Login Fórum Exploração Suportes&Res Fundamentos Notícias Dados MetaStock Cursos
IBOV DJIA INDFUT ITUB4 VALE3 BBDC4 ABEV3 PETR4 ITSA4 SULA11 SAPR4 MRVE3 ABCB4 ALUP11 SBSP3 CPLE6
Para assinar um de nossos boletins basta clicar aqui


VALE3 - Gráficos e análise técnica projecao.com
Fundamentus Guia Invest Grafico Bussola
VALE3: VALE ON
Suportes   48.45   47.60   47.50   47.06   47.04   47.03   46.26
Resistências   50.89   51.10   52.36   56.75      
Data Última Abertura Máxima Mínima PMédio
16/07/2018 - 17:52 50,09 50,31 50,6 49,6 50,04
  Data Bal. P/L P/VPA Div./PL DívLiq/EBIT LC Marg.Liq.
Fundamentos  31/03/2018  17.91  1.79  45%  1.28  1,53  
  Fator Baixa Contratos Baixa Fator Alta Contratos Alta  
Hedge   0.56   0.36   0.62   0.40  

Real: O papel caiu durante o dia. Um rompimento do suporte a R$ 47,60 (Stop:R$ 45,86) indicaria a liquidação de 1/3 COMPRAS no papel e o STOP LOSS do restante das posições com o rompimento da linha -B- (Valor:R$ 45,74, Stop:R$ 44,00). Novas COMPRAS com a quebra do nível a R$ 52,90 (Start:R$ 54,64).

Dólar: A VALE3 caiu fechando em US$ 12.98. Projeção baixista primeiramente para US$ 12.16 (Stop:US$ 11.71) e depois para US$ 10.40 (Stop:US$ 9.95).

Ferro 62: O metal fechou praticamente estável no pregão de hoje O mercado deve agora buscar a linha -D-. Caso a linha -B- seja quebrada para cima, a projeção baixista será invalidada e a commodity poderá subir para 510.

Caso você queira contribuir com o desenvolvimento e manutenção de nosso fórum, entre no endereço abaixo e escolha um valor a partir de R$ 1,00 / mês.
http://www.projecao.com/apoia-se.htm


(20180717) - Comunicando.

"O governo brasileiro anunciou nesta segunda-feira que vai iniciar a revisão do direito antidumping na importação de laminados planos de aço da China, Coreia do Sul e Taiwan, de acordo com resolução publicada no Diário Oficial da União. O direito antidumping sobre as importações de laminados planos de aço ao silício, denominados magnéticos, de grãos não orientados (GNO), foi instituído em 2013 por um prazo de cinco anos, depois que uma investigação brasileira apontou a prática de dumping e dano a indústria nacional. As alíquotas aplicadas variavam entre 132,50 a 567,16 dólares por tonelada, mas, a pedido dos importadores, foram posteriormente reduzidas para entre 90 e 132,50 dólares por tonelada. " (Fonte: Reuters)

(20180716) - Comunicando.

"A produção de minério de ferro da Vale subiu 5,3% no segundo trimestre de 2018 na base de comparação anual, a 96,8 milhões de toneladas, segundo comunicado ao mercado da Vale, um novo recorde para o trimestre. A estimativa mediana de quatro analistas consultados pela Bloomberg era de uma produção de 96,3 milhões de toneladas. Já a venda de minério de ferro foi de 73,3 milhões de toneladas no segundo trimestre de 2018, alta de 5,8% na base anual.

A produção de pelotas soma 12,8 milhões de toneladas, alta de 5,1% na base anual, enquanto a produção de níquel foi de 66,2 mil toneladas, alta de 0,3% e a produção de cobre foi de 97,9 mil toneladas, queda de 2,9%. " (Fonte: Infomoney)

(20180712) - Acho que foi no ano de 2000 que aconteceu a mesma coisa, os EUA criaram cotas para vários países do mundo e o Brasil antão ampliou a exportação para lá. Foi assim que o preço das ações do setor siderúrgico subiu fortemente até 2008.

"As siderúrgicas brasileiras ampliaram fortemente as vendas para os Estados Unidos em junho, no primeiro mês de vigência das cotas criadas pelo governo de Donald Trump para limitar a entrada de aço e alumínio do exterior.

Em relação a junho do ano passado, as exportações de aço do Brasil aos EUA quase triplicaram.

Na comparação com maio (quando a produção caiu sob impacto da greve dos caminhoneiros), as vendas aumentaram 395%, segundo dados do Ministério da Indústria e Comércio Exterior levantados a pedido da Folha." (Fonte: Folha)


Análise confeccionada para o dia 17/07/2018



Gráfico Diário em Real de VALE3

(Clique na imagem para amplia-la ou reduzi-la, linhas e estudos atualizados quinzenalmente)



Gráfico Diário em Dólar de VALE3

(Clique na imagem para amplia-la ou reduzi-la, linhas e estudos atualizados quinzenalmente)



Gráfico Diário em Yuan do Ferro 62

(Clique na imagem para amplia-la ou reduzi-la, linhas e estudos atualizados quinzenalmente)



Analista Responsável: Ricardo Borges Mestre em Economia Empresarial pela UCAM, MBA em Marketing pela FGV, Graduado em Economia pela UCAM, tendo participado, em 2009 na Columbia University of New York, das palestras sobre "Managing Macroeconomic Risk in Emerging Markets", ex-consultor (2003) e analista de mercado (2008) credenciado pela CVM, tendo certificado CNPI desde maio/2008 e passado nas provas CB, CG1, CG2 e CG3, sócio fundador da ANAT, membro da APIMEC, exercendo a profissão de consultor em renda variável desde 1988, operador de mesa de renda variável desde 1992 e diretor da Projeção Consultoria Financeira Ltda. desde 1992, ministra aulas voltadas para investidores e trader's desde 2000 (introdutório, análise técnica, análise fundamentalista e derivativos).

Aviso: Aviso: O analista declara: I. que suas recomendações refletem única e exclusivamente suas opiniões pessoais, e que foram elaboradas de forma independente, inclusive em relação à instituição à qual está vinculado;

O analista, avisa a todos que aplicações em mercados de ações, commodities e seus derivativos tem um elevado risco, portanto o presente relatório é distribuído com o objetivo de prover informações e não representa, em nenhuma hipótese, uma oferta ou solicitação de compra e/ou venda de qualquer instrumento financeiro, bem como sugestão de investimento.

As opiniões contidas neste relatório foram elaboradas de forma independente, baseadas em estudos gráficos, estatísticos, matemáticos, julgamentos, expectativas, estimativas, notícias e etc e, portanto, estão sujeitas a erros e mudança e impossibilitando garantir que sejam precisas, corretas e completas.

É de exclusiva e total responsabilidade do usuário/investidor a utilização das informações contidas neste relatório bem como a estratégia de investimentos e, dessa forma, o usuário/investidor não poderá pleitear qualquer tipo de indenização por parte do analista. As informações contidas neste relatório são consideradas confiáveis na data de sua publicação porém, o Analista se reserva o direito de, a qualquer tempo e sem aviso prévio, alterar estas informações.

As informações, opiniões, estimativas e projeções contidas neste documento referem-se à data presente e estão sujeitas à mudanças, não implicando necessariamente na obrigação de qualquer comunicação no sentido de atualização ou revisão com respeito a tal mudança.

Repetindo e lembrando: o analista não se compromete que os investidores obtenham lucro, nem terá qualquer responsabilidade em caso de perdas, diretas ou indiretas, como conseqüência do uso deste documento. As informações contidas neste relatório podem não ser apropriadas para o perfil de investimento do destinatário. Os investimentos envolvem riscos e os investidores devem ter prudência ao tomar suas decisões pessoais e não devem substituir seus próprios julgamentos por aqueles previstos nesse documento..

Esse relatório não pode ser reproduzido ou redistribuído a qualquer pessoa, no todo ou em parte, para qualquer propósito, sem a prévia autorização por escrito da projecao.com, e esta não se responsabiliza pela atuação contrária ao aqui disposto por parte de terceiros.





VALE - (16/07/2018) - Comunicando.

"A produção de minério de ferro da Vale subiu 5,3% no segundo trimestre de 2018 na base de comparação anual, a 96,8 milhões de toneladas, segundo comunicado ao mercado da Vale, um novo recorde para o trimestre. A estimativa mediana de quatro analistas consultados pela Bloomberg era de uma produção de 96,3 milhões de toneladas. Já a venda de minério de ferro foi de 73,3 milhões de toneladas no segundo trimestre de 2018, alta de 5,8% na base anual.

A produção de pelotas soma 12,8 milhões de toneladas, alta de 5,1% na base anual, enquanto a produção de níquel foi de 66,2 mil toneladas, alta de 0,3% e a produção de cobre foi de 97,9 mil toneladas, queda de 2,9%. " (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://www.infomoney.com.br/mercados/acoes-e-indices/noticia/7516846/embraer-recebe-pedido-united-vale-tem-producao-recorde-recomendacoes-outros







MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (12/07/2018) - Acho que foi no ano de 2000 que aconteceu a mesma coisa, os EUA criaram cotas para vários países do mundo e o Brasil antão ampliou a exportação para lá. Foi assim que o preço das ações do setor siderúrgico subiu fortemente até 2008.

"As siderúrgicas brasileiras ampliaram fortemente as vendas para os Estados Unidos em junho, no primeiro mês de vigência das cotas criadas pelo governo de Donald Trump para limitar a entrada de aço e alumínio do exterior.

Em relação a junho do ano passado, as exportações de aço do Brasil aos EUA quase triplicaram.

Na comparação com maio (quando a produção caiu sob impacto da greve dos caminhoneiros), as vendas aumentaram 395%, segundo dados do Ministério da Indústria e Comércio Exterior levantados a pedido da Folha." (Fonte: Folha)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://www1.folha.uol.com.br/mercado/2018/07/brasil-eleva-vendas-e-ganha-mais-exportando-aco-para-os-eua.shtml







VALE - (06/07/2018) - Comunicando.

"A Mitsui & Co poderá aumentar sua participação na Vale caso outros acionistas vendam parte de suas fatias, disse à Reuters Yukio Takebe, diretor executivo sênior da Mitsui que gerencia os negócios de energia e metais. A Mitsui quer continuar envolvida na gestão da Vale, diz Takebe, que destacou ser improvável a Mitsui comprar todas as ações da Vale à venda, mas “não descarta a possibilidade”. " (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://www.infomoney.com.br/mercados/acoes-e-indices/noticia/7506143/petrobras-assina-termo-com-odebrecht-para-retirada-bloqueio-japonesa-olho







MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (05/07/2018) - Situação pode piorar para as empresas brasileiras que verão mercados fechados para elas e os produtores podem vir tentar competir com elas em território nacional.

"A Comissão propôs uma combinação de uma cota e uma tarifa para evitar um surto de importações de aço, que corre o risco de acontecer principalmente porque os Estados Unidos impuseram taxas sobre a importação de aço e alumínio.

A cota seria um reflexo das importações nos últimos anos, com uma tarifa de 25% definida para volumes superiores a esse valor, segundo fontes familiarizadas com o assunto. " (Fonte: Folha)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://www1.folha.uol.com.br/mercado/2018/07/uniao-europeia-deve-votar-restricoes-a-importacao-de-aco-quinta-feira.shtml







MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (04/07/2018) - Comunicando.

"Há uma queda de braço entre as duas maiores fabricantes de aços longos do país e o setor de construção civil. A ArcelorMittal já fixou um reajuste de 13%. Quase em coro, a Gerdau tenta impor um aumento de 12%. No entanto, segundo o RR apurou, as construtoras resistem e não aceitam uma majoração dos preços do aço acima de 5%." (Fonte: Relatório Reservado)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://relatorioreservado.com.br/gerdau-e-arcelormittal-vs-construtoras/







MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (02/07/2018) - Comunicando.

"A Usiminas vai elevar em julho os preços de seus produtos siderúrgicos em cerca de 10 por cento, em média, depois de não ter conseguido aplicar reajuste entre maio e junho por conta do impacto da greve dos caminhoneiros, afirmou nesta sexta-feira o presidente da companhia, Sergio Leite." (Fonte: Reuters)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://br.reuters.com/article/businessNews/idBRKBN1JP38R-OBRBS







VALE - (29/06/2018) - Comunicando.

"A mineradora Vale prevê contribuir com cerca de 557,5 milhões de reais, no segundo semestre, para a restauração do meio ambiente e das comunidades afetadas pela ruptura da barragem da Samarco, sua joint venture com a anglo-australiana BHP Billiton." (Fonte: Reuters)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://br.reuters.com/article/businessNews/idBRKBN1JO39P-OBRBS







MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (28/06/2018) - Comunicando.

"Em meio à escalada da guerra comercial, a União Europeia (UE) deverá impor nos próximos dias salvaguarda contra o aço importado, podendo resultar em cota (limite quantitativo) para a entrada também de produtos siderúrgicos do Brasil." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.valor.com.br/brasil/5623221/uniao-europeia-podera-impor-cota-sobre-o-aco-brasileiro







MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (27/06/2018) - Comunicando.

"Em meio à escalada da guerra comercial, a União Europeia (UE) deverá impor nos próximos dias salvaguarda contra o aço importado, podendo resultar em cota (limite quantitativo) para a entrada também de produtos siderúrgicos do Brasil." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.valor.com.br/brasil/5623221/uniao-europeia-podera-impor-cota-sobre-o-aco-brasileiro







VALE - (26/06/2018) - Comunicando.

"A Vale confirmou nesta segunda-feira, 25, em comunicado à imprensa que fechou um Termo de Ajustamento de Conduta com a Samarco para a reparação dos danos causados ao longo da Bacia do Rio Doce pelo rompimento da barragem de Fundão, em Mariana, Minas Gerais.

“O acordo extingue ações judiciais relevantes, dentre as quais a Ação Civil Pública (ACP) de R$ 20 bilhões movida pela União e Estados de Minas Gerais e do Espírito Santo. Quanto aos pedidos da ACP de R$ 155 bilhões, aqueles que estejam sanados pelo acordo serão imediatamente extintos. Os demais permanecem suspensos até comprovação de seu atendimento pelos Programas da Fundação, ou eventual repactuação desses programas, levando à sua extinção futura”, afirma o comunicado.

De acordo com o documento, o acordo também estabiliza a discussão acerca das garantias judiciais fixadas no valor de R$ 2,2 bilhões, trazendo, segundo a empresa, uma maior segurança jurídica para as empresas partes." (Fonte: Exame)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://exame.abril.com.br/negocios/samarco-fecha-acordo-que-extingue-acao-de-r20-bilhoes/







MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (26/06/2018) - Comunicando.

"A produção mundial de aço bruto totalizou 154,9 milhões de toneladas em maio, informou a Worldsteel Association, que compila dados dos 64 principais países para o setor siderúrgico. Em comparação com o mesmo período do ano passado, o crescimento foi de 6,6%. Ante abril, houve aumento de 4,4%.

Boa parte desse avanço foi capitaneado pela maior fabricante do planeta, a China. O gigante asiático produziu 81,1 milhões de toneladas no mês passado, incremento de 8,9% em comparação anual. Sobre o mês imediatamente anterior, houve avanço de 5,8%. Com esse ritmo no resto do ano, os chineses bateriam seu recorde histórico." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.valor.com.br/empresas/5616977/producao-mundial-de-aco-bruto-cresce-66-em-maio-segundo-worldsteel







MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (21/06/2018) - Comunicando.

"O consumo aparente de produtos siderúrgicos foi duramente afetado em maio pela greve de caminhoneiros que paralisou o país durante quase duas semanas. O índice, que reúne tanto as vendas das empresas instaladas no Brasil quanto as importações, caiu 15,5% na comparação com o mesmo mês de 2017 e chegou a 1,36 milhão de toneladas, informou o Instituto Aço Brasil nesta quarta-feira." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.valor.com.br/empresas/5608979/demanda-interna-de-produtos-siderurgicos-cai-155-em-maio







MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (20/06/2018) - Comunicando.

"A Vale teve uma sessão de perdas seguindo o minério de ferro, que caiu 2,98% na China, cotado a US$ 66,45 a tonelada, enquanto os contratos futuros negociados em Dalian registram baixa de 4,56%, a 450,50 iuanes. " (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.infomoney.com.br/mercados/acoes-e-indices/noticia/7482302/petrobras-salta-olho-cessao-onerosa-bancos-disparam-ate-cielo-sobe







MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (20/06/2018) - Comunicando.

"A rede associada ao Instituto Nacional dos Distribuidores de Aço (Inda) vendeu 203 mil toneladas de aços planos em maio, informou há pouco a entidade. O desempenho foi derrubado pela greve de caminhoneiros que parou o setor durante quase duas semanas. Em comparação anual, o volume representou forte queda de 15,8%, e na relação com abril, houve recuo de 9,8%.

O instituto também revelou que as compras totalizaram 224,4 mil toneladas no mês passado, 3% a menos do que o mesmo mês de 2017 e baixa de 15% perante abril. As importações, por sua vez, somaram 110,5 mil toneladas, queda de 1,2% em comparação anual, mas crescimento de 13,2% sobre o período imediatamente anterior. " (Fonte: O Globo G1)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://g1.globo.com/economia/noticia/vendas-de-aco-plano-caem-quase-16-em-maio-devido-a-greve-dos-caminhoneiros.ghtml







MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (18/06/2018) - Comunicando.

"Os contratos futuros do vergalhão de aço na China atingiram uma máxima em nove meses e meio nesta sexta-feira, após dados firmes sobre imóveis, e marcaram a terceira semana consecutiva de ganhos." (Fonte: Reuters)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://br.reuters.com/article/businessNews/idBRKBN1JB1N9-OBRBS







VALE - (13/06/2018) - Comunicando.

"O presidente da Petros, Walter Mendes, afirmou nesta terça-feira que o fundo de pensão dos funcionários da Petrobras pretende iniciar neste ano venda de sua participação na mineradora Vale." (Fonte: Exame)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://exame.abril.com.br/mercados/petros-quer-iniciar-venda-de-participacao-na-vale-e-vai-manter-brf/







MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (13/06/2018) - Comunicando.

"O presidente Michel Temer (MDB) assinou nesta terça-feira (12) dois decretos que atualizam o Código de Mineração e criam novas regras para a Compensação Financeira pela Exploração de Recursos Minerais (CFEM), que são os royalties pagos pelas mineradoras aos Estados e municípios." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.valor.com.br/brasil/5589141/em-evento-sobre-mineracao-temer-cobra-mais-emocao-em-atos-publicos







VALE - (12/06/2018) - Comunicando.

"O presidente da Petros, Walter Mendes, afirmou nesta terça-feira que o fundo de pensão dos funcionários da Petrobras pretende iniciar neste ano venda de sua participação na mineradora Vale." (Fonte: Exame)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://exame.abril.com.br/mercados/petros-quer-iniciar-venda-de-participacao-na-vale-e-vai-manter-brf/







MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (12/06/2018) - Comunicando.

"O presidente Michel Temer (MDB) assinou nesta terça-feira (12) dois decretos que atualizam o Código de Mineração e criam novas regras para a Compensação Financeira pela Exploração de Recursos Minerais (CFEM), que são os royalties pagos pelas mineradoras aos Estados e municípios." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.valor.com.br/brasil/5589141/em-evento-sobre-mineracao-temer-cobra-mais-emocao-em-atos-publicos







VALE - (12/06/2018) - Comunicando.

"A Vale divulgou nesta segunda-feira, 11, que concluiu acordos em separado com a Wheaton Precious Metals Corp e com a Cobalt 27 Capital Corp. para vender um ‘stream’ no total agregado de 75% de cobalto, relacionado ao subproduto de cobalto. A Vale irá receber um pagamento antecipado de US$ 690 milhões, mais pagamentos adicionais de 20%, em média, dos preços de cobalto vigentes no momento da entrega.

O comunicado destaca que as entregas começarão a partir de 1º de janeiro de 2021, “englobando o ramp-down da atual mina em operação de Voiseys Bay e a futura produção do projeto de expansão subterrânea da mina de Voiseys Bay (VBME)”." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://www.istoedinheiro.com.br/vale-conclui-acordo-com-wheaton-e-cobalt-27-para-venda-de-stream-de-cobalto/







VALE - (11/06/2018) - Comunicando.

"A Vale chegou a um acordo para vender a futura produção de cobalto, aponta a Bloomberg, citando pessoas com conhecimento do assunto. O acordo envolve cerca de US$ 700 milhões em cobalto produzido no complexo de Voisey’s Bay, no Canadá, que produz predominantemente níquel, disseram as fontes. A Vale não quis fazer comentários. A mineradora tem procurado financiamento para prolongar a vida útil da mina ao transitar para o subsolo a partir de operações a céu aberto e disse publicamente que o chamado arranjo de streaming está entre as opções." (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.infomoney.com.br/mercados/acoes-e-indices/noticia/7467546/impasse-entre-petrobras-governo-recomendacoes-greve-eletrobras-mais-destaques







MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (01/06/2018) - Comunicando.

"Os Estados Unidos anunciaram nesta quinta-feira que vão avançar com tarifas de importação sobre alumínio e aço de Canadá, do México e da União Europeia, encerrando meses de incerteza sobre possíveis isenções e reacendendo temores sobre uma guerra comercial global." (Fonte: Reuters)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://br.reuters.com/article/businessNews/idBRKCN1IW2MW-OBRBS







MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (01/06/2018) - Comunicando.

"Os Estados Unidos mantiveram a isenção de tarifas de aço e alumínio de Brasil, Argentina e Austrália, argumentando que os três países aceitaram adotar medidas para reduzir o volume exportado para solo americano. Comunicado divulgado nesta quinta-feira pela Casa Branca informou que o presidente dos EUA, Donald Trump, assinou dois decretos apontando que foram aplicadas medidas nos três países para reduzir "o prejuízo à segurança representado pelas importações de aço e alumínio"." (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.infomoney.com.br/mercados/noticia/7453376/eua-mantem-isencao-tarifas-aco-aluminio-brasil-argentina-australia







MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (24/05/2018) - Comunicando.

"A produção de aço bruto mundial cresceu 3,3% em abril na comparação anual, segundo estimativas da Worldsteel Association, que reúne as siderúrgicas dos 64 países mais importantes para o setor, e da consultoria americana Bradford Research." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.valor.com.br/empresas/5544845/producao-mundial-de-aco-cresce-33-em-abril-informa-associacao







MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (23/05/2018) - Comunicando.

"A produção de aço bruto mundial cresceu 3,3% em abril na comparação anual, segundo estimativas da Worldsteel Association, que reúne as siderúrgicas dos 64 países mais importantes para o setor, e da consultoria americana Bradford Research." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.valor.com.br/empresas/5544845/producao-mundial-de-aco-cresce-33-em-abril-informa-associacao







MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (23/05/2018) - Comunicando.

"O Brasil terá uma cota de exportação de produtos siderúrgicos para os Estados Unidos equivalente a uma redução de 10 por cento em relação ao que foi vendido para os norte-americanos em 2017, afirmou nesta terça-feira uma fonte do governo brasileiro com conhecimento das discussões." (Fonte: Reuters)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://br.reuters.com/article/businessNews/idBRKCN1IN2IB-OBRBS







MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (23/05/2018) - Comunicando.

"Loureiro mostrou que desde fevereiro o aumento das vendas da rede associada vem perdendo a força. Se no primeiro bimestre o crescimento foi de 19,6% sobre o mesmo período do ano passado, no trimestre o ritmo caiu para 13,8% e no quadrimestre, para 11,9%. Se as projeções do Inda para maio se confirmarem, de quase estabilidade frente ao mesmo mês de 2017, a alta nos cinco primeiros meses seria de 9%, aproximadamente." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.valor.com.br/empresas/5541105/venda-de-aco-desacelera-no-brasil-aponta-inda







VALE - (22/05/2018) - Comunicando.

"A Vale negou compra de participação da BHP Billiton Brasil, segundo comunicado divulgado na manhã desta terça-feira (22). " (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.valor.com.br/empresas/5540657/vale-nega-negociacao-para-ficar-com-parte-da-bhp-na-samarco







MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (18/05/2018) - Comunicando.

"Após antecipar na conferência de resultados que planejava aumentar preços no mês, o aumento foi confirmado pela CSN, mas acima do esperado, segundo informações do Valor. O aumento totaliza 11.75% para laminados a quente e frio, e 8.25% para zincados e folhas metálicas." (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.infomoney.com.br/mercados/acoes-e-indices/noticia/7427553/petrobras-cai-olho-cessao-onerosa-bancos-afundam-mais-acoes-ibovespa







VALE - (16/05/2018) - Comunicando.

"A mineradora Vale concluiu a venda da sua subsidiária Vale Cubatão Fertilizantes para a Yara Brasil Fertilizantes SA, recebendo 255 milhões de dólares em dinheiro, informou a empresa nesta terça-feira." (Fonte: Reuters)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://br.reuters.com/article/businessNews/idBRKCN1IG3BF-OBRBS







MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (03/05/2018) - PÉSSIMA notícia para as empresas do setor no Brasil.

"Cedendo a uma medida unilateral imposta pelos Estados Unidos, o setor siderúrgico concordou em reduzir suas exportações para aquele mercado com a adoção de cotas, informou nesta quarta-feira, 02, o presidente executivo do Instituto Aço Brasil (IABr), Marco Polo Mello Lopes. Na comparação com 2017, haverá uma redução de 7,4% nas exportações de aço semiacabado, que representam 80% das vendas para aquele mercado. Para os produtos acabados, a queda será de 20% a 60%, dependendo do produto. No ano passado, as exportações de aço para os EUA renderam US$ 2,5 bilhões. " (Fonte: Estadão)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://economia.estadao.com.br/noticias/geral,proposta-dos-eua-reduz-em-30-exportacoes-brasileiras-de-aco-acabado,70002291978







VALE - (03/05/2018) -

A ação segue cara observando o P/L de 17,32 (Fonte: Fundamentus) e não acho que o lucro da empresa irá subir para justificar uma compra. O preço do minério de ferro vem caindo, existe uma guerra comercial focada no aço entre os EUA e o resto do mundo, o que pode prejudicar o consumo chinês, maior cliente da empresa e ela deve bastante em moeda estrangeira e o real vem se valorizando, o que pode vir a prejudicar os resultados futuros via conta financeira (dívida em moeda estrangeira). NÃO recomendo.



"A Vale (VALE3) registrou lucro líquido de US$ 1,59 bilhão entre janeiro e março, o que corresponde a uma queda de 36% em relação ao primeiro trimestre do ano anterior, quando atingiu a marca de US$ 2,49 bilhões. De acordo com balanço divulgado pela companhia na noite desta quarta-feira (25), o lucro líquido atribuível a sócios foi de US$ 1,59 bilhões, contra US$ 2,49 bilhões na mesma base de comparação.

O Ebitda (Lucros antes de juros, impostos, depreciação e amortização) ajustado ficou em US$ 3,971 bilhões -- uma queda de 7,82% ante os US$ 4,308 bilhões do primeiro trimestre do ano passado." (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.infomoney.com.br/vale/noticia/7391961/lucro-vale-cai-trimestre-2018-marca-bilhao







MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (03/05/2018) - Comunicando.

"O governo informou nesta quarta-feira (2) que os EUA interromperam as negociações e decidiram aplicar medidas restritivas para a importação de aço e alumínio brasileiro que estavam temporariamente suspensas.

Entretanto, isso não acontecerá de forma imediata, uma vez que, em 30 de abril, o governo dos EUA informou decisão de estender a isenção temporária estabelecida para o Brasil, em vigor desde 23 de março de 2018, das sobretaxas sobre aço e alumínio." (Fonte: O Globo G1)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://g1.globo.com/economia/noticia/governo-diz-que-esta-disposto-a-adotar-todas-acoes-necessarias-para-preservar-direitos-no-caso-do-aco-com-os-eua.ghtml







MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (02/05/2018) - Comunicando.

"O governo informou nesta quarta-feira (2) que os EUA interromperam as negociações e decidiram aplicar medidas restritivas para a importação de aço e alumínio brasileiro que estavam temporariamente suspensas.

Entretanto, isso não acontecerá de forma imediata, uma vez que, em 30 de abril, o governo dos EUA informou decisão de estender a isenção temporária estabelecida para o Brasil, em vigor desde 23 de março de 2018, das sobretaxas sobre aço e alumínio." (Fonte: O Globo G1)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://g1.globo.com/economia/noticia/governo-diz-que-esta-disposto-a-adotar-todas-acoes-necessarias-para-preservar-direitos-no-caso-do-aco-com-os-eua.ghtml







MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (02/05/2018) - Comunicando.

"O governo Trump decidiu fixar cotas para produtos siderúrgicos semiacabados exportados pelo Brasil. Na prática, as siderúrgicas nacionais deverão ganhar isenção definitiva da sobretaxa aplicada pelos Estados Unidos, mas, para garantir o benefício, terão que se comprometer com uma cota equivalente ao volume médio vendido ao mercado americano nos últimos três anos. O que ficar dentro desse limite não pagará tarifa extra de 25%. Entre todos os cenários analisados em Brasília, esse era um dos melhores, já que os semiacabados representaram cerca de 80% da exportação de US$ 2,63 bilhões de aço brasileiro aos EUA no ano passado. Já os produtos acabados terão cota e redutor." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.valor.com.br/internacional/5495367/eua-fixam-cotas-para-aco-brasileiro







MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (02/05/2018) - Comunicando.

"O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, adiou para até 1º de junho a imposição de tarifas de importação de aço e alumínio produzidos no Canadá, União Europeia e México e alcançou acordos em princípio com Argentina, Austrália e Brasil, informou a Casa Branca. " (Fonte: Reuters)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://br.reuters.com/article/businessNews/idBRKBN1I22K9-OBRBS







VALE - (26/04/2018) - Comunicando.

"Com a ajuda dos desinvestimentos da área de fertilizantes e também pela conclusão do Project Finance de Moçambique, a Vale conseguiu reduzir sua dívida líquida em 35% em um ano para US$ 14,901 bilhões. Em relação ao trimestre imediatamente anterior houve uma redução de 18%." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://www.istoedinheiro.com.br/divida-liquida-da-vale-no-fim-de-marco-alcanca-us-14901-bi/







VALE - (26/04/2018) - Comunicando.

"A Vale (VALE3) registrou lucro líquido de US$ 1,59 bilhão entre janeiro e março, o que corresponde a uma queda de 36% em relação ao primeiro trimestre do ano anterior, quando atingiu a marca de US$ 2,49 bilhões. De acordo com balanço divulgado pela companhia na noite desta quarta-feira (25), o lucro líquido atribuível a sócios foi de US$ 1,59 bilhões, contra US$ 2,49 bilhões na mesma base de comparação.

O Ebitda (Lucros antes de juros, impostos, depreciação e amortização) ajustado ficou em US$ 3,971 bilhões -- uma queda de 7,82% ante os US$ 4,308 bilhões do primeiro trimestre do ano passado." (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.infomoney.com.br/vale/noticia/7391961/lucro-vale-cai-trimestre-2018-marca-bilhao







MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (26/04/2018) - Com um problema fiscal crônico e vários escândalos, acho difícil o governo priorizar uma proteção ao setor siderúrgico nacional.

"O governo brasileiro rejeitou pedido para investigar suposta prática de dumping nas exportações para o Brasil de tubos de aço carbono da China e da Coreia do Sul, por não ter encontrado indícios de dano à indústria local, de acordo com circular da Secretaria de Comércio Exterior publicada nesta quarta-feira." (Fonte: Exame)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://exame.abril.com.br/economia/secex-rejeita-pedido-para-investigar-dumping-de-aco/







MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (25/04/2018) - Comunicando.

"A menos de uma semana do fim da isenção temporária que as siderúrgicas brasileiras conseguiram às tarifas impostas pelos EUA, a indústria não investe apenas na negociação fora do país, mas também pressiona o governo para também criar mais barreiras de proteção e regras de conteúdo local." (Fonte: Folha)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www1.folha.uol.com.br/mercado/2018/04/apos-tarifas-dos-eua-industria-de-aco-brasileira-pressiona-governo-por-mais-protecao.shtml







MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (25/04/2018) - Comunicando.

"As vendas de aços planos pela rede associada ao Instituto Nacional dos Distribuidores de Aço (Inda) chegaram a 262,9 mil toneladas em março, informou a entidade nesta terça-feira. Em relação ao mesmo período do ano passado, esse volume representa alta de 3,4%.

Em relação a fevereiro, as vendas subiram 1,2% e as compras, 10%. A projeção do instituto no mês passado era de que os dois indicadores avançassem cerca de 9%. As compras, em relação a março de 2017, recuaram 1,3%, para 283,7 mil toneladas no mês, na comparação anual.

Ainda segundo o Inda, as importações das distribuidoras foram de 123,6 mil toneladas no mês passado, aumento de 12,3% frente ao mesmo período de 2017. Na comparação com o mês imediatamente anterior, houve forte alta de 103,2%.

Com esse desempenho, a rede distribuidora fechou março com estoques de 887,3 mil toneladas, 2,4% acima de fevereiro. O giro desse volume armazenado é de 3,4 meses.

No trimestre, as vendas de aços planos pelas distribuidoras totalizaram 806,5 mil toneladas 13,8% a mais em comparação anual. Mesmo frente aos últimos três meses de 2017, houve crescimento de 7,6%." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.valor.com.br/empresas/5478659/vendas-de-acos-planos-sobem-34-em-marco-informa-entidade







VALE - (24/04/2018) - Comunicando.

"A mineradora Vale informou nesta sexta-feira que a Justiça Federal prorrogou para 25 de junho o prazo para a celebração de um acordo final relacionado a ações movidas contra a Samarco, por conta do rompimento de uma barragem da empresa que provocou o maior desastre socioambiental do Brasil e 19 mortes, em Mariana (MG), em 2015." (Fonte: Reuters)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://br.reuters.com/article/businessNews/idBRKBN1HR37R-OBRBS







VALE - (17/04/2018) - Não gostei muito dos números não.

"As vendas de minério de ferro da Vale cresceram 9 por cento entre janeiro e março deste ano, ante o mesmo período de 2017. Em relação ao quarto trimestre de 2017, houve uma queda de 10,9 por cento nas vendas.A produção de minério de ferro, por sua vez, caiu 4,9 por cento no primeiro trimestre ante o mesmo período de 2017. Na comparação com o quarto trimestre de 2017, a produção caiu 12,2 por cento." (Fonte: Reuters)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://br.reuters.com/article/businessNews/idBRKBN1HN1KJ-OBRBS







VALE - (16/04/2018) - Não gostei muito dos números não.

"As vendas de minério de ferro da Vale cresceram 9 por cento entre janeiro e março deste ano, ante o mesmo período de 2017. Em relação ao quarto trimestre de 2017, houve uma queda de 10,9 por cento nas vendas.A produção de minério de ferro, por sua vez, caiu 4,9 por cento no primeiro trimestre ante o mesmo período de 2017. Na comparação com o quarto trimestre de 2017, a produção caiu 12,2 por cento." (Fonte: Reuters)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://br.reuters.com/article/businessNews/idBRKBN1HN1KJ-OBRBS







VALE - (16/04/2018) - Comunicando.

"A Vale registrou uma produção de 82 milhões de toneladas de minério no primeiro trimestre de 2018, acima da projeção mediana de 75,4 milhões de toneladas da commodity de analistas consultados pela Bloomberg, mas em queda de 4,9% na base anual.

A produção ficou 4,2 milhões de toneladas e 11,4 milhões de toneladas abaixo do primeiro trimestre de 2017 e quarto trimestre de 2017, respectivamente, devido principalmente à decisão da gestão do segundo trimestre de 2017 de reduzir a produção de minério de baixa qualidade, diz a empresa, "reforçando o posicionamento da Vale como produtor premium e resultando na maior realização de preços e melhor margem desde o primeiro trimestre"." (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.infomoney.com.br/mercados/acoes-e-indices/noticia/7377210/vale-produz-milhoes-toneladas-minerio-tri-novos-nomes-para-brf







VALE - (16/04/2018) - Comunicando.

"As reservas totais de minério de ferro da mineradora Vale caíram 3,2 por cento em 2017 em relação ao ano anterior, para 17,85 bilhões de toneladas, segundo relatório 20F publicado pela empresa para atender à regulamentação do mercado norte-americano de capitais. " (Fonte: Exame)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://exame.abril.com.br/negocios/reservas-de-minerio-de-ferro-da-vale-caem-32-em-2017/







MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (13/04/2018) - Comunicando.

"Em reunião com o ministro das Relações Exteriores, Aloysio Nunes, o secretário de Comércio dos EUA, Wilbur Ross, afirmou que a maneira mais rápida de o Brasil conseguir isenção permanente das tarifas sobre o aço brasileiro é concordar com restrição voluntária de exportações e estabelecimento de cotas, semelhante ao que foi negociado pela Coreia do Sul.

Brasil, Coreia do Sul, Argentina, Austrália e UE tiveram as tarifas de 25% sobre aço e 10% sobre o alumínio suspensas até 30 de abril, enquanto negociam a exclusão definitiva das sobretaxas. Os EUA são os maiores compradores de aço brasileiro, e as tarifas podem gerar perda anual de US$ 1,1 bilhão." (Fonte: Folha)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www1.folha.uol.com.br/mercado/2018/04/eua-indicam-que-vao-exigir-cotas-do-aco-do-brasil.shtml







VALE - (12/04/2018) - Ruim para a Vale.

"O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) decidiu nesta quarta-feira avaliar mais de perto a venda do complexo de fertilizantes da Vale para a Yara InternationalASA, voltando atrás em uma decisão anterior que aprovou o acordo sem restrições. A norueguesa Yara, líder do setor no país, fechou acordo em novembro para comprar o complexo de fertilizantes da gigante da mineração Vale em Cubatão (SP), por 255 milhões de dólares em dinheiro." (Fonte: Reuters)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://br.reuters.com/article/businessNews/idBRKBN1HI3CK-OBRBS







VALE - (05/04/2018) - Comunicando.

"Previ, caixa de previdência dos empregados do Banco do Brasil, não deve vender suas ações da Vale em oferta pública este ano, disse uma fonte à Reuters. " (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.infomoney.com.br/mercados/acoes-e-indices/noticia/7363719/previ-nao-deve-vender-acoes-vale-2018-recomendacoes-mais-destaques







VALE - (05/04/2018) - Comunicando.

"A ação da Vale refletiu o efeito da forte queda do minério (de cerca de 4% em Dalian) após a China anunciar planos de impor tarifas de 25% a US$ 50 bilhões em produtos dos EUA, incluindo soja, carros, aviões e produtos químicos. A iniciativa veio um dia depois de Washington revelar que pretende taxar produtos chineses também estimados em US$ 50 bilhões. As siderúrgicas também tiveram queda, caso de Usiminas (USIM5), CSN (CSNA3) e Gerdau (GGBR4)." (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.infomoney.com.br/mercados/acoes-e-indices/noticia/7363670/educacional-salta-vale-cai-com-guerra-comercial-acoes-reagem-recomendacoes







VALE - (02/04/2018) - Comunicando.

"A Vale (VALE3) divulgou na noite desta quinta-feira (29) sua nova política para pagamento de dividendos aos acionistas, que passará a valer a partir da divulgação do resultado do primeiro trimestre deste ano. A partir de agora, a mineradora pagará duas parcelas semestrais, uma em setembro e outra em março do ano seguinte.

Além disso, o Conselho de Administração poderá anunciar juros sobre o capital próprio no mês de dezembro de cada ano, para pagamento em março do ano seguinte, em valores que serão reduzidos do valor da parcela de março. A Vale também informou que ainda poderá fazer pagamentos extraordinários de dividendos.

Outra mudança feita pela empresa será de que agora o valor a ser pago será de 30% do Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização, na sigla em inglês) ajustado menos o Investimento Corrente registrado no resultado do primeiro semestre, para a parcela de setembro, e no balanço do segundo semestre, para a parcela de março." (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.infomoney.com.br/vale/noticia/7353810/vale-muda-politica-dividendos-pagamento-passa-depender-ebitda-semestral







MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (27/03/2018) - Barreiras aumentando no mundo e acho que isso é bastante ruim para as siderúrgicas nacionais. CUIDADO com ações do setor.

"A União Europeia deu início a um estudo na segunda-feira (26) para avaliar se as tarifas de importação impostas pelo presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, sobre o aço justificam medidas para impedir que os produtores asiáticos, predominantemente, inundem a Europa com o produto. A UE está preocupada com a possibilidade de os fabricantes de aço sujeitos às tarifas dos EUA desviarem seus produtos para a Europa, levando a um aumento das importações. " (Fonte: O Globo G1)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://g1.globo.com/economia/noticia/ue-inicia-estudo-sobre-possiveis-limites-a-importacao-de-aco.ghtml







MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (26/03/2018) - Como estou falando há algum tempo.

"O governo montou um sistema de monitoramento especial para acompanhar, em detalhe e em tempo real, como estão as importações dos produtos atingidos pela decisão dos Estados Unidos de sobretaxar suas compras de aço em 25% e as de alumínio em 10%. A ordem é adotar medidas caso haja oscilações importantes no ingresso desses produtos no Brasil.

Há uma preocupação, no governo e no setor privado, quanto ao que pode acontecer com os produtos que “sobrarem” no mercado com a eventual redução das importações pelos Estados Unidos. Empresas brasileiras de aço e alumínio temem uma inundação e cobram mais proteção." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://www.istoedinheiro.com.br/industria-do-aco-teme-inundacao-de-importacoes/







MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (26/03/2018) - Comunicando.

"Um organismo independente dos Estados Unidos freou, nesta sexta-feira (23), as medidas protecionistas da Casa Branca impostas ao silício metálico importado de quatro países, entre eles o Brasil.No ano passado, o Departamento de Comércio impôs provisoriamente medidas compensatórias sobre o silício metálico, usado para fabricar painéis solares e microchips, proveniente de Brasil, Austrália, Noruega e Cazaquistão. Contudo, a Comissão de Comércio Internacional dos Estados Unidos, um organismo bipartidário e independente, disse que as importações do produto, que foram de 137,5 milhões de dólares em 2016, não prejudicam empresas americanas." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://www.istoedinheiro.com.br/comissao-dos-eua-bloqueia-taxas-de-trump-a-silicio-do-brasil/







MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (23/03/2018) - Comunicando.

"Um organismo independente dos Estados Unidos freou, nesta sexta-feira (23), as medidas protecionistas da Casa Branca impostas ao silício metálico importado de quatro países, entre eles o Brasil.No ano passado, o Departamento de Comércio impôs provisoriamente medidas compensatórias sobre o silício metálico, usado para fabricar painéis solares e microchips, proveniente de Brasil, Austrália, Noruega e Cazaquistão. Contudo, a Comissão de Comércio Internacional dos Estados Unidos, um organismo bipartidário e independente, disse que as importações do produto, que foram de 137,5 milhões de dólares em 2016, não prejudicam empresas americanas." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://www.istoedinheiro.com.br/comissao-dos-eua-bloqueia-taxas-de-trump-a-silicio-do-brasil/







MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (23/03/2018) - Será que o Brasil passará a importar mais aço da China e a competitividade vai reduzir a lucratividade das empresas do setor em nosso país?

"governo brasileiro estabeleceu um sistema de monitoramento das importações de aço para detectar possíveis aumentos na importação do produto, informou ontem o presidente executivo do Instituto Aço Brasil, Marco Polo de Mello Lopes, citando conversa sobre o tema com o presidente Michel Temer. Lopes explicou que a decisão dos Estados Unidos de sobretaxar em 25% as importações de aço deve provocar - numa estimativa preliminar - desvio no fluxo de comércio do produto da ordem de 25 milhões de toneladas, quantidade que deve ser direcionada para outros mercados. Temer se comprometeu a ligar no máximo até hoje para o presidente americano Donald Trump para falar sobre o assunto. Pelas contas de Lopes, os Estados Unidos importam hoje 35 milhões de toneladas de aço e exportam dez milhões de toneladas do produto. O desvio de fluxo de comércio seria resultado dessa diferença, explicou." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.valor.com.br/empresas/5403923/curta







MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (23/03/2018) - Boa notícia para as siderúrgicas nacionais, embora elas não sejam grandes exportadoras para os EUA.ENTRETANTO é MUITO importante assinalar que elas podem aumentar as exportações ocupando o espaço deixado por outros países produtores como a China. Isso já aconteceu se não me engano no princípio dos anos 2000 e pode voltar a acontecer deixando bastante atraente ser sócio de empresas desse setor.

"Em audiência no Congresso, o representante de comércio dos EUA, Robert Lighthizer, anunciou que Brasil, Coreia do Sul, Argentina, Austrália e UE, além dos anteriormente anunciados Canadá e México, terão as tarifas sobre aço e alumínio suspensas enquanto negociam a exclusão definitiva das sobretaxas, até 30 de abril.

Segundo Lighthizer, esses países ficarão temporariamente isentos das sobretaxas de 25% sobre aço e 10% sobre alumínio enquanto os governos dos países negociam a exclusão definitiva." (Fonte: Folha)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www1.folha.uol.com.br/mercado/2018/03/representante-comercial-dos-eua-diz-que-tarifa-ao-aco-do-brasil-esta-suspensa.shtml







MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (22/03/2018) - Comunicando.

"O presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI), disse nesta quarta-feira, 21, que a notícia de que o Brasil poderia ficar fora da sobretaxa do aço enquanto são feitas negociações é “muito positiva”. “Vamos ter que nos preparar para mostrar que o aço brasileiro ajuda a indústria americana, porque é matéria-prima para eles”, afirmou, após participar de reunião do Conselho Desenvolvimento Econômico e Social (CDES). Mais cedo, o presidente Michel Temer disse que recebeu a informação do governo norte-americano de que a sobretaxa de 25% sobre produtos siderúrgicos não será aplicada enquanto as conversações não forem concluídas." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://www.istoedinheiro.com.br/cni-comemora-noticia-de-que-brasil-podera-ficar-fora-da-sobretaxa-do-aco/







VALE - (22/03/2018) - Comunicando.

"Fundos de pensão brasileiros liderados pela Previ planejam vender de 10 a 12,5 por cento de suas participações na mineradora Vale por meio de uma oferta pública de ações, disseram quatro fontes com conhecimento do assunto.

Essa venda pode atingir até 8 bilhões de reais se o BNDESPAr, braço de investimentos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), também vender parte de sua fatia na Vale, adicionaram as fontes, que pediram anonimato pois as conversas ainda são privadas.

Uma venda conjunta entre os fundos de pensão e o BNDESPar poderia envolver entre 2,9 e 3,6 por cento do capital total da empresa, acrescentaram as fontes." (Fonte: Reuters)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://br.reuters.com/article/businessNews/idBRKBN1GX2U3-OBRBS







MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (20/03/2018) - Comunicando.

"A produção brasileira de aço bruto em fevereiro somou 2,714 milhões de toneladas, crescimento de 5,5 por cento sobre o resultado de um ano antes, informou nesta segunda-feira o Instituto Aço Brasil (IABr). As vendas de aço no mercado interno, enquanto isso, foram de 1,414 milhões de toneladas, alta de 14,3 por cento na comparação anual." (Fonte: Exame)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://exame.abril.com.br/economia/producao-de-aco-bruto-no-pais-em-fevereiro-sobe-ante-ano-anterior/







MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (16/03/2018) - Comunicando.

"Os Estados Unidos suspeitam que o Brasil esteja praticando triangulação de aço chinês. O setor siderúrgico brasileiro nega, mas a desconfiança pode servir de pretexto para não excluir o país do grupo de nações que terão o produto sobretaxado.

A prática de triangulação — importar aço da China e reexportar para o mercado americano — é uma das principais preocupações do governo dos EUA e deve ser um dos critérios usados nas negociações com os países exportadores." (Fonte: Folha)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://www1.folha.uol.com.br/mercado/2018/03/eua-suspeitam-que-brasil-compre-aco-da-china-para-depois-reexportar.shtml







MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (15/03/2018) - Comunicando.

"A indústria siderúrgica dos Estados Unidos foi estruturada de forma a depender da importação de produtos semiacabados e, por isso, a sobretaxa à importação desse tipo de produto pelo país não deverá ocorrer. A avaliação é do presidente da CSN, Benjamin Steinbruch." (Fonte: Estadão)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://economia.estadao.com.br/noticias/geral,nao-acredito-que-aco-semiacabado-sera-sobretaxado-diz-presidente-da-csn,70002226458







MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (14/03/2018) - Comunicando.

"A maior cidade produtora de aço da China, Tangshan, vai ordenar a algumas siderúrgicas que cortem a capacidade em até 50 por cento para melhorar a qualidade do ar depois que cortes colocados em prática durante o inverno expirarem neste mês, afirmou o governo nesta terça-feira." (Fonte: Exame)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://exame.abril.com.br/economia/polo-produtor-de-aco-na-china-aprofunda-cortes-de-capacidade/







MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (12/03/2018) - Comunicando.

"O Brasil foi o país mais afetado pela decisão do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, de criar uma cobrança extra à venda de aço para o país e, por isso, é provável que esse caso seja encaminhado para a Organização Mundial do Comércio (OMC). A medida aumenta em 25% a tarifa para importações do aço e o Brasil é o segundo país que mais negocia o produto com os EUA. O primeiro, o Canadá, e o terceiro, o México, foram isentados da cobrança por Trump por serem parceiros dos americanos no Nafta. Com isso, o Brasil se tornou o mais atingido pela medida do presidente americano." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.valor.com.br/internacional/5375321/brasil-foi-o-pais-mais-afetado-pela-nova-tarifa-sobre-o-aco-diz-cebri







MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (09/03/2018) - Comunicando.

"Trump assinou nesta tarde o decreto que cria a sobretaxa ao aço e alumínio importados, de 25% e 10%, respectivamente. Segundo fontes disseram para agência de notícias internacionais, o imposto começará a valer em 15 dias. Como esperado, México e Canadá - parceiros dos EUA no Nafta - estão isentos por um período indefinido. Além disso, Trump disse que a tarifa é flexível, permitindo ao presidente acrescentar ou tirar países da lista de quem tem que pagar a taxa." (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.infomoney.com.br/mercados/acoes-e-indices/noticia/7322618/trump-anuncia-sobretaxa-aco-derruba-vale-siderurgicas-leva-ibovespa-para







MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (06/03/2018) - Piorando a situação para a indústria do aço brasileira que terá sobretaxa enquanto outros países como o México não terá.

"O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, indicou nesta segunda-feira que Canadá e México podem ser excluídos da imposição norte-americana de tarifas de importação de aço e alumínio se os dois países assinarem um novo acordo de comércio e tomarem outras medidas." (Fonte: Exame)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://exame.abril.com.br/economia/trump-canada-e-mexico-podem-ser-excluidos-de-tarifas-sobre-aco/







VALE - (02/03/2018) -

A ação NÃO está arriscada como podemos ver nas relações Dívida Bruta / Pat Líq em 52% e a Dívida Liq / Ebit em 1.52 e embora o retorno dela medida pelo P/L de 13,51 (Fonte: Fundamentus) esteja um pouco pior do que o retorno oferecido pela Selic (P/L: 12.72), é interessante acompanhar as ações para comprar em um momento de correção técnica dos preços desde que o preço do minério de ferro não tenha uma queda intensa e estrutural.



"A Vale registrou lucro líquido de US$ 771 milhões no quarto trimestre deste ano, um aumento de 47% em relação ao mesmo período do ano passado, quando marcou US$ 525 milhões. Em relação ao acumulado de 2016, o lucro do ano passado saltou de US$ 3,98 bilhões para US$ 5,51 bilhões.

O Ebitda ajustado (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) no intervalo de setembro até dezembro foi a US$ 4,11 bilhões, 7% acima da expectativa do mercado de US$ 3,85 bilhões. A receita líquida foi de US$ 9,17 bilhões no período analisado, praticamente em linha com os US$ 9,14 bilhões projetados pelos analistas.

Além disso, a mineradora aprovou o pagamento de R$ 2,5 bilhões sob a forma de JCP (Juros sobre Capital Próprio) para seus acionistas, valor equivalente a R$ 0,4885117 por ação ordinária e de R$0,620920871 por ação preferencial. Farão jus ao recebimento da quantia os investidores com ações até o dia 6 de março." (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.infomoney.com.br/vale/noticia/7292364/lucro-vale-sobe-atinge-bilhoes-acumulado-2017







MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (02/03/2018) - Comunicando.

"O Brasil exportou no ano passado 5 milhões de toneladas de aço aos EUA, por um valor de US$ 2,5 bilhões." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.valor.com.br/internacional/5356841/medida-pode-afetar-us-25-bi-de-exportacao-do-brasil







MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (02/03/2018) - Notícia ruim para as empresas que exportam para os EUA e mesmo para as empresas nacionais, pois a China e outros países podem reduzir os preços do aço na tentativa de exportar para outros países como o Brasil.

"O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou nesta quinta-feira que seu governo vai definir tarifas de importação de aço e alumínio de 25% e 10%, respectivamente, na próxima semana. " (Fonte: O Globo G1)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://g1.globo.com/economia/noticia/trump-diz-que-eua-vao-impor-tarifas-de-25-para-aco-e-de-10-para-aluminio.ghtml







VALE - (28/02/2018) - Comunicando.

"A Vale registrou lucro líquido de US$ 771 milhões no quarto trimestre deste ano, um aumento de 47% em relação ao mesmo período do ano passado, quando marcou US$ 525 milhões. Em relação ao acumulado de 2016, o lucro do ano passado saltou de US$ 3,98 bilhões para US$ 5,51 bilhões.

O Ebitda ajustado (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) no intervalo de setembro até dezembro foi a US$ 4,11 bilhões, 7% acima da expectativa do mercado de US$ 3,85 bilhões. A receita líquida foi de US$ 9,17 bilhões no período analisado, praticamente em linha com os US$ 9,14 bilhões projetados pelos analistas.

Além disso, a mineradora aprovou o pagamento de R$ 2,5 bilhões sob a forma de JCP (Juros sobre Capital Próprio) para seus acionistas, valor equivalente a R$ 0,4885117 por ação ordinária e de R$0,620920871 por ação preferencial. Farão jus ao recebimento da quantia os investidores com ações até o dia 6 de março." (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.infomoney.com.br/vale/noticia/7292364/lucro-vale-sobe-atinge-bilhoes-acumulado-2017







MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (27/02/2018) - Comunicando.

"De acordo com informações da Bloomberg, o presidente dos EUA Donald Trump informou quer "uma tarifa global de 24% sobre as importações de aço", o que não foi Oficialmente confirmado. Vale ressaltar que as ações da Gerdau já sobem 15% em fevereiro e 34% neste ano. Essa medida seria a mais severa das três opções que lhe foram apresentadas em um relatório em janeiro. Segundo o BTG Pactual, se confirmada, essa seria uma notícia positiva para a Gerdau. " (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.infomoney.com.br/mercados/acoes-e-indices/noticia/7286559/hypera-reverte-prejuizo-lucra-445-noticias-petrobras-eletrobras-boas-novas







MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (27/02/2018) - Comunicando.

"A produção mundial de aço bruto subiu 0,8 por cento em janeiro sobre mesmo período de 2017, para 139 milhões de toneladas, informou a associação World Steel Association, que representa usinas siderúrgicas, nesta segunda-feira. Na semana passada, o Instituto Aço Brasil (IABr), que representa produtores de aço brasileiros, informou alta de 1,3 por cento na produção da liga no país em janeiro na comparação anual, para 2,866 milhões de toneladas.
" (Fonte: Exame)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://exame.abril.com.br/economia/producao-mundial-de-aco-sobe-08-em-janeiro-sobre-um-ano-antes/







MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (21/02/2018) - Comunicando.

"O consumo aparente de produtos siderúrgicos totalizou 1,6 milhão de toneladas no país em janeiro, informou o Instituto Aço Brasil. O índice reúne tanto os produtos nacionais quanto os estrangeiros. Em relação ao mesmo período do ano passado, a alta foi de 12,7%.

Segundo os dados da entidade, as usinas venderam internamente 1,42 milhão de toneladas, 14,2% a mais em comparação anual. O ganho mais expressivo veio em laminados longos, com alta de 17,3%, para 563 mil toneladas. Em aço plano, o crescimento foi de 12%, para 828 mil toneladas. Ao mesmo tempo, as importações subiram 3,8%, para 217 mil toneladas.

No caso das vendas externas das empresas, o volume totalizou 1,17 milhão de toneladas, ou crescimento de 13,9% na mesma comparação." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.valor.com.br/empresas/5336363/vendas-de-aco-sobem-127-no-brasil-em-janeiro







MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (19/02/2018) - Ruim para o setor.

"O governo de Donald Trump avalia a imposição de tarifas e cotas para limitar as importações de aço e alumínio em nome da “segurança nacional”. A medida pode afetar as exportações brasileiras. O Brasil está na lista de 12 países que podem receber a sanção mais severa, com a colocação de uma tarifa de importação de 53%. Outra recomendação seria uma tarifa global de 24%. Agora, Trump precisa deliberar sobre as propostas." (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.infomoney.com.br/mercados/acoes-e-indices/noticia/7276892/seguridade-lucra-941-tri-mais-balancos-suzano-fibria-confirmam-conversas







VALE - (19/02/2018) - Comunicando.

"A produção de níquel da Vale caiu 7,3 por cento em 2017 ante 2016, para 288,2 mil de toneladas, puxando para baixo as vendas do produto ao longo do ano passado, impactada principalmente por operações no Canadá, informou a empresa nesta sexta-feira.

A produção de minério de ferro da Vale atingiu um recorde no ano passado de 366,5 milhões de toneladas, alta de 5,1 por cento ante 2016, enquanto as vendas sofreram uma leve queda, diante da estratégia da empresa de elevar margens reduzindo a oferta de menor qualidade. Entretanto, a maior produtora global de minério de ferro revelou que as vendas da commodity em 2017 caíram 0,7 por cento ante 2016, para 291,329 milhões de toneladas, enquanto os volumes misturados (“blendagem”) em suas operações na Ásia cresceram." (Fonte: Reuters)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://br.reuters.com/article/businessNews/idBRKCN1G01AV-OBRBS







VALE - (19/02/2018) - Comunicando.

"A mineradora Vale informou neste sábado que as operações da Estrada de Ferro Carajás (PA) foram normalizadas, após notícias de que a ferrovia tinha sido interrompida desde quinta-feira devido ao descarrilamento de um trem de carga." (Fonte: Reuters)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://br.reuters.com/article/businessNews/idBRKCN1G10IT-OBRBS







VALE - (16/02/2018) - Comunicando.

"A Vale apresentou o relatório de produção do quarto trimestre de 2017, registrando produção de minério de 93,4 milhões de toneladas no período, alta de 1,1% na base de comparação anual, acima da estimativa de 87 milhões de toneladas de analistas consultados pela Bloomberg." (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.infomoney.com.br/mercados/acoes-e-indices/noticia/7274620/suzano-fibria-voltam-discutir-fusao-vale-tem-producao-acima-esperado







VALE - (16/02/2018) - Comunicando.

"Já sobre a Vale, o Itaú BBA afirmou que os acionistas controladores da mineradora podem vender de R$ 13 bi a R$ 17 bi em ações após o lock-up de 6 meses estabelecido no acordo de acionistas de agosto de 2017, que acabou esta semana." (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.infomoney.com.br/mercados/acoes-e-indices/noticia/7274583/assuntos-que-vao-agitar-mercados-nesta-sexta-feira







MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (14/02/2018) - Comunicando.

"Depois de anunciar reajustes de preço para a distribuição do aço no mês passado e conseguir aumentos nos contratos anuais com as montadoras, a Usiminas está negociando também repassar esses preços à indústria, disse Sérgio Leite, presidente da companhia. Ao setor automotivo, o aumento girou em torno de 20% e esse é o mesmo nível que a companhia espera emplacar à indústria." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.valor.com.br/empresas/5317351/usiminas-negocia-reajuste-de-precos-industria-diz-presidente







MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (08/02/2018) - Comunicando.

"As importações de petróleo, de minério de ferro e de cobre da China subiram na comparação anual de janeiro, segundo dados preliminares divulgados hoje pela Administração Geral de Alfândega do país.

No mês passado, as compras chinesas de petróleo bruto registraram avanço anual de 19%, a 40,64 milhões de toneladas, enquanto as importações de minério de ferro aumentaram 9,1%, a 100,34 milhões de toneladas, e as de cobre tiveram acréscimo de 17%, a 443 mil toneladas." (Fonte: Exame)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://exame.abril.com.br/economia/china-amplia-importacoes-de-petroleo-minerio-e-cobre-em-janeiro/







MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (06/02/2018) - Comunicando.

"A indústria siderúrgica europeia tem até 20% de excesso de capacidade produtiva e precisa estar preparada para fechar fábricas se não quiser ser superada por rivais externas de menor custo, segundo o executivo-chefe do grupo austríaco Voestalpine, Wolfgang Eder. Ele disse que cerca de 20% da capacidade na região é desnecessária e que o setor deveria fechar usinas e, ao mesmo tempo, direcionar seu foco à fabricação de produtos de maior valor agregado em vez do metal em forma de commodities" (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.valor.com.br/empresas/5308379/excesso-de-aco-na-europa-e-de-20-diz-ceo-da-voestalpine







MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (05/02/2018) - Comunicando.

"O minério de ferro fechou ontem com queda de 0,1%, cotado a US$ 72,88 a tonelada, no quinto dia seguido de queda. O levantamento é da "Metal Bulletin", com referência no produto de pureza média de 62% entregue no porto chinês de Qingdao. O motivo da queda seria a desconfiança sobre a sustentabilidade dos altos níveis da commodity. Após subir em janeiro pelo terceiro mês consecutivo - uma leve alta de 0,4% -, é possível que em fevereiro já se inicie a virada de tendência. Mesmo assim, no ano até agora, a cotação média é de US$ 75,70, ante US$ 65,50 no quarto trimestre e US$ 71,42 em 2017 como um todo." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.valor.com.br/empresas/5301077/curtas







MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (31/01/2018) - Comunicando.

"A Câmara de Comércio Exterior (Camex) reduziu para 2%, por um período de 12 meses, a alíquota do Imposto de Importação incidente sobre três ex-tarifários: anidro para fabricação de detergentes em pó por secagem em torre spray e por dry mix; chapas e tiras, folheadas ou chapeadas em uma ou em ambas as faces, obtidas por laminação de chapas de diferentes ligas de alumínio; e folhas e tiras, folheadas ou chapeadas em uma ou em ambas as faces, obtidas por laminação de folhas de diferentes ligas de alumínio." (Fonte: Exame)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://exame.abril.com.br/economia/camex-reduz-taxa-de-importacao-de-anidro-e-de-chapas-de-aluminio/







VALE - (31/01/2018) - Comunicando.

"A mineradora brasileira Vale busca vender cobalto ainda não explorado por centenas de milhões de dólares para investidores, à medida que a especulação aumenta em relação à escassez do metal necessário para fabricação de baterias, afirmaram fontes familiarizadas com o assunto. Os preços subiram em torno de 150 por cento desde o início do ano passado, para cerca de 80 mil dólares a tonelada, estimulados em parte pelo nervosismo quanto à dependência do maior produtor de cobalto, a República Democrática do Congo, país afetado por questões de ilegalidade e conflitos." (Fonte: Exame)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://exame.abril.com.br/negocios/vale-trabalha-em-acordo-inedito-para-venda-de-cobalto-canadense/







MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (23/01/2018) - Comunicando.

"A produção de aço bruto em 2017 foi de 34,4 milhões de toneladas, alta de 9,9% ante 2016, informou nesta segunda-feira, 22, o Instituto Aço Brasil (IABr). Somada à produção de aço bruto, a de laminados foi de 22,4 milhões de toneladas, uma expansão de 7,2% frente ao ano anterior. A produção atendeu à demanda externa, com expansão nas exportações, mas as importações também chamaram a atenção no ano passado.

Conforme a IABr, as vendas internas cresceram 2,3% em 2017 ante 2016, atingindo 16,9 milhões de toneladas. Com isso, o consumo aparente nacional de produtos siderúrgicos foi de 19,2 milhões de toneladas ano passado, crescimento de 5,3% em relação a 2016. Consumo aparente corresponde ao total da produção adicionada das importações e subtraída das exportações.

No comércio internacional, as importações cresceram 23,9% em 2017 frente ao ano anterior, totalizando 2,3 milhões de toneladas, informou o IABr. Em valores, as importações somaram US$ 2,2 bilhões, avanço de 32,7% na mesma base de comparação. Já as exportações foram de 15,4 milhões de toneladas ou US$ 8,0 bilhões, expansão de 14,3% em volume e de 43,9% em valor na comparação com 2016." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://www.istoedinheiro.com.br/producao-de-aco-bruto-tem-alta-de-99-em-2017-para-343-milhoes-de-toneladas/







MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (19/01/2018) - Comunicando.

"A Câmara de Comércio Exterior (Camex) reconheceu ontem que a Rússia e a China estariam diminuindo artificialmente os preços do aço vendido ao Brasil, mas optou por não aplicar imediatamente sobretaxa sobre os produtos importados dos dois países. A alegação é a de que as importações já caíram de forma significativa nos últimos dois anos. Prevaleceu, também, nova abordagem do Ministério da Fazenda em casos antidumping: além da prática desleal de comércio, o governo vai considerar questões como impacto na inflação e concorrência no mercado local. O Instituto Aço Brasil, que representa o setor, elogiou a decisão, apesar da não aplicação imediata.
" (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.valor.com.br/brasil/5267335/sobretaxa-do-aco-passa-mas-fica-no-papel







MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (19/01/2018) - Comunicando.

"Restrições à produção de aço no norte da China durante o inverno prejudicaram a demanda pelo minério de ferro, o que levou à sequência de baixas, mas apesar desses cortes a produção chinesa de aço atingiu um recorde de 831,7 milhões de toneladas no ano passado, alta de 5,7 por cento, segundo dados do governo.

O contrato mais negociado do minério de ferro para entrega em maio na Bolsa de Dalian fechou em alta de 1,4 por cento, a 537 iuanes (83 dólares) a tonelada. O contrato tocou uma mínima em duas semanas e meia de 525,50 iuanes na quarta-feira." (Fonte: Reuters)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://br.reuters.com/article/businessNews/idBRKBN1F71LV-OBRBS







VALE - (16/01/2018) - Comunicando.

"A Justiça Federal condenou a mineradora Vale a reparar danos ambientais que teriam sido causados por operações da empresa a um território quilombola em Moju, no nordeste do Pará, informou o Ministério Público Federal no Pará nesta segunda-feira." (Fonte: Reuters)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://br.reuters.com/article/businessNews/idBRKBN1F42LP-OBRBS







VALE - (16/01/2018) - Comunicando.

"O Ministério Público Federal (MPF) no Rio de Janeiro recomendou a suspensão de serviços de dragagem de manutenção em andamento em um terminal de minério de ferro da Vale em Sepetiba (RJ), após um vírus levar à morte de quase 200 botos-cinza na região." (Fonte: Reuters)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://br.reuters.com/article/businessNews/idBRKBN1F42MU-OBRBS







MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (15/01/2018) - Comunicando.

"O contrato de minério de ferro mais comercializado na Bolsa de Dalian caiu 2 por cento, a 536,50 iuanes (83 dólares) por tonelada.

O vergalhão de aço mais negociado na Bolsa de Xangai fechou com queda de 0,1 por cento a 3.802 iuanes por tonelada, bem longe da mínima do dia de 3.749 iuanes." (Fonte: Reuters)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://br.reuters.com/article/businessNews/idBRKBN1F417O-OBRBS







VALE - (15/01/2018) - Comunicando.

"Segundo fontes ouvidas pela Bloomberg, a BHP Billiton está pedindo à Vale cerca de US$ 1 bilhão por sua participação de 50% na Samarco. A avaliação considera que a BHP continuaria a assumir a sua parte dos passivos remanescentes associados ao acidente com a barragem da Samarco ocorrido em 2015, disseram as pessoas. A BHP também está pedindo para receber royalties pela vida da mina, segundo as fontes. Nenhuma das três empresas quis comentar." (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.infomoney.com.br/mercados/acoes-e-indices/noticia/7207493/impasse-com-eletrobras-petrobras-pode-custar-recomendacoes-mais-destaques







VALE - (15/01/2018) - Ruim para a Vale.

"Os embarques de minério de ferro da Vale provavelmente caíram no quarto trimestre, enquanto os dos seus dois maiores concorrentes, Rio Tinto e BHP Billiton, aumentaram, de acordo com um relatório da equipe do Bernstein liderada pelo analista Paul Gait.

Bernstein estima que o total de embarques de minério de ferro observado foi de 321,2 milhões de toneladas métricas no quarto trimestre, +3,4% em relação ao 3T e 0,7% a/a, segundo nota desta quinta-feira. A Vale embarcou 93,6 milhões, queda de 2,2% na base anual, a Rio Tinto embarcou 88,5 milhões, alta de 0.8% e a BHP embarcou 71,4 milhões, alta de 3,2% na mesma base de comparação. " (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.infomoney.com.br/mercados/acoes-e-indices/noticia/7204437/outro-obstaculo-para-acordo-embraer-boeing-petrobras-reduz-precos-noticia







MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (10/01/2018) - Comunicando.

"O contrato mais ativo de minério de ferro na Bolsa de Dalian fechou em alta de 3,5 por cento, a 560,5 iuanes (86,19 dólares) por tonelada, após tocar uma máxima de 562,5 iuanes, maior nível desde 13 de setembro.

Enquanto isso, o contrato mais ativo do vergalhão de aço na Bolsa de Xangai se recuperou após três dias de queda e avançou 1,3 por cento, 3.819 iuanes por tonelada." (Fonte: Reuters)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://br.reuters.com/article/businessNews/idBRKBN1EY16U-OBRBS







VALE - (09/01/2018) - Comunicando.

"A Vale anunciou na véspera a conclusão da venda da Vale Fertilizantes para a Mosaic, conforme havia anunciado em fato relevante de 2 de janeiro. Na ocasião, a Vale informou que alguns ajustes finais tinham sido realizados nos termos e condições da transação. A Vale decidiu reter participação acionária no terminal portuário Tiplam, no Porto de Santos, da VLI, que anteriormente estava incluída na transação.

A Vale receberá cerca de US$ 1,15 bilhão mais 34,2 milhões de ações da Mosaic, representando 8,9% do capital total da Mosaic após a emissão de ações. Anteriormente, a transação tinha um valor estimado de US$ 2,5 bilhões, metade em dinheiro e metade em ações. " (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.infomoney.com.br/mercados/acoes-e-indices/noticia/7196513/petrobras-registra-acidente-plataforma-com-ferido-csn-pode-desfazer-fatia







VALE - (04/01/2018) - Comunicando.

"Segundo fontes ouvidas pela Bloomberg, a Vale e a BHP Billiton estão em negociações sobre o futuro de sua joint venture Samarco, incluindo uma opção que dá controle total à mineradora brasileira. A agência informou que a Vale e a BHP não responderam imediatamente aos pedidos de comentários por telefone e e-mail fora do horário comercial." (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.infomoney.com.br/mercados/acoes-e-indices/noticia/7183909/petrobras-fecha-acordo-nos-eua-ministro-aval-para-acordo-embraer







VALE - (03/01/2018) - Comunicando.

"Já no radar da Vale, a empresa informou esperar em comunicado ao mercado que a conclusão da venda da Vale Fertilizantes para Mosaic “é esperada para data próxima a 8 de janeiro de 2018”. “Alguns ajustes finais foram realizados nos termos e condições da transação”, disse a mineradora. "A Vale irá reter participação acionária no terminal portuário TIPLAM, no sudeste do Brasil, que anteriormente estava incluída na transação”. A mineradora receberá aproximadamente US$ 1,15 bilhão além de 34,2 milhões de ações da Mosaic, representando 8,9% do capital total da Mosaic após a emissão destas ações com a conclusão da transação. " (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.infomoney.com.br/mercados/acoes-e-indices/noticia/7181710/embraer-sobe-com-boeing-vale-dispara-pregoes-fecha-maior-patamar







VALE - (28/12/2017) - Comunicando.

"Na quarta-feira, o ministro da Secretaria-Geral, Moreira Franco, disse que já estão sendo feitas negociações com a Vale, visando a construção de uma ferrovia que ligará o porto de Açu ao Rio de Janeiro e Vitória (ES). “O objetivo é esse. Depois de muitas conversas com a Vale, creio que no próximo ano estaremos com esse problema resolvido. Para nós, ferrovia é irmã siamesa de porto”." (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.infomoney.com.br/mercados/acoes-e-indices/noticia/7169800/governo-quer-parceria-com-vale-para-ferrovia-petrobras-paga-dividas







MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (21/12/2017) - Comunicando.

"A produção mundial de aço bruto subiu 3,7 por cento, para 136 milhões de toneladas, em novembro ante igual mês do ano passado, segundo dados da World Steel Association, publicados nesta quarta-feira.

A produção de aço da China, maior produtor e consumidor global, subiu para 66,2 milhões de toneladas, alta de 2,2 por cento em relação a novembro de 2016." (Fonte: Reuters)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://br.reuters.com/article/businessNews/idBRKBN1EE1IU-OBRBS







MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (20/12/2017) - Comunicando.

"As vendas de aços planos pela rede associada ao Instituto Nacional dos Distribuidores de Aço (Inda) totalizaram 254,4 mil toneladas em novembro, informou a entidade nesta terça-feira (19). Sobre o mesmo mês do ano passado, houve alta de 2,3% mas, na comparação com outubro, a queda foi de 4,7%.

Já as compras subiram nas duas bases comparativas. O volume total chegou a 276 mil toneladas no mês passado, avanços de 7,7% e 7,2%, respectivamente.

O Inda também revelou que as importações somaram 89,4 mil toneladas em novembro, o que significa aumento 2,3% em comparação anual e diminuição de 24,2% em relação ao mês anterior.

Com isso, os estoques de aços planos subiram 2,4% frente a outubro, para 907,5 mil toneladas. Essa quantidade representa um giro de 3,6 meses." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.valor.com.br/empresas/5231991/vendas-de-aco-plano-crescem-em-novembro-segundo-inda







MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (20/12/2017) - Se o governo não criar dificuldades de importação para as montadoras, as siderúrgicas devem perder essa queda de braço.

"As negociações entre o setor automotivo e a indústria siderúrgica em torno do reajuste dos preços do aço para 2018 têm sido mais duras do que o habitual. As montadoras – leia-se, notadamente, Volkswagen, Fiat, General Motors e Ford – ameaçam reduzir encomendas no mercado interno e aumentar as importações do insumo caso os fabricantes da matéria-prima não recuem em suas exigências. Na outra ponta deste cabo de guerra estão Usiminas e CSN, as duas principais fornecedoras para o segmento automotivo.

A siderúrgica mineira tenta impor um aumento da ordem de 25%. Já a companhia de Benjamin Steinbruch teria colocado sobre a mesa um reajuste entre 30% e 35%. Na média, os fabricantes de veículos consideram que o limite do razoável é um índice de 20%. Procurada, a Usiminas confirmou o pedido de 25% e garantiu que “as negociações com cada cliente seguem normalmente.” CSN, Fiat, Volkswagen, GM, Ford e Anfavea não se pronunciaram." (Fonte: Relatório Reservado)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://relatorioreservado.com.br/csn-e-usiminas-batem-de-frente-com-montadoras/







MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (19/12/2017) - Comunicando.

"O presidente Michel Temer sancionou a Medida Provisória 789, agora convertida na Lei 13.540, que dispõe sobre a Compensação Financeira pela Exploração de Recursos Minerais (CFEM), A sanção foi publicada no Diário Oficial da União desta terça-feira, 19.

Outro ponto vetado foi no anexo da lei, no item que definia uma alíquota de 0,2% para substância mineral ouro, diamante, quando extraídos sob regime de permissão de lavra garimpeira; demais pedras preciosas e pedras coradas lapidáveis; calcário para uso como corretivo de solo; potássio, salgema, rochas fosfáticas e demais substâncias minerais utilizadas como fertilizantes. " (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://www.istoedinheiro.com.br/governo-sanciona-com-vetos-lei-que-dispoe-sobre-royalties-da-mineracao/







MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (12/12/2017) - Comunicando.

"No radar, a coluna do Broadcast desta segunda-feira destacou que a Usiminas e CSN estão na reta final das negociações com as montadoras para o reajuste de preços do aço para 2018. O aumento deverá ser na ordem de 25%, conforme o almejado, e será aplicado a partir do começo de 2018. O BTG Pactual comenta que, se confirmado, o anúncio poderá ser ligeiramente positivo diante das expectativas do banco, de aumento entre 20% a 25%." (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.infomoney.com.br/mercados/acoes-e-indices/noticia/7135680/usiminas-salta-mais-com-possivel-reajuste-aco-magazine-luiza-cai







VALE - (08/12/2017) - Comunicando.

"A Vale (VALE3.SA) concluiu nesta quinta-feira a venda de dois navios para a chinesa Bocomm por cerca de 178 milhões de dólares, informou a mineradora brasileira em comunicado." (Fonte: Reuters)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://br.reuters.com/article/businessNews/idBRKBN1E131M-OBRBS







VALE - (08/12/2017) - Comunicando.

"A brasileira Vale reduziu suas previsões de investimento e produção de níquel, enquanto trabalha para melhorar a rentabilidade de ativos e se prepara para um potencial aumento dos preços da commodity, afirmou nesta quarta-feira o presidente da gigante da mineração.

Durante o tradicional evento com investidores em Nova York, o Vale Day, Fabio Schvartsman explicou que a empresa cortou em 47 por cento os investimentos em níquel previstos para o biênio 2017-2018, para 1,8 bilhão de dólares.

Para 2018, a queda ante o previsto anterioremente e a previsão atual foi de 14 por cento, para 263 mil toneladas de níquel. Para 2019, a variação negativa entre as estimativas foi de 17 por cento, para 262 mil de toneladas." (Fonte: Exame)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://exame.abril.com.br/negocios/vale-reduz-projecoes-de-aportes-e-producao-de-niquel/







MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (05/12/2017) - Comunicando.

"O minério à vista com 62 por cento de teor de ferro deu um salto de 3,7 por cento, para US$ 72,68 por tonelada, o máximo desde 14 de setembro, de acordo com a Metal Bulletin. Isso é mais que 20 por cento acima do piso registrado no final de outubro, o que atende à definição comum de bull market. Anteriormente, nesta segunda-feira, os futuros na Ásia subiram, e os preços do SGX AsiaClear avançaram 2,9 por cento, para US$ 71,29 a tonelada." (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.infomoney.com.br/bloomberg/mercados/noticia/7122284/minerio-ferro-entra-bull-market-por-restricoes-china







MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (30/11/2017) - Boa análise a respeito do minério e ferro.

"Prevendo uma maior oferta de minério de ferro no próximo ano, os analistas do Goldman Sachs projetam que a commodity, que neste mês subiu cerca de 15%, deve voltar para a região de US$ 50 a tonelada nos próximos 12 meses, revisitando os níveis de junho do ano passado. De acordo com o banco de investimento, China e Brasil serão os responsáveis pela derrocada.

Do lado do gigante asiático, a pressão dos preços será por conta da produção de aço, que está próxima de atingir seu pico, assim como pelos esforços do governo em reduzir o nível de poluição, inclusive impedindo o fornecimento de aço para as fábricas, o que deve impactar na demanda pelo minério de ferro. Vale lembrar que a China é o maior produtor de aço, representando metade da oferta global.

Com relação ao Brasil, o banco de investimento cita o aumento da oferta pela quantidade recorde de minério de ferro extraído pela Vale (VALE3) através do complexo S11D, que está localizado nas minas de Carajás, sudoeste do Pará, que tem como principal característica seu alto teor de ferro (66,7% em média), o que confere um bônus ao ser vendido no mercado internacional. No terceiro trimestre, foram processadas 95 milhões de toneladas e sua expansão deve elevar ainda mais esse número, projetam os analistas." (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.infomoney.com.br/mercados/acoes-e-indices/noticia/7114644/minerio-ferro-pode-voltar-para-brasil-esta-entre-responsaveis-pela







MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (29/11/2017) - Comunicando.

"O plenário do Senado aprovou, nesta terça-feira, 28, projeto que cria a Agência Nacional de Mineração (ANM) em substituição ao Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM). O texto segue agora para sanção presidencial. " (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://www.istoedinheiro.com.br/senado-aprova-projeto-que-cria-agencia-nacional-de-mineracao/







VALE - (28/11/2017) - Comunicando.

"Além disso, a Vale assinou project finance de US$ 2,73 bilhões para o Corredor Logístico de Nacala (CLN), em Moçambique. “Os fundos recebidos serão principalmente pagos à Vale para reembolsar parte dos empréstimos feitos pela empresa na forma de ‘shareholders loans’ concedidos para a construção do CLN, e também serão usados para apoiar o ramp-up do corredor”, disse a Vale em fato relevante. A mineradora informou que o instrumento de project finance será amortizado em 14 anos com os recursos provenientes da tarifa relacionada aos serviços de transporte de carvão e aos serviços de carga geral fornecidos pelo CLN. Segundo o Itaú BBA, o project finance é um passo positivo para processo de
desalavancagem da mineradora. " (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.infomoney.com.br/mercados/acoes-e-indices/noticia/7110556/btg-eleva-vale-compra-ceo-petrobras-culpa-governo-por-alta







MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (28/11/2017) - Ruim para as mineradoras.

"A cobrança passará a incidir sobre o faturamento bruto das empresas, e não mais sobre o líquido. Além disso, a alíquota do minério de ferro passa de 2% para 3,5%, o que vai elevar a arrecadação da União, Estados e municípios." (Fonte: Exame)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://exame.abril.com.br/economia/cobranca-de-royalties-de-mineracao-tem-nova-regra/







MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (27/11/2017) - Comunicando.

"Os contratos futuros da commodity negociados na bolsa chinesa de Dalian subiram 1,48%, a 513,50 iuanes. " (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.infomoney.com.br/mercados/acoes-e-indices/noticia/7107849/petrobras-bancos-caem-eletrica-sobe-apos-leilao-cemig-acao-black







VALE - (24/11/2017) - Comunicando.

"Nesta sexta-feira, será o último dia de negociação das ações PNA da Vale. Com isso, a partir da próxima segunda-feira (27), todas as ações negociadas na B3 serão ON." (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.infomoney.com.br/mercados/acoes-e-indices/noticia/7106413/fundo-contrata-bancos-para-ipo-happy-despedida-vale5-mais-noticias







MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (24/11/2017) - Comunicando.

"O minério de ferro negociado em Dalian avançou 3,05%, a 507,5 iuanes, enquanto em Qingdao teve alta de 3,87%, a US$ 67,69. " (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.infomoney.com.br/mercados/acoes-e-indices/noticia/7105624/cemig-salta-gerdau-avanca-com-reativacao-usina-vale-sobe-com







MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (24/11/2017) - O governo deve sancionar o que o legislativo aprovou visto que precisa de dinheiro.

"As mudanças feitas pelo Congresso Nacional na proposta original do novo Código da Mineração - que altera a alíquota da Compensação Financeira pela Exploração de Recursos Minerais (Cfem), o royalty da mineração -, vão comprometer a competitividade da Vale, disse a companhia em um comunicado nesta quinta-feira, 23.Na quarta, o Senado aprovou a Medida Provisória que muda os royalties da mineração. A proposta aumenta a alíquota do minério de ferro de 2% sobre a receita líquida para 3,5% para o faturamento bruto da empresa. O texto segue agora para sanção presidencial." (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.infomoney.com.br/mercados/noticia/7105604/vale-pede-que-governo-vete-alteracoes-codigo-mineracao







MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (23/11/2017) - Comunicando.

"Após conseguir se sustentar em patamares mais elevados do que o mercado esperava nas últimas semanas, o minério de ferro ganhou fôlego renovado. Os preços do produto com teor médio de 62% de ferro entre no porto chinês de Qingdao subiram 4,27% ontem e fecharam em US$ 65,17 a tonelada, segundo o índice da "Metal Bulletin"." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.valor.com.br/empresas/5203065/minerio-de-ferro-desafia-mercado-e-passa-de-us-65







MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (23/11/2017) - Comunicando.

"O Senado aprovou nesta quarta-feira a medida provisória (MP) que muda os royalties da mineração. O texto aprovado aumenta a alíquota do minério de ferro de 2,0% sobre a receita líquida para 3,5% sobre o faturamento bruto da empresa -- que inclui também gastos como frete e seguros. A matéria, que havia sido aprovada na Câmara tarde da noite de ontem, segue à sanção presidencial." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.valor.com.br/politica/5202751/senado-aprova-mp-que-altera-os-royalties-da-mineracao







MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (23/11/2017) - Enquanto o setor no Brasil vai mal, no mundo liderado pela China vai muito bem.

"As siderúrgicas produziram 145,3 milhões de toneladas de aço bruto durante outubro, informou nesta quarta-feira (22) a Worldsteel Association, que acompanha dados de 66 países. Na comparação anual, a alta foi de 5,9%, enquanto sobre setembro houve alta de 2,7%.

Mais uma vez o crescimento foi puxado pela maior atividade da China, maior fabricante global. A produção chinesa foi de 72,4 milhões de toneladas durante o mês passado, 6,1% a mais do que no mesmo período de 2016. Em relação a setembro, o aumento foi de 0,7%." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.valor.com.br/empresas/5202299/producao-mundial-de-aco-avanca-em-outubro-aponta-worldsteel







MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (23/11/2017) - Os números para o setor siderúrgico parecem ruins ainda.

"As vendas da rede de distribuição de aço em outubro atingiram 267 mil toneladas, alta de 4,2% ante o mesmo mês do ano passado, segundo dados divulgados nesta quarta-feira, 22, pelo Instituto Nacional dos Distribuidores de Aço (Inda). Na comparação com o mês imediatamente anterior, o crescimento foi de 0,6%. No acumulado de janeiro a outubro, as vendas somaram 2,485 milhões de toneladas, queda de 3,3% na relação anual.

Já as compras dos distribuidores nas usinas somaram 257,5 mil toneladas, recuo de 5,6% ante o visto no mesmo mês do ano passado. Ante o observado em setembro, a queda no volume comprado foi de 2,2%.

Com isso, o giro de estoque da rede caiu para 3,3 meses. O volume fechou outubro em 885,9 mil toneladas, queda de 2,8% na relação anual e de 1,1% na mensal.

As importações de aços planos caíram 13,5% em outubro ante o mesmo mês do ano passado, para 117,913 mil toneladas. No acumulado do ano até outubro, porém, houve um aumento de 107,7%, para 1,07 milhão de toneladas. " (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://www.istoedinheiro.com.br/vendas-da-rede-de-distribuicao-de-aco-em-outubro-crescem-42-diz-inda/







MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (22/11/2017) - Ruim para as empresas do setor.

"A Câmara dos Deputados aprovou no início desta quarta-feira a medida provisória (MP) que muda os royalties da mineração. A versão aprovada, em votação simbólica, aumenta a alíquota do minério de ferro de 2,0% sobre a receita líquida para 3,5% para o faturamento bruto da empresa -- que inclui também gastos como frete e seguros. O texto vai ao Senado Federal." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.valor.com.br/politica/5201471/camara-aprova-novos-royalties-da-mineracao-minerio-de-ferro-sera-35







VALE - (21/11/2017) - Comunicando.

"A Vale informou a celebração de um acordo de compra de cotas com a Yara International ASA, para a venda de sua subsidiária integral Vale Cubatão Fertilizantes, que atualmente detêm e opera os ativos de nitrogenados e fosfatados localizados em Cubatão, litoral de São Paulo.O preço de aquisição é de US$ 255 milhões a ser pago em dinheiro mediante a conclusão da transação contemplada pelo acordo de compra, prevista para o segundo semestre de 2018. A consumação da transação está sujeita à satisfação de várias condições, incluindo a aprovação do Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica)." (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.infomoney.com.br/mercados/acoes-e-indices/noticia/7092052/vale-vende-subsidiaria-por-255-milhoes-programa-units-sanepar-mais







VALE - (16/11/2017) - Comunicando.

"A Vale vai parar de injetar recursos em suas operações de extração do níquel, deficitária há algum tempo, e irá buscar soluções para gerar caixa nesses negócios, declarou Fabio Schvartsman, presidente da companhia, em evento realizado em Nova York." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.valor.com.br/empresas/5194783/vale-vai-parar-de-por-dinheiro-na-area-de-niquel-e-buscara-gerar-caixa







MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (16/11/2017) - Comunicando.

"Os contratos futuros de minério de ferro negociados na Bolsa de Mercadorias de Dalian recuaram 4,19% nesta quarta-feira (15), cotados a US$ 67,34 por tonelada (446 iuanes). Na mesma linha, a commodity negociada no porto de Qingdao com 62% de pureza recuou 2,11%, fechando o dia em US$ 61,84 por tonelada." (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.infomoney.com.br/mercados/acoes-e-indices/noticia/7083630/minerio-ferro-recua-china-adr-vale-sinaliza-nova-sessao-perdas







MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (09/11/2017) - Comunicando.

"A Câmara de Comércio Exterior (Camex) adiou para janeiro de 2018 a decisão sobre a aplicação de antidumping na importação de laminados de aço, como informou mais cedo o Broadcast, serviço de notícias em tempo real do Grupo Estado. A Câmara divulgou nota nesta noite de quarta-feira, 8, informando que os ministros resolveram dar um último prazo para que fosse possível colher mais informações sobre o impacto que a sobretaxa na compra do produto do exterior teria na cadeira produtiva e na inflação." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://www.istoedinheiro.com.br/camex-adia-decisao-sobre-antidumping-nas-importacoes-de-laminados-de-aco/







VALE - (09/11/2017) - Comunicando.

"A mineradora brasileira Vale disse nesta quarta-feira que recebeu ofertas para investimentos em seu projeto de níquel de Nova Caledônia, em um momento em que a companhia reavalia seus negócios em níquel. " (Fonte: Reuters)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://br.reuters.com/article/businessNews/idBRKBN1D834K-OBRBS







MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (09/11/2017) - Comunicando.

"As importações chinesas de minério de ferro caíram quase 23 por cento em outubro, ante um recorde no mês anterior. Os embarques de janeiro a outubro subiram 6,3 por cento para 896 milhões de toneladas, segundo dados da Administração Geral de Alfândega. " (Fonte: Reuters)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://br.reuters.com/article/businessNews/idBRKBN1D81RN-OBRBS







MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (07/11/2017) - Comunicando.

"O presidente Michel Temer deu aval ao Congresso para mudar o percentual dos royalties pagos por empresas sobre a exploração de minério de ferro, de acordo com o novo marco regulatório do setor. Sob o temor de que a mudança não avançasse no Congresso, o governo concordou com um pedido de líderes da base aliada para alterar uma das medidas provisórias em tramitação sobre o tema e diminuir de 4% para 3% a alíquota da CFEM (Compensação Financeira pela Exploração de Recursos Minerais). " (Fonte: Folha)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www1.folha.uol.com.br/mercado/2017/11/1933340-aliquota-para-exploracao-de-minerio-de-ferro-deve-ficar-menor.shtml







VALE - (07/11/2017) - Comunicando.

"A diretoria colegiada da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) decidiu indeferir um pedido da mineradora Vale para ajustar metas de produção para a Estrada de Ferro Carajás - EFC no ano de 2017, segundo publicação do órgão regulador no Diário Oficial da União desta segunda-feira. De acordo com a resolução da ANTT, ficam mantidas as metas de produção definidas anteriormente para Carajás. A publicação da ANTT não detalha qual era o pleito da Vale para as metas. " (Fonte: Reuters)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://br.reuters.com/article/businessNews/idBRKBN1D61IY-OBRBS







VALE - (01/11/2017) - Comunicando.

"Devido à complexidade do assunto, Samarco e Ministério Público solicitaram a prorrogação do prazo para a conclusão da negociação de um acordo na ação de R$ 155 bilhões movida pelo MP. O juízo deferiu o pedido, e postergou o prazo para celebração do acordo até 16 de novembro de 2017, disse a companhia. " (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.infomoney.com.br/mercados/acoes-e-indices/noticia/7045479/cielo-dispara-itau-cai-mais-empresas-reagem-balancos-call-visao







VALE - (01/11/2017) - Comunicando.

"A companhia de fertilizantes Mosaic, dos Estados Unidos, mantém o otimismo para a aquisição do negócio de fertilizantes da Vale, mesmo diante da divulgação de resultados mais fracos do que o esperado para a companhia brasileira, feita no mês passado. Segundo o CFO da empresa norte-americana, Rich Mack, a perspectiva é positiva “especialmente quando vista através da lente de médio a longo prazo”. " (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://www.istoedinheiro.com.br/mosaic-mantem-otimismo-com-aquisicao-da-vale-fertilizantes/







VALE - (31/10/2017) -

A ação segue bastante interessante para COMPRA, o P/L está em 10,40 e o P/VPA de 1,22 (Fonte: Fundamentus) e acredito que os lucros são consistentes, não devendo haver baixas contábeis como em anos anteriores.



"O lucro líquido da Vale atingiu R$ 7,143 bilhões no terceiro trimestre, bem acima do resultado positivo de R$ 60 milhões observado nos três meses antecedentes. Na comparação com o lucro líquido de R$ 1,842 bilhão registrado pela empresa no terceiro trimestre de 2016, houve alta de 287%.

O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) ajustado somou R$ 13,250 bilhões entre julho e setembro, alta de 37,49% na comparação com os R$ 9,637 bilhões de igual período de 2016. Perante o segundo trimestre de 2017, o Ebitda ajustado subiu 49,99%.

A Vale apontou ainda que a dívida líquida recuou US$ 1,056 bilhão entre o segundo e o terceiro trimestre e encerrou setembro em US$ 21,066 bilhões." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.valor.com.br/empresas/5170208/vale-lucra-mais-de-r-7-bilhoes-no-terceiro-trimestre







MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (30/10/2017) - Anunciar aumentos é fácil, mas recebê-los é bem mais difícil.

"O grupo siderúrgico Usiminas (USIM5.SA) decidiu voltar atrás e retirar reajuste de preços para distribuidores em outubro, depois que os preços internacionais da liga recuaram em relação ao anúncio feito em setembro, afirmou o presidente-executivo, Sérgio Leite, nesta sexta-feira. " (Fonte: Reuters)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://br.reuters.com/article/businessNews/idBRKBN1CW28M-OBRBS







VALE - (26/10/2017) - Comunicando.

"O lucro líquido da Vale atingiu R$ 7,143 bilhões no terceiro trimestre, bem acima do resultado positivo de R$ 60 milhões observado nos três meses antecedentes. Na comparação com o lucro líquido de R$ 1,842 bilhão registrado pela empresa no terceiro trimestre de 2016, houve alta de 287%.

O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) ajustado somou R$ 13,250 bilhões entre julho e setembro, alta de 37,49% na comparação com os R$ 9,637 bilhões de igual período de 2016. Perante o segundo trimestre de 2017, o Ebitda ajustado subiu 49,99%.

A Vale apontou ainda que a dívida líquida recuou US$ 1,056 bilhão entre o segundo e o terceiro trimestre e encerrou setembro em US$ 21,066 bilhões." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.valor.com.br/empresas/5170208/vale-lucra-mais-de-r-7-bilhoes-no-terceiro-trimestre







MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (25/10/2017) - Comunicando.

"Distribuidores de aço plano do Brasil tiveram crescimento de 5,6 por cento nas vendas em setembro sobre o mesmo período do ano passado, para 265,4 mil toneladas, informou nesta terça-feira a entidade que representa o setor, Inda.

Já as compras de aço plano pelos distribuidores junto às usinas ficaram praticamente estáveis no período, a 263,3 mil toneladas.

Segundo a entidade, os estoques na cadeira terminaram setembro em 895,4 mil toneladas, praticamente o mesmo nível verificado um ano antes e equivalentes a 3,4 meses de comercialização.

Na semana passada, o grupo que representa os produtores de aço bruto do país, IABr, divulgou que as vendas do segmento no Brasil no mês passado cresceram 5,4 por cento sobre setembro de 2016, para 1,55 milhão de toneladas. A produção das usinas cresceu 7,6 por cento, para 2,96 milhões de toneladas, guiadas por exportações. " (Fonte: Reuters)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://br.reuters.com/article/businessNews/idBRKBN1CT2D8-OBRBS







MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (24/10/2017) - Comunicando.

"A produção mundial de aço bruto, considerando-se os 66 países que informaram seus dados à Worldsteel, entidade que reúne as principais fabricantes do insumo no mundo, alcançou 141,43 milhões de toneladas em setembro, com alta de 5,6% na comparação anual. Com esse desempenho, no acumulado dos nove primeiros meses do ano, a produção mundial de aço bruto ficou em 1,27 bilhão de toneladas, com crescimento de 5,6% ante o mesmo intervalo de 2016." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.valor.com.br/empresas/5165594/producao-mundial-de-aco-avanca-em-setembro-aponta-worldsteel







VALE - (23/10/2017) - Acho que é boma para a Vale, siderúrgicas e para a Petrobrás que poluem bastante e bom para as empresas do setor agropecuário que desmatam bastante. Agora elas vão poder destruir e reconstruir como quiserem.

"O presidente Michel Temer assinou ontem decreto que permite a conversão de multas ambientais não quitadas em prestação de serviços de melhoria do meio ambiente, como o reflorestamento de áreas degradadas." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.valor.com.br/politica/5164592/em-decreto-temer-converte-multa-ambiental-em-prestacao-de-servicos







MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (19/10/2017) - Comunicando.

"A produção de minério de ferro da BHP Billiton caiu 4 por cento no trimestre, após um incêndio na mina Mount Whaleback, na Austrália, em junho. " (Fonte: Reuters)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://br.reuters.com/article/businessNews/idBRKBN1CN1X6-OBRBS







VALE - (19/10/2017) - Boa notícia. Será que finalmente a Vale vai sair da mão do governo?

"Os acionistas da Vale aprovaram, em Assembleia Especial, nesta quarta-feira (18) a conversão de ações PNs em ONs. O processo é mais um passo para a "transformação da companhia" em busca de aprimorar sua governança corporativa.A conversão é necessária para a migração da empresa ao Novo Mercado, o mais alto nível de governança corporativa da B3, e também faz parte de um plano que busca tornar a mineradora em uma empresa sem controle definido e eliminar riscos atualmente atrelados à ela. No total, 51,48% das ações preferenciais representadas na assembleia, ou um total de 158.111.060, votaram a favor da conversão total. " (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.infomoney.com.br/vale/noticia/7025492/acionistas-vale-aprovam-conversao-acoes-pns-ons







MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (19/10/2017) - Comunicando.

"A produção de aço da China caiu em setembro ante um recorde no mês anterior, já que as usinas do maior produtor mundial reduziram a produção para cumprir com a campanha do governo chinês em busca de céus mais limpos, apontando para uma queda maior com o avançar do tempo.

A produção de aço bruto atingiu 71,83 milhões de toneladas em setembro, o menor desde fevereiro e abaixo das 74,59 milhões de toneladas de agosto, mostraram dados oficiais nesta quinta-feira. A produção diária média de setembro foi de 2,39 milhões de toneladas, uma queda de 0,8 por cento em relação a agosto, de acordo com os cálculos da Reuters. " (Fonte: Reuters)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://br.reuters.com/article/businessNews/idBRKBN1CO19B-OBRBS







VALE - (19/10/2017) - Comunicando.

"A mineradora Vale (VALE3.SA), maior produtora global de minério de ferro, produziu o recorde de 95,111 milhões de toneladas no terceiro trimestre, alta de 3,3 por cento ante o mesmo período do ano passado, com impulso de uma melhor performance operacional no Sistema Norte e ao desenvolvimento da mina S11D, no Pará.

O Sistema Norte, que compreende Carajás, Serra Leste e S11D, atingiu recorde trimestral de 45 milhões de toneladas entre julho e setembro, alta de 16,4 por cento ante o mesmo período de 2016, informou a Vale nesta quinta-feira. " (Fonte: Reuters)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://br.reuters.com/article/businessNews/idBRKBN1CO1F7-OBRBS







MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (18/10/2017) - Se aprovado assim, será ruim para o setor.

"Alinhado aos interesses dos municípios e prefeitos, o relator da medida provisória (MP) que altera os royalties da mineração, deputado Marcus Pestana (PSDB-MG), modificou a distribuição dos recursos, reduzindo a parcela destinada ao governo federal e aos Estados, e acabou com a alíquota flutuante do minério de ferro, que agora terá como base o valor máximo defendido pelo Ministério de Minas e Energia, que já era motivo de reclamação das empresas, de 4%." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.valor.com.br/brasil/5158100/para-ajudar-prefeitos-relator-muda-formula-de-distribuir-royalties







MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (18/10/2017) - Comunicando.

"A produção brasileira de aço bruto em setembro atingiu o maior nível para um único mês desde outubro de 2015. As usinas do país produziram 2,959 milhões de toneladas de aço bruto em setembro, 7,6 por cento acima do volume de um ano antes e praticamente estável sobre a produção de agosto. " (Fonte: Reuters)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://br.reuters.com/article/businessNews/idBRKBN1CM2V4-OBRBS







MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (17/10/2017) - Comunicando.

"O contrato mais ativo do vergalhão de aço na bolsa de Xangai chegou a subir 4,3 por cento, para 3.878 iuanes (589 dólares) por tonelada, maior nível desde 14 de setembro. O contrato depois devolveu ganhos e fechou em alta de 2,9 por cento, a 3.824 iuanes.

No minério de ferro, o contrato mais negociado na bolsa de Dalian saltou 3,8 por cento, para fechar a 463 iuanes por tonelada, após tocar máxima intradia de 470,50 iuanes. " (Fonte: Reuters)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://br.reuters.com/article/businessNews/idBRKBN1CL1J2-OBRBS







MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (16/10/2017) - Comunicando.

"As importações de minério de ferro pela China cresceram 11 por cento em setembro ante um ano antes, para um nível recorde. " (Fonte: Reuters)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://br.reuters.com/article/businessNews/idBRKBN1CI1V1-OBRBS







MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (16/10/2017) - Comunicando.

"Os contratos futuros do minério de ferro negociados na bolsa chinesa de Dalian tiveram ganhos de 5,07%, a 456 iuanes, enquanto o minério à vista negociado em Qingdao fechou com ganhos de 4,06%, a US$ 62,53 a tonelada" (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.infomoney.com.br/mercados/acoes-e-indices/noticia/7017407/vale-siderurgicas-saltam-dispara-varejistas-despencam-com-pesadelo-amazon-sexta







MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (11/10/2017) - Comunicando.

"O minério de ferro negociado no porto de Qingdao com 62% de pureza, um dos mais acompanhados pelo mercado, recuou 2,23% nesta quarta-feira (11), encerrando o dia cotado a US$ 59,65 por tonelada, voltando para o patamar verificado em 27 de junho deste ano. Assim, a commodity acumula queda de 4,2% somente nesta semana.

No mesmo compasso, os contratos futuros negociados na bolsa chinesa de Dalian registraram queda de 0,91%, encerrando o pregão cotados a US$ 66,12 (436 iuanes), desvalorização de 3,9% nos últimos três dias. " (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.infomoney.com.br/mercados/noticia/6999394/minerio-ferro-registra-nova-queda-china-volta-negociar-abaixo







MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (09/10/2017) - As taxas ao aço Brasileiro estão entre as maiores, logo as brasileiras devem perder mercado.

"Entre as empresas sujeitas à sobretaxa estão as unidades brasileiras de ArcelorMittal e Aperam, que também produzem na Europa, a Companhia Siderúrgica Nacional, Usiminas e Gerdau - com taxas entre 53,4 e 63 euros por tonelada.

O aço iraniano estará sujeito a uma taxa de 57,5 euros por tonelada e a ucraniana Metinvest Group à cobrança de 60,5 euros.

As taxas para os produtores russos variaram entre 17,6 euros para a PAO Severstal, 53,3 euros para a Novolipetsk Steel e 96,5 euros por tonelada para a MMK. " (Fonte: Reuters)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://br.reuters.com/article/businessNews/idBRKBN1CB1MJ-OBRBS







VALE - (09/10/2017) - Comunicando.

"A Vale contratou um banco de investimento para ajudar a vender uma fatia de seu negócio de níquel em Nova Caledônia, além de ter uma oferta na mesa para seus ativos de fertilizantes, segundo duas pessoas com conhecimento do assunto falaram à Bloomberg e que pediram anonimato porque não estão autorizadas a falar publicamente." (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.infomoney.com.br/mercados/acoes-e-indices/noticia/6996985/vale-avalia-venda-ativos-vai-recorrer-contra-bloqueio-bens-familia







MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (09/10/2017) - Comunicando.

"Na volta do feriado da China, que fechou os mercados na primeira semana de outubro, o minério de ferro negociado no porto de Qingdao com 62% de pureza, um dos mais acompanhados pelo mercado, subiu 0,69% nesta segunda-feira (9), encerrando o dia cotado a US$ 62,67 por tonelada. Entretanto, os contratos futuros de minério de ferro negociados na Bolsa de Mercadorias de Dalian registraram queda de 1,99%, encerrando o pregão cotados a US$ 66,91 (443 iuanes). " (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.infomoney.com.br/mercados/noticia/6994494/minerio-ferro-negociado-porto-qingdao-sobe-volta-feriado-chines







MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (06/10/2017) - Em um primeiro momento a notícia é ruim para o setor siderúrgico nacional, mas tem-se que fazer cálculos para ver se realmente essa irá reduzir a competitividade do aço brasileiro ou irá aumentar.

Se a medida aumentar a competitividade do aço brasileiro, mesmo aumentando impostos para as nacionais, será positivo.

"A União Europeia (UE) decidiu taxar o aço laminado a quente do Brasil, Irã, Rússia e Ucrânia, após queixa de siderúrgicas europeias de que o produto usado para construção e maquinários estava sendo vendido a preços excessivamente baixos. A UE cobrará uma tarifa antidumping de 17,6 a 96,5 euros por tonelada a partir de sábado, informou o diário oficial do bloco na quinta-feira." (Fonte: Exame)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
https://exame.abril.com.br/economia/ue-decide-taxar-aco-laminado-a-quente-de-brasil-e-mais-3-paises/







VALE - (04/10/2017) - Boa notícia.

"A Fitch elevou nesta noite o rating da Vale para "BBB+", com perspectiva estável.

O rating é resultado da aplicação do novo critério da agência atualizado em 2017, que indica que mineradora não ficará limitada pelo rating soberano do país, de BB+, já que as operações da companhia no Canadá geram Ebitda suficiente pra cobrir despesas de juros em moeda forte, diz o relatório da Fitch. Já a perspectiva em moeda estrangeira, de negativa para estável, está alinhada ao novo critério relacionado ao país. A perspectiva estável também reflete aumento de volumes com menor custo de minério de ferro, somado a maior capex. A menor alavancagem projetada da companhia também reforça classificação sólida em relação aos pares, diz a agência. " (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.infomoney.com.br/mercados/acoes-e-indices/noticia/6989303/petrobras-reduz-precos-dos-combustiveis-vale-tem-rating-elevado-imbroglio







MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (29/09/2017) - Comunicando.

"Hoje, a commodity spot (à vista) negociada no porto de Qingdao, na China, caiu 1,96%, a US$ 62,89 a tonelada, enquanto os contratos futuros do minério cotados na bolsa chinesa de Dalian registraram baixa de 3,63%, a 451 iuanes. " (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.infomoney.com.br/mercados/acoes-e-indices/noticia/6980024/fibria-dispara-usiminas-afunda-pregoes-acao-estreia-bolsa-com-queda







MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (28/09/2017) - Se o setor siderúrgico conseguir escapar, será ÓTIMO para eles, pois poderá avançar sobre o espaço aberto pelos países que não escaparam. Caso contrário será ruim.

"Representantes da indústria brasileira de aço têm até 14 de janeiro para convencer autoridades dos Estados Unidos a deixar o produto nacional de fora das medidas a serem implementadas pela Seção 232 - uma investigação conduzida pelo governo americano para verificar se as exportações de aço àquele país são uma ameaça à segurança nacional." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.valor.com.br/brasil/5136488/aco-brasileiro-tem-prazo-para-escapar-de-tarifa-americana







MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (25/09/2017) - Comunicando.

"Seguindo com seu movimento de baixa, o minério de ferro spot (à vista) negociado no porto de Qingdao com 62% de pureza, um dos mais acompanhados pelo mercado, fechou em queda de 3,83% nesta sexta-feira (22), a US$ 63,56 a tonelada, acumulando desvalorização de 11,4% nesta semana. Em setembro, a commodity metálica recua 18,4%, distanciando-se cada vez mais da faixa de US$ 80,00 atingida no mês passado Na mesma linha, os contratos futuros de minério de ferro negociados na Bolsa de Mercadorias de Dalian caíram 3,91% nesta sexta-feira, encerrando o pregão a 467 iuanes, equivalente a US$ 70,86." (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.infomoney.com.br/mercados/noticia/6968591/minerio-ferro-recua-acumula-desvalorizacao-semana-adr-vale-ignora







MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (22/09/2017) - Não para de cair o preço do minério de ferro.

"O minério de ferro spot (à vista) negociado no porto de Qingdao com 62% de pureza, um dos mais acompanhados pelo mercado, fechou em queda de 5,11% nesta quinta-feira (21), a US$ 66,09 a tonelada, após o corte de rating da China pela S&P (Standard & Poor's). Com isso, a commodity metálica chega a 15,1% de desvalorização em setembro, distanciando-se cada vez mais da faixa dos US$ 80 vistas no mês passado. Na mesma linha, os contratos futuros de minério de ferro negociados na Bolsa de Mercadorias de Dalian caíram 4,84%, a 472 iuanes." (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.infomoney.com.br/mercados/noticia/6966179/minerio-ferro-afunda-chega-queda-setembro-com-corte-rating-china







MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (20/09/2017) - Comunicando.

"A produção de aço bruto no Brasil em agosto somou 3,0 milhões de toneladas, uma expansão de 1,2% em relação ao mesmo mês do ano passado, informou o Instituto Aço Brasil. O consumo aparente de aço no País foi de 1,7 milhão de toneladas em agosto, 9,6% a mais do que o registrado no mesmo mês do ano passado. Já as vendas internas cresceram 4,8% na mesma base de comparação, totalizando 1,6 milhão de toneladas.

Em agosto as importações de aço cresceram 73,6%, para 191 mil toneladas e aumentaram 69,9% em valor, para US$ 209 milhões. As exportações do setor siderúrgico por sua vez foram de 1,5 milhão de toneladas ou US$ 764 milhões, o que representa um aumento de 29,0% em volume e de 37,4% em valor." (Fonte: Exame)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://exame.abril.com.br/economia/producao-de-aco-bruto-em-agosto-cresce-12-diz-instituto/







VALE - (19/09/2017) - Pelo visto os custos aumentaram para os sócios das empresas do setor.

"A reforma do Código de Mineração no Brasil encareceu os custos de se operar no setor e não gerou contrapartida para fomentar investimentos, afirmou o diretor-executivo de consultoria geral da Vale , Clovis Torres, em evento em Belo Horizonte nesta segunda-feira." (Fonte: Exame)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://exame.abril.com.br/negocios/reforma-da-mineracao-encareceu-custos-diz-diretor-da-vale/







MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (19/09/2017) - Comunicando.

"O minério de ferro spot (à vista), negociado no porto de Qingdao com 62% de pureza, fechou em queda/alta de 4,05%, a US$ 68,85 a tonelada. Com isso, a commodity metálica chega a 11,6% de desvalorização em setembro, distanciando-se cada vez mais da faixa dos US$ 80 vistas no mês passado. Na mesma linha, os contratos futuros de minério de ferro negociados na Bolsa de Mercadorias de Dalian, caíram 1,39%, a 498 iuanes." (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.infomoney.com.br/mercados/noticia/6961362/minerio-ferro-afunda-chega-queda-setembro-acao-vale-reage-isso







VALE - (18/09/2017) - Comunicando.

"A Vale convocou acionistas para Assembleia Especial em 18 de outubro, às 17h00, no Rio de Janeiro, para deliberarem sobre a proposta de conversão da totalidade das ações PN classe A em ações ON, segundo comunicado. A conversão é proposta na na relação de 0,9342 ação ON para cada ação PN classe A." (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.infomoney.com.br/mercados/acoes-e-indices/noticia/6961352/gestora-olho-jbs-petrobras-vale-recomendacoes-mais-noticias-radar







VALE - (15/09/2017) - Comunicando.

"No radar, decisão da 5ª turma do Tribunal Regional Federal da 1° Região determinou hoje a paralisação imediata das atividades da mina Onça Puma, da Vale, segundo comunicado no website do Ministério Público. A Onça Puma explora uma mina de níquel no município de Ourilândia do Norte, no sudeste do Pará, segundo o comunicado. A ordem responde o pedido do Ministério Público Federal (MPF) para que sejam pesquisados os danos causados pela atividade sobre os índios Xikrin e Kayapó. Enquanto não cumprir as obrigações da licença ambiental relativas aos indígenas, a Onça Puma deverá ficar paralisada e pagar compensações que foram arbitradas em um salário mínimo por indígena afetado, a partir de setembro de 2016, diz o comunicado. " (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.infomoney.com.br/mercados/acoes-e-indices/noticia/6950717/magazine-luiza-dispara-desde-anuncio-oferta-acoes-jbs-salta-ate







MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (15/09/2017) - Comunicando.

"Seguindo com o movimento de queda acompanhado na quinta-feira (14), os contratos futuros de minério de ferro negociados na Bolsa de Mercadorias de Dalian recuaram 3,05% nesta sexta-feira (15), cotados a US$ 77,65 por tonelada (508 iuanes), ainda refletindo os dados decepcionantes da economia chinesa publicados na noite de quarta-feira (13). Na mesma linha, a commodity negociada no porto de Qingdao com 62% de pureza recuou 2,51%, fechando o dia em US$ 72,13 por tonelada." (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.infomoney.com.br/mercados/noticia/6950486/minerio-ferro-recua-china-adr-vale-sinaliza-nova-sessao-perdas







MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (13/09/2017) - Comunicando.

"Hoje, o minério de ferro spot (à vista) negociado no porto de Qingdao, na China, subiu 2,52%, a US$ 76,37 a tonelada, enquanto os contratos futuros da commodity cotados na bolsa chinesa de Dalian subiram 3,40%, a 548 iuanes. " (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.infomoney.com.br/mercados/acoes-e-indices/noticia/6945682/magazine-luiza-despenca-com-oferta-bilionaria-acoes-ambev-sobe-apos







VALE - (08/09/2017) - Comunicando.

"O Ministério da Fazenda consultou o Tribunal de Contas da União sobre a venda de ações de classe especial detidas pela União, golden shares, no âmbito do processo de venda de empresas estatais, segundo apurou a Coluna do Broadcast. Dentre as companhias nesta condição e na mira do governo estão, além de Vale (VALE3; VALE5), Embraer (EMBR3) e Eletrobras (ELET6). O objetivo do governo é, em um processo de privatização, abrir mão das ações especiais, se necessário, para viabilizar o negócio. Além disso, a percepção no mercado é de que a golden share tem pouco efeito prático e não é muito bem vista, uma vez que garante à União, dentre outros poderes, o de veto em situações estabelecidas em contrato." (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.infomoney.com.br/mercados/acoes-e-indices/noticia/6932304/pedido-bilionario-embraer-elevacao-vale-venda-golden-shares-pelo-governo







MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (08/09/2017) - Comunicando.

"O país asiático importou 88,66 milhões de toneladas no mês passado, um volume 1,1 por cento maior em relação ao mesmo período de 2016 e 2,8 por cento acima do apurado em julho, informou nesta sexta-feira a Administração Geral Alfandegária da China.

Nos oito primeiros meses deste ano, as importações de minério de ferro da China acumulam alta de quase 7 por cento sobre igual intervalo do ano passado, ao passo que mais siderúrgicas chinesas elevaram a produção para aproveitar as margens melhores em meio à repressão do governo chinês sobre produtos de aço de baixa tecnologia." (Fonte: Exame)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://exame.abril.com.br/economia/importacoes-de-minerio-de-ferro-da-china-crescem-em-agosto/







VALE - (06/09/2017) - Comunicando.

"A Vale foi elevada a Ba1 pela agência de classificação de risco Moody's, com perspectiva estável." (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.infomoney.com.br/mercados/acoes-e-indices/noticia/6931345/assuntos-que-vao-agitar-mercados-nesta-quarta-feira







MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (04/09/2017) - Mineração e extrativismo foi o único setor a ajudar na alta do PIB pelo lado industrial.

"A atividade extrativa mineral foi a única a impactar positivamente o PIB industrial no segundo trimestre do ano, ante o mesmo período de 2016.

A alta no segmento foi de 5,9%, impulsionada por avanços tanto na extração de petróleo e gás quanto na de minérios ferrosos, segundo os dados das Contas Nacionais Trimestrais divulgados nesta sexta-feira, dia 1º, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE)." (Fonte: Exame)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://exame.abril.com.br/economia/construcao-interferiu-no-mau-desempenho-do-pib-industrial/







MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (01/09/2017) - Comunicando.

"Os futuros do minério de ferro na bolsa de Dalian saltaram 3,9 por cento, para 573 iuanes por tonelada. A commodity teve ganhos de 5,7 por cento em agosto. O contrato mais ativo do vergalhão de aço na bolsa de Xangai fechou em alta de 1,8 por cento, a 3.927 iuanes (596 dólares) por tonelada, após chegar a cair 1,9 por cento mais cedo na sessão. O aço fechou agosto com ganhos de quase 11 por cento." (Fonte: Reuters)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://br.reuters.com/article/businessNews/idBRKCN1BB1SF-OBRBS







MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (31/08/2017) - Comunicando.

"O contrato mais ativo do minério de ferro na bolsa de Dalian caiu 1,2 por cento, para 556 iuanes por tonelada, após chegar a tocar 543 iuanes, menor nível desde 17 de agosto. No vergalhão de aço, o contrato mais ativo na bolsa de Xangai fechou em queda de 0,8 por cento, a 3.868 iuanes (587 dólares) por tonelada, acima da mínima do dia de 3.808 iuanes." (Fonte: Exame)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://exame.abril.com.br/mercados/precos-futuros-do-minerio-de-ferro-e-do-aco-caem-na-china/







MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (31/08/2017) - Comunicando.

"O setor de sucata de aço vê com otimismo as chances do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) rejeitar a parceria do grupo Votorantim com a ArcelorMittal Brasil na área de aços longos, anunciada mais cedo neste ano, afirmou o diretor institucional da entidade que representar o setor, Inesfa." (Fonte: Exame)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://exame.abril.com.br/negocios/setor-espera-rejeicao-do-cade-de-acordo-votorantimarcelormittal/







MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (31/08/2017) - Eu acredito que possa vir por aí um imposto sobre exportação de commodities.

"Há um balão de ensaio prestes a subir do Ministério da Fazenda na contramão da Pasta da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Trata-se de mais uma engenhosidade tributária com o objetivo salvacionista da pátria fiscal. A proposta de ativar alíquotas do imposto de exportação sobre commodities não chega a ser um ornitorrinco, mas consegue a façanha de unir ovíparos e lepidópteros. Exemplo: o casamento pontual das ideias de Henrique Meirelles e Luiz Carlos Bresser Pereira. O abraço entre os dois seria de tamanduá, é claro." (Fonte: Relatório Reservado)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://relatorioreservado.com.br/imposto-sobre-commodities-ferve-no-tubo-de-ensaio-de-temer/







MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (28/08/2017) - Comunicando.

"O contrato mais ativo do minério de ferro na bolsa de Dalian subiu 0,3 por cento, para 585,50 iuanes (88 dólares) por tonelada. A máxima foi de 601 iuanes durante o pregão. Na semana, a alta foi de 5 por cento.

Paralelamente, o contrato mais negociado do vergalhão de aço na bolsa de Xangai avançou 2,7 por cento, para 3.930 iuanes por tonelada. A commodity subiu pela quarta semana nas últimas cinco." (Fonte: Exame)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://exame.abril.com.br/mercados/minerio-de-ferro-avanca-na-china-e-tem-9a-semana-seguida-de-alta/







MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (25/08/2017) - Comunicando.

"A produção mundial de aço bruto subiu 6,3 por cento em julho sobre o mesmo período do ano passado, para 143 milhões de toneladas, informou nesta quinta-feira a Worldsteel, associação que representa o setor em quase 70 países.

A produção de aço bruto da China, maior produtora e consumidora da liga, subiu para 74 milhões de toneladas em julho, crescimento de 10,3 por cento na comparação anual." (Fonte: Reuters)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://br.reuters.com/article/businessNews/idBRKCN1B428V-OBRBS







MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (24/08/2017) - Comunicando.

"O governo brasileiro extinguiu a Reserva Nacional de Cobre e Associadas (Renca), localizada nos Estados do Pará e Amapá, com o objetivo atrair investimentos para o setor de mineração, de acordo decreto presidencial publicado no Diário Oficial da União." (Fonte: Reuters)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://br.reuters.com/article/businessNews/idBRKCN1B31IC-OBRBS







MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (24/08/2017) - Comunicando.

"O contrato mais ativo do vergalhão de aço na Bolsa de Xangai fechou em baixa de 4 por cento, a 3.779 iuanes (567 dólares) por tonelada. O minério de ferro na Bolsa de Dalian cedeu 3,8 por cento e terminou em 578,50 iuanes por tonelada, após mínima na sessão de 565 iuanes." (Fonte: Reuters)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://br.reuters.com/article/businessNews/idBRKCN1B31GO-OBRBS







MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (23/08/2017) - Boa notícia.

"Os distribuidores de aços planos do Brasil tiveram alta de 5,7 por cento nas vendas em julho sobre igual mês do ano passado. Na comparação com junho deste ano, houve alta de 18,8 por cento nas vendas." (Fonte: Reuters)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://br.reuters.com/article/businessNews/idBRKCN1B21LX-OBRBS







MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (23/08/2017) - Produção não para de crescer.

"A produção mundial de aço bruto totalizou 836 milhões de toneladas no acumulado de janeiro a junho, um crescimento de 4,5% na comparação com igual período do ano passado. Em 2016, ante o ano anterior, a produção do aço bruto havia avançado apenas 0,8%, para 1,63 bilhão de toneladas." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.valor.com.br/empresas/5090696/excesso-de-capacidade-global-e-barreiras-geram-receio







MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (22/08/2017) - Ótimo para a Vale e para as siderúrgicas nacionais, principalmente as que também são mineradoras.

"O contrato mais ativo do minério de ferro em Dalian fechou em alta de 6,6 por cento, a 596 iuanes (89,34 dólares) por tonelada. O contrato chegou a atingir uma máxima de 601 iuanes durante o pregão, maior patamar desde 20 de março. Os futuros de minério de ferro subiram 10,8 por cento nas últimas três sessões, o maior ganho percentual de três dias desde o período de três dias encerrado em 14 de fevereiro de 2017. O contrato mais ativo do vergalhão de aço na Bolsa de Xangai avançou 3,6 por cento, para 3.962 iuanes por tonelada." (Fonte: Reuters)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://br.reuters.com/article/businessNews/idBRKCN1B11HG-OBRBS







VALE - (21/08/2017) - Comunicando.

"A diretoria da mineradora brasileira Vale está submetendo ao seu Conselho de Administração proposta para convocação de uma assembleia geral para aprovar a conversão de ações remanescentes preferenciais (sem direito a voto) em ordinárias (com direito), permitindo então que a empresa migre para o Novo Mercado da B3 (antiga BM&FBovespa, a bolsa brasileira). Pela proposta, será preservada na conversão das ações remanescentes a mesma razão adotada na conversão voluntária, que teve fim em 11 de agosto, de 0,9342 ação ordinária por cada ação preferencial, explicou a Vale." (Fonte: O Globo G1)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://g1.globo.com/economia/negocios/noticia/vale-submete-ao-conselho-proposta-para-converter-acoes-remanescentes.ghtml







MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (21/08/2017) - Comunicando.

"O minério de ferro negociado em Qingdao, um dos mais acompanhados pelo mercado, subiu 6,81% nesta sexta-feira, encerrando a US$ 77,94, enquanto os contratos futuros da commodity negociados em Dalian dispararam 6,61%, em vista da queda dos estoques de minério de ferro nos portos da China. Segundo o Credit Suisse, o movimento reflete basicamente que há mais carregamentos saindo dos portos do que chegando, comprovando que a demanda continua forte." (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.infomoney.com.br/mercados/acoes-e-indices/noticia/6897779/estacio-dispara-mais-acoes-sobem-mais-semana-sabesp-lidera-perdas







MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (18/08/2017) - Produção subiu 1%. Consumo subiu 9,0% (muito bom), vendas subiram 3,2% (bom), mas as importações subiram 83,8%, o que é péssimo. Se continuar nesse ritmo as importações tomarão o mercado das siderúrgicas nacionais com o tempo.

"A produção de aço bruto no Brasil em julho somou 2,8 milhões de toneladas, uma expansão de 1% em relação ao mesmo mês do ano passado, informou o Instituto Aço Brasil. No mês passado, a produção de laminados foi de 1,8 milhão de toneladas, queda de 3,3% quando comparada ao apurado em julho de 2016.O consumo aparente de aço no País foi de 1,6 milhão de toneladas em julho, 9,0% a mais do que o registrado no mesmo mês de 2016. Já as vendas internas cresceram 3,2% na mesma base de comparação, totalizando 1,4 milhão de toneladas. As importações de aço cresceram 83,8%, para 204 mil toneladas e aumentaram 50,0% em valor." (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.infomoney.com.br/mercados/noticia/6896243/producao-aco-bruto-julho-sobe-ante-julho-2016-revela-instituto







VALE - (16/08/2017) - Comunicando.

"A mineradora brasileira Vale e a African Rainbow Minerals (ARM) venderam participação indireta de 80 por cento da mina de cobre de Lubambe, na Zâmbia (África), para a EMR Capital Bidco, por 97,10 milhões de dólares, informou nesta terça-feira a ARM, em nota ao mercado." (Fonte: Reuters)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://br.reuters.com/article/businessNews/idBRKCN1AV29L-OBRBS







MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (15/08/2017) - Comunicando.

"Seguindo com o movimento de baixa acompanhado na sexta-feira (11), os contratos futuros de minério de ferro negociados na Bolsa de Mercadorias de Dalian registraram forte queda de 4,53% nesta segunda-feira (14), cotados a US$ 79,00 por tonelada (527 iuanes), pressionados por dados econômicos decepcionantes na China. Na mesma linha, mas com menor expressão, a commodity negociada no porto de Qingdao com 62% de pureza, um dos mais acompanhados pelo mercado, recuou 0,64%, fechando o dia em US$ 74,71 por tonelada." (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.infomoney.com.br/mercados/noticia/6877674/contratos-futuros-minerio-ferro-recuam-forte-apos-dados-economicos-mais







MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (14/08/2017) - Opinião deles.

"Autoridades da China fizeram um alerta sobre "negócios irracionais" com contratos futuros de metais, gerando uma forte retração nos preços hoje e sinalizando que Pequim quer evitar oscilações abruptas nos mercados de commodities do país. Segundo a Cisa, alguns operadores impulsionaram os futuros em benefício próprio, ao concluírem exageradamente que os preços do aço irão disparar no segundo semestre deste ano." (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.infomoney.com.br/mercados/noticia/6877678/china-alerta-sobre-movimento-irracional-dos-contratos-futuros-aco







VALE - (14/08/2017) - Comunicando.

"Segundo a empresa, detentores de um volume equivalente a 84,4% das ações preferenciais aceitaram trocar os papéis por ações ordinárias (com direito a voto). O mínimo necessário para dar prosseguimento ao processo era 54,09%. " (Fonte: Folha)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www1.folha.uol.com.br/mercado/2017/08/1909372-troca-de-papeis-da-vale-atinge-84-das-acoes-preferenciais.shtml







VALE - (11/08/2017) - Comunicando.

"A Vale divulgou um resultado parcial da conversão de ações preferenciais em ordinárias que a companhia realiza até esta sexta-feira, 11. Segundo as informações recebidas pela mineradora da B3, do Bradesco, banco escriturador da operação, e do Citibank, agente da conversão, um total de 1.421.178.947 ações PN, inclusive as representadas por American Depositary Shares (ADS), aderiram à conversão para ON. Esse número corresponde a 72,2% do total em circulação no mercado." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.istoedinheiro.com.br/vale-conversao-de-acoes-pn-em-on-tem-adesao-de-722-do-total-de-preferenciais/







MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (11/08/2017) - Comunicando.

"Em vista da crescente tensão entre EUA e Coreia do Norte, os contratos futuros de minério de ferro negociados na Bolsa de Mercadorias de Dalian registraram forte queda de 4,80% nesta sexta-feira (11), cotados a US$ 80,42 por tonelada (536 iuanes). Na mesma linha, a commodity negociada no porto de Qingdao com 62% de pureza, um dos mais acompanhados pelo mercado, recuou 1,94%, na marca de US$ 75,19 por tonelada. " (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.infomoney.com.br/mercados/noticia/6872694/contratos-futuros-minerio-ferro-recuam-forte-china-adr-vale-opera







MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (11/08/2017) - Péssima notícia.

"O governo de Donald Trump anunciou a imposição de barreiras contra determinados produtos siderúrgicos brasileiros. O anúncio foi feito pelo secretário de Comércio dos Estados Unidos, Wilbur Ross, e as sobretaxas cobradas pelo país poderão chegar a mais de 50%. Em dezembro, as medidas definitivas devem ser anunciadas oficialmente. No caso da Austrália, a cobrança será de 16,23%; para produtos com origem no Casaquistão a sobretaxa deve ultrapassar 120%." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.istoedinheiro.com.br/medida-de-trump-afeta-siderurgia-brasileira/







VALE - (10/08/2017) - Comunicando.

"A mineradora brasileira Vale vendeu dois navios super cargueiros, conhecidos como VLOC, por US$ 178 milhões. A companhia ainda informou, em comunicado nesta quarta-feira (9), que venderá outros dois navios do tipo." (Fonte: G1)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://g1.globo.com/economia/negocios/noticia/vale-vende-de-2-navios-cargueiros-por-us-178-milhoes-e-negocia-outros-2.ghtml







VALE - (09/08/2017) - Comunicando.

"Vale avança na mudança societária. De acordo com o Valor Econômico, a adesão à conversão voluntária de ações preferenciais em ordinárias deve superar meta estabelecida de 54,09%. A operação faz com os atuais controladores (Bradesco, BNDESPar, Mitsui e fundos de pensão liderados pela Previ) sejam diluídos e fiquem com menos de 50% das ações" (Fonte: Exame)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://exame.abril.com.br/mercados/reforma-politica-e-tudo-para-voce-ler-antes-de-a-bolsa-abrir/







MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (08/08/2017) - Está difícil de exportar manufaturados visto que com o dólar nos atuais patamares fica muito difícil o Brasil ser competitivo. Ou o dólar sobe ou o custo Brasil cai, que é muito difícil de ocorrer.

Observe o incremento na importação de produtos siderúrgicos e de adubos e fertilizantes, o que é ruim para os setores envolvidos.

"A balança comercial brasileira registrou superávit comercial de US$ 350 milhões na primeira semana de agosto (1 a 6), que teve apenas quatro dias úteis. O saldo comercial do ano é positivo em US$ 42,860 bilhões. Houve aumento nas vendas de produtos semimanufaturados (+11,1%, de US$ 117,4 milhões para US$ 130,4 milhões), e de produtos básicos (+4,8%, de US$ 314,1 milhões para US$ 329,3 milhões) enquanto caíram as exportações de manufaturados (-1,5%, de US$ 287,9 milhões para US$ 283,7 milhões).

Na comparação com julho deste ano, houve redução de 15,3% no valor exportado, principalmente pela queda nas vendas de produtos manufaturados (-19,3%, de US$ 351,7 milhões para US$ 283,7 milhões) e básicos (-17,3%, de US$ 398,2 milhões para US$ 329,3 milhões). Já as vendas de produtos semimanufaturados aumentou no período (+5,0%, de US$ 124,2 milhões para US$ 130,4 milhões).

Pelo lado das importações, houve aumento de 19,8% em agosto ante o mesmo mês do ano passado, destaque para o crescimento nas compras de adubos e fertilizantes (+91,8%), siderúrgicos (+65,4%), combustíveis e lubrificantes (+42,1%) e equipamentos eletroeletrônicos (+25,6%)." (Fonte: Exame)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:








MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (08/08/2017) - Ruim para as mineradoras.

"O Congresso pressiona por mudanças nas medidas provisórias que aumentam os royalties da mineração e alteram o marco regulatório do setor. Deputados e senadores apresentaram quase 350 emendas aos textos enviados pelo governo. Muitas buscam elevar a conta imposta às mineradoras, com aumentos ainda maiores das alíquotas e cobrança de participações especiais sobre jazidas de alta produtividade." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.valor.com.br/brasil/5071396/congresso-pressiona-para-taxar-mineradoras







MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (08/08/2017) - Comunicando.

"O minério de ferro negociado no porto de Qingdao com 62% de pureza, um dos mais acompanhados pelo mercado, recuou 0,93% nesta terça-feira (8), cotado a US$ 75,46 por tonelada. Na mesma linha, mas com maior intensidade, os contratos futuros de minério de ferro negociados na Bolsa de Mercadorias de Dalian registraram queda de 2,66%, encerrando o pregão cotados a US$ 81,90 (549 iuanes)." (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:
http://www.infomoney.com.br/mercados/noticia/6858775/balanca-comercial-chinesa-decepciona-minerio-ferro-recua-qingdao-adr-vale







VALE - (07/08/2017) - Comunicando.

"A mineradora Vale disse que "não há em curso e nunca houve qualquer tratativa" na companhia sobre uma eventual compra de ativos da Companhia Siderúrgica Nacional (CSN), incluindo a mina de Casa de Pedra, segundo comunicado da companhia ao mercado nesta sexta-feira. O site da revista Época Negócios publicou mais cedo nesta sexta-feira que a ideia de uma parceria com o braço de mineração da CSN "começa a ser avaliada" na Vale, com foco na compra da subsidiária da siderúrgica que opera a Casa de Pedra e ativos de logística." (Fonte: Reuters)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:








MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (04/08/2017) - Comunicando.

"Seguindo com o movimento de alta verificado no pregão passado, quando subiu 0,87%, o minério de ferro negociado no porto de Qingdao com 62% de pureza, um dos mais acompanhados pelo mercado, registrou alta de 1,63% nesta sexta-feira (4), fechando a US$ 74,12 por tonelada. Na mesma linha, os contratos futuros da commodity negociados na Bolsa de Mercadorias de Dalian avançaram 1,10%, cotados a US$ 81,71 (549 " (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:








MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (02/08/2017) - Comunicando.

"Os contratos futuros de minério de ferro negociados na Bolsa de Mercadorias de Dalian avançaram 2,43% nesta terça-feira (1), encerrando o pregão cotados a US$ 81,42 (547 iuanes), após o PMI (Purchasing Managers Index) do setor privado chinês apresentar resultado melhor do que o esperado em julho. Os contratos acumulam valorização de 9,46% em duas sessões." (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:








VALE - (02/08/2017) - Comunicando.

"Em comunicado à CVM, a Vale afirmou que a notícia veiculada no Blog do Lauro Jardim, do jornal O Globo, em 30 de julho, que diz que a mineradora vai comprar a fatia da Samarco, pertencente à BHP Billiton , é meramente especulativa. A BHP disse, também em comunicado, não ter acordo para vender fatia na Samarco à Vale." (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:








VALE - (31/07/2017) - A ação está em níveis razoáveis para que os investidores acompanhem os preços e comprem em momentos de correção técnica. O P/L se encontra em 12,8 e o P/VPA em 1,1 (Fonte: Guiainvest).

"A Vale fechou o segundo trimestre de 2017 com lucro de R$ 60 milhões, uma queda de 98,3% ante os R$ 3,585 bilhões de igual período do ano anterior. No primeiro trimestre deste calendário, a companhia havia ganhado R$ 7,891 bilhões.

A receita líquida da companhia entre abril e junho foi de R$ 23,363 bilhões, 8,3% acima dos R$ 21,576 bilhões registrados em igual período do ano passado. Entretanto, o resultado foi 12,6% menor que no primeiro trimestre de 2017 (R$ 26,742 bilhões).

O lucro antes de juros, impostos, depreciações e amortizações (Ebitda, na sigla em inglês) ajustado somou R$ 8,834 bilhões no segundo trimestre de 2017, uma alta de 7,4% ante um ano antes, mas 34,7% inferior ao do primeiro trimestre de 2017 (R$ 13,523 bilhões).

A dívida líquida da Vale fechou o segundo trimestre em US$ 22,122 bilhões, redução de US$ 655 milhões contra os US$ 22,777 bilhões em 31 de março deste ano, ou queda de 2,87%.

A empresa encerrou o período de três meses até junho com US$ 5,720 bilhões em caixa e em equivalentes de caixa. A dívida bruta fechou junho em US$ 27,852 bilhões.

O resultado financeiro da empresa de abril a junho deste ano ficou negativo em R$ 4,34 bilhões, revertendo uma receita financeira líquida de R$ 7,02 bilhões apresentada no mesmo intervalo há um ano. Segundo as demonstrações financeiras da mineradora, as variações monetárias e cambiais tiveram um impacto negativo de R$ 1,93 bilhão — ante efeito positivo de R$ 6,43 bilhões no segundo trimestre de 2016." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:








VALE - (31/07/2017) - Comunicando.

"Em comunicado, a Vale informou que a Samarco (joint venture entre a mineradora e a BHP Billiton) não espera retomada de operações até fim de 2017. " (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:








MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (31/07/2017) - Comunicando.

"A China fechou 42,39 milhões de toneladas de capacidade de produção de aço bruto no primeiro semestre de 2017, o que representa 84 por cento da meta para o ano inteiro, disse um oficial do governo em uma reunião com um grupo da indústria na sexta-feira." (Fonte: Reuters)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:








MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (31/07/2017) - Positivo para as empresas siderúrgicas que tem mineração própria e para a Vale.

"O minério de ferro negociado no porto de Qingdao com 62% de pureza, um dos mais acompanhados pelo mercado, disparou 7,23% nesta segunda-feira (31), encerrando o dia cotado a US$ 73,70. Na mesma linha, os contratos futuros de minério de ferro negociados na Bolsa de Mercadorias de Dalian avançaram 7,03%, encerrando o pregão cotados a US$ 81,47 (548 iuanes)." (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:








MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (28/07/2017) - Comunicando.

"A Secretaria de Comércio Exterior deverá apresentar até o dia 31 o resultado da investigação de prática de dumping nas exportações de aços planos laminados a quente da Rússia e da China para o Brasil. Entre as siderúrgicas nacionais, a expectativa é que a Secretaria vai recomendar ao governo a aplicação de restrições à importação do produto dos dois países – Rússia e China respondem por mais de 80% dos laminados a quente que entram no país (algo como 72 mil toneladas por ano). Coincidência ou não, na semana passada a Usiminas anunciou um aumento de 10,7% nos preços do produto. Nos últimos dois anos, a indústria siderúrgica nacional se viu forçada a praticar descontos expressivos para não perder mercado para o aço importado." (Fonte: Relatório Reservado)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:








MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (27/07/2017) - Até as perspectivas estão piorando.

"As vendas internas de aço no Brasil devem cair 1,3% em 2017, para 16,3 milhões de toneladas, informou nesta quarta-feira (26) o Instituto Aço Brasil (IABr), revendo estimativa divulgada em abril que previa crescimento de 1,3% nas vendas do setor.

A entidade manteve a estimativa para a produção de aço no país este ano em 32,47 milhões de toneladas, alta de 3,8% ante 2016, por conta da expectativa melhor para as exportações, que devem subir 9,1%, para cerca de 14,7 milhões de toneladas.

A projeção para o consumo aparente, foi cortada de alta de 2,9% para crescimento de 1,1%, a 18,4 milhões de toneladas." (Fonte: G1)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:








MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (27/07/2017) - Comunicando.

"A commodity spot (à vista) negociada no porto de Qingdao, na China, subiu 1,37% nesta sessão, a US$ 70,43 por tonelada, enquanto os contratos futuros do minério de ferro negociados na bolsa chinesa de Dalian caíram 0,58%, a 518 iuanes. " (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:








MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (26/07/2017) - Ruim para as empresas do setor que veem seu custo aumentar.

"A alíquota do royalty cobrado do minério de ferro vai subir dos atuais 2 por cento para até um limite de 4 por cento, variando de acordo com o preço internacional do insumo, informou nesta terça-feira o Ministério de Minas e Energia.

A alíquota da chamada Compensação Financeira pela Exploração Mineral (Cfem) também vai mudar para o nióbio, passando de 2 para 3 por cento, do ouro (de 1 por cento para 2 por cento) e do diamante (de 2 para 3 por cento).

Por outro lado, o governo anunciou uma redução de 2 por cento para 1,5 por cento na alíquota cobrada de minerais de uso imediato na construção civil." (Fonte: Reuters)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:








VALE - (26/07/2017) - Comunicando.

"As alíquotas do minério de ferro vão variar entre um piso de 2 por cento, quando a tonelada estiver abaixo dos 60 dólares no mercado internacional, até o teto de 4 por cento, quando a cotação da tonelada superar os 100 dólares, segundo o Ministério de Minas e Energia.

Entre o piso e o teto, o governo colocou alíquotas intermediárias: de 2,5 por cento, quando a tonelada estiver entre 60 e 70 dólares; de 3 por cento (70 a 80 dólares) e 3,5 por cento (de 80 a 100 dólares)." (Fonte: Reuters)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:








MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (26/07/2017) - Comunicando.

"A commodity spot (à vista) negociada no porto de Qingdao, na China, subiu 2,39%, a US$ 69,48 por tonelada, enquanto os contratos futuros do minério negociados na bolsa chinesa de Dalian avançaram 3,33%, a 527 iuanes. " (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:








MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (26/07/2017) - Vai demorar.

"O presidente dos EUA, Donald Trump, disse ontem que vai levar algum tempo até seu governo tomar a esperada decisão sobre possíveis restrições às importações de aço. "Não queremos fazer isso neste momento", afirmou em entrevista ao "The Wall Street Journal"." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:








MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (25/07/2017) - Comunicando.

"O presidente Michel Temer anunciará nesta terça-feira (25) mudanças nas regras para mineração durante a cerimônia de lançamento do Programa de Revitalização da Indústria Mineral Brasileira.Entre os pontos definidos pelo governo estão mudanças nas alíquotas de royalties para exploração mineral e nas regras de licenciamento ambiental, além da criação de uma agência nacional de mineração." (Fonte: G1)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:








VALE - (21/07/2017) - Maior produção e menor preço de venda, não acho que será assim tão positivo.

"No período entre abril e junho, a empresa produziu 91,8 milhões de toneladas métricas deste componente do aço, alta de 5,8% em relação ao mesmo período de 2016 e de 6,6% em comparação com o primeiro trimestre deste ano.

O incremento da produção, contudo, não deve ser traduzido em lucro recorde, devido à queda dos preços do minério de ferro no mercado internacional, aponta a Bloomberg. O produto, que estava sendo negociado por 95 dólares a tonelada em fevereiro, caiu a 53 dólares em meados de junho, devido a um excesso de oferta. Desde então, se recuperou a cerca de 68 dólares, graças a uma alta da demanda de aço e aos bons resultados da economia chinesa." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:








MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (21/07/2017) - Comunicando.

"A produção mundial de aço bruto, considerando-se os 67 países que informam seus dados à Worldsteel, entidade que reúne as principais fabricantes do insumo no mundo, totalizou 141 milhões de toneladas em junho, alta de 3,2% frente as 136,6 milhões de toneladas produzidas um ano antes, influenciada principalmente pela melhora nos volumes na China." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:








MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (20/07/2017) - Comunicando.

"Hoje, os contratos futuros do minério de ferro negociados na bolsa chinesa de Dalian subiram 3,70%, a 532 iuanes, enquanto a commodity spot (à vista) negociada no porto de Qingdao, na China, avançou 2,03%, a US$ 70,24 por tonelada. " (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:








VALE - (20/07/2017) - Comunicando.

"A mineradora brasileira Vale, maior produtora global de minério de ferro, produziu 91,849 milhões de toneladas da commodity no segundo trimestre, alta de 5,8 por cento ante o mesmo período do ano anterior, informou a companhia nesta quinta-feira." (Fonte: Reuters)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:








MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (19/07/2017) - Não param de subir os preços.

"Hoje, os contratos futuros de minério de ferro negociados na Bolsa de Mercadorias de Dalian avançaram 5,30% nesta terça-feira (18), encerrando o pregão cotados a US$ 76,62 (517 iuanes), acumulando valorização de 8,43% em apenas dois pregões. Na mesma linha, o minério de ferro negociado no porto de Qingdao com 62% de pureza subiu 3,04%, encerrando o dia cotado a US$ 68,84 por tonelada, resultando em uma valorização de 4,67% desde segunda-feira (17)." (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:








MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (19/07/2017) - PÉSSIMA notícia para o setor siderúrgico nacional. Além de restringir a entrada do aço brasileiro na Europa, incentiva que outros países / regiões façam o mesmo e nas regiões onde não haverá a restrição, terá aço em excesso de outros países produtores para competir com o brasileiro.

"A União Europeia está planejando impor tarifas de até 33 por cento sobre as importações de aço laminado a quente do Brasil, Irã, Rússia e Ucrânia para combater o que considera preços injustamente baixos, de acordo um documento visto pela Reuters. A UE tem mais de 40 medidas antidumping para ajudar os produtores europeus de aço, principalmente destinados a conter as importações da China.

A Comissão está propondo tarifas de 16,3 por cento sobre aço da ArcelorMittal Brasil, 17,5 por cento para a Usiminas e 15,7 por cento para a CSN.

As tarifas definitivas devem ser aplicadas até 6 de outubro." (Fonte: Reuters)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:








MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (18/07/2017) - Comunicando.

"Hoje, a commodity spot (à vista) negociada no porto de Qingdao, na China, subiu 1,63%, a US$ 66,81 por tonelada, enquanto os contratos futuros do minério de ferro negociados na bolsa chinesa de Dalian avançaram 3,13%, a 495 iuanes. " (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:








MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (18/07/2017) - Comunicando.

"As siderúrgicas do país abriram nova rodada de reajustes dos preços do aço. Depois da Usiminas, na semana passada, ontem a ArcelorMittal comunicou a seus clientes da distribuição aumento de 10% para a bobina a quente. O reajuste entrará em vigor no dia 24. Segundo uma fonte, também o grupo Gerdau vai seguir as concorrentes e elevar em 10% o preço do mesmo produto, com a nova tabela passando a vale no dia 1o de agosto. A CSN não informou ainda intenção, mas a expectativa de clientes é que fará algo da mesma ordem a partir do início do próximo mês. O reajuste da Usiminas, de 10,7%, começa a vigorar nesta sexta-feira, dia 21. A razão do aumento apenas do aço laminado a quente, menos nobre, é que a diferença dele para a bobina a frio, na China, está em US$ 40 a tonelada. No Brasil, acima de US$ 100. A avaliação é que novo reajuste para laminado a frio e para aço galvanizado pode estimular ainda mais as importações dos dois tipos de aço da China. Laminado a frio e galvanizado responderam, em junho, por 18% e 25% do consumo aparente dos dois produtos, respectivamente. A importação de bobina a quente somou apenas 4 mil toneladas." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:








VALE - (17/07/2017) - Comunicando.

"A companhia Emerita Resources informou nesta sexta-feira que celebrou um acordo definitivo com a mineradora Vale e a IMS Engenharia Mineral para a aquisição do projeto de zinco Salobro, em Porteirinha, Minas Gerais. A Emerita disse em nota que após o acerto definitivo sobre o negócio irá pagar 6,5 milhões de dólares em dinheiro à Vale, ao longo de sete anos." (Fonte: Reuters)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:








MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (17/07/2017) - Se as cotas para o Brasil forem menores ou iguais ao que nós exportamos pata os EUA, isso será ruim, pois exportaremos menos para lá e ainda terá um excesso de produto para competirmos no mundo, inclusive no Brasil, aumentando a competição e reduzindo as margens de lucro.

Se as quotas brasileiras forem maiores do que já exportamos, ganharemos mercado nos EUA e assim será benéfico para a indústria nacional.

"No radar das siderúrgicas, ontem, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse que está considerando cotas e tarifas para lidar com o "grande problema" do dumping de aço da China e outros países. Os comentários de Trump fazem parte de uma promessa de campanha para ajudar a reavivar diversos setores industriais nos Estados Unidos, inclusive o siderúrgico.

Segundo analistas do Credit Suisse, em um primeiro momento, o anuncio da Seção 232 deve levar os investidores a ficarem mais otimistas com as siderúrgicas americanas e negativos com as europeias. No entanto, eles apontam que, conforme cometado essa semana, a Europa deve também implementar alguma medida para se proteger e evitar um potencial deslocamento da oferta que era para os EUA para a Europa. Outras regiões do mundo devem ser vistas com cautela, caso outro país não implemente medidas de protecionismo, complementam. " (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:








MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (17/07/2017) - Notícia ruim para o setor que terá custos e fiscalização incrementados.

"O governo espera reforço de pelo menos R$ 1,5 bilhão ao ano nas receitas com royalties da mineração. A estimativa se baseia no aumento da taxa cobrada sobre a exploração desses recursos, previsto para ser anunciado em 25 de julho como parte das medidas provisórias em preparação para modernizar o marco regulatório do setor. Será criada uma agência reguladora, em substituição ao Departamento Nacional de Produção Mineral, e mais de 20 pontos do Código de Mineração, de 1967, serão mudados." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:








MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (12/07/2017) - Comunicando.

"A commodity à vista negociada no porto de Qingdao, na China, avançou 2,11% hoje, a US$ 65,40 por tonelada, enquanto os contratos futuros do minério de ferro negociados na bolsa chinesa de Dalian registraram alta de 1,88%, a 489 iuanes. " (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:








MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (07/07/2017) - Comunicando.

"Hoje, a commodity spot (à vista) negociada no Porto de Qingdao, na China, caiu 2,08%, a US$ 61,96 por tonelada, enquanto os contratos futuros do minério cotados na bolsa chinesa de Dalian recuaram 0,42%, a 471 iuanes. " (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:








MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (06/07/2017) - Se só restringir a China, será bom para as siderúrgicas brasileiras que poderão exportar mais para os EUA. Se as restrições incluírem o Brasil, será muito ruim, pois além do mercado dos EUA se fechar, teremos de concorrer com o aço chines no Brasil e no mundo.

"China e EUA protagonizam, na preparação do G-20, novo confronto no comércio internacional de aço. Se a disputa prosperar, pode afetar o Brasil, segundo maior exportador do produto para os EUA. O Valor apurou que os americanos ameaçam com uma ação unilateral para barrar o aço chinês em seu mercado." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:








MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (05/07/2017) - Comunicando.

"O contrato mais ativo do vergalhão de aço na bolsa de Xangai SRBcv1 subiu até 3.448 iuanes, maior nível desde fevereiro de 2014, antes de cair 0,4 por cento para fechar a 3.360 iuanes (494 dólares) a tonelada. O preço do produto utilizado para a construção soma alta de 26 por cento neste ano." (Fonte: Reuters)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:








MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (05/07/2017) - Comunicando.

"Hoje, a commodity spot (à vista) negociada no porto de Qingdao, na China, caiu 1,65%, a US$ 63,23 a tonelada, enquanto os contratos futuros do minério negociados na bolsa de Dalian recuaram 2,92%, a 465 iuanes. " (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:








MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (30/06/2017) - Comunicando.

"A commodity spot (à vista) negociada em Qingdao, na China, subiu 3,82%, a US$ 64,71 a tonelada, enquanto os contratos futuros do minério de ferro negociados na bolsa chinesa de Dalian avançaram 4,38%, a 477 iuanes. " (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:








VALE - (30/06/2017) - Comunicando.

"A Vale informou que pretende disponibilizar à Samarco linhas de crédito de curto prazo de até US$ 76 milhões para apoiar suas operações no segundo semestre de 2017, sem que isso configure uma obrigação da Vale para com a Samarco." (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:








MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (29/06/2017) - Positivo.

"O minério de ferro spot negociado no porto de Qingdao com 62% de pureza, o mais acompanhado pelo mercado, subiu 4,40% nesta quarta-feira (28), cotado a US$ 62,33 a tonelada, após pesquisa apontar melhora da economia chinesa no segundo trimestre. Com a valorização da última terça-feira (27), a commodity acumula alta de 9,6% em dois dias." (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:








VALE - (28/06/2017) - Comunicando.

"Conforme já esperado pelo mercado, os acionistas da Vale (VALE3;VALE5) aprovaram o plano de reestruturação da companhia, que consistia em sete pontos (veja mais aqui). Os acionistas aprovaram novo estatuto, a conversão voluntária de ações preferenciais classe “A” de emissão da Vale em ações ordinárias na relação de 0,9342 de ON por cada PNA, a alteração do estatuto social e a incorporação da Valepar... a percepção de que a mudança pode melhorar a governança corporativa da Vale e reduzir o risco de intervenção do governo. " (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:








MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (28/06/2017) - Comunicando.

"O minério de ferro à vista negociado no Porto de Qingdao, na China, fechou esta sessão em alta de 5,20%, a US$ 59,70 a tonelada, enquanto os contratos futuros do minério negociados na bolsa chinesa de Dalian saltaram 6,03%, a 457 iuanes." (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:








VALE - (23/06/2017) - Comunicando.

"O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) declarou a aquisição da unidade de fertilizantes da mineradora Vale pela norte-americana Mosaic "complexa" e exigirá a realização de diligências, segundo publicação no Diário Oficial da União desta quinta-feira." (Fonte: Reuters)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:








MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (21/06/2017) - Evite comprar ações do setor siderúrgico.

"Aumenta concorrência com aço importado e setor já pede proteção. Ainda sem o efeito cheio da queda do real diante do dólar, maio continuou sendo um mês de alerta para o setor siderúrgico em relação à concorrência com os produtos importados. Em alguns segmentos, a situação já é tão apertada que as empresas se movimentam para pedir ações de defesa comercial." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:








VALE - (16/06/2017) - Comunicando.

"As renomadas consultorias globais ISS e Glass Lewis se posicionaram favoravelmente ao processo de reestruturação corporativa da mineradora Vale, aumentando as chances de aprovação da operação, afirmou à Reuters uma fonte com conhecimento do assunto." (Fonte: Reuters)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:








MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (12/06/2017) - Comunicando.

"O minério de ferro negociado no porto de Qingdao com 62% de pureza, um dos mais acompanhados pelo mercado, recuou 1,72%, encerrando a sexta-feira (9) em US$ 55,41. Seguindo o mesmo movimento, o minério de ferro na Bolsa de Mercadorias de Dalian registrou desvalorização de 1,40%, a US$ 62,39 por tonelada (424 yuans)." (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:








MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (06/06/2017) - Comunicando.

"A commodity à vista negociada no porto de Qingdao, na China, caiu 3,27% nesta sessão, indo a US$ 55,90 a tonelada. " (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:








MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (01/06/2017) - Ruim para as mineradoras.

"O contrato mais ativo do minério de ferro na bolsa de Dalian tocou a mínima de 423,50 iuanes (62 dólares) a tonelada, menor nível desde novembro de 2016. O contrato fechou com queda de 6 por cento, a 424,50 iuanes. Na negociação noturna, ampliava perdas para cerca de 4 por cento, para 421 iuanes por tonelada. Em maio, o contrato acumulou perda de mais de 16 por cento, o maior declínio mensal desde maio de 2016." (Fonte: Reuters)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:








MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (25/05/2017) - Continua ruim e piorando a situação do setor.

"A compra de aço plano pela rede de distribuição caiu 8,7% em abril na relação anual para 221,3 mil toneladas, de acordo com dados divulgados nesta quarta-feira, 24, pelo Instituto Nacional dos Distribuidores de Aço (Inda). Na comparação com março, por outro lado, houve recuo de 23%, muito pior do que o recuo de 8% esperado pela entidade. Já as vendas de aços planos em março chegaram em 213,7 mil toneladas, queda de 13,2% na relação anual e recuo de 15,9% na mensal.

Com isso, os estoques de março subiram 0,8% ante março, com 959,1 mil toneladas. O giro de estoques subiu no mês passado para 4,5 meses.

As importações, por sua vez, alcançaram em abril 72,9 mil toneladas, alta de 58% na comparação anual e queda de 33,8% frente ao mês imediatamente anterior." (Fonte: UOL)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:








VALE - (22/05/2017) - Comunicando.

"A companhia de mineração do bilionário Beny Steinmetz pode ter que pagar US$ 1,2 bilhão à Vale, sua ex-sócia, após ter optado por não comparecer a uma audiência de mediação em Londres relativa à disputa por um dos ativos minerais mais ricos do mundo, disseram duas pessoas com conhecimento do assunto." (Fonte: UOL)







MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (18/05/2017) - Alta da produção e recuo no consumo normalmente é ruim para as siderúrgicas. NÃO recomendo ser sócio de empresas do setor no momento.

"As siderúrgicas brasileiras tiveram forte aumento na produção em abril, mas a venda no mercado interno foi na contramão e recuou quase 13 por cento. As usinas produziram 26 por cento mais aço bruto em abril do que um ano antes, a 2,895 milhões de toneladas, mas o volume vendido no mercado interno somou 1,205 milhão de toneladas, reforçando mais uma vez a fraqueza do mercado interno.

Além disso, os analistas citaram que a participação das importações quase dobrou no período, passando de 7 por cento do consumo aparente em abril do ano passado para 12 por cento no mês passado.

Com isso, os números apontam para um avanço nos estoques de aço, dado que no acumulado de janeiro a abril a produção de aço bruto do Brasil teve alta de 14,5 por cento, a 11,1 milhões de toneladas, enquanto as vendas no mercado interno tiveram retração de 3,6 por cento, a 5,17 milhões de toneladas.

Como as exportações subiram 9 por cento de janeiro a abril, a 4,65 milhões de toneladas." (Fonte: Reuters)







MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (18/05/2017) - Comunicando.

"O contrato mais negociado do minério de ferro na bolsa de Dalian fechou em alta de 4,6 por cento, a 477,50 iuanes (69 dólares) por tonelada, recuperando-se após atingir a mínima em quatro meses na segunda-feira.

O vergalhão de aço na bolsa de Xangai subiu 4,3 por cento, para 3.110 iuanes por tonelada, maior ganho diário desde 10 de janeiro." (Fonte: Reuters)







MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (16/05/2017) - Comunicando.

"As siderúrgicas chinesas produziram 72,8 milhões de toneladas em abril, alta de 4,9 por cento, segundo os dados do Serviço Nacional de Estatísticas (NBS, na sigla em inglês) desta segunda-feira, acima do recorde de março, de 72 milhões de toneladas, com as usinas do país se apressando para lucrar com a alta dos preços, com a demanda estável.

Em nota após a divulgação dos dados, um porta-voz da NBS disse que o país já atingiu 63,4 por cento da sua meta de redução de aço e 46 por cento dos cortes de carvão." (Fonte: Reuters)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:








VALE - (12/05/2017) - Comunicando.

"O Conselho de Administração Vale aprovou nesta quinta-feira a proposta final apresentada pela Valepar S.A., acionista controladora da mineradora, de proposta de reestruturação societária que prevê a transformação da empresa em uma sociedade sem controle definido e viabiliza a sua listagem no segmento especial do Novo Mercado da B3.

O colegiado também aprovou a submissão à Assembleia Geral da companhia das matérias, entre elas da proposta que prevê conversão voluntária das ações preferenciais classe A de emissão da Vale em ações ordinárias, na relação de 0,9342 ação ordinária por cada ação preferencial classe A de emissão da Vale, a qual foi definida com base no preço de fechamento apurado na média dos últimos 30 pregões anteriores a 17 de fevereiro de 2017.

O presidente-executivo da Vale, Murilo Ferreira, cujo contrato expira ao final de maio, será substituído por Fabio Schvartsman, presidente da Klabin." (Fonte: Reuters)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:








MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (10/05/2017) - Notícia ruim.

"Segundo a Coluna do Broad, entre os maiores credores da Aço Cearense, que entrou com seu pedido de recuperação judicial na semana passada, está a siderúrgica Usiminas, com um crédito a receber de R$ 57,26 milhões. Com esse montante, a Usiminas é o oitavo maior credor da empresa. A dívida da Aço Cearense é da ordem de R$ 2 bilhões." (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:








VALE - (10/05/2017) - Comunicando.

"Segundo fontes ouvidas pela Bloomberg, a mineradora deve ter saída de outros executivos após Murilo Ferreira. Roger Downey e Humberto Freitas também estão saindo da companhia. Ainda no noticiário da companhia, ela vendeu fatia na Pangea Emirates Limited à Mitsui & Co." (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:








MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (09/05/2017) - Comunicando.

"A commodity negociada com 62% de pureza no porto chinês de Qingdao recuou 2,56%, a US$ 60,15 a tonelada." (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:








MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (05/05/2017) - Comunicando.

"O minério de ferro na Bolsa de Mercadorias de Dalian caiu 8%, a 485 yuans por tonelada, marcando a sua maior queda diária desde 16 de novembro, em meio à preocupação com a alta de estoques. Por outro lado, o cobre teve a sua pior sessão em 19 meses na quarta-feira ao cair 3,49% em meio às preocupações sobre o crescimento chinês. " (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:








MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (02/05/2017) - Comunicando.

"O minério de ferro negociado em Qingdao fechou em alta de 2,38%, a US$ 68,80, enquanto o negociado em Dalian subiu 4,41%, a 521 iuanes, com as usinas recompondo estoques. " (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:








VALE - (28/04/2017) - Com P/L de 8,9 e P/VPA de 1,0 (Fonte: Guiainvest), a ação NÃO está cara, mas é importante assinalar que os preços do minério de ferro caíram bem e o lucro pode se reduzir nos próximos períodos. Mesmo assim é recomendado acompanhar o papel para COMPRAS nas oportunidades que o mercado oferecer, SEMPRE atento ao STOP LOSS.

"O lucro da mineradora Vale subiu para 7,891 bilhões de reais no primeiro trimestre de 2017, ante um resultado positivo de 6,311 bilhões no mesmo período de 2016, com a ajuda de uma maior produção de minério de ferro, informou a companhia nesta quinta-feira.

O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) ajustado subiu para 13,523 bilhões de reais, ante 7,41 bilhões um ano antes." (Fonte: Exame)







VALE - (27/04/2017) - Comunicando.

"O lucro da mineradora Vale subiu para 7,891 bilhões de reais no primeiro trimestre de 2017, ante um resultado positivo de 6,311 bilhões no mesmo período de 2016, com a ajuda de uma maior produção de minério de ferro, informou a companhia nesta quinta-feira.

O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) ajustado subiu para 13,523 bilhões de reais, ante 7,41 bilhões um ano antes.

" (Fonte: Exame)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:








MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (26/04/2017) - Comunicando.

"...o Instituto Aço Brasil informou que o crescimento do consumo sobe 5% no primeiro trimestre na comparação anual. As importações de aço subiram 73% no período, enquanto a produção deverá aumentar 3,8% este ano para 32,5 milhões de toneladas. As projeções são de o consumo aumente 2,9% este ano. " (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:








MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (25/04/2017) - Comunicando.

"A produção global de aço subiu 4,6 por cento em março em relação ao mesmo mês de 2016, para 145 milhões de toneladas, mostraram dados da Associação Mundial de Aço nesta segunda-feira. A produção de aço da China, maior produtor e consumidor global, subiu para 72 milhões de toneladas, alta de 1,8 por cento ante março de 2016." (Fonte: Reuters)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:








VALE - (17/04/2017) - Comunicando.

"Um estudo da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), em parceria com o Greenpeace, revelou que, além do rio Doce, as águas subterrâneas da região estão contaminadas com altos níveis de metais pesados. A água dos poços artesianos locais apresentaram níveis desses metais acima do permitido pelo governo brasileiro. Os pequenos agricultores são os mais prejudicados, já que não têm outra fonte de água para a produção e para beber." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:








VALE - (17/04/2017) - Comunicando.

"Um estudo da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), em parceria com o Greenpeace, revelou que, além do rio Doce, as águas subterrâneas da região estão contaminadas com altos níveis de metais pesados. A água dos poços artesianos locais apresentaram níveis desses metais acima do permitido pelo governo brasileiro. Os pequenos agricultores são os mais prejudicados, já que não têm outra fonte de água para a produção e para beber." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:








VALE - (12/04/2017) - Comunicando.

"As reservas totais de minério de ferro da mineradora Vale cresceram 5,6 por cento em 2016 em relação ao ano anterior, para 18,44 bilhões de toneladas, segundo relatório 20F publicado pela empresa para atender à regulamentação do mercado norte-americano de capitais." (Fonte: Reuters)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:








VALE - (04/04/2017) - Comunicando.

"A mineradora Vale informou nesta segunda-feira que uma carga de 260 mil toneladas de finos de minério de ferro, que estava em um cargueiro que afundou na costa do Uruguai, na sexta-feira, pertencia à companhia, confirmando informações do sistema de rastreamento de navios da Thomson Reuters.

Questionada sobre se haveria necessidade de declaração de força maior, a Vale informou que o produto ainda não havia sido comercializado, ou seja, ainda pertencia à mineradora brasileira." (Fonte: Reuters)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:








VALE - (28/03/2017) - Comunicando.

"Fabio Schvartsman será o novo presidente da Vale em substituição a Murilo Ferreira, que deixa o cargo em 26 de maio. Fabio Schvartsman é atualmente diretor-geral da Klabin. " (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:








VALE - (28/03/2017) - Comunicando.

"A mineradora Vale informou que recebeu nesta segunda-feira 733 milhões de dólares relacionados à conclusão da transação de equity sobre o desinvestimento de parte de sua participação na mina de carvão de Moatize e no Corredor Logístico de Nacala (CLN), em Moçambique." (Fonte: Reuters)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida:








VALE - (27/03/2017) - Positiva a notícia.

"O Tribunal Distrital dos Estados Unidos, em Nova York, julgou extinta a ação coletiva com relação à maior parte dos pedidos contra a empresa e outros réus, inclusive todos contra o diretor-presidente Murilo Ferreira, que envolve responsabilidades no rompimento da barragem de Fundão, em Mariana (MG), informou a empresa nesta sexta-feira." (Fonte: Reuters)







VALE - (21/03/2017) - As ações da mineradora subiram muito mais do que o mercado nos últimos os 12 meses, mesmo assim o P/L está atraente em 11,7, sendo que acredito ser possível de ter havido baixas contábeis nos últimos 12 meses. O P/VPA de 1,2 (Fonte: Guiainvest) também está justo e o preço do minério de ferro não para de subir. Vale a pena comprar ações da mineradora em movimento de correção das cotações.

"A mineradora Vale fechou 2016 com lucro líquido de 13,3 bilhões de reais, ante um prejuízo líquido de 44,2 bilhões em 2015. No quarto trimestre de 2016, o lucro líquido atingiu 525 milhões de dólares contra um prejuízo de 8,569 bilhões de dólares no quarto trimestre de 2015.

A geração de caixa da companhia, medida pelo lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) ajustado, subiu para 40,906 bilhões de reais em 2016, alta de 88,2 por cento ante 2015, principalmente em função dos melhores resultados em minerais ferrosos, metais básicos e carvão.

No quarto trimestre, a maior produtora global de minério de ferro teve produção de 92,39 milhões de toneladas, alta de 4,5 por cento ante o mesmo período do ano anterior.

No acumulado de 2016, a Vale teve lucro líquido de 13,3 bilhões de reais, ante um prejuízo líquido de 44,2 bilhões em 2015." (Fonte: Reuters)







VALE - (21/03/2017) - Boa notícia.

"A agência de classificação de ricos Moody’s elevou o rating da Vale de Ba3 para Ba2, com uma perspectiva positiva. O aumento do rating reflete uma melhora substancial das métricas de crédito no ano passado, diante de um melhor perfil de produção da companhia, menores custos e disciplina de alocação de capital." (Fonte: Exame)







VALE - (20/03/2017) - Comunicando.

"Vale será multada por novo vazamento de rejeitos em Minas Gerais. O problema ocorreu no último domingo (12), na conexão de um duto em Ouro Preto, em área próxima ao município de Itabirito." (Fonte: Exame)







VALE - (17/03/2017) - Comunicando.

"Justiça suspende ações bilionárias contra Samarco. Segundo a Vale, o objetivo é evitar decisões contraditórias ou conflitantes, trazendo uma unidade processual para viabilizar a negociação de um acordo final entre as partes." (Fonte: Exame)







VALE - (16/03/2017) - Comunicando.

"A mineradora Vale reportou um vazamento em um duto de rejeitos de mineração da mina de Fábrica, em Ouro Preto (MG), mas a empresa disse nesta quarta-feira que o problema, identificado na segunda-feira, foi contido “de imediato”." (Fonte: Exame)







VALE - (16/03/2017) - Comunicando.

"A mineradora Vale espera receber até o fim de março 733 milhões de dólares da japonesa Mitsui pela venda de participação na mina de carvão de Moatize e no Corredor Logístico de Nacala, em Moçambique, segundo fato relevante divulgado nesta quarta-feira.

O valor integra cifra de cerca de 770 milhões de dólares que a Vale espera receber após a conclusão a venda da fatia para a Mitsui. A mineradora informou ainda que espera receber até 2,7 bilhões de dólares após a conclusão do "project finance" do empreendimento." (Fonte: Infomoney)







VALE - (09/03/2017) - Notícia ruim, mas não acredito que os custos totais serão relevantes.

"Safra lidera processo de investidores contra Vale e BHP em Nova York. Os detentores que sofreram perdas com títulos de dívida da Samarco pediram na Justiça que as empresas também sejam responsabilizadas a ressarci-los." (Fonte: Exame)







VALE - (08/03/2017) - Notícia ruim, mas não acredito que os custos totais serão relevantes.

"Safra lidera processo de investidores contra Vale e BHP em Nova York. Os detentores que sofreram perdas com títulos de dívida da Samarco pediram na Justiça que as empresas também sejam responsabilizadas a ressarci-los." (Fonte: Exame)







VALE - (01/03/2017) - Comunicando.

"A mineradora Vale intensificou sua busca por um presidente-executivo com a saída do atual CEO, Murilo Ferreira, sinalizando os esforços de alguns dos principais acionistas para proteger a maior produtora de minério de ferro do mundo da influência de políticos, disseram nesta sexta-feira três pessoas com conhecimento direto da situação. Ferreira não renovará o seu contrato atual que termina em 26 de maio deste ano, informou a empresa nesta sexta-feira." (Fonte: Reuters)







VALE - (24/02/2017) - Comunicando.

"A mineradora Vale terá um programa de desinvestimentos muito menor em 2017 do que nos anos anteriores, limitando-se à conclusão da venda de participações em ativos de carvão em Moçambique e de fertilizantes, no Brasil, além de navios, disse nesta quinta-feira o presidente da companhia, Murilo Ferreira." (Fonte: Reuters)







VALE - (24/02/2017) - Comunicando.

"A mineradora Vale fechou 2016 com lucro líquido de 13,3 bilhões de reais, ante um prejuízo líquido de 44,2 bilhões em 2015. No quarto trimestre de 2016, o lucro líquido atingiu 525 milhões de dólares contra um prejuízo de 8,569 bilhões de dólares no quarto trimestre de 2015.

A geração de caixa da companhia, medida pelo lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) ajustado, subiu para 40,906 bilhões de reais em 2016, alta de 88,2 por cento ante 2015, principalmente em função dos melhores resultados em minerais ferrosos, metais básicos e carvão.

No quarto trimestre, a maior produtora global de minério de ferro teve produção de 92,39 milhões de toneladas, alta de 4,5 por cento ante o mesmo período do ano anterior.

No acumulado de 2016, a Vale teve lucro líquido de 13,3 bilhões de reais, ante um prejuízo líquido de 44,2 bilhões em 2015. " (Fonte: Reuters)







VALE - (23/02/2017) - Comunicando.

"A Vale não está elegível a receber um pagamento "earn-out", com a venda da brasileira Companhia Siderúrgica do Atlântico (CSA) para a Ternium, porque o preço de venda da empresa ficou abaixo de um patamar estipulado previamente para o pagamento, disse a alemã Thyssenkrupp à Reuters em nota nesta quarta-feira. " (Fonte: Reuters)







VALE - (23/02/2017) - E a história de que os políticos não influenciariam mais nas decisões da Vale? Você acreditou?

"A coluna de Mônica Bergamo, do jornal Folha de S. Paulo, informa que a atual diretoria da Vale está se movimentando para tentar reverter a decisão do governo de alterar o comando da empresa, mas tem plano B para o caso de Murilo Ferreira ter mesmo que sair: Clóvis Torres, diretor de recursos humanos da empresa e seu braço direito. Torres já circulou inclusive entre a bancada de deputados e senadores de Minas Gerais, que deve ter influência na escolha. Outro nome seria o de Nelson Silva, que já foi da Vale e atualmente está na Petrobras e que teria o apoio de Pedro Parente." (Fonte: Infomoney)







VALE - (20/02/2017) - Comunicando.

"Os acionistas da Vale S.A. decidiram extinguir a Valepar, holding que controla a empresa, maior produtora de ferro nos últimos 20 anos, informou neste domingo um colunista do jornal O Globo. A decisão, tomada durante as negociações para renovar o acordo de acionistas, permitirá que cada um controle diretamente suas ações na Vale e decida individualmente seus votos." (Fonte: Reuters)







VALE - (20/02/2017) - Comunicando.

"Os acionistas da Vale S.A. decidiram extinguir a Valepar, holding que controla a empresa, maior produtora de ferro nos últimos 20 anos, informou neste domingo um colunista do jornal O Globo. A decisão, tomada durante as negociações para renovar o acordo de acionistas, permitirá que cada um controle diretamente suas ações na Vale e decida individualmente seus votos." (Fonte: Reuters)







VALE - (17/02/2017) - Comunicando.

"A mineradora Vale produziu um recorde de 348,8 milhões de toneladas de minério de ferro em 2016, alta de 0,9 por cento ante o ano anterior, devido à melhor performance operacional das minas e plantas no norte do país, que mais do que compensaram a redução de produção em outras regiões, informou a companhia nesta quinta-feira. No quarto trimestre, a maior produtora global de minério de ferro teve produção de 92,39 milhões de toneladas, alta de 4,5 por cento ante o mesmo período do ano anterior." (Fonte: Reuters)







VALE - (16/02/2017) - Comunicando.

"Depois que a norueguesa Yara se retirou como potencial compradora, a Vale retomou a busca de um comprador para quatro usinas de fertilizantes que não foram incluídas em uma venda de US$ 2,5 bilhões à Mosaic, de acordo com três fontes com conhecimento direto do assunto disseram à Reuters." (Fonte: Infomoney)







VALE - (14/02/2017) - Comunicando.

"Os contratos futuros do minério de ferro negociados na Bolsa de Dailian, na China, atingiram o maior nível em 30 meses nesta segunda-feira, com alta de 6,74%, a 713 iuanes, enquanto o minério de ferro (spot) à vista, com 62% de pureza negociado no porto de Qingdao tiveram avanço de 6,48%, encerrando em US$ 92,23, o que impulsionou as ações da Vale, que acumulam ganhos de 15% em dois dias." (Fonte: Infomoney)







VALE - (07/02/2017) - Comunicando.

"A mineradora Vale deverá registrar no balanço do quarto trimestre uma baixa contábil de cerca de 1,2 bilhão de dólares após impostos, devido a venda de ativos de fertilizantes realizada no fim do ano, uma medida que pode ofuscar o impacto positivo de preços mais altos do minério de ferro nos resultados líquidos da companhia." (Fonte: Reuters)







VALE - (03/02/2017) - Comunicando.

"A mineradora brasileira Vale provavelmente fechou 2016 com lucro e, por isso, deverá pagar dividendos de pelo menos 25 por cento do resultado líquido, afirmou o diretor de Relações com Investidores da empresa, André Figueiredo, a jornalistas, em evento no Rio de Janeiro." (Fonte: Reuters)







VALE - (02/02/2017) - Comunicando.

"A Samarco, joint venture entre a Vale e a BHP Billiton, começou a pagar uma multa de R$ 112 milhões pela poluição e degradação ambiental ao regulador estadual que supervisiona seu pedido de licenciamento para voltar a operar, disse a empresa. A Samarco fez o pagamento inicial de 5% da multa total em 29 de janeiro ao regulador ambiental Semad. A multa se refere à ruptura da barragem de rejeitos da empresa em novembro de 2015, que matou 19 pessoas e provocou danos ambientais na região. " (Fonte: Infomoney)







VALE - (30/01/2017) - Comunicando.

"No noticiário da Vale, destaque para a Samarco. A retomada da empresa, informa a Bloomberg, possui um novo obstáculo que ameaça atrasar a retomada de suas operações: o prefeito de uma cidade pequena. Leris Braga, prefeito da cidade de Santa Bárbara, com população de 30.000 habitantes, negou-se a fornecer nesta semana uma carta de conformidade para a Samarco continuar usando a água de um rio nas proximidades." (Fonte: Infomoney)







VALE - (20/01/2017) - Comunicando.

"A BHP Billiton, a sócia Vale e a Samarco, de propriedade das duas primeiras, concordaram com procuradores brasileiros com um prazo de 30 de junho para liquidar bilhões de dólares em indenizações decorrentes do desastre de 2015 em uma barragem em Mariana, em Minas Gerais. O objetivo é consolidar e resolver reivindicações separadas, sendo a maior delas uma ação civil de 47,5 bilhões de dólares movida por procuradores federais no ano passado, disseram as empresas nesta quinta-feira. O acordo não mencionou quaisquer valores que cada parte poderá ter de reservar para as reivindicações ainda por resolver." (Fonte: Exame)







VALE - (18/01/2017) - Comunicando.

"Na manhã desta terça-feira (17) o serviço de notícias Valor Pro afirmou que nas negociações do acordo de acionistas da Vale (VALE3; VALE5), existe a discussão para a migração das duas classes de ações da mineradora para apenas papéis ordinários, que dão direito a voto. Segundo fontes, este é um cenário provável, mas o acordo ainda não foi fechado.

Vence em abril o atual acordo entre os acionistas da Vale, Bradespar, BNDES, a japonesa Mitsui e os fundos de pensão estatais (Previ, Funcef, Petro e Funcesp). Além disso, a publicação diz que circula a possibilidade do próximo acordo ser mais curto, de apenas seis anos, contra os 20 anos do acordo atual (o acordo vigente é de 1997, ano da privatização da Vale)." (Fonte: Infomoney)







VALE - (16/01/2017) - Comunicando.

"A Justiça Federal prorrogou novamente o prazo para que a mineradora Samarco e suas acionistas Vale e BHP Billiton depositem R$ 1,2 bilhão. O valor deveria ter sido transferido até o dia 10 de janeiro, mas um dia antes de esgotar o prazo, as empresas solicitaram adiamento. Conforme decisão do juíz Mário de Paula Franco, publicada hoje (13), a nova data limite é 19 de janeiro.O valor de R$ 1,2 bilhão deve se somar a R$ 800 mil já depositados pelas empresas." (Fonte: Exame)







VALE - (16/01/2017) - Comunicando.

"A medida da Indonésia para permitir as exportações de minério de níquel e bauxita levou as ações da Vale Indonésia a registrarem forte queda nesta sexta-feira, com analistas diizendo que a mineradora deve ser prejudicada por uma queda nos preços globais de níquel." (Fonte: Reuters)







VALE - (13/01/2017) - Comunicando.

"A Vale assinou nesta quinta-feira (12), junto ao governo do Malawi, um acordo que assegura o financiamento para o Corredor Logístico Nacala, em Moçambique, em um negócio que pode chegar a US$ 2,5 bilhões. As informações são do jornalista Lauro Jardim, do jornal O Globo." (Fonte: Infomoney)







VALE - (12/01/2017) - Comunicando.

" Uma pessoa morreu e outra ficou ferida em um acidente registrado na terça-feira em um terminal marítimo da Vale em São Luís, no Maranhão, informou a mineradora à Reuters nesta quarta-feira." (Fonte: Reuters)







VALE - (12/01/2017) - Fundações vendendo ações.

"Depois de atingir um superávit de R$ 1,25 bilhão no ano passado, a Fundação Cesp (Funcesp), maior fundo de pensão patrocinado por empresas privadas no Brasil, vê 2017 com cautela. Por enquanto, a estratégia de investimento deve se manter, enquanto também poderá considerar a venda de sua fatia na Vale, avaliada em R$ 200 milhões." (Fonte: Valor Econômico)







VALE - (10/01/2017) - Comunicando.

"As mineradoras Samarco, Vale e BHP Billiton pediram nesta segunda-feira a prorrogação para 19 de janeiro do prazo que vencia nesta data para um depósito de 1,2 bilhão de reais ordenado pela Justiça Federal em Minas Gerais para cobrir futuras medidas reparatórias ao desastre com a barragem em Mariana (MG), no ano passado." (Fonte: Reuters)







VALE - (10/01/2017) - Comunicando.

"A Austrália estimou nesta segunda-feira um declínio forte no preço do minério de ferro, a mais importante commodity de exportação do país, ao longo dos próximos dois anos, para um nível bem abaixo dos atuais preços de mercado. O Departamento da Indústria, Inovação e Ciência australiano prevê que o preço do minério de ferro vai ficar em 51,60 dólares a tonelada em média neste ano e cair para 46,70 dólares em 2018." (Fonte: Reuters)







VALE - (09/01/2017) - Comunicando.

"A Vale Fertilizantes, da mineradora brasileira Vale, informou nesta quinta-feira que as operações de sua unidade 2, em Cubatão (SP), foram paralisadas após incêndio em uma correia transportadora, que alimenta o armazém da unidade de nitrato de amônio do complexo industrial." (Fonte: Reuters)







VALE - (09/01/2017) - CUIDADO, pois o BNDES e fundações podem começar a vender participação em empresas com essa alta.

"Funcef tem rombo de cerca de R$ 3 bi em 2016 e estuda vender participação na Vale. De acordo com o jornal O Estado de S. Paulo, a diretoria do fundo de pensão dos funcionários da Caixa já discute se desfazer de algumas participações na Vale, na usina hidrelétrica de Belo Monte e também na Odebrecht Utilities, da Odebrecht Ambiental. O objetivo é mitigar o rombo que, desde 2012, já atinge R$ 18 bilhões." (Fonte: Reuters)







VALE - (06/01/2017) - Comunicando.

"A Vale Fertilizantes, da mineradora brasileira Vale, informou nesta quinta-feira que as operações de sua unidade 2, em Cubatão (SP), foram paralisadas após incêndio em uma correia transportadora, que alimenta o armazém da unidade de nitrato de amônio do complexo industrial." (Fonte: Reuters)







VALE - (06/01/2017) - CUIDADO, pois o BNDES e fundações podem começar a vender participação em empresas com essa alta.

"Funcef tem rombo de cerca de R$ 3 bi em 2016 e estuda vender participação na Vale. De acordo com o jornal O Estado de S. Paulo, a diretoria do fundo de pensão dos funcionários da Caixa já discute se desfazer de algumas participações na Vale, na usina hidrelétrica de Belo Monte e também na Odebrecht Utilities, da Odebrecht Ambiental. O objetivo é mitigar o rombo que, desde 2012, já atinge R$ 18 bilhões." (Fonte: Reuters)







VALE - (26/12/2016) - Comunicando.

"Após pedido de esclarecimento sobre a notícia de que a CSN iria notificar a companhia por um vazamento que atingiu uma barragem da siderúrgica no Quadrilátero Ferrífero (MG), a mineradora disse que em virtude das fortes chuvas que atingiram a região, "houve o carreamento de material e entupimento de um bueiro integrante do sistema de drenagem natural daquela região, localizado sob uma ferrovia operada por terceiros". A Vale afirma que está tomando todas as medidas necessárias para a regularização da situação. "Face ao caráter não material do vazamento, a Vale entende que não se trata de um fato relevante. Permanecemos à disposição para prestar quaisquer outros esclarecimentos que se façam necessários"." (Fonte: Infomoney)







VALE - (21/12/2016) - Comunicando.

"Um incidente provocado pelas fortes chuvas dos últimos dias na mina de Fábrica, da Vale, em Minas Gerais, causou apreensão de trabalhadores e de outras empresas na região do Quadrilátero Ferrífero. As chuvas causaram o rompimento do sistema de drenagem (bueiro) da mina, o que levou ao carreamento de material sólido. Ontem a Companhia Siderúrgica Nacional (CSN) informou que está notificando a Vale em relação ao incidente em Fábrica. Notificações como essa são praxe na indústria, segundo uma fonte." (Fonte: Valor Econômico)







VALE - (20/12/2016) - Comunicando.

"Enquanto enfrenta excedente de minério que inundou o mercado internacional nos últimos anos, a Vale inaugura neste sábado o maior projeto de sua história na Serra Sul de Carajás, no Pará, que encerra um ciclo de grandes investimentos e vai ajudar a empresa a reduzir custos para fazer frente às suas principais rivais.Batizado de Complexo S11D Eliezer Batista, em homenagem ao seu ex-presidente, a nova menina dos olhos da Vale, maior produtora de minério de ferro do mundo, vai acrescentar 75 milhões de toneladas de minério de capacidade de produção líquida ao seu Sistema Norte, quinze anos após os primeiros estudos de viabilidade técnica e econômica. A capacidade total líquida será atingida em quatro anos." (Fonte: Exame)







VALE - (20/12/2016) - Comunicando.

"A mineradora Vale anunciou nesta segunda-feira a venda de ativos de fertilizantes para a Mosaic por aproximadamente 2,5 bilhões de dólares, em negócio que também envolverá aquisição de participação minoritária na companhia norte-americana, segundo fato relevante. A Vale afirmou que receberá 1,25 bilhão de dólares em dinheiro e 1,25 bilhão de dólares em ações ordinárias a serem emitidas pela Mosaic, com a mineradora brasileira avançando em sua estratégia de vender ativos para reduzir a dívida." (Fonte: Reuters)







VALE - (19/12/2016) - Comunicando.

"A mineradora australiana Fortescue Metals informou nesta sexta-feira que a proposta de joint venture com a rival brasileira Vale para customização das encomendas feitas por siderúrgicas chinesas não deve avançar." (Fonte: Reuters)







VALE - (16/12/2016) - Comunicando.

"A mineradora Vale informou nesta quinta-feira que concluiu a venda de sua participação restante de 13,63 por cento na Mineração Paragominas, no Pará, para a norueguesa Norsk Hydro, por 113 milhões de dólares." (Fonte: Reuters)







VALE - (16/12/2016) - Comunicando.

"A Polícia Federal deflagrou nesta sexta-feira operação contra um esquema de corrupção que fraudava os valores de royalties de mineração devidos por mineradoras a municípios, com a Vale entre as empresas prejudicadas, disse uma fonte da PF." (Fonte: Exame)







VALE - (16/12/2016) - Comunicando.

"A mineradora Vale informou nesta quinta-feira que concluiu a venda de sua participação restante de 13,63 por cento na Mineração Paragominas, no Pará, para a norueguesa Norsk Hydro, por 113 milhões de dólares." (Fonte: Exame)







VALE - (14/12/2016) - Comunicando.

"A mineradora brasileira Vale informou que um incêndio na manhã desta terça-feira atingiu sua unidade industrial de ferroligas de manganês, em Simões Filho, na Bahia, mas o problema foi "contornado" e "não houve impacto na produção"." (Fonte: Reuters)







VALE - (13/12/2016) - Comunicando.

"A Justiça prorrogou por 30 dias o prazo para que seja efetuada a complementação de depósito no valor de 1,2 bilhão de reais pelas mineradoras Vale, Samarco e BHP Billiton, para acautelar futuras medidas reparatórias ao desastre em Mariana (MG), no ano passado." (Fonte: Reuters)







VALE - (12/12/2016) - Comunicando.

"O projeto bilionário de minério de ferro da mineradora Vale S11D, em Canaã dos Carajás, Pará, recebeu a licença de operação do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) nesta sexta-feira, segundo documento publicado no site do órgão ambiental.

Maior projeto da história da Vale, o S11D tem previsão para entrar em operação ainda neste ano, acrescentando capacidade de produção anual de 90 milhões de toneladas de minério de ferro." (Fonte: Exame)







VALE - (06/12/2016) - Comunicando.

"A Vale e a Polaris Shipping concluíram nesta segunda-feira a transação de compra e venda de quatro navios capesize atualmente operados pela mineradora brasileira, segundo comunicado divulgado ao mercado. A transação totalizou 140 milhões de dólares, equivalentes a 35 milhões de dólares por navio, que serão recebidos pela Vale mediante a entrega de cada navio." (Fonte: Infomoney)







VALE - (30/11/2016) - Comunicando.

"A mineradora Vale está mais próxima de realizar uma operação de desinvestimento de seus ativos de fertilizantes, afirmou nesta terça-feira o presidente-executivo da companhia, Murilo Ferreira, durante entrevista a jornalistas após o evento Vale Day, na bolsa de Nova York.Uma fonte disse à Reuters anteriormente que a norte-americana Mosaic poderia pagar cerca de 3,6 bilhões de dólares por alguns dos ativos de fertilizantes da Vale." (Fonte: Reuters)







VALE - (29/11/2016) - Comunicando.

"Segundo a revista Veja, a Vale vai comunicar aos investidores das bolsas de Nova York e Londres na próxima semana que não vai mais se desfazer de nenhum ativo e que deve distribuir dividendos neste ano. Na próxima terça-feira, a companhia realizará seu encontro com investidores e analistas -- o chamado Vale Day. Para os especialistas do Itaú BBA, é importante observar os temas de Capx, produção e estratégia comercial, custo de competitividade, desinvestimentos, dividendos e Samarco." (Fonte: Infomoney)







VALE - (25/11/2016) - PÉSSIMA a notícia pois o risco aumenta MUITO.

"O grupo de acionistas que controla a Vale há duas décadas está divergindo em relação a quanto aqueles que possuem uma participação menor devem pagar para preservar seu poder de decisão, disse uma pessoa com conhecimento direto do assunto. O fundo de pensão estatal brasileiro Previ, maior acionista da gigante do minério de ferro, quer receber um prêmio equivalente a 25 por cento do valor das ações que detém para continuar dividindo poder de decisão com os acionistas privados Banco Bradesco SA e Mitsui & Co., disse a pessoa.

Se não houver um novo acordo até abril, todo o poder de decisão sobre o futuro da maior produtora mundial de minério de ferro voltaria para as mãos do governo, prejudicando a imagem pró-negócios do governo e deixando o Bradesco e a Mitsui com uma participação sem direitos na tomada de decisões." (Fonte: Exame)







VALE - (21/11/2016) - Comunicando.

" A elétrica estatal mineira Cemig estuda vender sua fatia na Aliança Energia, uma empresa de geração na qual é sócia da mineradora Vale, em um negócio que poderia levantar em torno de 2 bilhões de reais, afirmaram à Reuters três fontes com conhecimento do assunto. A Cemig quer negociar seus 45 por cento na geradora, mas a Vale pretende manter sua fatia majoritária." (Fonte: Reuters)







VALE - (16/11/2016) - Piorando.

"A mineradora brasileira Samarco foi processada por credores nos Estados Unidos nesta segunda-feira, que acusaram a companhia de fazer falsas declarações sobre um desastre fatal envolvendo o rompimento de uma barragem em novembro de 2015. A sucursal do Banco Safra nas Ilhas Cayman, individualmente e em nome de investidores detentores de títulos da Samarco com vencimento em 2022, 2023 e 2024, disse que a Samarco e Ricardo Vescovi, presidente da companhia na época do acidente, fizeram declarações falsas ou enganosas relacionadas aos defeitos sistêmicos e estruturais de longa data na barragem de rejeitos de Fundão." (Fonte: G1)







VALE - (14/11/2016) - Notícia ruim mas a empresa deve recorrer e o processo levará anos.

"A mineradora Vale informou nesta sexta-feira que a Justiça Federal em Belo Horizonte determinou que a companhia, a BHP Billiton e a Samarco efetuem em 30 dias depósito complementar de 1,2 bilhão de reais para acautelar futuras medidas reparatórias ao desastre em Mariana (MG), no ano passado." (Fonte: Exame)







VALE - (07/11/2016) - Mais notícias ruins para a Vale.

"O Ibama afirmou nesta sexta-feira que está multando a mineradora Samarco, uma joint venture de minério de ferro entre a Vale e a BHP Billiton, em 500 mil reais por dia, por não cumprir exigências relacionadas à contenção de rejeitos de mineração da barragem que se rompeu em 2015." (Fonte: Reuters)







VALE - (07/11/2016) - Comunicando.

"A agência de classificação de risco Moody's alterou nesta sexta-feira a perspectiva da nota de crédito da mineradora Vale para "estável", ante "negativa", e reafirmou o rating de "Ba3" para a companhia." (Fonte: Infomoney)







VALE - (31/10/2016) - O P/L de -4,8 (Fonte: Guiainvest) está distorcido devido a um elevado prejuízo que a empresa teve no último trimestre de 2016. Se eliminarmos esse prejuizo e estimarmos um lucro trimestral de R$ 5 bilhões, teríamos um P/L de 5,45, ou seja as ações seriam interessantes para a compra.

Além disso os papeis estão baratos se comparamos os preços de mercado com o seu valor patrimonial, ou seja, o P/VPA de 0,8.

MAS a melhora nos resultados se deveu a dois principais fatores, a alta nas cotações do minério de ferro e o efeito positivo da valorização do real nas dívidas da empresa. Além desses fatores de risco que tem de ser acompanhados, pois o dólar pode se valorizar novamente e os preços do minério de ferro caírem, ainda tem o processo da Samarco que pode gerar um ENORME passivo.

Acredito que VALE a PENA acompanhar o papel para COMPRA em um momento de correção, MAS o risco é grande e devido a isso o STOP LOSS deve ser acompanhado de perto.

"A mineradora Vale informou nesta quinta-feira (27) ter registrado lucro líquido de R$ 1,842 bilhão no terceiro trimestre. No mesmo período do ano passado, a mineradora havia apresentado prejuízo de R$ 6,663 bilhões. Naquela época, a variação cambial afetou seus resultados. Já na comparação com o segundo trimestre de 2016, quando o lucro somou R$ 3,585 bilhões, houve queda de 48,6%.

O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) ajustado da companhia brasileira somou R$ 9,829 bilhões no terceiro trimestre, ante R$ 6,816 bilhões no mesmo período do ano passado.

A receita líquida da maior produtora global de minério de ferro totalizou R$ 23,772 bilhões no terceiro trimestre, alta de 2% ante o mesmo período do ano passado." (Fonte: G1)







VALE - (31/10/2016) - Mais uma notícia ruim.

"Uma reportagem publicada pelo jornal o Estado de São Paulo afirma que a Samarco está com o pedido de recuperação judicial pronto.Uma fonte ouvida pelo jornal afirma que o “caixa da companhia está praticamente zerado e a empresa tem recorrido a empréstimos das sócias para sobreviver.”" (Fonte: Exame)







VALE - (28/10/2016) - Comunicando.

"O Ministério Público de Minas Gerais ajuizou Ação Civil Pública contra Samarco, Vale e BHP Billiton pelos impactos causados pela lama da barragem de Fundão a cinco cavidades naturais subterrâneas em área de proteção especial no município de Mariana (MG), diz o MP de Minas Gerais em comunicado por e-mail. A ação quer reparação de danos ambientais no valor de R$ 100 mi, e pagamento de indenização de R$ 50 mi por danos sociais e extrapatrimoniais. " (Fonte: Infomoney)







VALE - (27/10/2016) - Comunicando.

"A mineradora Vale informou nesta quinta-feira (27) ter registrado lucro líquido de R$ 1,842 bilhão no terceiro trimestre. No mesmo período do ano passado, a mineradora havia apresentado prejuízo de R$ 6,663 bilhões. Naquela época, a variação cambial afetou seus resultados. Já na comparação com o segundo trimestre de 2016, quando o lucro somou R$ 3,585 bilhões, houve queda de 48,6%.

O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) ajustado da companhia brasileira somou R$ 9,829 bilhões no terceiro trimestre, ante R$ 6,816 bilhões no mesmo período do ano passado.

A receita líquida da maior produtora global de minério de ferro totalizou R$ 23,772 bilhões no terceiro trimestre, alta de 2% ante o mesmo período do ano passado.

" (Fonte: G1)







VALE - (27/10/2016) - Comunicando.

"O conselho de administração da Vale, reunido ontem no Rio, autorizou duas operações de venda de ativos: a divisão de fertilizantes e a mina de carvão de Carborough Downs, na Austrália. A venda dos fertilizantes deve totalizar cerca de US$ 3,5 bilhões. A Vale deixa o carvão na Austrália para se concentrar no projeto que desenvolve em Moçambique." (Fonte: Valor Econômico)







VALE - (26/10/2016) - Comunicando.

"A agência de classificação de risco S&P Global rebaixou o rating de emissão de notas sênior com vencimento para 2023 da Samarco - joint venture entre Vale e BHP Billiton - de "CC" para "D" (calote), após a mineradora não ter pagado os juros dos títulos até o prazo final, que foi ontem. Segundo o comunicado da agência, a Samarco tem agora mais 30 dias para fazer o pagamento, mas dada a complicada situação da empresa e sua classificação já em calote, o cumprimento da obrigação parece improvável. " (Fonte: Infomoney)







VALE - (26/10/2016) - Comunicando.

"A unidade canadense da mineradora Vale (VALE3;VALE5) vai pagar uma multa de 749 mil dólares por quatro violações de regras de segurança no trabalho associadas à morte de um empregado em 2014 em uma fundição em Sudbury, Ontario, disse a companhia brasileira nesta terça-feira." (Fonte: Infomoney)







VALE - (21/10/2016) - Comunicando.

"O Ministério Público Federal em Minas Gerais denunciou nesta quinta-feira (20) 26 pessoas físicas e jurídicas pelo rompimento da Barragem de Fundão, da Samarco, em Mariana, na Região Central do estado. 21 delas são acusadas de homicídio doloso - quando há intenção de matar, assim como a BHP Billiton e a Vale.O MPF também denunciou um engenheiro da consultoria VogBR e a companhia por apresentar laudo falso. A Vale, BHP Billiton e Samarco foram condenadas também por crime ambiental. " (Fonte: Infomoney)







VALE - (21/10/2016) - Comunicando.

"A produção de níquel da Vale, uma das maiores produtoras globais da commodity, atingiu 76 mil toneladas no terceiro trimestre, ficando 3,3 por cento abaixo do segundo trimestre, devido principalmente à parada programada de manutenção em Thompson (Canadá) e nas operações da Nova Caledônia, segundo relatório de produção divulgado nesta quinta-feira.

Na comparação com o mesmo trimestre do ano anterior, a produção de níquel da Vale cresceu 6,1 por cento, uma vez que no terceiro trimestre de 2015 havia acontecido uma parada programada de manutenção na planta de superfície de Sudbury (Canadá), em agosto de 2015." (Fonte: Reuters)







VALE - (20/10/2016) - Boa notícia.

"A Vale afirmou nesta quinta-feira que sua produção de minério de ferro no terceiro trimestre subiu 1,5 por cento sobre um ano antes, para 92,1 milhões de toneladas. Na comparação com o segundo trimestre, a produção de minério de ferro da empresa avançou 6,1 por cento." (Fonte: Reuters)







VALE - (19/10/2016) - Comunicando.

"O Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) suspendeu liminar que obrigava a Vale Fertilizantes a permanecer como patrocinadora do fundo de pensão Petros Ultrafértil e determinou que o caso seja resolvido em processo administrativo pelo órgão fiscalizador dos fundos, a Previc. O Petros está cobrando R$ 843 milhões da empresa para equacionar o déficit do fundo." (Fonte: Exame)







VALE - (19/10/2016) - Comunicando.

"A Samarco, joint venture controlada por Vale e BHP, poderia obter licenças e reiniciar sua operação em meados de 2017, confirmou a assessoria de imprensa da Vale nesta noite. Clovis Torres, diretor-executivo da Vale, havia sido citado em matéria do Valor mais cedo sobre o assunto." (Fonte: Infomoney)







VALE - (17/10/2016) - Muito boa a notícia se por acaso se realizar.

"Segundo informações da coluna Radar Online, da Veja, o presidente do Bradesco, Luiz Carlos Trabuco esteve numa reunião recente com Temer, para tratar da troca de comando na Vale, hoje sob a batuta de Murilo Ferreira. O governo quer substituir, mas o banco é contra, diz a coluna. Ficou então decidido que, se a mudança for feita, uma empresa de headhunting comandará o processo profissionalmente." (Fonte: Infomoney)







VALE - (11/10/2016) - Comunicando.

"Murilo Ferreira não fica na presidência da Vale além de maio de 2017, publicou hoje o jornalista Lauro Jardim, em sua coluna no jornal O Globo. De acordo com ele, o governo Michel Temer não admitirá a substituição publicamente, mas a decisão já estaria tomada e o Bradesco, outro sócio relevante, já teria sido avisado." (Fonte: Exame)







VALE - (06/10/2016) - Comunicando.

"O plano da mineradora Vale de se desfazer de suas unidades de fertilizantes continua encaminhado apesar de um pedido feito na última semana pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) para analisar a transação com mais cuidado, segundo duas fontes com conhecimento direto do tema.

Uma das fontes disse que a Mosaic poderia pagar cerca de 3,6 bilhões de dólares por alguns dos ativos de fertilizantes da Vale." (Fonte: Reuters)







VALE - (30/09/2016) - Comunicando. "A mineradora Vale informou nesta quinta-feira que fechou acordo para receber 768 milhões de dólares com a venda de participações na mina de carvão de Moatize e no Corredor Logístico de Nacala (CLN), em Moçambique, à japonesa Mitsui." (Fonte: Reuters)







VALE - (29/09/2016) - Comunicando. "A agência de classificação de risco Standard and Poor's (S&P) reduziu a nota de crédito da mineradora Samarco para "D", último degrau na escala da agência, que denota que a empresa entrou em "default" (calote), ante rating "CCC", segundo comunicado divulgado nesta quarta-feira. A S&P disse que tomou a decisão após a Samarco deixar de fazer o pagamento de juros de um bônus de 500 milhões de dólares que venceu na segunda-feira." (Fonte: Reuters)







VALE - (28/09/2016) - Mais uma notícia ruim vindo da Samarco. "A mineradora Samarco é alvo de mais uma ação relacionada ao rompimento da barragem do distrito de Bento Rodrigues, em Mariana (MG). O Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) e o Ministério Público do Trabalho (MPT) pediram na Justiça do Trabalho que a empresa readmita todos os funcionários dispensados após a tragédia." (Fonte: Exame)







VALE - (27/09/2016) - Não podemos esquecer deste ENORME problema. "A mineradora Samarco, a empresa brasileira de minério de ferro que suspendeu suas operações em novembro do ano passado após um desastre em uma barragem, deixou de fazer o pagamento de juros de um bônus que venceu nesta segunda-feira, disse o banco custodiante Bank of New York Mellon Corp." (Fonte: Reuters)

Comunicando. "A Vale vai debater duas importantes vendas de ativos na reunião de conselho de quinta-feira, de acordo com o Valor Econômico. A expectativa é de que a mineradora aprove a venda do negócio de carvão em Moçambique para a japonesa Mitsui. O negócio de fertilizantes pode ser vendido para a Mosaic, mas a Vale não comenta." (Fonte: Reuters)







VALE - (22/09/2016) - Comunicando. "... chamou atenção dos investidores a notícia da coluna de Lauro Jardim, do jornal O Globo, que afirma que o conselho de administração da mineradora vai aprovar ainda hoje a venda de dois terços de sua área de fertilizantes para a americana Mosaic, em um negócio no valor de US$ 3 bilhões. " (Fonte: Infomoney)







VALE - (19/09/2016) - Comunicando. "Ainda no noticiário da companhia, o TRF (Tribunal Regional Federal) da 1ª Região ordenou que a Vale deposite mensalmente R$ 3 milhões para as três aldeias Xikrin afetadas pelo empreendimento Onça Puma, de níquel, no sudeste do Pará, disse o MPF do Pará em comunicado por e-mail." (Fonte: Infomoney)







VALE - (16/09/2016) - Comunicando. "A Vale (VALE3;VALE5) fechou acordo para retomar projeto de potássio na Argentina. O anúncio foi feito nesta quarta-feira durante fórum de investimentos em Buenos Aires. O projeto Rio Colorado na província de Mendonza estava paralisado desde 2013. O projeto contempla desenvolvimento para produção de 1,4 milhão de toneladas por ano. Argentina, Mendonza e Vale concordaram em buscar investidores para assumir o projeto nos próximo anos." (Fonte: Infomoney)







VALE - (08/09/2016) - Para lembrar. "Os investidores que processam a Vale em uma ação coletiva em Nova York contestam em novo documento enviado ao tribunal da cidade a defesa apresentada pela mineradora sobre o acidente na barragem do Fundão, em Mariana, Minas Gerais, e voltam a acusar a empresa de responsabilidade pela "maior tragédia ambiental da história do Brasil". Os fundos alegam prejuízos de mais de US$ 1 bilhão e pedem que a Justiça dos Estados Unidos negue o pedido da Vale para encerrar a ação e prossiga com o litígio." (Fonte: Exame)







VALE - (06/09/2016) - Opinião do USB. "Os analistas ainda citaram cinco razões para a correção dos preços do minério: desaceleração do apoio ao crédito, construção e demanda sazonalemnte mais baixas, oferta sazonalmente mais alta do minério, custo marginal maior e maior estoque. A expectativa é de que os preços do minério saiam dos US$ 59 a tonelada atuais para US$ 50 a tonelada no quarto trimestre deste ano e US$ 46 no quarto trimestre no ano que vem. A Vale também é afetada pelo real mais forte e menores ganhos no segmento de fertilizantes. " (Fonte: Infomoney)







VALE - (29/08/2016) - Comunicando. "No radar, a mineradora Vale sofre pressão por substituição de presidente, segundo informou O Globo. Após a conclusão do processo de impeachment, caso o afastamento de Dilma Rousseff seja confirmado, as pressões sobre o presidente interino, Michel Temer, para a troca de comando na Vale devem ser retomadas, disseram fontes ao jornal. O movimento seria liberado pela bancada mineira do PMDB, insatisfeita com as demissões promovidas no estado pelo presidente da Vale, Murilo Ferreira, ao longo do ano passado e com o impacto do acidente da Samarco." (Fonte: Infomoney)







VALE - (19/08/2016) - E o RISCO está bem grande e subindo. "A Justiça anulou a homologação do acordo firmado entre as mineradoras Samarco, Vale e BHP Billiton com a União e Estados de Minas Gerais e Espírito Santo, após o rompimento de uma barragem de rejeitos em Mariana (MG), informou nesta quinta-feira o Ministério Público Federal (MPF). Além disso, manteve decisão liminar contra a Samarco, após ação movida em novembro, ajuizada pela União e Estados de Minas Gerais e Espírito Santo, além de outros institutos, explicou o órgão. A ação civil pública previa a criação de um fundo de 20,2 bilhões de reais para reparação de danos." (Fonte: Reuters)

Mais prejuízos a caminho. "O Petros, fundo de pensão dos funcionários da Petrobras, está cobrando R$ 843 milhões da Vale Fertilizantes para sanar o deficit do plano Petros Ultrafértil." (Fonte: Exame)







VALE - (11/08/2016) - Comunicando. "A mineradora Vale afirmou nesta quarta-feira que não é verdadeira notícia de que a companhia avalia levantar até 10 bilhões de dólares com a venda de até 3 por cento de sua produção futura de minério de ferro, conforme publicou a Reuters na semana passada com base em informações de duas fontes com conhecimento direto do assunto." (Fonte: Reuters)







VALE - (08/08/2016) - Comunicando. "A Vale disse que estuda alternativas de desinvestimento, inclusive de ativos "core", e atração de recursos, em linha com a sua estratégia comunicada ao mercado em dezembro, segundo comunicado em resposta a questionamentos da Comissão de Valores Mobiliários (CVM)." (Fonte: Reuters)

Comunicando. "A Vale está perto de um acordo para vender todo seu negócio de fertilizantes à medida que acelera esforços para reduzir sua dívida e manter os ratings de crédito, disseram duas pessoas a par do assunto. Acordo para vender ativos de potássio e fosfato, provavelmente, será alcançado nas próximas semanas, disseram as pessoas, que pediram para não serem identificadas porque discussões não são públicas. Produtora de fertilizantes Mosaic está em conversas para comprar operações e está sendo aconselhada pela JPMorgan, disse uma das pessoas. Negócio de fertilizantes pode ser vendido por mais de US$ 2 bi, segundo analistas da Jefferies LLC. " (Fonte: Infomoney)







VALE - (04/08/2016) - A empresa está DESESPERADA por dinheiro ou acredita que os preços do minério vão cair? "Sobre a Vale, há duas notícias: segundo a Reuters, a mineradora considera levantar até US$ 10 bilhões com venda de até 3% da produção de minério de ferro futuro para empresas chinesas não reveladas. A proposta é vender parte da futura produção da empresa durante um período de 30 anos, disseram as fontes. " (Fonte: Infomoney)







VALE - (02/08/2016) - Comunicando. "A Vale (VALE3;VALE5) informou que assinou um acordo com a Silver Wheaton (Caymans) Ltd., uma subsidiária integral da Silver Wheaton Corp. (SLW), empresa canadense com ações negociadas na Toronto Stock Exchange e New York Stock Exchange, para vender adicionais 25% do prêmio dos fluxos de ouro pagável contido no concentrado de cobre produzido na mina de cobre Salobo durante a vida útil da mina. Foi feito um aditivo ao acordo original de compra de ouro contido no concentrado de cobre para abranger a compra do referido fluxo adicional de 25% do prêmio relativo a esse ouro contido no concentrado de cobre produzido na mina de Salobo, alcançando o total de 75%." (Fonte: Infomoney)







VALE - (02/08/2016) - No acumulado de 12 meses, a empresa ainda apresenta aos seus sócios prejuízos, MAS nos últimos dois trimestres a empresa deu lucro devido a alta nos preços do minério de ferro e ao efeito valorização do real sobre as dívidas em dólar (último trimestre). O P/L está em -2,4 e o P/VPA em 0,6 (Fonte: Guiainvest). NÃO recomendo ter ações da empresa pois ainda não sei de quanto será efetivamente os prejuízos financeiros no caso da Samarco E estou esperando uma queda nos preços do minério de ferro e alta nas cotações do dólar, prefiro sugerir esperar mais um pouco para avaliar melhor.

"A Vale, maior produtora global de minério de ferro, anunciou nesta quinta-feira um lucro líquido de 3,585 bilhões de reais, queda de 30 por cento na comparação com o mesmo período do ano passado, impactado principalmente por uma provisão anunciada na véspera de 3,733 bilhões de reais relacionada ao rompimento de uma barragem da Samarco. O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) ajustado somou 8,341 bilhões de reais, alta de 22 por cento ante o mesmo período do ano passado, diante de maiores vendas de minério de ferro. A Vale informou que a receita líquida totalizou 23,203 bilhões no segundo trimestre, alta de 8 por cento ante o mesmo período de 2015, em meio a maiores volumes de venda de finos de minério de ferro. Segundo a companhia, o volume de minério de ferro (finos) vendido somou 72,678 milhões de toneladas, ante 67,230 milhões no mesmo período do ano passado." (Fonte: Exame)







VALE - (28/07/2016) - Pelo visto o lucro da empresa não será muito bom. "A Vale reconheceu provisão de 3,7 bilhões de reais no seu balanço do segundo trimestre, equivalente ao valor estimado de sua responsabilidade em acordo firmado em março para compensações relativas à ruptura da barragem de rejeitos da Samarco Mineração em Mariana (MG)." (Fonte: Reuters)







VALE - (28/07/2016) - Comunicando. "A Vale, maior produtora global de minério de ferro, anunciou nesta quinta-feira um lucro líquido de 3,585 bilhões de reais, queda de 30 por cento na comparação com o mesmo período do ano passado, impactado principalmente por uma provisão anunciada na véspera de 3,733 bilhões de reais relacionada ao rompimento de uma barragem da Samarco. O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) ajustado somou 8,341 bilhões de reais, alta de 22 por cento ante o mesmo período do ano passado, diante de maiores vendas de minério de ferro. A Vale informou que a receita líquida totalizou 23,203 bilhões no segundo trimestre, alta de 8 por cento ante o mesmo período de 2015, em meio a maiores volumes de venda de finos de minério de ferro. Segundo a companhia, o volume de minério de ferro (finos) vendido somou 72,678 milhões de toneladas, ante 67,230 milhões no mesmo período do ano passado." (Fonte: Exame)







VALE - (22/07/2016) - Comunicando. "Segundo o jornal Folha de S. Paulo, o governo suspeita de vazamentos em barragem de Mariana (MG) e pede nova inspeção. Diz a publicação que Ibama e DNPM não se entendem sobre as chances de o episódio trágico do ano passado se repetir. Para o primeiro, há risco de desastre em caso de chuvas torrenciais, enquanto o segundo órgão acredita no contrário. Ainda conta o jornal que parte do governo ainda suspeita que haja vazamento na barragem da Samarco, empresa controlada pelas mineradoras Vale (VALE3; VALE5) e BHP-Billiton." (Fonte: Infomoney)

Comunicando. "No noticiário da mineradora brasileira, destaque também para o relatório de produção divulgado nesta manhã. A companhia produziu 86,8 milhões de toneladas no segundo trimestre de 2016, superando em 800 mil toneladas as estimativas do mercado para o período. O volume registrado representa uma redução de 2,8% da produção na comparação anual. A produção de pelotas registrada pela Vale também apresentou retração no mesmo comparativo, ao somar 10 milhões de toneladas, 18% a menos ante o segundo trimestre de 2015." (Fonte: Infomoney)







VALE - (22/07/2016) - Comunicando. "Segundo o jornal Folha de S. Paulo, o governo suspeita de vazamentos em barragem de Mariana (MG) e pede nova inspeção. Diz a publicação que Ibama e DNPM não se entendem sobre as chances de o episódio trágico do ano passado se repetir. Para o primeiro, há risco de desastre em caso de chuvas torrenciais, enquanto o segundo órgão acredita no contrário. Ainda conta o jornal que parte do governo ainda suspeita que haja vazamento na barragem da Samarco, empresa controlada pelas mineradoras Vale (VALE3; VALE5) e BHP-Billiton." (Fonte: Infomoney)

Comunicando. "No noticiário da mineradora brasileira, destaque também para o relatório de produção divulgado nesta manhã. A companhia produziu 86,8 milhões de toneladas no segundo trimestre de 2016, superando em 800 mil toneladas as estimativas do mercado para o período. O volume registrado representa uma redução de 2,8% da produção na comparação anual. A produção de pelotas registrada pela Vale também apresentou retração no mesmo comparativo, ao somar 10 milhões de toneladas, 18% a menos ante o segundo trimestre de 2015." (Fonte: Infomoney)







VALE - (21/07/2016) - Comunicando. "A Vale (VALE3; VALE5) produziu 86,8 milhões de toneladas no segundo trimestre de 2016, superando em 800 mil toneladas as estimativas do mercado para o período. Segundo relatório trimestral de produção divulgado ao mercado na manhã desta quinta-feira (21), o volume registrado representa uma redução de 2,8% da produção na comparação anual. A produção de pelotas registrada pela vale também apresentou retração no mesmo comparativo, ao somar 10 milhões de toneladas, 18% a menos ante o segundo trimestre de 2015. Redução também foi vista na produção de carvão, potássio e rocha fosfática." (Fonte: Infomoney)







VALE - (04/07/2016) - Comunicando. "A Vale e um consórcio liderado pelo ICBC International (ICBC) - subsidiária integralmente controlada pelo Industrial and Commercial Bank of China -, concluíram hoje a transação de compra e venda de três navios VLOCs com capacidade de 400.000 toneladas, atualmente operados pela brasileira. A transação totalizou aproximadamente US$ 269 milhões e o montante será recebido pela Vale mediante a entrega dos navios, que está prevista para acontecer em agosto de 2016, explicou a companhia em nota." (Fonte: Infomoney)







VALE - (01/07/2016) - Comunicando. "A Vale concluiu a venda para um consórcio liderado pelo ICBC International (ICBC), uma subsidiária integralmente controlada pelo Industrial and Commercial Bank of China, de três navios VLOCs com capacidade de 400 mil toneladas, atualmente operados pela mineradora brasileira. A transação totalizou cerca de US$ 269 milhões." (Fonte: Exame)







VALE - (20/06/2016) - Comunicando. "O Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) multou a Samarco Mineração em 143 milhões de reais devido ao impacto causado pelo rompimento da barragem do Fundão, em Mariana (MG), a três unidades de conservação da entidade localizadas no Espírito Santo." (Fonte: Reuters)

Comunicando. "A Mosaic Co, maior produtora de fosfato concentrado do mundo, entrou em conversações para comprar a unidade de fertilizantes da Vale, em um renovado esforço para crescer na América do Sul e na África, disseram três fontes com conhecimento do assunto. Embora as duas companhias estejam discutindo qual a melhor estrutura para o negócio, a primeira fonte disse que um acerto envolvendo dinheiro e ações é a opção preferida neste momento. A mesma fonte, que pediu para não ser identificada porque as negociações estão em andamento, disse que o valor dos ativos de fertilizante da Vale pode chegar a 3 bilhões de dólares." (Fonte: Reuters)

Comunicando. "A Vale está em discussões para vender ativos de minério de ferro no Brasil para mineradoras asiáticas, segundo a Bloomberg, que citou uma fonte com conhecimento da negociação. A venda pode chegar a US$ 7 bilhões. Segundo a fonte, a mineradora também considera vender "streaming", que seria a venda de volumes produzidos futuramente. Para os próximos 12 meses, a mineradora espera vender mais alguns dos sete navios Valemax que possui em patrimônio, disse Nogueira. Além disso, segundo ele, uma operação como a venda de ações preferenciais da MBR pode ser feita. "É uma alternativa de complexidade intermediária", afirmou." (Fonte: Infomoney)







VALE - (15/06/2016) - Comunicando. "A mineradora brasileira Vale interrompeu o transporte de carvão na linha férrea de Sena, em Moçambique, que carrega carvão de suas minas no interior do país para o Porto da Beira, no Oceano Índico, após dois ataques armados em seus trens na semana passada, informou a agência de notícias estatal nesta terça-feira. Em ambos os ataques, os atiradores dispararam contra a cabine da locomotiva líder, informou a agência de notícias, acrescentando que ninguém foi morto, mas um membro da tripulação foi ferido." (Fonte: Reuters)

Comunicando. "A Vale (VALE3;VALE5) informou que a ação Civil Pública de R$ 20 bilhões ajuizada pela Sohumana Sociedade Humanitária Nacional contra a Samarco Mineração e suas acionistas, BHP Billiton e Vale, na 5ª Vara Federal do Rio de Janeiro, foi julgada extinta, sem resolução do mérito, por sentença transitada em julgado." (Fonte: Infomoney)







VALE - (08/06/2016) - Comunicando. "O mercado digeriu um relatório do Bradesco BBI apontando que a mineradora pode ter de provisionar R$ 1,2 bilhão para Samarco. O banco corta estimativa do minério de ferro no longo prazo de US$ 55 a tonelada para US$ 45 a tonelada, em razão da inclinação negativa da curva de custos e da persistente oferta superavitária. A conclusão do acordoNacala/Moatize deve liberar US$ 3 bilhões do balanço da Vale." (Fonte: Infomoney)







VALE - (02/06/2016) - Comunicando. "O governo Michel Temer planeja trocar Murilo Ferreira no comando da Vale (VALE3;VALE5), diz o jornal Valor." (Fonte: Infomoney)







VALE - (01/06/2016) - Comunicando. "Segundo a Folha de S. Paulo, a Vale (VALE3;VALE5) adulterou dados sobre o volume de lama que ela jogava na barragem da Samarco depois do acidente no local, reduzindo a quantidade de resíduo. O jornal cita relatório da Polícia Federal ao qual teve acesso. Em resposta, a Vale disse que realizou auditoria nos dados informados anteriormente ao governo e fez alterações para corrigir o que era necessário, acrescentando que essas mudanças foram informadas à PF e ao Ministério Público Federal." (Fonte: Infomoney)

Comunicando... "A Vale VALE5.SA informou nesta segunda-feira a conclusão da venda de sua fatia de 26,87 por cento da Companhia Siderúrgica do Atlântico (CSA) para a Thyssenkrupp TKAG.DE." (Fonte: Reuters)







VALE - (30/05/2016) - É um momento a onde os ativos estão bastante depreciados. "Maior produtora de minério de ferro do mundo, a Vale está impulsionando sua estratégia agressiva de redução de dívida, mantendo conversas iniciais com banqueiros sobre a venda de participações em alguns de seus melhores ativos, segundo pessoas familiarizadas com o assunto. Buscando captar cerca de US$ 10 bilhões até o ano que vem para pagar a dívida, a empresa com sede no Rio de Janeiro avalia a possível venda de uma participação minoritária de suas operações de cobre no Brasil e da totalidade ou parte de seu negócio de fertilizantes, disseram as pessoas, que pediram anonimato porque as conversas não são públicas." (Fonte: Exame)







VALE - (16/05/2016) - Não vai dar em nada, mas comunicando. "A Vale informou na noite de sexta-feira ter tomado conhecimento de uma ação civil, feita por associações indígenas, pedindo a suspensão do licenciamento ambiental do bilionário projeto S11D, em Canaã dos Carajás (PA)." (Fonte: Reuters)







VALE - (12/05/2016) - Comunicando. "A mineradora Vale avalia que a venda de ativos da companhia poderá chegar a até 15 bilhões de dólares no biênio 2016-2017, entre ativos essenciais e não essenciais, enquanto busca lidar com os baixos preços do minério de ferro, seu principal produto, e sua grande dívida. Em apresentação feita a investidores em Miami nesta terça-feira e publicada em seu site na internet, a empresa reduziu a expectativa de vendas de ativos não essenciais para entre 4 bilhões e 5 bilhões de dólares, neste ano, ante a previsão do início do ano, de vender até 5,5 bilhões de dólares." (Fonte: Reuters)

Comunicando. "A mineradora Vale informou nesta terça-feira que as negociações com a Hydro chegaram ao fim sem um acordo para venda de sua participação de 40 por cento na Mineração Rio do Norte (MRN), produtora de bauxita no Brasil, segundo comunicado divulgado nesta terça-feira.." (Fonte: Reuters)







VALE - (11/05/2016) - Praticamente uma estatal. "De acordo com informações da Folha de S. Paulo, o escolhido para comandar o Ministério do Planejamento do eventual governo Michel Temer, o senador Romero Jucá (PMDB-RR) quer levar a mineradora Vale para sua área de influência e participar da escolha do próximo presidente da companhia. Embora seja privada, a Vale sofre forte influência dos fundos de pensão estatais Previ, Funcef e Petros, que estão no bloco de controle da empresa. Procurado pelo jornal, o atual CEO da empresa, Murilo Ferreira, não quis comentar, assim como Jucá." (Fonte: Infomoney)

Vendas continuarão e provavelmente baixas contábeis. "A Vale calculou que pode levantar até US$ 15 bilhões com venda de ativos até o final do ano que vem, sendo US$ 10 bilhões em ativos "core", considerados estratégicos." (Fonte: Exame)







VALE - (06/05/2016) - Comunicando. "Ontem, a Vale afirmou que adotará medidas para assegurar direito defesa na ação do MPF que prevê multa de R$ 155,1 bilhões contra as empresas. A mineradora disse que valores indicados ontem pelo MPF não foram determinados em função do acidente da barragem da Samarco, mas através de uma comparação não fundamentada de derramamento de óleo no Golfo do México (Deepwater Horizon), segundo fato relevante ao mercado." (Fonte: Infomoney)







VALE - (04/05/2016) - Só piora a situação. "O Ministério Público Federal (MPF) ingressou com uma ação civil pública contra a Samarco, suas donas, Vale e BHP Billiton, a União e Estados na qual pede reparação de danos com valor estimado em 155 bilhões de reais devido ao rompimento de barragem em Minas Gerais. O valor de 155 bilhões de reais, ainda estimado, segundo o MPF, foi calculado com base nos custos de reparação provocados pelo grande vazamento de petróleo da petroleira BP no Golfo do México, em 2010, e terá como objetivo reparar integralmente os danos sociais, econômicos e ambientais causados pelo rompimento." (Fonte: Exame)







VALE - (04/05/2016) - Com os riscos do processo da Samarco, com o risco dos processos no exterior, com a empresa oferecendo prejuízos aos seus sócios há bastante tempo, com a China podendo entrar em crise e assim podendo puxar a demanda de minério para baixo, NÃO recomendo ser sócio da empresa no momento.

"A mineradora Vale teve lucro líquido 6,311 bilhões de reais no primeiro trimestre de 2016, ante um prejuízo de 9,538 bilhões de reais no mesmo período de 2015, segundo relatório divulgado nesta quinta-feira. Em dólares, o lucro da empresa foi de 1,776 bilhão no período, superando a previsão média do mercado, de lucro de 1,06 bilhão de dólares, segundo pesquisa da Reuters." (Fonte: Reuters)

A VALORIZAÇÃO do REAL ajudou a melhoria dos resultados da empresa. "A dívida líquida total da Vale no primeiro trimestre do ano somou US$ 27,661 bilhões, aumento de 11,5% em relação ao visto no mesmo período do ano passado. Em relação ao observado no fim de 2015, a dívida cresceu 9,6%. A receita operacional líquida, por sua vez, chegou em R$ 22,067 bilhões, aumento de 22% na relação anual, mas recuo de 3% em relação aos três meses imediatamente anteriores. O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) ajustado somou R$ 7,685 bilhões, crescimento de 66% na relação anual e de 43% na trimestral. O lucro é explicado, além da recuperação do preço do minério de ferro do mercado internacional, pela valorização do real em relação ao dólar, o que beneficia a dívida denominada em dólar da mineradora." (Fonte: Exame)







VALE - (03/05/2016) - Mais processos judiciais. Risco subindo. "Investidores norte-americanos moveram uma ação contra a mineradora Vale para recuperar US$ 1 bilhão, referente à desvalorização das ADRs (recibos de ações negociados no exterior) entre novembro de 2013 e novembro de 2015. Segundo o jornal Valor Econômico, o processo alega que a Vale publicou comunicados enganosos e omitiu informações nos documentos protocolados no órgão regulador dos Estados Unidos em relação a compromissos ambientais e responsabilidade sobre o desastre ambiental de Mariana (MG)." (Fonte: Exame)







VALE - (28/04/2016) - Comunicando. "A mineradora Vale teve lucro líquido 6,311 bilhões de reais no primeiro trimestre de 2016, ante um prejuízo de 9,538 bilhões de reais no mesmo período de 2015, segundo relatório divulgado nesta quinta-feira. Em dólares, o lucro da empresa foi de 1,776 bilhão no período, superando a previsão média do mercado, de lucro de 1,06 bilhão de dólares, segundo pesquisa da Reuters." (Fonte: Reuters)

A VALORIZAÇÃO do REAL ajudou a melhoria dos resultados da empresa. "A dívida líquida total da Vale no primeiro trimestre do ano somou US$ 27,661 bilhões, aumento de 11,5% em relação ao visto no mesmo período do ano passado. Em relação ao observado no fim de 2015, a dívida cresceu 9,6%. A receita operacional líquida, por sua vez, chegou em R$ 22,067 bilhões, aumento de 22% na relação anual, mas recuo de 3% em relação aos três meses imediatamente anteriores. O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) ajustado somou R$ 7,685 bilhões, crescimento de 66% na relação anual e de 43% na trimestral. O lucro é explicado, além da recuperação do preço do minério de ferro do mercado internacional, pela valorização do real em relação ao dólar, o que beneficia a dívida denominada em dólar da mineradora." (Fonte: Exame)







VALE - (26/04/2016) - Comunicando. "A mineradora Vale aprovou nesta segunda-feira em assembleia de acionistas uma nova política de dividendos, que permite que a companhia passe a encerrar o pagamento após o fechamento do exercício e não ao longo dele, como ocorria anteriormente, segundo ata enviada à Comissão de Valores Mobiliários (CVM)." (Fonte: Reuters)







MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (25/04/2016) - Pelo visto as siderúrgicas nacionais terão mais competição devido as siderúrgicas chinesas. "O minério de ferro spot (à vista), negociado no porto de Qingdao com 62% de pureza, fechou em alta de 8,78%, a US$ 70,46 a tonelada seca. A disparada ocorreu em meio a determinação do governo chinês de que bancos financiem a exportação de aço para reduzir o excesso de oferta do produto.." (Fonte: Reuters)







VALE - (20/04/2016) - Comunicando. "O Conselho Estadual de Política Ambiental de Minas Gerais (Copam) negou pedido feito pela Samarco para o não pagamento da multa de R$ 112 milhões aplicada pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Semad) à empresa pelo rompimento da barragem em Mariana no dia 5 de novembro do ano passado." (Fonte: Exame)







MINERAÇÃO e SIDERURGIA - (19/04/2016) - Comunicando. "A China e outros grandes produtores de aço não conseguiram atingir um acordo para medidas capazes de lidar com a crise mundial do setor, conforme ambos os lados não chegam a um consenso sobre as causas para o excesso de capacidade produtiva. Uma reunião de ministros de representantes de Comércio de 30 países, na Bélgica, tinha como objetivo soluções para se lidar com a sobrecapacidade, mas concluiu apenas que o problema precisa ser enfrentado com rapidez e de maneira estrutural." (Fonte: Reuters)







VALE - (18/04/2016) - CUIDADO... Os fundos de pensão não são bons administradores... "As discussões sobre a renovação do acordo de acionistas da Vale devem se intensificar nos próximos meses, segundo o Valor Econômico. Válido por 20 anos, o acordo expira em abril de 2017 e os investidores temem que uma eventual não renovação possa levar à "reestatização" da companhia. Nessa hipótese, os fundos de pensão estatais (Previ, Petros, Funcef e Fundação Cesp), sócios na Vale junto com o BNDES, poderiam assumir o controle da mineradora em detrimento dos sócios privados, Bradesco e a japonesa Mitsui." (Fonte: Infomoney)







VALE - (15/04/2016) - MAIS um problema para a empresa. "O mercado financeiro está preocupado com a aproximação do vencimento do contrato de acionistas da Vale. Ele foi assinado na privatização da empresa, em 1997, e é válido por 20 anos, até abril do ano que vem. Segundo o Valor Econômico, investidores temem que, se o acordo não for renovado, isso possa levar à "reestatização" da companhia, com prevalência de fundos de pensão estatais e do BNDES na composição acionária da empresa." (Fonte: Exame)







VALE - (12/04/2016) - Comunicando. "Uma das transações mais esperadas pelo mercado envolvendo a Vale poderá, finalmente, ser fechada neste ano. Há indicações de que, no segundo semestre, a empresa deve separar a divisão de fertilizantes do restante da companhia e vender uma fatia para parceiro estratégico. A norueguesa Yara é apontada como a principal candidata. A mineradora deve se desfazer de percentual minoritário, na faixa de 40%, mantendo o controle do negócio, conforme apurou o Valor." (Fonte: http://www.valor.com.br - Valor Econômico)







VALE - (08/04/2016) - Comunicando notícia ruim. "A Justiça deferiu pedido liminar apresentado pelo Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) em Ação Civil Pública e determinou que a mineradora Samarco só poderá voltar a operar após conter totalmente o vazamento da lama residual das barragens do complexo de Germano, em Mariana." (Fonte: Reuters)







VALE - (07/04/2016) - A empresa foi OBRIGADA a investir em fertilizantes pelo Lula e pelo PT, agora na crise vai vender a preço de banana aquilo que NUNCA quis ter. "Segundo o jornal Valor Econômico, a Vale (VALE3;VALE5) deve vender fatia em unidade de fertilizantes no segundo semestre. A Vale pretende separar divisão de fertilizantes do restante da empresa e vender cerca de 40% a um parceiro estratégico, diz o jornal, citando fontes não identificadas do setor." (Fonte: Infomoney)







VALE - (04/04/2016) - Comunicando boa notícia se confirmada. "As ações da Vale dispararam nesta sessão, após rumores de que a mineradora teria finalizado proposta para sair de uma sociedade perdedora que tem com a alemã ThyssenKrupp na siderúrgica CSA, segundo notícia da Reuters. Pelo plano da Vale, que ainda teria que ser aprovado pelo seu conselho de administração, a companhia poderia vender os cerca de 27% que detém na CSA para sua sócia ThyssenKrupp por US$ 1, e a Vale concordaria em assumir 10% dos passivos da siderúrgica, baseada no Rio de Janeiro, que relatou quase 2,6 bilhões de euros em seu passivo total no final do ano fiscal de 2015, disse uma fonte à Reuters, que pediu anonimato." (Fonte: Infomoney)







VALE - (23/03/2016) - Comunicando. "A transportadora sul-coreana PanOcean informou nesta quarta-feira que venceu contrato de 362,55 milhões de dólares com a mineradora Vale para transportar minério de ferro do Brasil para China, Malásia e outros países. Segundo a empresa, o contrato deve ter 20 anos e ser concluído em outubro de 2036." (Fonte: Exame)







VALE - (18/03/2016) - Comunicando. "Vale ameaça cortar 50% da produção em Minas. Redução pode começar nos próximos meses, caso a mineradora não consiga aprovar licenciamento ambiental de 88 projetos." (Fonte: Estadão)







VALE - (11/03/2016) - Comunicando. "As ações coletivas movidas contra a Vale (VALE5) nos Estados Unidos foram unificadas em um único processo. A decisão foi tomada pelo juíz Gregory Woods e publicada em 7 de março. Eles alegam ter perdido US$ 15 milhões com ADRs (recibos de ações de empresas estrangeiras negociados em Nova York) da Vale após o rompimento de uma barragem da Samarco, joint venture entre a Vale e a BHP Billiton, em novembro do ano passado." (Fonte: Exame)







VALE - (03/03/2016) - Comunicando. "O Conselho de Administração da mineradora Vale vai se reunir em abril para discutir uma nova política de dividendos, com uma flexibilização do pagamento que permita que a empresa só realize o pagamento aos acionistas após o encerramento do exercício e não ao longo dele, como ocorre atualmente." (Fonte: Infomoney)







VALE - (03/03/2016) - Comunicando. "A Samarco, dona da mineradora na qual houve rompimento de uma barragem, em Mariana (MG), assinou na tarde desta quarta-feira (2) um acordo para recuperação da Bacia do Rio Doce. Nos próximos três anos, a empresa destinará R$ 4,4 bilhões para compensar os prejuízos sociais, ambientais e econômicos do maior desastre ambiental da história do País. Ao todo, o acordo está estimado em R$ 20 bilhões, além de mais R$ 4,1 bilhões a serem aplicados em ações compensatórias pelo prazo de 15 anos." (Fonte: IG)







VALE - (02/03/2016) - Comunicando. "Segundo o blog de Lauro Jardim, do jornal O Globo, está nas mãos do Credit Suisse a missão de vender os bilionários ativos da área de fertilizantes da Vale (VALE3;VALE5)." (Fonte: Infomoney)







VALE - (02/03/2016) - A empresa vem há anos apresentando várias baixas contábeis e é elevada a probabilidade de continuar apresentando nos próximos resultados. O P/L da empresa é negativo, ou seja, tem apresentado prejuízos aos sócios e o P/VPA está em 0,3, que induz novas baixas contábeis. Além destes fatores negativos, a empresa está ficando cada vez mais alavancada devido ao elevado endividamento em dólar, com este subindo em relação ao real e devido as baixas contábeis, que reduz o valor dos ativos no balanço, como podemos ver a relação Dívida Bruta / Pat Líq (12/2013- 45,3%, 12/2014- 51,1%, 12/2015- 80,8%). NÃO recomendo ser sócio da empresa no momento.

"Com a queda dos preços do minério de ferro, a Vale registrou um prejuízo líquido de R$ 44,213 bilhões em 2015, ante um lucro de R$ 954 milhões no 2014. No intervalo de outubro a dezembro, o prejuízo ficou em R$ 33,156 bilhões, perda quase sete vezes superior à anotada no mesmo período de 2014. "A redução de R$ 45,167 bilhões no lucro líquido deveu-se, principalmente, à menor margem Ebitda, aos maiores impairments (ajuste contábeis) registrados em 2015 e ao efeito negativo nos resultados financeiros da depreciação ponta a ponta do real contra o dólar, de 47% em 2015", destacou a mineradora brasileira no documento que acompanha seu demonstrativo financeiro. Esses ajustes contábeis de ativos e de investimentos, assim como o reconhecimento de contratos onerosos, somaram R$ 36,280 bilhões no ano passado. A geração de caixa medida pelo Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) no ano passado foi de 23,654 bilhões, recuo de 24% ante o ano imediatamente anterior. No último trimestre do ano passado, o Ebitda ajustado foi de R$ 5,386 bilhões, recuo de 3% na base anual e de 21% na trimestral. A receita operacional líquida da Vale no ano passado somou R$ 85,499 bilhões, queda de 3% ante o visto em 2014. No quarto trimestre, por sua vez, a receita líquida foi de R$ 22,681 bilhões, aumento de 2% ante o último trimestre do ano passado e queda de 3% ante o terceiro trimestre.

A Vale reportou um prejuízo líquido de US$ 8,569 bilhões no quarto trimestre do ano passado, valor 4,6 vezes superior ao prejuízo anotado no mesmo período do ano anterior. Em relação às perdas anotadas no terceiro trimestre, o número aumentou cerca de 4 vezes. Em 2015, a Vale reverteu lucro e teve prejuízo líquido de US$ 12,129 bilhões. Já a geração de caixa medida pelo Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) ajustado ficou em US$ 1,391 bilhão no quarto trimestre do ano passado, recuo de 36,4% na relação anual. Na comparação trimestral, a retração foi de 26%. No ano, o Ebitda ajustado alcançou US$ 7,081 bilhões, queda de 47%. A receita operacional líquida da Vale no intervalo de outubro a dezembro do ano passado ficou em US$ 5,899 bilhões, queda de 35% de relação ao quarto trimestre de 2014. Ante os três meses imediatamente anteriores, o recuo foi de 9,3%. Em 2015, a receita líquida somou US$ 25,609 bilhões, baixa de 31,8%. " (Fonte: Infomoney)







VALE - (29/02/2016) - Comunicando a notícia ruim, mas esperada. "A agência de classificação de risco Moody's retirou nesta sexta-feira o selo de boa pagadora da mineradora Vale ao rebaixar sua nota de crédito para "Ba3", ante "Baa3", com perspectiva negativa, devido à expectativa de desempenho mais fraco da companhia nos próximos 12 meses em meio à queda nos preços do minério de ferro e dos metais básicos. A Moody's explicou que não vê perspectiva de recuperação significativa dos preços do minério de ferro e de metais básicos antes de 2017." (Fonte: Reuters)







VALE - (26/02/2016) - Comunicando. "A mineradora Vale explora opções mais agressivas para enfrentar "cenários mais desfavoráveis" e reduzir seu endividamento, que incluem a venda de negócios essenciais da companhia, disse o presidente da mineradora, Murilo Ferreira, em teleconferência com analistas e investidores nesta quinta-feira (25)." (Fonte: UOL)







VALE - (25/02/2016) - Comunicando. "Com a queda dos preços do minério de ferro, a Vale registrou um prejuízo líquido de R$ 44,213 bilhões em 2015, ante um lucro de R$ 954 milhões no 2014. No intervalo de outubro a dezembro, o prejuízo ficou em R$ 33,156 bilhões, perda quase sete vezes superior à anotada no mesmo período de 2014. "A redução de R$ 45,167 bilhões no lucro líquido deveu-se, principalmente, à menor margem Ebitda, aos maiores impairments (ajuste contábeis) registrados em 2015 e ao efeito negativo nos resultados financeiros da depreciação ponta a ponta do real contra o dólar, de 47% em 2015", destacou a mineradora brasileira no documento que acompanha seu demonstrativo financeiro. Esses ajustes contábeis de ativos e de investimentos, assim como o reconhecimento de contratos onerosos, somaram R$ 36,280 bilhões no ano passado. A geração de caixa medida pelo Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) no ano passado foi de 23,654 bilhões, recuo de 24% ante o ano imediatamente anterior. No último trimestre do ano passado, o Ebitda ajustado foi de R$ 5,386 bilhões, recuo de 3% na base anual e de 21% na trimestral. A receita operacional líquida da Vale no ano passado somou R$ 85,499 bilhões, queda de 3% ante o visto em 2014. No quarto trimestre, por sua vez, a receita líquida foi de R$ 22,681 bilhões, aumento de 2% ante o último trimestre do ano passado e queda de 3% ante o terceiro trimestre.

A Vale reportou um prejuízo líquido de US$ 8,569 bilhões no quarto trimestre do ano passado, valor 4,6 vezes superior ao prejuízo anotado no mesmo período do ano anterior. Em relação às perdas anotadas no terceiro trimestre, o número aumentou cerca de 4 vezes. Em 2015, a Vale reverteu lucro e teve prejuízo líquido de US$ 12,129 bilhões. Já a geração de caixa medida pelo Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) ajustado ficou em US$ 1,391 bilhão no quarto trimestre do ano passado, recuo de 36,4% na relação anual. Na comparação trimestral, a retração foi de 26%. No ano, o Ebitda ajustado alcançou US$ 7,081 bilhões, queda de 47%. A receita operacional líquida da Vale no intervalo de outubro a dezembro do ano passado ficou em US$ 5,899 bilhões, queda de 35% de relação ao quarto trimestre de 2014. Ante os três meses imediatamente anteriores, o recuo foi de 9,3%. Em 2015, a receita líquida somou US$ 25,609 bilhões, baixa de 31,8%. " (Fonte: Infomoney)







VALE - (23/02/2016) - Comunicando. "A Justiça Federal determinou o bloqueio de R$ 500 milhões da Samarco, para assegurar a efetivação de medidas para recuperação do meio ambiente e da área urbana do município de Barra Longa (MG). Além do bloqueio do dinheiro, a Samarco e suas controladoras Vale e BHP Billiton deverão apresentar, em até 30 dias, projetos para recuperar, em seis meses, os bens e infraestrutura danificados na cidade." (Fonte: Exame)







VALE - (19/02/2016) - Produção em forte elevação e preços caindo, NÃO é bom. "A mineradora Vale, maior produtora global de minério de ferro, relatou nesta quinta-feira que sua oferta atingiu um recorde de 345,9 milhões de toneladas da commodity em 2015, com alta de 4,3 por cento ante o ano anterior. A mineradora Vale fechou 2015 com uma produção de níquel recorde de 291 mil toneladas, o que representa avanço de 5,7 por cento ante 2014. No quarto trimestre, a companhia, uma das maiores produtoras de níquel do mundo, produziu 82,7 mil toneladas, também um recorde, com avanço de 12,3 por cento ante o mesmo período do ano passado, tentando fazer frente à queda dos preços, que estão próximos dos níveis mais baixos desde 2003. Na comparação com o terceiro trimestre de 2015, a produção apresentou alta de 15,4 por cento. A produção anual de cobre da mineradora em 2015 também foi recorde de 423,8 mil toneladas, incluindo a produção atribuível à Lubambe, alta de 11,6 por cento ante o ano anterior. No quarto trimestre, a produção foi de 112,5 mil toneladas, alta de 6,7 por cento ante o mesmo período de 2014. A produção de carvão em 2015 somou 7,344 milhões de toneladas, queda de 15 por cento ante o ano anterior, causada pela interrupção das operações de Integra Coal e Isaac Plains, na Austrália, no segundo e terceiro trimestre, respectivamente. " (Fonte: Reuters)







VALE - (18/02/2016) - Aumento de produção justifica a queda de preços do minério. "A Vale (VALE3; VALE5) ofertou 88,4 milhões de toneladas de minério de ferro no quarto trimestre de 2015 incluindo compras de terceiros. Esperava-se uma oferta de 88,3 milhões de toneladas. Foi a maior da história da mineradora. No ano de 2015 a oferta foi de 345,9 milhões de toneladas. A produção de Carajás foi recorde no ano, chegando a 129,6 milhões de toneladas de minério. No quarto trimestre também foi destaque a produção de 36,5 milhões de toneladas em Carajás, 2,6 milhões acima do trimestre anterior e 1,7 milhão a mais do que no mesmo período do ano anterior." (Fonte: Infomoney)







VALE - (15/02/2016) - Mais uma multa. A partir de agora vai ser mais difícil ela escapar das multas. "A mineradora Vale foi multada em R$ 6 milhões pelo Instituto Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Iema) do Espírito Santo, por despejo de materiais como minério de ferro, carvão e fertilizantes no porto capixaba de Tubarão, maior exportador de minério e pelotas de ferro do mundo." (Fonte: O Globo)

Comunicando. "No radar das companhias, o Tribunal de Justiça de Minas Gerais decretou o bloqueio de R$ 470 milhões da Vale, segundo informações do jornal O Globo." (Fonte: Infomoney)







VALE - (10/02/2016) - EVITE ser sócio da Vale agora, pois o risco é muito grande. Estamos em um período que o Brasil está caçando bruxas. "A Polícia Civil realizava nesta sexta-feira uma operação de busca em escritórios da mineradora Samarco situados em Minas Gerais, de acordo com informação da companhia, que enfrenta os desdobramentos do mortal rompimento de uma barragem de rejeitos de mineração em Mariana (MG), em 2015. Segundo a assessoria de imprensa da Samarco, os policiais civis realizavam operação nos escritórios em Belo Horizonte e Mariana. Anteriormente, a assessoria havia informado que operação policial ocorria também em Vitória (ES)." (Fonte: Reuters)







VALE - (05/02/2016) - Comunicando. "Os danos socioeconômicos decorrentes do rompimento da barragem da mineradora Samarco, em Mariana, Minas Gerais, somaram prejuízo de 1,2 bilhão de reais a cidades mineiras, segundo levantamento feito pelo governo do Estado, publicado nesta quinta-feira." (Fonte: Reuters)

Comunicando. "A mineradora Vale desistiu de fazer parte de uma joint venture com a canadense Southern Arc no projeto de East Elang, na Indonésia, enquanto busca focar nos seus principais negócios, como minério de ferro, em momento de baixa dos preços das commodities." (Fonte: Reuters)







VALE - (03/02/2016) - Mais notícias ruins para a empresa. "Ministério Público de Minas Gerais propôs ação civil pública contra a Samarco Mineração, a Vale (VALE3; VALE5) e a BHP Billiton Brasil para que as mineradoras indenizem e reparem os danos causados às vítimas do rompimento da barragem de Fundão, segundo comunicado do MP por e-mail. Ação pede que seja decretada, liminarmente, a indisponibilidade dos bens das requeridas no valor de R$ 1 bilhão, em dinheiro, para fins exclusivos de reparação de danos materiais e morais, individuais, coletivos e sociais às comunidades de Barra Longa, Rio Doce e Santa Cruz do Escalvado Valor é suficiente para o pagamento de até R$ 200.000 de danos morais para cada um dos atingidos)







VALE - (01/02/2016) - Pelo visto a Vale vai perder em breve o grau de investimento. "A agência de classificação de risco Standard & Poor's rebaixou nesta sexta-feira (29) a nota de crédito da Vale para "BBB-", ante "BBB", e manteve a perspectiva negativa, argumentando que a queda dos preços de metais e significativos investimentos devem piorar os indicadores de crédito da mineradora em 2016 e 2017. Em comunicado, a S&P informou que pode rebaixar novamente a companhia --o que implicaria perda do grau de investimento-- se a relação entre a dívida e o Ebitda permanecer acima de 5 vezes ou se a geração de caixa com operações (FFO) ficar abaixo de 12% da dívida por mais de dois anos." (Fonte: UOL)







VALE - (29/01/2016) - Comunicando. "A diretoria da Vale (VALE3; VALE5) propôs não pagar dividendos para os acionistas da empresa este ano. A justificativa, segundo a companhia informou em comunicado, é que a mineradora precisa fazer frente à volatilidade dos preços das commodities. A proposta será enviada ao Conselho de Administração da companhia." (Fonte: Infomoney)







VALE - (28/01/2016) - NÃO seja sócio da empresa, observe o risco aumentando. "No radar da empresa, no entanto, a barragem do Fundão, em Mariana (MG), apresentou deslocamento de materiais residuais nesta quarta-feira, levando a Samarco - joint venture entre Vale e BHP Billiton - a adotar plano de emergência, pedindo que os empregados, que atuam próximos a área afetada, deixassem o local." (Fonte: Infomoney)







VALE - (26/01/2016) - Não param de aparecer muitas e pedidos de indenização, acredito que custará caro para a Vale este acidente e ele vem em um período de queda nos preços das commodities e aumento da dívida devido ao incremento nas cotações do dólar. "A Vale e a ArcelorMital foram multadas em 34,2 milhões de reais cada uma pela prefeitura de Vitória, capital do Espírito Santo, por causarem danos ao meio ambiente com suas atividades no porto de Tubarão. Em nota, a prefeitura explicou que as multas têm caráter punitivo, "mas não isentam as empresas de reparar os danos ambientais provocados"." (Fonte: Reuters)

Comunicando cifras. "A Vale afirmou nesta sexta-feira que a interdição judicial de operações no porto de Tubarão, no Espírito Santo, impedirá o embarque diário de 200 mil toneladas de minério de ferro por dia e a importação de 44 mil toneladas de carvão mineral, que também abastece grande parte da indústria siderúrgica nacional." (Fonte: Reuters)

Boa notícia. "A Vale conseguiu nesta segunda-feira liminar que suspende a interdição no porto de Tubarão, no Espírito Santo, que impedia desde quinta-feira as exportações de minério de ferro da empresa do local, informou a empresa." (Fonte: Reuters)

E o cerco está se fechando. "O advogado-geral da União, Luís Inácio Adams, afirmou nesta segunda-feira que a Vale e a BHP Billiton serão garantidoras dos valores que a mineradora Samarco deverá pagar em acordo com o governo devido ao rompimento da barragem de rejeitos em Mariana, Minas Gerais, em novembro. A assessoria da Vale disse que não ter comentários sobre o assunto." (Fonte: Reuters)







VALE - (22/01/2016) - Ela deve reverter na justiça a proibição, mas mesmo assim a notícia é ruim. "A Vale informou nesta quinta-feira que uma decisão judicial interrompeu as exportações de minério de ferro da mineradora pelo porto de Tubarão (ES), nesta manhã, por questões ambientais, o que segundo a mineradora irá provocar grande impacto na economia do Estado, com reflexos em Minas Gerais. Cerca de 35 por cento dos embarques de minério de ferro da Vale em 2015 até novembro foram feitos pelo porto de Tubarão, segundo dados do Sindicato Nacional da Indústria da Extração de Ferro e Metais Básicos (Sinferbase)." (Fonte: Reuters)

Mais notícias negativas para a empresa. "A Moody's colocou os ratings da Vale em revisão para possível rebaixamento, como reflexo da desaceleração do crescimento da China, principal consumidor global de minério. A agência atribui nota global 'Baa3', último nível do grau de investimento, e rating nacional 'Aa1.br' para a companhia brasileira." (Fonte: http://www.valor.com.br - Valor Econômico)







VALE - (14/01/2016) - Comunicando. "O Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) vai entrar na Justiça para pedir a elevação da multa inicial de R$ 1 milhão por dia de atraso na entrega dos planos de emergência das barragens de Santarém e do Germano, pertencentes à mineradora Samarco. A proposta é que a multa passe para R$ 5 milhões por dia de atraso. As barragens estão localizadas na região de Mariana, em Minas Gerais, e sofreram danos na estrutura após o rompimento da barragem de rejeitos de Fundão, em 5 de novembro do ano passado." (Fonte: ADVFN)







VALE - (13/01/2016) - Comunicando. "A Vale anunciou nesta terça-feira o saque de US$ 3 bilhões de um total de US$ 5 bilhões em linhas de crédito rotativo, para amortizar títulos de dívida no exterior que venceram neste mês e aumentar sua liquidez até a conclusão de programa de desinvestimentos." (Fonte: G1)












  Ricardo Borges Financial Training
+55 21 98655-8009 (somente de 11:00hs até às 18:00hs)
 Email - ricardoborges@ricardoborges.com
 
Anuncie Aqui I Consultoria I Conteúdos Sites I Cursos On Line I Política de Privacidade I Termos de Uso

Fórum projecao.com

Debates em tempo real sobre investimento em ações e futuros na B3.

Venha participar!!!

Notícias Comentadas

Principais notícias para quem quer acompanhar o mercado e manchetes dos jornais econômicos.
Aperte aqui e saiba mais!!!

Boletim diário Insider

Análises Ibovespa, dólar, DJIA, principais ações e as indicadas por nós.

Aperte aqui e saiba mais!!!

apoia.se projecao.com

Ajude o projecao.com a manter e melhorar o grupo de debates.

Aperte aqui e saiba mais!!!

 Anúncios projecao.com Apoie o projecao.com -> Aqui