção em todas as fábricas." (Fonte: Exame)







EUROPA - (03/06/2016) - )







ORIENTE MÉDIO - (03/06/2016) - )







ÁFRICA - (03/06/2016) - )







MUNDO - (02/06/2016) - )







EUROPA - (02/06/2016) - Comunicando. "O PMI final de indústria da zona do euro caiu para a mínima de três meses, de 51,5, contra 51,7 em abril, inalterado ante a projeção preliminar. O subíndice que mede a produção industrial confirmou a leitura preliminar de uma queda para 52,4, ante 52,6 em abril. O índice que mede os preços de produção subiu para 48,8 de 47,4." (Fonte: Reuters)







ORIENTE MÉDIO - (02/06/2016) - )







ÁFRICA - (02/06/2016) - )







MUNDO - (01/06/2016) - )







EUROPA - (01/06/2016) - )







ORIENTE MÉDIO - (01/06/2016) - )







ÁFRICA - (01/06/2016) - )







MUNDO - (31/05/2016) - )







EUROPA - (31/05/2016) - )







ORIENTE MÉDIO - (31/05/2016) - )







ÁFRICA - (31/05/2016) - )







MUNDO - (30/05/2016) - Pelo visto os juros subirão ainda mais e a situação econômica do Brasil ficará ainda mais delicada. "O Federal Reserve deve elevar os juros "nos próximos meses" se o crescimento econômico melhorar como esperado e se os empregos continuarem a ser gerados, disse a chair do banco central dos Estados Unidos, Janet Yellen, nesta sexta-feira, aumentando as chances de um aumento de juros em junho ou julho." (Fonte: Reuters)







EUROPA - (30/05/2016) - Comunicando. "A economia francesa cresceu 0,6 por cento no primeiro trimestre, a um ritmo mais forte do que o esperado, devido a uma alta nos gastos do consumidor e a uma retomada no investimento empresarial. A expansão no trimestre até março foi impulsionada por um aumento de 1,0 por cento nos gastos do consumidor e um aumento de 1,6 por cento no investimento." (Fonte: Reuters)







ORIENTE MÉDIO - (30/05/2016) - )







ÁFRICA - (30/05/2016) - )







MUNDO - (27/05/2016) - Mais demissões em massa sendo anunciadas pelo mundo. "A petroleira Shell cortará mais 2.200 postos de trabalho, elevando sua meta de demissões para 12.500 até o fim do ano, disse a empresa anglo-holandesa nesta quarta-feira, à medida que aprofunda os ajustes para enfrentar os baixos preços do petróleo. A Shell demitiu 7.500 funcionários e terceirizados no ano passado e já havia informado que 2.800 postos serão fechados com a integração com a BG Group." (Fonte: Reuters)

Mais demissões. "A Microsoft disse nesta quarta-feira que reduzirá seu negócio de smartphones com o corte de 1.850 postos de trabalho, a maioria na Finlândia, e fará uma baixa contábil de 950 milhões de dólares pela operação." (Fonte: Reuters)







EUROPA - (27/05/2016) - )







ORIENTE MÉDIO - (27/05/2016) - )







ÁFRICA - (27/05/2016) - )







MUNDO - (25/05/2016) - Demissões em massa continuam a ser anunciadas pelo mundo. "A fabricante de equipamentos de rede de telecomunicações Nokia deve cortar de 10 mil a 15 mil postos de trabalho em todo o mundo - muito mais do que o anunciado - após a compra da rival Alcatel-Lucent, disse um representante do sindicato finlandês." (Fonte: Exame)







EUROPA - (25/05/2016) - )







ORIENTE MÉDIO - (25/05/2016) - )







ÁFRICA - (25/05/2016) - )







MUNDO - (24/05/2016) - )







EUROPA - (24/05/2016) - Comunicando. "O PMI Composto preliminar, um dos primeiros indicadores de crescimento em um mês, caiu para 52,9 em maio ante 53,0 em abril, essencialmente estável mas ainda o menor nível desde o início de 2015. Já o PMI de indústria caiu para 51,5 de 51,7, ficando abaixo da expectativa de 51,9." (Fonte: Reuters)

Comunicando. "O Produto Interno Bruto (PIB) da Alemanha, a maior economia da Europa, cresceu 0,7% no primeiro trimestre do ano em relação ao quarto trimestre de 2015 e avançou 1,6% na comparação anual, de acordo com revisão da Destatis, como é conhecida a agência de estatísticas do país." (Fonte: Exame)







ORIENTE MÉDIO - (24/05/2016) - )







ÁFRICA - (24/05/2016) - )







MUNDO - (23/05/2016) - )







EUROPA - (23/05/2016) - )







ORIENTE MÉDIO - (23/05/2016) - )







ÁFRICA - (23/05/2016) - )







MUNDO - (20/05/2016) - )







EUROPA - (20/05/2016) - )







ORIENTE MÉDIO - (20/05/2016) - )







ÁFRICA - (20/05/2016) - )







MUNDO - (19/05/2016) - Comunicando. "No cenário externo, o Federal Reserve (Fed), banco central dos Estados Unidos, sinalizou a possibilidade de aumento de juros em junho." (Fonte: UOL)







EUROPA - (19/05/2016) - )







ORIENTE MÉDIO - (19/05/2016) - )







ÁFRICA - (19/05/2016) - )







MUNDO - (18/05/2016) - )







EUROPA - (18/05/2016) - )







ORIENTE MÉDIO - (18/05/2016) - )







ÁFRICA - (18/05/2016) - )







MUNDO - (17/05/2016) - )







EUROPA - (17/05/2016) - )







ORIENTE MÉDIO - (17/05/2016) - )







ÁFRICA - (17/05/2016) - )







MUNDO - (16/05/2016) - )







EUROPA - (16/05/2016) - )







ORIENTE MÉDIO - (16/05/2016) - )







ÁFRICA - (16/05/2016) - )







MUNDO - (13/05/2016) - )







EUROPA - (13/05/2016) - Comunicando crescimento alemão. "A economia cresceu 0,7 por cento, taxa trimestral mais alta desde a leitura idêntica no primeiro trimestre de 2014. A leitura ficou acima da taxa de 0,6 por cento registrada na zona do euro como um todo, consolidando a posição da Alemanha como motor econômico do bloco." (Fonte: Reuters)

Comunicando expansão da região do Euro. "A Eurostat informou que a expansão do PIB foi de 0,5 por cento na comparação com o trimestre anterior e de 1,5 por cento na base anual." (Fonte: Reuters)







ORIENTE MÉDIO - (13/05/2016) - )







ÁFRICA - (13/05/2016) - )







MUNDO - (12/05/2016) - )







EUROPA - (12/05/2016) - )







ORIENTE MÉDIO - (12/05/2016) - )







ÁFRICA - (12/05/2016) - )







MUNDO - (11/05/2016) - )







EUROPA - (11/05/2016) - )







ORIENTE MÉDIO - (11/05/2016) - )







ÁFRICA - (11/05/2016) - )







MUNDO - (10/05/2016) - )







EUROPA - (10/05/2016) - )







ORIENTE MÉDIO - (10/05/2016) - )







ÁFRICA - (10/05/2016) - )







MUNDO - (09/05/2016) - )







EUROPA - (09/05/2016) - )







ORIENTE MÉDIO - (09/05/2016) - )







ÁFRICA - (09/05/2016) - )







MUNDO - (06/05/2016) - )







EUROPA - (06/05/2016) - )







ORIENTE MÉDIO - (06/05/2016) - )







ÁFRICA - (06/05/2016) - )







MUNDO - (05/05/2016) - )







EUROPA - (05/05/2016) - )







ORIENTE MÉDIO - (05/05/2016) - )







ÁFRICA - (05/05/2016) - )







MUNDO - (04/05/2016) - )







EUROPA - (04/05/2016) - Comunicando. "O PMI Composto final para o bloco, considerado um bom guia do crescimento, atingiu 53,0 em abril, em linha com a preliminar e contra 53,1 em março. A expansão no setor de serviços do bloco permaneceu fraco. O PMI de serviços repetiu em abril a mínima de 14 meses de 53,1 registrada em março, contra preliminar de 53,2." (Fonte: Reuters)







ORIENTE MÉDIO - (04/05/2016) - )







ÁFRICA - (04/05/2016) - )







MUNDO - (03/05/2016) - )







EUROPA - (03/05/2016) - Comunicando. "O PMI final de indústria do Markit para a zona do euro subiu para 51,7 ante 51,6 em março, ligeiramente melhor do que a preliminar de 51,5. Leitura acima de 50 indica crescimento." (Fonte: Reuters)







ORIENTE MÉDIO - (03/05/2016) - )







ÁFRICA - (03/05/2016) - )







MUNDO - (02/05/2016) - )







EUROPA - (02/05/2016) - Comunicando. "O PMI final de indústria do Markit para a zona do euro subiu para 51,7 ante 51,6 em março, ligeiramente melhor do que a preliminar de 51,5. O índice de preços de produção atingiu 47,4, abaixo da preliminar de 47,7 mas acima do dado de março de 47,1. Entretanto, o resultado foi o segundo mais baixo desde o início de 2010." (Fonte: Reuters)







ORIENTE MÉDIO - (02/05/2016) - )







ÁFRICA - (02/05/2016) - )







MUNDO - (29/04/2016) - )







EUROPA - (29/04/2016) - Comunicando. "O Produto Interno Bruto (PIB) da França cresceu 0,5% no primeiro trimestre do ano ante os três meses anteriores, segundo dados preliminares divulgados hoje pelo instituto de estatísticas do país, o Insee. O resultado veio acima da expansão de 0,3% vista no quarto trimestre de 2015 ante o terceiro e superou a expectativa de analistas consultados pelo Wall Street Journal, de aumento de 0,4%. Na comparação anual, o PIB francês subiu 1,3% entre janeiro e março, também superando a projeção do mercado, de acréscimo de 1%." (Fonte: Exame)

Comunicando. "A agência de estatísticas da União Europeia, Eurostat, informou que o Produto Interno Bruto nos 19 países que usam o euro cresceu 0,6 por cento entre janeiro e março na comparação com o trimestre anterior, contra 0,3 por cento nos três meses anteriores." (Fonte: Reuters)

Comunicando. "A taxa de desemprego na zona do euro caiu para 10,2% em março, de 10,4% em fevereiro, atingindo o menor nível desde agosto de 2011" (Fonte: Infomoney)







ORIENTE MÉDIO - (29/04/2016) - )







ÁFRICA - (29/04/2016) - )







MUNDO - (28/04/2016) - )







EUROPA - (28/04/2016) - )







ORIENTE MÉDIO - (28/04/2016) - )







ÁFRICA - (28/04/2016) - )







MUNDO - (27/04/2016) - )







EUROPA - (27/04/2016) - )







ORIENTE MÉDIO - (27/04/2016) - )







ÁFRICA - (27/04/2016) - )







MUNDO - (26/04/2016) - )







EUROPA - (26/04/2016) - )







ORIENTE MÉDIO - (26/04/2016) - )







ÁFRICA - (26/04/2016) - )







MUNDO - (25/04/2016) - )







EUROPA - (25/04/2016) - )







ORIENTE MÉDIO - (25/04/2016) - )







ÁFRICA - (25/04/2016) - )







MUNDO - (20/04/2016) - Mais demissões em massa sendo anunciadas. "A Intel disse que cortaria 12 mil empregos mundialmente, ou 11 por cento de sua força de trabalho global, com a empresa fazendo uma transição de seus negócios tradicionais de vendas de chips usados em computadores pessoais." (Fonte: Exame)







EUROPA - (20/04/2016) - )







ORIENTE MÉDIO - (20/04/2016) - )







ÁFRICA - (20/04/2016) - )







MUNDO - (18/04/2016) - )







EUROPA - (18/04/2016) - )







ORIENTE MÉDIO - (18/04/2016) - )







ÁFRICA - (18/04/2016) - )







MUNDO - (15/04/2016) - )







EUROPA - (15/04/2016) - )







ORIENTE MÉDIO - (15/04/2016) - )







ÁFRICA - (15/04/2016) - )







MUNDO - (14/04/2016) - Caminhando a passos LARGOS para uma crise mundial. "Os riscos à estabilidade financeira global aumentaram nos últimos seis meses, avaliou o Fundo Monetário Internacional (FMI). A instituição apontou que o cenário da economia global está mais enfraquecido e incerto para o crescimento e a inflação. Outros fatores são a queda nos preços das commodities e as preocupações com a economia chinesa, que colocaram pressão sobre os mercados emergentes e sobre os mercados de crédito das economias avançadas." (Fonte: http://www.valor.com.br - Valor Econômico)

Continuando. "O Fundo Monetário Internacional (FMI) afirmou nessa quarta-feira que muitas empresas da China estão em um processo tão forte de deterioração que aproximadamente 1,3 trilhão de dólares em créditos está em risco de calote." (Fonte: Exame)







EUROPA - (14/04/2016) - )







ORIENTE MÉDIO - (14/04/2016) - )







ÁFRICA - (14/04/2016) - )







MUNDO - (13/04/2016) - )







EUROPA - (13/04/2016) - Comunicando. "A produção industrial no bloco monetário de 19 países caiu 0,8% em fevereiro contra janeiro, declínio ligeiramente maior do que os 0,7% previstos em pesquisa da Reuters com economistas. Na base anual, a produção industrial da zona do euro subiu 0,8%, abaixo da expectativa do mercado de aumento de 1,2%. A Eurostat também revisou para baixo o dado mensal de janeiro para 1,9%, contra 2,1%. O dado anual, porém, subiu a 2,9%, frente a 2,8%." (Fonte: Exame)







ORIENTE MÉDIO - (13/04/2016) - )







ÁFRICA - (13/04/2016) - )







MUNDO - (12/04/2016) - )







EUROPA - (12/04/2016) - )







ORIENTE MÉDIO - (12/04/2016) - )







ÁFRICA - (12/04/2016) - )







MUNDO - (11/04/2016) - )







EUROPA - (11/04/2016) - )







ORIENTE MÉDIO - (11/04/2016) - )







ÁFRICA - (11/04/2016) - )







MUNDO - (08/04/2016) - )







EUROPA - (08/04/2016) - )







ORIENTE MÉDIO - (08/04/2016) - )







ÁFRICA - (08/04/2016) - )







MUNDO - (07/04/2016) - Mais demissões em massa no mundo. "A empresa deverá eliminar de 10.000 a 15.000 postos de trabalho de um total de 104.000, segundo pessoas familiarizadas com o plano, que pediram anonimato porque a informação não é pública. Serão eliminados cerca de 1.300 empregos na Finlândia, disse a Nokia nesta quarta-feira, sem fornecer um número global. Uma quantidade um pouco maior de funcionários será demitida na Alemanha, disseram as pessoas." (Fonte: Exame)







EUROPA - (07/04/2016) - )







ORIENTE MÉDIO - (07/04/2016) - )







ÁFRICA - (07/04/2016) - )







MUNDO - (04/04/2016) - )







EUROPA - (04/04/2016) - Comunicando. "O PMI de indústria do Markit para a zona do euro subiu para 51,6 ante mínima em um ano registrada em fevereiro, de 51,2. O subíndice de produção avançou para 53,1 ante 52,3, enquanto o de preço de produção ficou abaixo da preliminar de 47,4 ao alcançar 47,1, o mais baixo desde dezembro de 2009." (Fonte: Reuters)







ORIENTE MÉDIO - (04/04/2016) - )







ÁFRICA - (04/04/2016) - )







MUNDO - (01/04/2016) - Mais demissões em massa sendo anunciadas pelo mundo. "A BlackRock planeja eliminar cerca de 400 empregos na que poderia ser a maior rodada de demissões até agora no maior administrador de recursos do mundo, segundo fontes do setor." (Fonte: Exame)

Mais... "O Santander, maior banco da Espanha, pretende fechar cerca de 450 pequenas agências domésticas como parte de medidas em resposta aos crescentes custos regulatórios e de uma investida no ramo de serviços digitais, disse uma fonte próxima das negociações com sindicatos sobre os fechamentos." (Fonte: Reuters)







EUROPA - (01/04/2016) - Comunicando. "O PMI de indústria do Markit para a zona do euro subiu para 51,6 ante mínima em um ano registrada em fevereiro, de 51,2. O subíndice de produção avançou para 53,1 ante 52,3, enquanto o de preço de produção ficou abaixo da preliminar de 47,4 ao alcançar 47,1, o mais baixo desde dezembro de 2009." (Fonte: Reuters)







ORIENTE MÉDIO - (01/04/2016) - )







ÁFRICA - (01/04/2016) - )







MUNDO - (31/03/2016) - )







EUROPA - (31/03/2016) - Comunicando. "No último trimestre de 2015, o PIB britânico teve expansão de 0,6% ante os três meses anteriores e avançou 2,1% na comparação anual, informou o ONS." (Fonte: Exame)







ORIENTE MÉDIO - (31/03/2016) - )







ÁFRICA - (31/03/2016) - )







MUNDO - (30/03/2016) - Demissões em massa pelo mundo. "O fabricante americano de aviões Boeing anunciou a supressão de 4 mil empregos em sua divisão de aviação comercial para meados do ano, dentro de um plano para ganhar em competitividade, segundo comunicado enviado nesta quarta-feira (30)." (Fonte: G1)







EUROPA - (30/03/2016) - )







ORIENTE MÉDIO - (30/03/2016) - )







ÁFRICA - (30/03/2016) - )







MUNDO - (29/03/2016) - )







EUROPA - (29/03/2016) - )







ORIENTE MÉDIO - (29/03/2016) - )







ÁFRICA - (29/03/2016) - )







MUNDO - (28/03/2016) - Demissões em massa pelo mundo seguem. "O Walmart anunciou nesta sexta-feira (15) um plano para encerrar as operações de 269 lojas da rede no mundo, o que provocará 16 mil demissões, sendo 6 mil delas fora dos Estados Unidos." (Fonte: G1)







EUROPA - (28/03/2016) - Comunicando. "A economia francesa cresceu 0,3 por cento nos últimos três meses de 2015 em relação ao trimestre anterior. No entanto, a INSEE revisou para cima sua leitura do terceiro trimestre para 0,4 por cento, ante 0,3 por cento anteriormente. Para o ano de 2015, o crescimento também foi revisto a 1,2 por cento, contra estimativa anterior de 1,1 por cento." (Fonte: Reuters)







ORIENTE MÉDIO - (28/03/2016) - )







ÁFRICA - (28/03/2016) - )







MUNDO - (24/03/2016) - )







EUROPA - (24/03/2016) - )







ORIENTE MÉDIO - (24/03/2016) - )







ÁFRICA - (24/03/2016) - )







MUNDO - (23/03/2016) - )







EUROPA - (23/03/2016) - )







ORIENTE MÉDIO - (23/03/2016) - )







ÁFRICA - (23/03/2016) - )







MUNDO - (22/03/2016) - )







EUROPA - (22/03/2016) - Comunicando. "O PMI Composto preliminar, tido como um bom indicador de crescimento, saltou para 53,7 este mês de 53,0 em fevereiro, que foi a leitura mais baixa desde o início de 2015. O PMI do setor de serviços da zona do euro também veio acima das expectativas de manutenção no nível de 53,3 de fevereiro. O índice saltou para 54,0, igualando a expectativa mais otimista em pesquisa da Reuters. A indústria também teve um mês melhor do que o esperado. O PMI da indústria subiu a 51,4 da mínima de um ano de fevereiro de 51,2, e pouco acima da mediana das previsões de 51,3." (Fonte: Reuters)







ORIENTE MÉDIO - (22/03/2016) - )







ÁFRICA - (22/03/2016) - )







MUNDO - (21/03/2016) - )







EUROPA - (21/03/2016) - )







ORIENTE MÉDIO - (21/03/2016) - )







ÁFRICA - (21/03/2016) - )







MUNDO - (18/03/2016) - )







EUROPA - (18/03/2016) - )







ORIENTE MÉDIO - (18/03/2016) - )







ÁFRICA - (18/03/2016) - )







MUNDO - (17/03/2016) - )







EUROPA - (17/03/2016) - )







ORIENTE MÉDIO - (17/03/2016) - )







ÁFRICA - (17/03/2016) - )







MUNDO - (16/03/2016) - )







EUROPA - (16/03/2016) - )







ORIENTE MÉDIO - (16/03/2016) - )







ÁFRICA - (16/03/2016) - )







MUNDO - (15/03/2016) - Mais demissões em massa sendo anunciadas pelo mundo. "A fabricante americana de cosméticos Avon anunciou nessa segunda-feira a supressão de 2.500 postos de trabalho e a transferência de sua sede para o Reino Unido, após ter perdido grande parte de seu negócio na América do Norte." (Fonte: Exame)







EUROPA - (15/03/2016) - Boa notícia. "A produção industrial nos 19 países da zona do euro subiu 2,1 por cento em janeiro em comparação a dezembro, disse a Eurostat, e teve crescimento anual de 2,8 por cento." (Fonte: Reuters)







ORIENTE MÉDIO - (15/03/2016) - )







ÁFRICA - (15/03/2016) - )







MUNDO - (14/03/2016) - )







EUROPA - (14/03/2016) - )







ORIENTE MÉDIO - (14/03/2016) - )







ÁFRICA - (14/03/2016) - )







MUNDO - (11/03/2016) - E a expansão de moeda prossegue de forma desenfreada. Vamos ter crise no futuro. "O corte da taxa de depósito do BCE ainda mais fundo no território negativo, cobrando mais dos bancos para deixarem seu dinheiro guardado com o banco central, e o aumento das compras mensais de ativos para 80 bilhões de euros, sobre 60 bilhões de euros antes, superaram as expectativas de aumento para 70 bilhões de euros. Surpreendendo os mercados, o banco também cortou sua taxa de refinanciamento para zero, sobre 0,05 por cento." (Fonte: Reuters)







EUROPA - (11/03/2016) - )







ORIENTE MÉDIO - (11/03/2016) - )







ÁFRICA - (11/03/2016) - )







MUNDO - (10/03/2016) - )







EUROPA - (10/03/2016) - )







ORIENTE MÉDIO - (10/03/2016) - )







ÁFRICA - (10/03/2016) - )







MUNDO - (09/03/2016) - )







EUROPA - (09/03/2016) - ALERTA. Países com competitividades diferentes não podem viver no mesmo ambiente com políticas fiscais e cambiais iguais. "A Comissão Europeia advertiu França, Itália e Portugal, assim como Bulgária e Croácia, por seus desequilíbrios macroeconômicos "excessivos" em relação às regras de gasto público, segundo um relatório publicado nesta terça-feira. A Itália é citada por sua dívida e pelo nível de desemprego a longo prazo que "reduz as projeções de crescimento" econômico. De Portugal, foi apontada a dívida pública e privada, e lembrou-se que grande parte dos títulos 'podres' constituem uma "vulnerabilidade em um contexto de desemprego alto". Bulgária e Croácia também "experimentam um desequilíbrio macroeconômico excessivo", diz o relatório. A Espanha registra "desequilíbrios", e sua dívida pública e privada, interna e externa, continua constituindo "vulnerabilidades em um contexto de elevado desemprego"." (Fonte: Exame)

Enquanto isto como anda a economia mais competitiva? "A produção industrial da Alemanha cresceu em janeiro no ritmo mais rápido em mais de seis anos, mostrando que o setor começou 2016 bem apesar da turbulência do mercado financeiro que afeta a confiança empresarial. A produção cresceu 3,3 por cento no mês, mostraram dados do Ministério da Economia nesta terça-feira, superando a expectativa em pesquisa da Reuters de ganho de 0,5 por cento. A alta foi a maior desde setembro de 2009." (Fonte: Reuters)







ORIENTE MÉDIO - (09/03/2016) - )







ÁFRICA - (09/03/2016) - )







MUNDO - (08/03/2016) - )







EUROPA - (08/03/2016) - )







ORIENTE MÉDIO - (08/03/2016) - )







ÁFRICA - (08/03/2016) - )







MUNDO - (07/03/2016) - Mais demissões em massa sendo anunciadas pelo mundo. "O braço britânico da RWE, a elétrica npower, planeja cortar 2.500 postos de trabalho para tentar melhorar seu balanço financeiro, afirmou uma fonte próxima à empresa neste domingo." (Fonte: Reuters)







EUROPA - (07/03/2016) - )







ORIENTE MÉDIO - (07/03/2016) - )







ÁFRICA - (07/03/2016) - )







MUNDO - (03/03/2016) - )







EUROPA - (03/03/2016) - )







ORIENTE MÉDIO - (03/03/2016) - )







ÁFRICA - (03/03/2016) - )







MUNDO - (03/03/2016) - )







EUROPA - (03/03/2016) - Comunicando. "O PMI Composto final do Markit, considerado um bom guia do crescimento, caiu para 53,0 no mês passado ante 53,6 em janeiro, leitura mais baixa desde o início de 2015. Entretanto, foi melhor do que a preliminar de 52,7 e acima da marca de 50 que indica crescimento. O PMI do setor de serviços caiu para a mínima de 13 meses de 53,3 ante 53,6 em janeiro, ainda que tenha ficado acima da preliminar de 53,0." (Fonte: Reuters)

Comunicando. "A agência de estatísticas da União Europeia, Eurostat, informou nesta quinta-feira (3) que as vendas no varejo em janeiro cresceram 0,4% em comparação com o mês anterior, registrando um aumento de 2% na base anual. Economistas consultados pela Reuters esperavam um aumento mensal de 0,1% e anual de 1,3%. Eurostat também revisou para cima os dados de dezembro, para um aumento mensal de 0,6% ante 0,3%, e um ganho anual de 2,1% ante 1,4% anteriormente divulgado." (Fonte: G1)







ORIENTE MÉDIO - (03/03/2016) - )







ÁFRICA - (03/03/2016) - )







MUNDO - (02/03/2016) - )







EUROPA - (02/03/2016) - )







ORIENTE MÉDIO - (02/03/2016) - )







ÁFRICA - (02/03/2016) - )







MUNDO - (01/03/2016) - )







EUROPA - (01/03/2016) - Indústria enfraquecendo na zona do euro. "O PMI de indústria do Markit para a zona do euro caiu para 51,2 ante 52,3 em janeiro. O resultado foi ligeiramente melhor do que a preliminar de 51,0 e acima da marca de 50 que separa crescimento de contração. A desaceleração aconteceu apesar de as fábricas terem cortado os preços no ritmo mais forte desde meados de 2013 --o subíndice de preços de produção caiu para 47,6 ante 48,3." (Fonte: Reuters)

Comunicando. "O desemprego na zona do euro caiu em janeiro a 10,3%, um décimo a menos que em dezembro, seu nível mais baixo desde agosto de 2011, informou nesta terça-feira (1º) a agência europeia de estatísticas Eurostat. A triste lista é liderada pela Grécia, com quase um quarto da população ativa desempregada (24,6%, segundo os últimos dados disponíveis, de novembro de 2015). É seguida pela Espanha, com 20,5%, embora com quase três pontos percentuais a menos em relação a janeiro de 2015 (quando o desemprego chegava a 23,4%). o extremo oposto aparece a Alemanha, a primeira economia europeia, onde o desemprego afetava em janeiro 4,3% da população ativa (contra 4,4% em dezembro e 4,8% em janeiro de 2015). a França, o desemprego voltou, por sua vez, a subir de 10,1% em dezembro a 10,2% em janeiro, embora tenha caído dois décimos em relação a janeiro de 2015 (10,4%). desemprego no conjunto da União Europeia (UE), formada por 28 países, se situou em janeiro em 8,9%, contra 9% um mês antes e 9,8% em janeiro de 2015." (Fonte: G1)







ORIENTE MÉDIO - (01/03/2016) - )







ÁFRICA - (01/03/2016) - )







MUNDO - (29/02/2016) - )







EUROPA - (29/02/2016) - )







ORIENTE MÉDIO - (29/02/2016) - )







ÁFRICA - (29/02/2016) - )







MUNDO - (26/02/2016) - )







EUROPA - (26/02/2016) - Comunicando. "A economia francesa cresceu 0,3 por cento no último trimestre de 2015 ante os três meses anteriores, informou nesta sexta-feira a agência de estatísticas INSEE, revisando a estimativa preliminar de 0,2 por cento." (Fonte: Reuters)







ORIENTE MÉDIO - (26/02/2016) - )







ÁFRICA - (26/02/2016) - )







MUNDO - (25/02/2016) - )







EUROPA - (25/02/2016) - )







ORIENTE MÉDIO - (25/02/2016) - )







ÁFRICA - (25/02/2016) - )







MUNDO - (24/02/2016) - )







EUROPA - (24/02/2016) - )







ORIENTE MÉDIO - (24/02/2016) - )







ÁFRICA - (24/02/2016) - )







MUNDO - (23/02/2016) - )







EUROPA - (23/02/2016) - Comunicando. "A economia da Alemanha registrou um crescimento modesto de 0,3% no quarto trimestre de 2015 e de 1,7% no conjunto do ano, confirmou nesta terça-feira (23) a Destatis, a agência federal de estatísticas. No último trimestre de 2015, o crescimento foi estimulado pelo aumento do consumo interno (0,2%), do gasto público (1%) e do investimento (2,4%)." (Fonte: O Globo)







ORIENTE MÉDIO - (23/02/2016) - )







ÁFRICA - (23/02/2016) - )







MUNDO - (22/02/2016) - )







EUROPA - (22/02/2016) - Comunicando. "O PMI Composto preliminar da zona do euro, com base em pesquisas junto a milhares de empresas, caiu para a mínima de 13 meses de 52,7 ante 53,6 em janeiro. Pesquisa da Reuters apontava queda para 53,3. As autoridades do Banco Central Europeu (BCE) ficarão preocupadas com o subíndice de preços de produção do PMI, que caiu para a mínima de um ano de 48,6, bem abaixo da marca de 50 que separa crescimento de contração. Em janeiro o índice havia ficado em 48,9. O PMI de serviços caiu para a mínima de 13 meses de 53,0 contra 53,6 em janeiro e expectativa de 53,3. Já a indústria recuou para 51,0 de 52,3, ante expectativa de 52,0." (Fonte: Exame)







ORIENTE MÉDIO - (22/02/2016) - )







ÁFRICA - (22/02/2016) - )







MUNDO - (19/02/2016) - )







EUROPA - (19/02/2016) - )







ORIENTE MÉDIO - (19/02/2016) - )







ÁFRICA - (19/02/2016) - )







MUNDO - (18/02/2016) - )







EUROPA - (18/02/2016) - )







ORIENTE MÉDIO - (18/02/2016) - )







ÁFRICA - (18/02/2016) - )







MUNDO - (17/02/2016) - )







EUROPA - (17/02/2016) - )







ORIENTE MÉDIO - (17/02/2016) - )







ÁFRICA - (17/02/2016) - )







MUNDO - (16/02/2016) - )







EUROPA - (16/02/2016) - )







ORIENTE MÉDIO - (16/02/2016) - )







ÁFRICA - (16/02/2016) - )







MUNDO - (15/02/2016) - )







EUROPA - (15/02/2016) - Comunicando. "A agência de estatísticas da União Europeia, Eurostat, informou que o Produto Interno Bruto (PIB) dos 19 países da zona do euro cresceu 0,3 por cento no quarto trimestre em relação ao anterior, a mesma taxa do período de julho a setembro, como esperado por economistas consultados pela Reuters. Na comparação anual, o PIB da zona do euro cresceu 1,5 por cento, também como previsto por economistas." (Fonte: Reuters)







ORIENTE MÉDIO - (15/02/2016) - )







ÁFRICA - (15/02/2016) - )







MUNDO - (10/02/2016) - )







EUROPA - (10/02/2016) - )







ORIENTE MÉDIO - (10/02/2016) - )







ÁFRICA - (10/02/2016) - )







MUNDO - (05/02/2016) - )







EUROPA - (05/02/2016) - )







ORIENTE MÉDIO - (05/02/2016) - )







ÁFRICA - (05/02/2016) - )







MUNDO - (04/02/2016) - )







EUROPA - (04/02/2016) - )







ORIENTE MÉDIO - (04/02/2016) - )







ÁFRICA - (04/02/2016) - )







MUNDO - (03/02/2016) - Mais demissões em massa sendo anunciadas. "O Yahoo anunciou que reduzirá em 15% seu quadro de funcionários e vai explorar "alternativas estratégicas", após os maus resultados de 2015. A companhia divulgou uma perda de 4,43 bilhões de dólares no último trimestre do ano passado." (Fonte: Exame)







EUROPA - (03/02/2016) - Praticamente estável o número empresas da zona do euro. "O PMI Composto final do Markit, considerado um bom guia do crescimento, atingiu 53,6, contra estimativa de 53,5 e uma leitura de 54,3 em dezembro." (Fonte: Reuters)







ORIENTE MÉDIO - (03/02/2016) - )







ÁFRICA - (03/02/2016) - )







MUNDO - (02/02/2016) - )







EUROPA - (02/02/2016) - )







ORIENTE MÉDIO - (02/02/2016) - )







ÁFRICA - (02/02/2016) - )







MUNDO - (01/02/2016) - )







EUROPA - (01/02/2016) - )







ORIENTE MÉDIO - (01/02/2016) - )







ÁFRICA - (01/02/2016) - )







MUNDO - (29/01/2016) - )







EUROPA - (29/01/2016) - Comunicando. "A economia da França cresceu 0,2 por cento no último trimestre de 2015 em relação aos três meses anteriores uma vez que um salto no investimento empresarial ajudou a compensar a queda nos gastos do consumidores, mostraram nesta sexta-feira dados da agência de estatísticas, INSEE." (Fonte: Reuters)







ORIENTE MÉDIO - (29/01/2016) - )







ÁFRICA - (29/01/2016) - )







MUNDO - (28/01/2016) - )







EUROPA - (28/01/2016) - )







ORIENTE MÉDIO - (28/01/2016) - )







ÁFRICA - (28/01/2016) - )







MUNDO - (27/01/2016) - )







EUROPA - (27/01/2016) - )







ORIENTE MÉDIO - (27/01/2016) - )







ÁFRICA - (27/01/2016) - )







MUNDO - (26/01/2016) - No mundo inteiro estão há algum tempo sendo anunciados demissões em massa, acredito que estamos caminhando para uma crise ou no mínimo um longo período de crescimento baixo. "A empresa francesa de energia elétrica EDF anunciou que planeja cortar até 4.200 empregos na França até 2018 e reduções de 6 mil empregos no mundo até 2019, especialmente na unidade britânica EDF Energy, publicou o jornal econômico francês Les Echos, nesta sexta-feira. O diário afirmou que, além dos cortes na França, a EDF planeja reduzir o quadro de pessoal no mundo em 3,5 por cento, para 154 mil funcionários até 2019 ante 160 mil atualmente e que a companhia está buscando reduzir custos operacionais em 700 milhões de euros até 2018." (Fonte: Reuters)







EUROPA - (26/01/2016) - Comunicando. "A economia da Rússia encolheu 3,7 por cento em 2015, revelaram dados preliminares nesta segunda-feira, e uma série de indicadores de atividade econômica insinuam que a queda está longe de terminar." (Fonte: Reuters)







ORIENTE MÉDIO - (26/01/2016) - )







ÁFRICA - (26/01/2016) - )







MUNDO - (22/01/2016) - )







EUROPA - (22/01/2016) - )







ORIENTE MÉDIO - (22/01/2016) - )







ÁFRICA - (22/01/2016) - )







MUNDO - (21/01/2016) - Demissões em massa. "A Johnson & Johnson disse nesta terça-feira que cortará cerca de 3 mil postos de trabalho em sua unidade de dispositivos médicos nos próximos dois anos, ou cerca de 4 a 6 por cento da força de trabalho global nessa área, para economizar até 1 bilhão de dólares por ano e se concentrar em produtos mais inovadores." (Fonte: Reuters)

Mais anúncios de demissões em massa. "O Barclays iniciou uma nova rodada de corte de empregos em seu negócio de banco de investimento no mundo todo nesta quinta-feira que resultará em uma completa saída do mercado de ações na Ásia, mostrou um documento interno, enquanto o novo presidente-executivo, Jes Staley, tenta baixar os custos e impulsionar retornos. O Barclays irá encerrar sua cobertura doméstica de mercados no Brasil e cortará suas unidades de banco de investimento em países como Austrália, Indonésia, Malásia, Filipinas, Rússia, Coreia do Sul, Taiwan e Tailândia, disse o comunicado, com esses mercados sendo cobertos de outras cidades que são centros financeiros em suas respectivas regiões. Com dez dos maiores bancos da Europa anunciando 130 mil cortes de empregos desde junho, presidentes de instituições financeiras pretendem cortar negócios onde não têm escala para focar em mercados mais lucrativos." (Fonte: Reuters)







EUROPA - (21/01/2016) - )







ORIENTE MÉDIO - (21/01/2016) - )







ÁFRICA - (21/01/2016) - )







MUNDO - (20/01/2016) - )







EUROPA - (20/01/2016) - )







ORIENTE MÉDIO - (20/01/2016) - )







ÁFRICA - (20/01/2016) - )







MUNDO - (19/01/2016) - Mais demissões em massa a caminho. "Pelo menos sete milhões de empregos podem ser perdidos nos próximos cinco anos pelas transformações que a economia mundial sofrerá, e que o Fórum Econômico Mundial chamou de "quarta revolução industrial"." (Fonte: G1)







EUROPA - (19/01/2016) - )







ORIENTE MÉDIO - (19/01/2016) - )







ÁFRICA - (19/01/2016) - )







MUNDO - (18/01/2016) - )







EUROPA - (18/01/2016) - Problemas estruturais ainda existem e são difíceis de serem solucionados. "O Banco Central Europeu (BCE) está consultando alguns bancos da zona do euro sobre seus altos níveis de inadimplência, disse um porta-voz da instituição neste domingo, enquanto aumenta os esforços para lidar com uma montanha de dívida tóxica. Uma pesada carga de empréstimos que provavelmente não serão pagos - particularmente em países onde a crise econômica foi mais severa como a Grécia, Portugal, Espanha e Itália, está freiando a recuperação econômica da zona do euro por limitar a capacidade de empréstimos dos bancos." (Fonte: Reuters)

Comunicando. "Com 53%, os partidários do "sim" a uma saída do Reino Unido da UE aparecem com seis pontos percentuais de vantagem sobre os defensores do "não" (47%), segundo esta pesquisa realizada pelo instituto Survation para o jornal de centro-direita e eurocético Mail on Sunday." (Fonte: Exame)







ORIENTE MÉDIO - (18/01/2016) - )







ÁFRICA - (18/01/2016) - )







MUNDO - (15/01/2016) - )







EUROPA - (15/01/2016) - )







ORIENTE MÉDIO - (15/01/2016) - )







ÁFRICA - (15/01/2016) - )







MUNDO - (14/01/2016) - Mais demissões em massa. "A General Electric planeja cortar 6.500 empregos na Europa nos próximos dois anos, informou o conglomerado norte-americano nesta quarta-feira." (Fonte: Reuters)







EUROPA - (14/01/2016) - Comunicando. "O Produto Interno Bruto (PIB) da Alemanha, maior economia da Europa, cresceu 1,7% em 2015, um pouco mais que no ano anterior, de acordo com primeira estimativa divulgada pela agência federal de estatísticas Destatis." (Fonte: Exame)







ORIENTE MÉDIO - (14/01/2016) - )







ÁFRICA - (14/01/2016) - )







MUNDO - (13/01/2016) - Mais demissões em massa sendo anunciadas no mundo. "A companhia petrolífera britânica BP anunciou nesta terça-feira (12) que eliminará 4.000 postos de trabalho em nível global para fazer frente à queda do preço do petróleo, que ronda os US$ 31 pelos temores sobre a economia chinesa e o excesso de oferta no mercado." (Fonte: UOL)







EUROPA - (13/01/2016) - Comunicando. "A produção industrial dos 19 membros da zona de moeda única ficou 0,7 por cento menor em novembro do que em outubro, disse a agência de estatísticas da União Europeia, Eurostat, embora na comparação anual tenha havido aumento de 1,1 por cento. Pesquisa da Reuters apontou que a expectativa era de declínio mensal de 0,3 por cento e de alta anual de 1,3 por cento. Os números de outubro foram revisados para cima para mostrar aumento de 0,8 por cento na base mensal e de 2 por cento na comparação anual, ante 0,6 e 1,9 por cento informados anteriormente." (Fonte: Exame)







ORIENTE MÉDIO - (13/01/2016) - )







ÁFRICA - (13/01/2016) - )







MUNDO - (12/01/2016) - )







EUROPA - (12/01/2016) - )







ORIENTE MÉDIO - (12/01/2016) - )







ÁFRICA - (12/01/2016) - )







MUNDO - (08/01/2016) - Mais demissões em massa a caminho. "A rede de lojas de departamento Macy's anunciou que pretende cortar 400 milhões de dólares em despesas ainda no início deste ano. A economia será feita por meio do fechamento de lojas, dispensa de funcionários e redução de gastos administrativos. Segundo comunicado divulgado pela empresa na quarta-feira (6), cerca de 3.000 trabalhadores de lojas da rede e da sua controladora (a Bloomingdale's) devem ser demitidos nos Estados Unidos." (Fonte: Exame)







EUROPA - (08/01/2016) - Comunicando número ruim. "A produção industrial da Alemanha caiu 0,3% em novembro ante outubro, considerando-se ajustes sazonais, segundo dados publicados hoje pela agência de estatísticas do país, a Destatis. O resultado frustrou a expectativa de analistas consultados pelo Wall Street Journal, que previam avanço mensal de 0,5%." (Fonte: Exame)







ORIENTE MÉDIO - (08/01/2016) - )







ÁFRICA - (08/01/2016) - )







MUNDO - (07/01/2016) - Mais demissões em massa a caminho no mundo. "O Yahoo está trabalhando em um plano para reduzir sua força de trabalho em ao menos 10 por cento e poderá iniciar o processo neste mês, disse a Business Insider, citando fontes não identificadas. " (Fonte: Exame)

Mais demissões em massa. "A Monsanto planeja cortar mais mil postos de trabalho globalmente, levando seu plano de redução de empregos para um total de 3,6 mil, ou cerca de 16% da força de trabalho da empresa, de acordo com um documento apresentado nesta quarta-feira (6) à Securities and Exchange Commission (SEC) dos Estados Unidos, órgão regulador no país." (Fonte: G1)

Mais demissões. "Bancos europeus devem cortar ainda mais postos de trabalho para o segmento de ações na Ásia, disseram fontes do setor, com as reduções de custos globais atingindo negócios periféricos em uma região cuja queda dos volumes de negociações chineses e a competição local têm reduzido lucros." (Fonte: Exame)







EUROPA - (07/01/2016) - )







ORIENTE MÉDIO - (07/01/2016) - )







ÁFRICA - (07/01/2016) - )







MUNDO - (06/01/2016) - )







EUROPA - (06/01/2016) - Dados da zona do Euro. "O PMI do setor de serviços do bloco ficou em 54,2 em dezembro, inalterado ante novembro mas acima da preliminar de 53,9. Isso ajudou a levar o PMI Composto final à máxima de quatro meses de 54,3 ante 54,2 em novembro, acima da estimativa anterior de 54,0." (Fonte: Reuters)







ORIENTE MÉDIO - (06/01/2016) - )







ÁFRICA - (06/01/2016) - )







MUNDO - (05/01/2016) - )







EUROPA - (05/01/2016) - )







ORIENTE MÉDIO - (05/01/2016) - )







ÁFRICA - (05/01/2016) - )







MUNDO - (04/01/2016) - )







EUROPA - (04/01/2016) - )







ORIENTE MÉDIO - (04/01/2016) - )







ÁFRICA - (04/01/2016) - )












  Ricardo Borges Financial Training
+55 21 98655-8009 (somente de 11:00hs até às 18:00hs)
 Email - ricardoborges@ricardoborges.com
 
Anuncie Aqui I Consultoria I Conteúdos Sites I Cursos On Line I Política de Privacidade I Termos de Uso

Boletim diário Insider

Análises Ibovespa, dólar, DJIA, principais ações e as indicadas por nós.

Aperte aqui e saiba mais!!!

Notícias Comentadas

Principais notícias para quem quer acompanhar o mercado e manchetes dos jornais econômicos.
Aperte aqui e saiba mais!!!

Fórum projecao.com

Debates em tempo real sobre investimento em ações e futuros na B3.

Venha participar!!!

apoia.se projecao.com

Ajude o projecao.com a manter e melhorar o grupo de debates.

Aperte aqui e saiba mais!!!

 Anúncios projecao.com Apoie o projecao.com -> Aqui